História What I've Become?! - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Twenty One Pilots
Personagens Josh Dun, Personagens Originais, Tyler Joseph
Tags Josh, Joshler, Twenty One Pilots, Tyler
Exibições 17
Palavras 1.038
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Policial, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem.
Desculpa os erros.

Capítulo 14 - Hugs


Me levanto e me recordo do que eu ouvi ontem ao passar pela sala 21... que diabos tem naquela sala. Quero muito saber o que tem naquela sala... esse lugar por mais aconchegante que seja, escode um segredo e me parece ser obscuro.
                      [...]
Após tomar o cafe vou para a sala do piano... encontro Blurry, Mad e Cool. Ao me sentar consigo ouvir o que eles estavam falando.
Cool: Blurry voce nao sabe da maior, um dos garotos mal começou a falar com a gente e ja disse que amava o estilo da Mad.
Blurry: Mas tambem ela tem um estilo unico.
Mad: Acho chato o normal de mais.
Blurry: Percebi.
Cool: Eles sao muito fofos.
Mad: Verdade.
Blurry: Voces vao se encontrar mais vezes?
Cool: Por mim todos os dias.
Mad: Eu estou tranquila.
Blurry: Voce vive tranquila, e comendo tambem.
Cool: Verdade.
Mad: Falando nisso vou comer.
Todos riem depois disso... ate eu.
Cool: E voce Tyler... nao esta a procura de um amor?
-Acho que ja encontrei...
Depois de alguns segundos percebo o que digo.
Cool: Serio quem.?
Blurry: Deixa ele.
-Nao tenho ninguem nao. Depois que falo isso saio as correndo, quando eu já estava meio longe passo por um lugar onde nunca havia passado antes... pera to ouvindo uns gemidos... o que eu faço? Eu vou pra outro lugar... eu vou procurar... o que eu faço?
Ja sei eu vou ir em direçao a eles.
Vou andando, passo por uma, duas, tres... quando estou perto da quarta ouço os gemidos ficarem mais alto... quando derrepende ouço um grito vindo do lado em que eu estava vindo... e agora eu corro para ver o que esta acontecendo, ou continuo para ver da onde vem esses gemidos... ouço mais um grito e corro para ver o que é.
                         [...]
Quando chego lá vejo Cool e Mad em cima da mesa da cozinha, Heathens dizendo para Cool e Mad parar de gritar... mas ela esta em cima de uma cadeira... Josh e Blurry com vassouras e rodos nas maos e pera tem um rato enorme no chao. Vou pego um pedaço de pau para ajudar eles a matar o rato.
Blurry: Tyler vai ali perto do fogao, Josh fica perto da mesa da cozinha.
Josh: Certo... voce da o primeiro golpe... ele vai correr pro lado do Tyler e depois vai vir pro meu lado e ai eu mato.
Todos os tres concordaram. Blurry bateu no rato... ele veio pro meu lado eu bati nele... depois ele foi para o lado do Josh, ele deu um golpe certeiro no rato que caiu duro no chao. As meninas desceram da mesa e da cadeira, nos abraçaram e agradeceram. Depois de um tempo Melenaida aparece e pergunta:
-Por que tantos gritos?
Heathens: Tinha um rato na cozinha e... onde voce tava?
Melenaida: No parquinho. Um rato? Ja matou?
Heathens: Ja... fazendo o que no parquinho?
Melenaida: Blincando... Preciso fala com voce tia Heathens e com a tia Cool e Mad.
Josh: E comigo?
Melenaida: Desculpa tio é conversa me m-e-n-i-n-a.
Josh: Entendi.
Heathens: Vamos.
E todas sairam juntas. Blurry foi para consulta e eu e Josh fomos para o jardim.
                       [...]
Josh e eu estavamos conversando... quando eu decido pegar na mao dele, Josh cora ao ver o que eu fiz e entao pergunta:
-Voce teria coragem de se apaixonar por um garoto como eu?
Depois que ele disse me dei conta que eu nao sentia mais vontade de matar... isso aconteceu depois que eu cheguei a esse lugar.
-Teria Josh.
-Tyler... esquece eu preciso ir...
-Josh espera... pode falar
-Melhor nao
-Fala.
-Eu gosto de sentir dor entendeu... eu quero que voce me machuque...
Josh disse e saiu correndo, nao me deixou responder.
-Eu quero machucar voce
                      [...]
Depois que Josh me deixou... eu vou para a sala de piano e encontro Heathens.
-Oii Heathens.
-Ooi Tylerzinho.
-Tudo bem ??
-Mais ou menos.
-Por que ?
-É a Cool... ela se sente muito sozinha... e eu tenho ela como uma irma pra mim, ela e Mad... bom Melenaida é praticamente minha filha...
-Nossa...
-Ela sabe que tem a mim e a todos aqui mas ela ainda sente falta de algo...
-Voce se refere a namorado?
-Talvez... mas acho que é mais que isso.
-E o que voce pensa em fazer?
-Nao sei... talvez uma noite das meninas, é isso pode dar certo.
-Verdade... me desculpa é que nao sou bom com palavras.
-Mas falar com voce me ajudou bastante.
-Que bom.
-Mas e voce Tylerzinho... nao parece muito bem.
-Eu estou sim.
-Certeza?
-Nao... é que estou sentindo algo pelo Josh.
-Isso seria?? Amor? Tipo amor verdadeiro e nao esses falsos que tem por ai... exemplo o meu e o do Blurry, esse é de verdade.
-Talvez...
-Bom voce tem que pensar... nao crie falsos sentimentos. Deixa tudo acontecer no seu tempo.
-É verdade obrigada Heathens.
-Denada Tylerzinho... agora me da um abraço. Me levanto e dou um abraço nela. Ela é cheirosa...
Depois que eu a abraço ela vai embora. Acho que vou tocar um pouco de piano.
                         [...]
Derrepente Josh fala.
-Ty voce canta?
-O que ... nao.
-Eu ouvi voce canta.
-Quando?
-Agora, voce tava cantando.
-Nem percebi.
-Voce canta muito bem.
-Mentira.
-É serio canta pra mim de novo.
-Nao.
-Por favor.
-Ta bom.
Começo a cantar e tocar e me lembro de mamae ela amava quando eu cantava para ela.
                        [...]
Quando termino Josh me aplaudi agradeço.
-Josh eu... eu quero machucar voce.
-Verdade?
-Sim.
-Ty posso te dar um abraço?
-Pode.  Josh se aproxima e me da um abraço... começo a sentir borboletas em meu estomago e me sinto voar pelas nuvens... quando o abraço acaba... a nao porque ?
-Ty preciso ir...
-Ta bom... Depois ele foi embora... ele me abraçou... me abraçou.
                        [...]
Esta indo jantar quando... pera, doutor Silas esta quase beijando Melenaida. Eles percebem minha presença, Melenaida passa correndo por mim e doutor Silas toma um rumo desconhecido.
                    ...
No jantar só consigo pensar no que eu vi.
                         [...]
Depois do jantar vou toma banho e termino minha higiene. E percebo que hoje nao tem nenhum gemido.


Notas Finais


Beijinhos de leiteninho.
Ps: tem duas pessoinhas chamadas Mad e Cool que tem lugares reservados em pontinhos no meu coraçao.
E as outras pessoinhas que fav essa fic... I love you vcs.
Só isso.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...