História What Now? - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Ação, Jikook, Namjin, Romance Policial, Suspense, Taegi, Vhope, Yoonmin
Exibições 130
Palavras 1.295
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Fluffy, Lemon, Policial, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


VOLTEIIIII
sim, eu sei, fiquei um mês sumida ;-;
mas agora eu to d volta XD

Capítulo 8 - Back To Normal


Fanfic / Fanfiction What Now? - Capítulo 8 - Back To Normal

Taehyung poderia considerar sua vida totalmente de volta agora. Isso era bom, pois ele não aguentava mais ficar devendo a Suga. Ele também não havia tido nenhuma notícia de Hoseok. Ao que parece, o namorado havia sumido mesmo. Taehyung até chegou a comentar com Jin sobre o desaparecimento do namorado, mas não adiantou muito, pois mesmo com as equipes de busca se esforçando ao máximo para encontrar o garoto, parece que ele não queria ser encontrado. Isso era ruim. Hoseok era a única pessoa em que Taehyung confiava.

- Não fique assim, Tae. Tenho certeza que uma hora ele vai voltar. E vai te pedir desculpas. - Jungkook falava com um sorriso falso no rosto, porém Taehyung simplesmente não conseguia se tocar disso.

- Ah, Kookie... Se você soubesse o que é estar apaixonado por alguém tanto quanto eu sou pelo Hoseok! - Taehyung dizia, não se lamentando nem sendo dramático, mas realmente sentindo falta de Hoseok.

- Eu sei. - Jungkook respondeu suspirando.

- Ué, Kookie, você namora? - Taehyung ficou surpreso. Jungkook raramente falava de si próprio.

- Namorava. Ele terminou comigo faz tempo. Mas eu estou lutando para tê-lo de volta. - Jungkook estava sendo totalmente sincero. Poderia ser um mentiroso e falso sujo, frio e calculista, mas nesse exato momento ele estava sendo completamente sincero.

- Ué, você também é gay? - Taehyung sorriu. Finalmente alguém que o entendia!

Jungkook deu um sorrisinho.

- É, eu sou. Mas eu não conto se você não contar. - O mais novo riu, fazendo Taehyung rir junto. Era óbvio do que ele estava falando.

- Muito bem... quem é ele? - Taehyung simplesmente não resistiu. Era bom conversar sobre isso com alguém. Isso o fez tirar Hoseok da mente por aluns tempos.

- Ele hoje é ruivo, baixinho, gostoso, tem uma voz fina e é muito tsundere. - Jungkook riu. - E o nome dele é Park Jimin.

Nessa hora Taehyung travou.

"- Oi, Nina. Esse poste aqui se chama Taehyung, e adivinha só? Foi vítima do sequestro de Jimin e Namjoon. - Suga respondeu, e a garota riu. Taehyung deduziu que Jimin era o ruivo que havia lhe lançado aquele olhar. "

Jimin.

Um ruivo baixinho, forte e com voz fina. Agressivo. Ciumento.

- Jungkook... onde esse tal de Jimin mora? - Taehyung forçou um sorriso, tentando não deixar aparecer suspeitas, porém Jeon era expert em perceber as coisas. Mas achou que não faria mal Jimin e Taehyung se conhecerem, já que achava que eles não se conheciam.

- Perto do subúrbio. Eu posso te apresentar ele, qualquer dia desses. - Junkook sorriu.

"Te peguei, Park Jimin. Você me paga. E o tal Suga também vai pagar."  Taehyung deu um sorriso vitorioso.

Enquanto isso...

Suga estava completamente entediado. Ele queria muito fazer algo, porém sabia que não poderia por causa de seu pai. E o que ele mais queria agora era se arrriscar ainda mais do que o normal: ele queria ver Taehyung. Ele amava provocar o garoto.

Desde que se viu devendo favores a Taehyung sempre, o mais velho acabou por se afeiçoar ao garoto. Estava na cara que ele não tinha nenhuma experiência policial, pois nem sequer havia ameaçado-o ou tentado algo, mas mesmo assim... A única coisa que ele não poderia esquecer era que, mesmo sendo um desastre nisso, Taehyung era policial. E ele era herdeiro de uma máfia.

O problema era que, se havia algo que Suga adorava, era mexer com o perigo.

Ficou tanto tempo pensando em Taehyung que nem percebeu quando Jimin chegou perto de si.

- Yoongito? - Jimin riu. Isso fez o mais velho o olhar com cara entediada.

- Eu já falei um milhão de vezes...

-... e você não precisa repetir. - Jimin o interrompeu antes que Suga terminasse. Isso fez o mais velho bufar.

- O que você quer, Jimin?

- Bem... - o ruivo soltou uma risadinha maliciosa e lambeu os lábios. - o Kookie não está aqui agora para me interromper.

- Kookie? Que intimidade é essa, Chimchim? - Suga fingiu ciúmes, embora ele mesmo fosse o responsável pelo relacionamento de Jimin e Jungkook andar pra frente... ou não. Mas se ele não fizesse esse relacionamento andar, iria ganhar Jimin, porém ia perder Taehyung. E era isso o que ele não queria.

Jimin riu.

- Você sabe que eu só tenho olhos pra você, Yoongi. o Kookie é gostoso e tals, o pau dele mais ainda, ele me faz ver estrelas na cama... - Jimin se abanou suspirando ao lembrar de sua última noite com o garoto. - mas mesmo assim. Você tem sentimentos, ao contrário dele.

Dito isso, Jimin aproveitou que Suga estava deitado e se sentou em cima dele, encostando seus membros. Suga não se abalou.

- O que quer dizer? Ele ama você. - Suga disse. Não queria mais nada com Jimin depois que conheceu Taehyung.

- Aish, você fala demais. - Jimin avançou seus lábios para os do mais velho, nem pensando duas vezes antes de invadir a boca do mesmo com a língua e se atrever a pôr a mão dentro da calça do mesmo, massageando o membro do garoto por cima da cueca.

Por mais que não quisesse isso, Suga acabou ficando excitado. Jimin o conhecia desde sempre... Sabia exatamente onde o tocar para deixá-lo louco.

"Uma vez mais não vai matar ninguém." Suga pensou, e acabou se deixando levar pelos encantos de Jimin.

Quando Jimin percebeu que tinha o que queria, sorriu contra a boca de Suga, e o puxou para mais perto pelos cabelos. Suga rapidamente assumiu o comando: em menos de um minuto, conseguiu dominar Jimin e despir o garoto de suas roupas, o provocando cada vez mais.

Jimin enlouquecia a cada toque de Suga. Ele sempre se esquecia que não era só ele que sabia onde tocar o outro.

- Y-Yoongi... - Jimin gemeu, o que só serviu para deixar Suga mais louco. Ele adorava ouvir seu nome real saindo num gemido pelos lábios do mais novo. Suga puxou Jimin pelos cabelos, sabendo que Jimin adorava ser machucado nessas horas, e o jogou com tudo no chão.

- Vem cá e me chupa. - o mais velho disse, abrindo o fecho de sua calça o suficiente para expor seu membro enorme, grosso e liso, já até lubrificado com o pré-gozo do mesmo. Jimin praticamente babou ao ver o membro de Suga. Fazia tanto tempo que ele não sentia aquilo dentro de si...

O ruivo foi engatinhando até o mais velho com uma expressão safada no rosto. Assim que se viu perto o suficiente, agarrou a base do membro do mais velho com uma saudade enorme e começou a masturbá-lo como se sua vida dependesse disso. Suga adorava a sensação das mãos pequenas de Jimin sobre seu membro, mas gostava mais da boca do garoto nele. E mais ainda do... Bem, todo mundo sabe o quê.

Suga soltou um gemido/suspiro quando sentiu a boca quete e úmida de Jimin descendo pela extensão de seu pênis, que agora pulsava, implorando por mais. Jimin soltou um risinho abafado e displicente, fazendo movimentos fortes e arranhando de leve com os dentes.

Suga não aguentou muito e empurrou Jimin novamente no chão, sem nenhuma delicadeza.

- Fica de quatro. Agora. - Suga ordenou. Jimin obedeceu com gosto. Ele adorava fazer isso com Suga, principalmente porque o mais velho não tinha dó nenhuma de si.

Jimin soltou um gritinho agudo ao sentir Suga entrando dentro de si. Suga só pirou mais ainda ao ouvir o som, dando estocadas fortes e profundas no garoto, que gemia que nem uma garota de programa.

- QUE PUTARIA É ESSA AQUI?!?!

Jimin e Suga se assustaram ao ouvir a voz de Jungkook, que observava os dois com uma expressão furiosa.


Notas Finais


EITA
DANOU-SE
:v
~XOXO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...