História What I've Become?! - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Twenty One Pilots
Personagens Josh Dun, Personagens Originais, Tyler Joseph
Tags Josh, Joshler, Twenty One Pilots, Tyler
Exibições 27
Palavras 1.008
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Policial, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem...
Desculpa os erros, e tambem se ficou pequeno.

Capítulo 15 - Oh, Ms. Beliver


No café nao encontro Melenaida nem doutor Silas... acho que eles estao me evitando, devem pensar que vou comentar sobre o que vi com alguem... bom talvez eu fale com o Josh... mas só talvez, acho que esta muito cedo para eu sair contando coisas que devem ser mantidas em segredo para Josh, seila a gente começou a se falar agora, bom melhor nao pensar muito... vou convidar o Josh para irmos passear pelo "nosso lar"... bom vou chamar assim, eu meio que moro aqui entao... nada melhor que chamar de casa.
Derrepente sinto duas maos se passando pelo meu quadril... eu congelo na hora, tenho problemas com toques em lugares restritos... me viro para ver quem é... é o Josh, eu relaxo na hora, e ele me da um abraço, um abraço aconchegante e quente, eu queria ficar ali nos braços dele... e que braços, Josh tem um cheiro gostoso, é meio adocicado mas ao mesmo tempo é rustico... eu sentia sua respiraçao calma em meu pescoço... o que era muito bom, nos ficamos assim por um bom tempo, acho que toda essa coisa que esta rolando entre nos esta nos deixando assim carente um do outro. Bom eu decido terminar logo esse abraço, pois começo a pensar em chicotes... e bom... por mais que o Josh queira... é melhor nao.
-Josh, posso te chamar de Joshu?
-Pode... mas da onde voce tirou isso?
-Seila... só gosto do som que essa curta palavra faz... veja J-O-S-H-U
-Joshu, Joshu... é verdade... e entao o que nós vamos fazer hoje ?
-Estava pensando em dar um passeio por esse lugar...
-Que tal irmos na florestas que tem aqui perto?
-Floresta?? Nao tem perigo?
-Nao... na verdade nao é bem floresta é um lugar onde tem varias arvores.
-Entao é floresta.
-Isso é o que voce pensa. Mas bom pra mudar sua opniao vou lhe contar ... o lugar foi todo incendiado entao é uma floresta negra...
-Joshu voce ta bem ??
-Acho que nao hahhaha.
-Percebi... meu Ms. Beliver...
-Ms. Beliver?
-É... isso é uma musica que eu escrevi.
-Canta ela pra mim?
-Só la na "floresta negra".
-Hahah ta bom... vamos.
Joshu me puxa e vamos caminhando.... quase correndo, ate a floresta...

Ao chegar na floresta percebo que ela esta toda queimada... e bon ela parece uma floresta negra. Joshu e eu nos jogamos no chao.
-Entao Ty, voce disse que ia cantar...
-E vou mais vamos curtir esse solzinho.
-Vamos... mas enquanto voce canta.

Me levanto e começo a cantar.

Oh, Ms. Beliver, my pretty sleeper your twisted is lake snow on the road
Your shaking shouders prove that's colder
Inside your head, in the winter of  death

I will tell you, i love you
But the muffs on your ears will cater your fears
My nose and feet are running as we start
To travel through snow, together we go
Together we go

We get colder as we grow older
We will walk so much slower

Oh, Ms. Beliver, pretty weeper
Your twisted thoughts are like snow on the roopftops 
Please, take my hand, we're in foreign land
As we travel through snow, together we go
Together we go
We get colder as we grow older
We will walk so much slower

Quando acabei de cantar me sentei perto do Joshu que estava boquiaberto.
-Ty, voce canta muito... voce canta com a alma e todo o resto.
-Obrigado...
-Nao cara é serio... a gente ate podia um dia formar uma banda.
-É quem sabe...
-Voce promete cantar sempre pra mim ??
-Hm... prometo.
Ele me deu um abraço e depois eu me deitei no colo de Joshu... ele fez cafune em mim e ficamos ali olhando o sol...

Depois de um tempo lembro do que eu vi entre doutor Silas e Melenaida e decido contar para o Joshu.
-Joshu... eu vi o doutor Silas e Melenaida quase se beijando.
-É? Normal... eles tem um caso a um bom tempo. Sao praticamente namorados.
-Serio?? E por que ninguem me contou?
-Acho que todo mundo ja tava tao acostumado a velos juntos que nem se deram conta de que voce nao sabia disso.
-Entao sao eles que soltam aqueles gemidos a noite??
-Isso eu nao sei... mas bom deve ser... Ty vamos esquecer esse assunto.
-Nao Joshu eu to quase arrancando os cabelos para descobrir quem fica gemendo a noite.
-Ty, nao se preocupe com isso... voce ja sabe que "talvez" a metade dos gemidos sejam deles... pra que tanta curiosidade.
-Pera... metade? Entao...
-Um dia em te conto tudo.

Acho melhor nao precionar muito... ja sei de uma boa parte das coisas.

                     [...]
Mais tarde no jantar...
Dessa vez esta todo mundo rindo e contando historias... doutor Silas esta de maos dadas com Melenaida que sorri bastante... ate que eles sao bonitinhos juntos...
Eu e Joshu estavamos sentados um do lado do outro, aproveito a oportunidade e passo a mao pelas pernas de Joshu... sinto ele estremecer, subo minhas maos ate perto de seu membro e dou uma leve apertada nessa regiao, Joshu fica duro... meu deus que rapido... Joshu se levanta bruscamente e corre para o seu quarto...
Por mais que eu ache que tudo esta muito rapido, nao consigo me controlar... eu acho que estou sentindo algo por Joshu... e isso é muito novo para mim, eu fico parecendo um bobo, nao sei como agir, pensar, falar... eu to pirando, esse negocio é estranho deixa as pessoas meio abobadas e ate mesmo idiotas.
Eu preciso me controlar... eu nao posso me deixar levar pelo o que estou sentindo por Joshu... estou tao entregue a esse sentimento que ate dei esse apelido Joshu... chega ate ser um pouco ridiculo, mas eu gosto dele.

Todos ficam boquiabertos com a forma em que Joshu sai da mesa... mas bom todos continuam comento e agindo como se nada tivesse acontecido.

Mas tarde vou para meu quarto faço minha higiene e me deito em minha cama.

                         [...] 
Estava dormindo quando ouço alguem me chamar.

-Ty... Ty... vamos acorda.


Notas Finais


Pelo amor de deus gente me desculpa se ficou uma merda... eu tentei deixar isso o mais "bom" possivel... mas nao consegui(eu acho)... entao desculpa e espero que gostem...
Beijinhos de leiteninhos...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...