História What U Waiting For? - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias VIXX
Personagens Hongbin, Hyuk, Ken, Leo, N, Ravi
Tags Leo, Ravi, Vixx, Wontaek
Exibições 77
Palavras 1.571
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Dois anos depois, aqui estou eu!
Eu comecei a escrever esse capítulo faz alguns dias, mas só agora terminei de escrever... Bem, espero que gostem e que seja bom o suficiente para suprir dois anos de espera.

Preste atenção nas palavras em negrito.

Boa leitura.

Capítulo 3 - Stay with me.


Fanfic / Fanfiction What U Waiting For? - Capítulo 3 - Stay with me.

Tinha sido uma longa conversa com Hakyeon. Taekwoon não podia esconder mais aquilo que sentia por outro homem, um que não era seu namorado.  

Mesmo com medo e cheio de incertezas  sobre o que ele estava fazendo, desabafou com seu agora "ex" namorado e contou tudo o que sentia por seu amigo, começando desde a primeira vez que tinha visto Wonshik na vida. Ele não negou a atração, não negou o amor sempre repreendido e não negou a vontade de estar ao lado de outro. De quem ele realmente amava. Afinal, se era amor, porque ele deveria se privar daquilo? Ele faria acontecer.  

Depois de ouvir toda a história sair da boca de Taekwoon, Hakyoen apenas tinha dado um longo suspiro e caído no sofá, com as lágrimas escorrendo por seu rosto, sem poder dizer nada.  Bem queria obrigar o outro a ficar, mas sabia que aquilo não era certo. Ele tinha escolhido outra pessoa e como um bom namorado, ele respeitaria aquilo. Então, meio sem jeito, se levantou do sofá e abraçou Taekwoon com força, sem conseguir se soltar do corpo magro por vários minutos, apenas aproveitando o cheirinho característico que ele tinha desde sempre.  

- Taekwoon... Eu quero que seja feliz. - Murmurou ao se afastar alguns centímetros, o suficiente para que pudesse ver o rosto também inchado do ex namorado. -  E se você o ama... Não deixe ele ir. Eu sei que vocês vão ser felizes juntos. - Disse por fim, soltando  Taekwoon de seu abraço apertado para se sentar no sofá de novo, agora com o choro pesado.  

Com uma dor no coração, por deixar ali naquele apartamento tantas lembranças e momentos que ele tinha vivido ao lado do ex namorado, Taekwoon finalmente saiu do local, segurando o choro para não arruinar com toda aquela pose. Ele não poderia se mostrar fraco na frente de uma pessoa que já estava soluçando de tanto chorar. Decidido, pisou para fora do apartamento com o pensamento que Hakeyon ficaria bem e que ele precisava encontrar Wonshik.  

Com apenas o celular e a carteira no bolso, Taekwoon saiu do apartamento para ir até a casa de Wonshik, era longe, mas pelo menos ele teria tempo de pensar no caminho. Perdeu a noção de quantas quadras andou sozinho, abraçando o próprio corpo e olhando apenas para frente, sem conseguir manter uma expressão certa no rosto. De certo modo, se sentia horrível por deixar Hakyeon daquele jeito, mas como poderia negar seus sentimentos? Tinha medo de negar aquilo por mais um dia e Wonshik decidir ir embora. O que seria ele se ficasse sem Wonshik? Sem sentir aquelas borboletas agitadas no estômago toda vez que visse aquele rosto bonito? Não era só atração, ele amava Wonshik.  

Quando finalmente se viu em frente ao prédio que mais novo morava, soltou um longo suspiro e olhou para uma das janelas do apartamento, tentando descobrir se Wonshik já estaria em casa. Depois de longos segundos, entrou no prédio e subiu pelo elevador até o andar certo, logo andando até o apartamento que ele morava, número 30.05. Bateu na porta, hesitante e esperou uma resposta. Nada. Ele teria saído de casa ou ainda não teria voltado de onde estavam mais cedo? Mas já era noite... O coração de Taekwoon se apertou um pouco e ele decidiu andar até o elevador de novo, indo para a cobertura do prédio desta vez. Assim que as portas do elevador se abriram, um vento frio bateu em seu rosto, o que fez Taekwoon se encolher um pouco.  

Os olhos felinos procuraram por toda a cobertura até ver uma figura alta perto da grande de segurança, olhando para baixo, com cobertor em cima dos ombros. Ele parecia tão frágil daquele jeito que Taekwoon praticamente correu até ele. Claro que ele estaria assim, tinha deixado ele sozinho no quarto mais cedo.  

- Wonshik! - Exclamou assim que chegou perto e pegou no ombro do mais novo, apertando ali e vendo o mesmo se virar em sua direção. O sorriso leve que tinha no rosto desapareceu assim que viu as lágrimas no rosto de Wonshik, como se cada lágrima pequena daquela fosse um tapa em sua cara. Ele teria feito seu Wonshik chorar?  

Meio sem graça e com medo de começar a falar, os dois se encararam por longos segundos, um olhando para os olhos inchados do outro. Wonshik negou com a cabeça, mordendo o lábio, como até em um momento como aquele, ele ainda tinha na cabeça o pensamento de como Taekwoon ficava incrivelmente bonito com aqueles olhinhos felinos na expressão curiosa em que o encava?  

- Eu preciso falar com você, Wonshik... - Taekwoon começou a falar, olhando para o rosto inchado, mas foi interrompido quando a mão do mais alto se levantou, pedindo silêncio. Eles permaneceram assim por mais longos segundos antes de finalmente alguém dizer algo.  

- Eu preciso falar algo primeiro, Jung Taekwoon. - O cobertor de Wonshik caiu de seus ombros quando ele passou as mãos pelo rosto, olhando para Taekwoon logo em seguida. - Eu preciso te contar algo que está dentro de mim faz tempo, mas eu nunca fui corajoso o suficiente para te contar. E por isso, eu acabei de perdendo.  

Sem dizer mais nada, Taekwoon apenas confirmou com a cabeça, com os lábios abertos, um tanto surpreso por Wonshik ter falado daquele jeito com ele, mas esperou.  

- Eu gosto de você, Taekwoon! Não... Eu te amo, Taekwoon. - Ele sussurrou e só depois sua voz conseguiu aumentar, quando ele finalmente olhou o mais velho nos olhos. - Eu sei que sou um idiota por não ter dito isso antes pra você, mas eu simplesmente não consegui! Eu tinha medo de ser rejeitado por alguém que eu sempre admirei de longe, então... eu fui covarde apenas não disse nada. Mas quando me contou que estava namorando com o Hakyeon... Droga. Foi como se meu coração quebrasse.  

As mãos do mais alto foram para seu rosto, onde ele se escondeu um pouco, logo voltando a olhar para o moreno. Taekwoon queria ir até ele e abraçar o corpo quentinho de Wonshik, queria contar á ele que estava tudo acabado entre ele e Hakyeon, mas a expressão de Wonshik dizia que ele ainda não tinha terminado de falar.  

- Então, mesmo que você esteja namorando meu amigo... Eu estou aqui dizendo isso! Eu te amo, Jung Taekwoon... E mesmo que você escolha ficar com ele, eu vou continuar aqui, te amando e esperando por você. Porque é você com quem eu quero passar todos os dias... É você quem faz meu coração bater forte. - Wonshik disse, com as palavras saindo de modo rápido, quase enroladas, de sua boca. Ele nem deveria estar respirando direito, já que ofegava. - Então, é isso...Eu estou aqui me declarando porque não consigo mais fingir que não sinto nada por você! Então... por favor... não se afaste de mim por isso. Fique.  

Quando terminou, Wonshik apenas abaixou a cabeça, suspirando fundo e esperando pelo pior. Esperava que Taekwoon lhe desse um tapa no rosto, xingasse-o ou fizesse ainda pior, lhe desse as costas e fosse embora. Esperou, esperou, mas nada disso aconteceu. Depois de longos segundos fitando apenas os sapatos nos pés de Taekwoon, ele levantou a cabeça e encarou o outro, em busca de algo ou alguma expressão que dissesse o que o mais velho estava sentindo no momento.  

 Sem dizer nada, Taekwoon deu um passo para frente e pegou o rosto do mais alto entre as mãos, mas desta vez não para encostar seus lábios e sim suas testas. Com os olhos fechados, ele sorriu, tão próximo do menor. Nunca tinha sorrido tão verdadeiramente quanto agora, então sentiu as bochechas quentes um pouco, abraçando o corpo alto que ele tanto necessitava perto. Como tinha conseguido ficar tanto tempo sem fazer isso?  

Não demorou segundos e ele pode sentir Wonshik chorando, com o peito subindo e descendo rápido, o que só fez ele abraçar mais o mais novo e sorrir de novo, beijando demorando os lábios bonitos que ele sempre admirava de longe. Não teria mais que apenas pensar em fazer aquilo. Ele estava ali para ele. Os lábios estavam juntos e, mesmo com o gostinho salgado de uma lágrima de Wonshik, começaram a se mover um contra o outro. A mão do mais alto subiu para os fios do moreno e o seguraram ali bem firme daquela vez, decidido em nunca mais deixar ele escapar de seus braços.  

- Você vai ficar? - Wonshik sussurrou com a voz rouca, por causa do choro, abraçando o corpo delicado do outro tão forte quanto antes, quase fazendo Taekwoon perder o ar. Mas ele não reclamou e nem se mexeu um centímetro sequer.  

- Sim... Eu vou ficar. - Com aquilo, os dois sorriram um para o outro, selando os lábios demoradamente mais uma vez, sem nem mais perceber o vento frio que batia nos dois corpos. Estavam tão envolvidos um com o outro que não tinham nem percebido. - Eu te amo, Wonshikkie... É com você que eu escolho ficar.  

Com aquelas palavras e sorrisos trocados, Wonshik apertou tanto os outros nos braços que até levantou o mesmo do chão, girando-o nos braços por aquela cobertura do prédio, gelada e vazia. Agora nem tanto, já que o amor preenchia qualquer espaço, pelo menos para eles. Estavam finalmente juntos, depois de tanta dificuldade e não deixariam nada acabar com isso. 


Notas Finais


Finalmente está completa!
Beijos para os que ainda me mandaram mensagens, perguntando sobre. Foi muito importante.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...