História What life gives us and what death takes away - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 4
Palavras 1.313
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ficção, Hentai, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Canibalismo, Heterossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Vocês ja ouviram falar no termo Apenas amigos? que é o famoso caso da Friendzone?
Então, não é exatamente isso que vocês vão ver nesse capítulo!
>;)

Por culpa de alguém que não vou dizer quem é, Lif sou eu e Liu é o Tylerr, meu amigo que está me ajudando com a Fic
Tudo bem que eu sou quem direciona a Fic, mas ele foi muito gentil comigo nas ultimas semanas, eu não poderia negar essa carinha linda de paquera dele! kkkkkkkkkkkkkkkk
E como eu prometi, ele vai escrever esse capítulo
Então vamos ver no que dá deixar ele escrever algo sobre mim e postar na internet aberta(kkkkkkkk, vai dar merda, ele é muito puxa-saco meu)

Capítulo 4 - Lif e Liu-"Apenas amigos"


Fanfic / Fanfiction What life gives us and what death takes away - Capítulo 4 - Lif e Liu-"Apenas amigos"

Entre as aulas de Matemática e Ciências, é o intervalo, e Lif sempre vai na Biblioteca aos sabados(Sim, Lif é Nerd á ponto de fazer isso)
Ela procura livros sobre Astrologia, Biologia e Psicologia, o primeiro á ler é o de Psicologia, ela sempre se interessou por psicologia, principalmente reversa(Huehuehuehue)
Como uma estudante exemplar, ela era assistende de 4 professores, os outros 5 eram ajudados por Liu, o líder de sala
Liu havia vencido á votação para líder de sala com 13 votos ácima da vice-lider, e Lif apenas se matriculou no colégio 2 meses depois das votações, ou ela teria ganhado com certeza
Lif pega mais 4 livros na seção de ficção e coloca todos empilhados sobre a mesa, e vai até o balcão para alugá-los

-Olá "Liffy"- Diz a senhora idosa, que atendia Lif -Já que você gosta tanto de Ciência, Porque você não pega o livro novo que chegou ontem? Ele fala tudo sobre o universo, sem resumos nem cortes, você vai adorá-lo
Apesar de muito conteudo, o livro não aparentava ter muitas páginas, algo que Lif odiava, mas como ela podia negar a Ciência?
Lif vai em direção da estande que estava o livro dito pela senhora, quando ela coloca a mão no livro para pegá-lo, Liu aparece atrás dela, e coloca sua mão sobre a de Lif

-Ora ora- Diz Liu com tom de gozação- Olha o que as estrelas trouxeram aqui! O que está lendo, Princesa?
(KKKKKK, eu falo bem assim com ela!)

-A curiosidade mata, Liu! Sua mãe não lhe ensinou a ser educado?
Liu da uma risada curta

-Me ensinou sim, mas com você preciso me preocupar e ficar de olhos bem abertos, minha Princesa!

-Não sou princesa, Liu! Muito menos sou sua!- Lif sai andando
Liu corre atrás de Lif, para fora da Biblioteca

-Ei, aquilo maguou!- Liu diz com um tom meio bravo

-Eu sei- Diz Lif, tranquila- Era pra magoar
Os dois riem, eram considerados uma dupla chata e arrogante pelos outros alunos, mas nenhum dos dois davam valor para o que os outros diziam

-Então,Lif....Pra onde está indo?

-Vou para a sala7 ler 3 desses livros, depois vou pra casa ler mais 6

-Nossa, que rotina!- Liu abre um sorriso e olha em volta- Você já parou pra pensar que não tem ninguém na escola além de você?

-Já, por isso eu venho aqui- Lif explica- Silencio e paz, durante 6 horas, pode pensar em algo melhor?

-Fazer amigos e não se isolar?- Liu pergunta
Os dois se encaram por um momento, sérios, e em seguida os dois riem muito alto

-Que pergunta, Liu! Que pergunta!

-Eu sei! Pareci um idiota falando em você se socializar, como se você fosse fazer isso algum dia!
Para muitos, isso pode parecer um insulto ou reclamação, mas para Lif era certamente a verdade sendo dita, por mais desconfortavel que seja, Lif gostava de ouvir esse tipo de coisa, se referindo á ela(E ainda assim, ela não é nem um pouco otimista)

-Você não pode falar nada, Liu! Você também preferiu ficar sozinho no colégio, doque na festa com seus amigos!- Lif ri do amigo

-Mas eu não estou sozinho, eu estou com você, e não existe companhia melhor que a grande geek Lif!

-Grande coisa eu sou!- Lif diz com um pouco de sarcasmo, tentando disfarçar sua vergonha

-Sim, você é, quem seria melhor que uma garota inteligente e bonita, que gosta de viver em paz, e não igual aquelas garotas que vivem em festas, se embriagando. Eu tenho sorte de ter você, muitas garotas da sua idade já estão perdidas enquanto você- Liu faz uma pausa- Você é perfeita
Lif havia ficado sem palavras, não era comum receber elogios, e muito menos comentários positivos á seu respeito
Ela ficou envergonhada e confusa, ela também tinha sorte de ter Liu, eles eram melhores amigos desde que tinham 6 anos, Lif até tinha achado estranho, por não conhecer a familia dele e nem ele conhecer a familia de Lif, mas já fazia tanto tempo de Amizade, 11 anos que se conheciam, e desde então, nunca se separaram

-Eu vi que te deixei desconfortavel- Liu faz uma pergunta em forma de afirmação
Lif ainda pensativa sobre o comentário de Liu, apenas olha para outro lado

-Ei, não fica assim, não pense muito sobre isso

-Eu não estou pensando sobre isso- Lif tenta disfarçar denovo

-Hm- Liu resolve não perguntar, ele sabia que ela estava mentindo
Lif coloca seus livros sob a mesa do professor, já que a sala estava vazia, apenas Lif e Liu estavam lá
Lif ainda disfarçando, começa a passar a mão por seu pescoço e nuca, enquanto revirava os olhos

-Quer que eu me retire?- Liu pergunta, desanimado, enquando caminha de costas em direção á porta

-NÃO!- Lif grita, fazendo Liu se assustar- Quer dizer... não.
Lif estava tão confusa quanto Liu, pensando sobre o motivo dela querer que ele fique, ela praticamente odiava comanhia de alguém enquanto estava lendo

-Lif, você tá bem?- Liu quebra o silêncio

-Não....- Lif abaixa a cabeça novamente, e fica encarando o chão por alguns segundos- Fica aqui comigo! Eu não quero ficar sozinha hoje.....
Quando Lif se deu conta, estava totalmente corada, e quando Liu concordou em ficar, ela deu um sorriso de orelha à orelha, ficando mais vermelha que um tomate(Huehuehuheuheuheuheuehue)
Os dois se sentam á mesa, um ao lado do outro, cada um pega um livro e começa a ler, Liu não era fã de ler, mas aquelas teorias do universo entretiam ele, assim como entreteram Lif
Á cada dois minutos, Liu fazia uma pergunta para Lif sobre o parágrafo que lia, e Lif respondia todas elas, fazendo Liu pensar mais e mais sobre como era divertido estar fazendo aquilo

-Liu....- Lif pensa um pouco

-Sim, Lif?

-Obrigada, por ter feito tanta coisa por mim durante todos esses anos

-Ah- Liu ficou um pouco confuso- Denada
O silêncio preenche a sala novamente

-Liu....- Lif repete a mesma coisa

-Sim?

-Desculpa

-Por oque?

-Por ter brigado com você..........Quando você caiu com a minha bicicleta e arranhou ela........
Liu da uma risada longa- Ah Lif, eramos crianças mimadas, tinhamos apenas 8 anos, e além disso, ficou tudo bem!

-Mas eu nunca te pedi perdão por ser tão inusitada- Lif estava sentimental pela primeira vez na vida, até que percebeu que era bobagem falar sobre aquilo depois de tantos anos-Você tem razão, não faz sentido

-Ah Lif- Liu tenta reconfortar ela- Quando você se sentir que não é nada, lembre-se que você é perfeita pra mim
Apesar de ser apenas uma frase, era parte da letra de uma musica, e Lif sempre se sentia melhor quando ouvia a tal canção, ela olha pra Liu e ele sorri, e Lif faz o mesmo
Os dois estavam com a mente tão aberta, e tão felizes um com o outro, Liu olhou nos olhos de Lif, e Lif nos de Liu, os dois estavam chegando ainda mais perto, estavam prontos para desfrutar de um beijo "entre amigos", Liu estava totalmente emocionado, mas Lif voltou á raciocinar, e percebeu que não estava pronta para tal coisa, ou estava? Era algo que ninguém sabia, nem mesmo Lif
Lif entrou em pânico por dentro, seu coração dizia que sim, mas seu cerebro dizia que não, e Lif perguntou á sí mesma "Já é tarde?", e uma voz interior negou sua pergunta
Voltando ao momento, Lif afastou seu rosto do de Liu bem devagar, e Liu percebeu que algo estava errado, ele não havia dito nada, mas pela sua expressão, Lif percebeu que ele queria diser "Você está bem?", antes que Liu pudesse fazer algo, Lif pegou seus livros e saiu correndo da sala, assustada e confusa
Mas quando Liu se retirou, percebeu que Lif havia deixado cair um de seus livros, então Liu ficou feliz, pois era um motivo para rever a garota


Notas Finais


Então é isso, esse capítulo foi escrito apenas por mim, Tylerr, porque eu venci uma aposta contra a Anna e ela teve que deixar eu escrever o capítulo 4,5 e 6

Espero que tenham gostado, realmente dá muito trabalho escrever Fics, e agora eu tenho essa noção

Como a Anna já deve ter avisado, essa historia é baseada em fatos reais, com algumas adaptações, enfim, pensem nisso como uma grande realidade sobrenatural

A musíca citada no texto é Perfect da cantora americana P!nk, encontrada no seguinte link:
https://youtu.be/K3GkSo3ujSY

Agradeço, Tylerr


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...