História What Is With You? - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Magcon, Nash Grier
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Nate Maloley, Personagens Originais, Sammy Wilkinson, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Brigas, Drama, Instagram, Messagens, Nash Grier, Old Magcon, Romance, Xkardsjenx
Visualizações 171
Palavras 1.244
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Esporte, Festa, Ficção, Romance e Novela, Saga, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


I'M BAAAAAAACK BITCHEEEES :D

aproveitem o cap que eu explico nas notas finais pq fiquei tanto tempo sem postar :)

Capítulo 12 - Nash


Fanfic / Fanfiction What Is With You? - Capítulo 12 - Nash

Angry

 

-Sério? - Perguntei tentando não gritar com John. - Eu vou matar aquele filho da puta.

-Calma Grier. - Disse tentando me acalmar.

-Daqui a vinte minutos estou aí. - Falei já pegando a chave do carro e saindo para fora de casa.

-Okay. - Concordou e encerrei a chamada, entrando no carro e saindo rapidamente.

Cheguei na festa em exatamente vinte minutos, sai do carro caminhando apressadamente pelo gramado da mansão em que acontecia uma festa, aonde Megan e Dylan estavam e minha namorada se encontrava bêbada e estava beijando todos. E John, um garoto que estava junto com Dylan, viu o estado de Megan e como Dylan não a ajudou, ele achou o celular dela e me ligou - já que eu era seu contato de emergência -, e aqui estou eu, entrando na casa com raiva e tentando me segurar para não socar a cara de Dylan quando o vir.

Avistei Megan beijando um garoto, ninguém menos que Dylan, eu sentia o cheiro forte de bebida exalando dela. Puxei ela por um braço e peguei ele pelo outro, os levando até perto de onde eu havia estacionado o carro.

-Mas que merda você está fazendo Grier?! - Megan disse meio embolado, não falei nada e a coloquei dentro do carro no banco do carona.

-Legal te conhecer cara. - Disse Dylan de um jeito mais sóbrio que Megan. Sorri sarcástico e o peguei de surpresa com um soco, o fazendo cair no chão.

-Deixar minha namorada bêbada ao ponto de te beijar sendo que está comigo. - Mais um soco. - Isso não é legal.

Ele virou o rosto e cuspiu sangue, se virando novamente para mim e sorrindo com sangue escorrendo pelo canto da boca, me levantei e sai de perto dele indo em direção ao carro até que a voz dele me para.

-Entendi porque está com ela. - Sorriu debochado enquanto eu cerrava os punhos novamente. - Ela beija bem demais.

Me virei para ele, que estava tentando se levantar e fui em sua direção, lhe dando um chute no estômago e o derrubando novamente. Subi em cima dele, e comecei a socá-lo com toda a minha força descontando toda a raiva que eu tinha desse babaca intrometido.

-Só pra sua informação. - Disse me levantando. - Eu não estou só porque ela beija bem e sim, porque eu estou apaixonado por ela.

Dei um último chute em suas costas e me virei voltando a caminhar em direção ao carro, não olhando para trás e nem ligando para os gemidos de dor que ele soltava. Quando cheguei perto do carro, reparei que Megan estava em pé do lado de fora com lágrimas nos olhos, e quando me viu, correu e pulou no meu colo.

-Meu Deus. - Ela disse chorando quando a segurei. - Eu fiz merda.

Não demonstrei emoção e respondi.

-Sim, Megan, você fez.

A soltei e dei a volta no carro, sentando no banco do motorista e o ligando.

-Ei Megan. - Falei alto, ela estava no mesmo lugar que a larguei. - Vamos.

Ela entrou no carro de cabeça abaixada, e saímos de lá  em silêncio. Ela estava mais sóbria agora e eu sabia que estava com medo de mim, pois ela nunca tinha me visto daquela forma. A raiva não tinha passado totalmente e quando dei por conta, estávamos indo para o lugar que eu amava quando criança e conseguia ver toda a cidade. Quando parei o carro, Megan levantou a cabeça e olhou com estranheza ao seu redor.

-Onde estamos? - Perguntou baixo.

-Eu já volto. - Disse ignorando sua pergunta. - Fique dentro do carro.

Não esperei sua resposta e sai do carro, me encostando no capô do carro e pegando um cigarro do maço que eu tinha especialmente para esses momentos.

A cidade parecia viva e calma daqui o vento estava fraco, mas o frio se fazia presente por ser de madrugada, mas eu não me importava muito. Terminei o primeiro, pegando um segundo e começando a fumar novamente até que Megan surgiu do meu lado, colocando um tipo de coberta em nossos ombros e colando em mim.

-Aqui é lindo. - Admitiu admirada.

-Sim, é. - Respondi ainda fumando.

-Por que nunca me mostrou esse lugar? - Se virou para mim.

-Eu ia te mostrar no nosso aniversário de quatro meses. - Disse seco. - Aliás, já passou da meia noite então hoje é oficialmente o dia.

Não a olhei em nenhum momento e continuei a observar a paisagem, terminei mais um e peguei outro. A cada minuto que passava, eu sentia mais raiva e a momentânea calma que o cigarro me proporcionava me fazia fumar mais. Senti que Megan parou de me encarar e voltou a admirar a vista.

Suspirei cansado e peguei mais um cigarro, quando o acendi e traguei a primeira vez, Megan pegou o cigarro da minha mão e começou a fumar.

Virei a cabeça na direção dela - e baixei um pouco a cabeça por ela ser mais baixa - e a observei. Nunca tinha visto ela fumar, e ela era sexy fumando. Algo novo e inesperado.

-O quê? - Ela se voltou para mim.

-Nada. - Peguei o cigarro de sua boca e dei uma tragada.

Inesperadamente, ela se pôs na minha frente, pegou o cigarro da minha mão e se encostou em meu peitoral. Não falamos nada e somente fumamos juntos. Não queria a levar para casa, pois Sammy iria me interrogar e eu não estava a fim de ter que passar por isso.

-Me perdoa. - Sai de meus pensamentos com o murmúrio de Megan, ela se virou e ficamos frente a frente, as lágrimas voltaram para seus olhos e naquele momento, eu vi a antiga e vulnerável Megan. - Eu não devia ter beijado o Dylan. Mesmo com as nossas brigas, eu estou namorando você. Quando eu aceitei seu pedido de namoro, eu prometi ser fiel a você. Foi errado ter bebido demais, eu sou fraca pra bebida e você sabe disso.

Concordei com a cabeça, tragando uma última vez o cigarro e o jogando no chão.

-Olha Megan, essas semanas desde que você voltou diferente, estão sendo exaustivas demais. Eu tento aceitar essa "nova você", mas você não me aceita mais. Eu confiava em você Megan, foi por isso que eu deixei você sair com aquele babaca. - Suspirei. - Mas eu tinha me esquecido completamente que você tinha mudado, porque aquela Megan de antes, eu confiava totalmente. Meu pior erro foi me deixar levar, fazer tudo o que você quis e confiar em uma pessoa que agora, para mim, é uma total desconhecida.

As lágrimas molhavam seu rosto e me deixavam triste, sequei suas lágrimas e ela colou nossas testas.

-Me perdoa. - Ela sussurrou e me deu um selinho. - Por favor.

-Minha Megan. - Acariciei seu rosto e ela fechou seus olhos, eu sabia que era a minha antiga Megan, pois eu sentia seu amor e com isso, simplesmente, a beijei. O nosso beijo. O beijo de duas pessoas que se amam.

Agarrei sua cintura e a puxei mais para mim, ela deu impulso e colocou as pernas ao redor da minha cintura.

-Amor, vamos para sua casa? - Ela perguntou manhosa cortando o beijo.

Sabia que ela queria adiar a conversa que teríamos sobre a amizade com o Dylan. E sabia como ela faria para adiar, com o melhor jeito que podia. Com sexo. 


Notas Finais


enton, começa com euzinhs aq começando essa fic bem de boa, tinha gostado do que eu tinha feito e tals, só que dai eu simplesmente me perdi, eu tinha planejado td lindinho e do nada eu simplesmente mudei e perdi o rumo, e como antes eu estava sem o final da minha outra fic, ficou td uma bagunça na minha mente, e somente agora - com o final da outra planejado - eu vou conseguir me focar aqui.
me desculpem mesmo pela demora, mas agora vai voltar a rotina normal junto com a outra :)

enfim, é isso que tinha para dizer :)

até domingo,

kisses guys ( ˘ ³˘)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...