História What Is love? Yoonkook (incesto) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Namjin, Taegi, Vhope, Yonmin, Yoonkook Lemon
Visualizações 221
Palavras 1.981
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha quem ressurgiu das sombras???
Euzinha...eeehh
Oii Pandinhas ❤❤❤
Quanto tempo não? Já tinha até me esquecido como att...
Eu sei que demorei de novo sorry (ToT)/~~~
Mas vou tentar não atrasar de novo, o cap 7 já está quase pronto e se não flopar vou att de hoje de novo, quem sabe?
Bem mas chega de enrolação...
Boa leitura pandas, e obrigada por não me abandonarem❣❣

Capítulo 6 - Secrets


Fanfic / Fanfiction What Is love? Yoonkook (incesto) - Capítulo 6 - Secrets


anteriormente


Com algumas batidas na porta Yujin levanta e abri a mesma, onde se depara com o menor aflito e assustado, sem delongas Yujin pergunta o que havia acontecido; e como até mesmo o menor não sabia o que acabará de acontecer, e 'talvez por um pouco de medo Yoongi diz que apenas teve um pesadelo. Yujin por do e preocupação deixa o garoto dormir com ela mais uma vez.

agora

10:53Am

pov Jungkook


    Acordo com a minha cabeça latejando, meu estômago revirado, e com muita dor no corpo.


           Abro os olhos com dificuldade por causa da luz, e assim percebo que estou dentro de um banheiro. Com muita dificuldade me levanto e saio do local~não sei se era por causa da luz mas eu tenho quase certeza que não estou no meu quarto.


   Olho em volta e percebo que realmente não estava no meu quarto ~não sei onde estou.

      

      Um pouco tonto saio do local me segurando nas mobílias, coloco a mão sobre minha barriga pois estava doendo muito, assim como minha cabeça.


       -FILHO! - grita minha mãe que não sei de onde surgiu -Meu Deus o que aconteceu com você?!- a mesma se aproxima e coloca a mão em minha testa - Nossa você está queimando, onde- a mesma para de falar e começa a me "cheira" incrédula.


     -Que cheiro horrível é esse?! -droga me afasto um pouco, mas Yujin me segura forte - VOCÊ ESTAVA BEBENDO?!- ~não tinha necessidade dela gritar.


       Faço cara de desentendido e com uma desculpinha me solto da mesma e vou em direção ao meu quarto, enquanto a louca gritava coisas desimportantes atrás de mim, ando mais rápido e logo chego ao meu destino assim trancando a porta rapidamente, coloco a mão em minha cabeça pois a mesma parecia que iria explodir a qualquer momento.


         Enquanto Yujin perdia seu tempo batendo na porta e falando para abrir, vou em direção ao banheiro tomar um banho, onde eu mais precisava no momento.



~~°×°~~



           Enquanto a água quente caia em meu corpo, eu pensava sobre o que me levou a ficar nessas condições, por mais que minha cabeça doa continuo me esforçando para lembrar.


         Depois da briga com minha mãe por conta daquele garoto idiota, fui na casa de Hoseok que para minha sorte, ou azar estava quase toda a galera lá.


         Assim que contei o que acontecerá a reação de Tae foi quase a mesma de quando eu contei sobre meu "novo irmão" 'escandalosamente 'escandalosa.


    Depois de consolações e repreensões, começamos a beber, beber muito até esquecermos nossos nomes.


               E.....agora....não lembro de mais nada, -como fui parar naquele quarto?- Isso começa a perturbar minha cabeça.


        -AISH! - Fico irritado por não lembrar, levanto a cabeça fazendo com que a água do chuveiro caísse direto em meu rosto -Eu tenho que lembrar! 


         Fico decepcionado comigo mesmo,como posso....mas perai; aquele quarto me é familiar.


            Um branco vem em minha mente, como se meu subconsciente tentasse me mostrar algo, e logo Yoongi vem a minha cabeça, ~'Porque logo ele?


         Agora a imagem de antes já estava diferente, como se fosse um quebra-cabeça, e eu não estou demorando muito para achar as peças; as peças que formam a imagem de Yoongi deitado, com as mãos presas sobre a cabeça, sua respiração acelerada e seu corpo tremendo; mantinha uma expressão de medo e desentendimento, estava ruborizado e nem ao menos sabia o que falar.


     ~Mas o que foi isso?! sinto um pequeno encômodo em meu membro ~Não acredito.


      Não posso aceitar que fiquei excitado com isso, com esse garoto! que merda tá acontecendo comigo?


          Nada mais vem a minha cabeça, 'taco um "fodasse" e logo começo a me tocar.


Yoongi mais uma vez interfere minha mente, mas destas vez está com uma lingerie extremamente sexy. -'droga - acelero meus movimentos -'Yoongi ......



~~°×°~~



narradora on


           Jeon sai do banheiro incrédulo, não consegui-rá imaginar que havia feito tal coisa. Havia se masturbado aclamando o nome do indivíduo ~Yoongi.


               Seus sentimentos agora tinham cidos pego, colocados um por um em um liquidificador e misturados, misturados muito bem. Não sabia se estava com raiva, caótico ou até mesmo satisfeito.


             Enquanto Jeon estava perdido em sentimentos Yoongi estava perdido em lágrimas, o menor ainda não sabia direito o porque estava assim, não sabia se era por ter feito tais "ações" com Jungkook ou por o Senhor Yejun ter batido em Yoongi no dia anterior.


           Sim, Yejun ficou completamente louco após descobrir que Yoongi havia perco a memória, tudo que ele e o delegado haviam planejamento os milhões que Yejun ganharia, tudo por água abaixo, sua imagem seria de um semideus e com certeza limparia as merdas que seu filho Jungkook fizerá.


        Então sempre que pode, Yejun obriga Yoongi a se lembrar de sua vida antes de morar com os Jeon, o pobre Yoon se esforça mas não consegue e acaba pagando por seus 'erros.


           Yejun já tinha pensado em se livrar do garoto, mas teve que descartar totalmente essa plano após ter uma conversa com o delegado, de onde o mesmo descobrirá sobre algo que Yejun gostaria de enterrar.


*_flashback on_*

*_(nesse mesmo dia) 08:00_*

-Como você descobriu isso?! - cheio de raiva e nervosismo, Yejun batia as mãos na mesa, enquanto o delegado sorria como se estivesse debochando do mesmo.

-Senhor Yejun, eu não sou apenas um delegado, o senhor sabe que gosto de ir até o fim nas investigações da polícia- cada palavra é dita calma, o que deixava Yejun ainda mais nervoso.

-Você não presta! quem mais sabe?! todos os policiais?, detetives? médicos? -

-Fique calmo senhor... apenas eu! - seu sorriso repugnante era muito bem visto- Vou confessar, não esperava isso do senhor-

Yejun estava pasmo, sempre soube os interesses do delegado sobre seu dinheiro, mas não sabia que o mesmo chegaria a tal ponto, e agora Yejun estava encurralado, se passasse na bola com o delegado seu segredo seria revelado não só a Seoul mas também ao mundo.

O segredo que Yejun carrega a muitos anos, a única coisa que o fize-rá milionário, e um presidente que já está a quase quatro anos no cargo.

Se descobrissem o que Yejun era sua vida e fortuna estariam em risco, por medo o presidente prefere não discutir. O mesmo então fecha o olhos respirando fundo, logo voltando a encarar o delegado e seu sorrisinho patético.

-Muito bem.... quanto você quer?-

-Ow... senhor presidente acha mesmo que eu seria capaz disso? - o mesmo fala com ironia, dando um certo nojo em Yejun - Não é bem o dinheiro que eu quero- O delegado fala com cautela.

-Então o que é ?!-

-Quero uma boa parte de suas propinas-

- O que?! as propinas que eu e meu pai demoramos séculos para conquistar? Nem pensar! -

- Tudo bem, diga adeus a sua bela vidinha- o delegado se levanta e Yejun se desespera.

- Não! Espere! - Yejun grita sem saber, e arranca mais um sorrisinho do delegado, que logo se senta novamente.

- Tudo bem.....eu....eu passo cinquenta por cento para seu nome -

- Eu disse uma boa parte, e não a metade- o mesmo encara o presidente, e logo é surpreendido por um "mas" vindo de Yejun - O que? quer desistir de tudo? - Yejun se cala logo balançando a cabeça negativamente - huum.... é assim que eu gosto.

*_Flashback off_*


         Yejun chega em casa, como sempre recebido por empregados, em específico por Danbi, uma empregada que tem a função ~Além de satisfazer seus desejos~ também de contar para seu senhor tudo o que acontecerá em casa, a mesma da informações que sua mulher havia saído, Yoongi estava em seu quarto e seu filho havia passado quase a madrugada inteira bebendo.


              Como Yejun já estava carregado de problemas, não quis se incomodar em dar um sermão em Jungkook, apenas vai a seu quarto ignorando Danbi que já estava quase se jogando sobre ele.


          Assim que Yejun entra em seu quarto se depara com seu "incômodo" dormindo, sem paciência e dominado pela raiva Yejun vai em direção ao pequeno Yoongi logo pegando pelo braço e chaqualhando o mesmo, que acorda assustado.


          -Seu vermezinho- Yejun solta o braço do garoto e logo insere um tapa forte no rosto do mesmo que chorava -Por que eu não te matei antes? - Descontrolado Yejun começa a bater em Yoongi.


             Jungkook estava em seu quarto quando escuta alguns gritos, não estavam muito altos mas dava para se ouvir, o mesmo então levanta em direção ao barulho, e logo percebe que estava vindo do quarto de seus pais, de onde não era muito longe do seu.


           Jeon caminha até o quarto e logo os gritos cessam, Jungkook estranha mas mesmo assim continua seu caminho, assim que chega perto a porta que estava entreaberta o mesmo espia com um pouco de dificuldade.


         Jungkook arregala os olhos assim que vê seu pai sufocando Yoongi, seu coração dispara e o mesmo fica sem reação.


          Yoongi estava no chão e seu pai em cima do mesmo com as duas mãos no pescoço do menor, que se debatia tentando tirar as mãos grandes que o impediam de respirar.


       -O QUE ESTA FAZENDO?! - Sem perceber Jeon entra no quarto assustando seu pai, que logo solta Yoongi, onde o pequeno já estava roxo.


           Seu pai desnorteado olha para todos os lugares tentando achar uma explicação, Jeon encara Yoongi com a boca em perfeito "O" Yejun tenta parecer calmo e logo procurando uma justificativa pois Yejun saberia que seu filho contaria para Yujin, afinal os dois nunca se deram bem.


             -Eu sou o pai dele agora Jeon, e sei muito bem como o educar - fala simplista tentando esconder o nervosismo, o mesmo pega sua carteira que estava em cima da mesa e assim se direcionando a Jungkook que dá espaço para o mesmo Passar.


         Assim que Yejun deixa o local, Jungkook perplexo vai até Yoongi, o mesmo ainda estava com dificuldade para respirar e sua face ainda estava em tons de roxo, em seu pescoço dava para ver as mãos bem certinho, Jungkook não sabia ao certo por que estava fazendo isso Afinal, até uns dias atrás o mesmo odiava Yoongi.


           Yoongi começa a tossir, logo Jungkook grita para um dos empregados trazer um copo de água, assim Jeon levanta a cabeça do menor o colocando deitada sobre sua perna.


          A empregada chega e rapidamente Jeon pega o copo de sua mão, logo a mandando embora.


        -Beba isso - Jeon entrega o copo para o menor que com dificuldade toma um gole da água, enquanto Jungkook o encarava, para sua surpresa 'preocupado.



~~°×°~~


              Yoongi já se encontrava bem, após os cuidados de Jungkook o mesmo estava ja deitado olhando para suas mãozinhas um pouco corado, pois tinha o olhar pesado de Jeon sobre o mesmo.


          Jungkook ainda não acreditava que havia ajudado Yoongi, mas também o mesmo não tinha ódio do pequeno, nunca teve, era apenas um pequeno ciúmes onde o mesmo odiava adimitir.


           Enquanto olhava Yoongi, Jeon se perguntava o por quê de seu pai ter quase o matado.


pov Jungkook *_*


        Yoongi parece tão inocente, olhando bem nunca tinha reparado, mas Yoongi tem uma beleza inexplicável.


         Agora parece que toda aquela "raiva" que tinha dele evaporaram, para falar a verdade nunca havia sentimentos de ódio por ele, acho que estou pensando nisso só porque estou com dó dele. Não, não...


               Não sei o porquê eu estava agindo daquela forma com ele, agora sinto um peso enorme em minha consciência Mas perai, por que eu tô pensando assim do Yoongi? O que tá acontecendo comigo? aish.....


   -Jung....Jungkook- escuto alguém me chamar, saio de meus pensamentos logo voltando a realidade, e assim percebo que Yoongi me olhando ruborizado.


-Que?


-Por.......por que...você fez a-aquilo ontem?!- o mesmo gagueja muito me deixando confuso.


-Fiz o que? briguei com você?!


- Na-não.... aquela.....aquela outra coisa- o mesmo estava vermelho enquanto eu tentava lembrar o que havia feito.


-Não estou entendo...


 -A-Aquilo de....de me punir......



Notas Finais


Eeeeh qual será o segredo do Yejun? Hehehe...
Tadinho do Yoon (/_;)
Cadê a Yujin nessas horas não é mesmo?
Mas Yoon tem sorte de ter um Kookizão do lado❤😂
Pandas, estou trabalhando em uma nova fic (Yoonkook claro)
"DARK BLOOD"
Ela está muito floop e está dando muito trabalho de fazer, por ser uma fic de mortes e tals, se vcs quiserem sem uma passadinha lá<3 A tia agradeçe
E foi isso pandas❣❣
Até a próxima att, que pode ser hoje...não sei


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...