História What's Behind - Capítulo 43


Escrita por: ~

Postado
Categorias Rebelde (RBD)
Personagens Christian Chavez, Maite Perroni
Tags Chaverroni
Exibições 33
Palavras 1.118
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ola pessoas... Outra vez deu problema e não consegui postar ... É muito difícil ser eu rsrs ... O capitulo de hoje vamos ver o que aconteceu com Annie e Bel ...por que as duas se odeiam ?
Vai ler que você descobre ué espero que gostem e boa leitura:)

Capítulo 43 - O julgamento da Senhorita Peregrin...part.2final


-Belinda se senta no lugar de Maite e o 1 Advogado começa as perguntas.
(Adv.)-Srta. Peregrin ... Que tipo de sentimentos tem pelos Senhores Chávez?
(Bel.)-Antes...eu amava o meu Chris e muito...mas o ele começou a me ignorar e só ter olhos para a Maite..e isso me deixou com muita raiva dela...Eu pensei que ela fosse uma mosca que iria ser fácil pisar mas ela é forte consegue ser fria grosseira...gosto desse lado...o que sinto por ela é... Inveja...-Os que estavam ali se assustam com o que ela diz...- É ...ela tem o amor de Chris... Tem aquela casa linda..
(1Adv.)-E iria ter um filho mas você impediu isso...porque?
(Bel)-Não pense vocês que foi de propósito...eu tinha bebido e fiquei descontrolada (*mentiraaaa*) ..ai veio umas coisas na minha cabeça dizendo que era para mim impedir a próxima felicidade do casal...então me lembrei de que meu amigo disse que Maite estava grávida...
(1adv.)-Que amigo é esse?
(Bel)-Henrique..
(1Adv.)-O que ele tem haver com o caso.
(Bel)-Nada..ele era o príncipe encantado da Branca de Neve.
(1Adv.)-Ele poderia vir aqui ?
(Bel)-Não...ele não está no país..(*Mentiraaaa*)
(1Adv.)-E como ele soube...- ela sorriu
(Bel)-A Maite contou pra ele.
(1Adv.)-E não te pesa saber que você matou um ser que estava em formação?
(Bel)-Eu juro que não queria fazer isso...mas eu estava num momento de raiva...não estava raciocinando..eu só queria te assustar Mayzinha juro... Mas quando entrei na sua casa o cachorro veio pra cima de mim e eu me defendi... Ai você apareceu e eu fiquei com mais raiva e ...e.. quando vi eu já estava andando nas ruas de novo... Foi isso que aconteceu.
(1Adv.)-Não empurrou ela da escada?
(Bel)-Não...não empurrei ela me implorou pra soltá-la e foi o que eu fiz...acho que ela se desiquilibrou.
(1Adv.)-É só isso senhor Juiz.
(Juiz)-Dou a palavra para o advogado da acusada...
(Adv.)-Disse que um amigo lhe contou sobre a gravidez dela?
(Bel)-Sim...
(Adv.)-Digo em defesa da Senhorita Peregrin... Tudo o que aconteceu e está acontecendo é culpa da senhora Chávez... Pois se ela não tivesse dito para o seu ex o que eu não entendo o porque de conversar com o ex... Se você não tivesse dito -apontou para May que o olhava nos olhos séria - A senhorita Peregrin não iria saber tão cedo da sua gravidez.. E você não teria perdido o bebê...é tudo sua culpa.
(Juiz)-Ordeno que se afaste e respeite a senhora Chávez!!
(Adv.)-Senhor juiz a senhorita Peregrin...estava em um momento de raiva...eu não a considero culpada e também não tem provas para dizer que ela é..
(Annie)-Senhor...ela não é santa..
(Bel)-Ai magoei
(Annie)-Ela não fez maldade só com a Maite fez comigo também..
(Bel)-Anahí aquilo nem foi pra tanto.
(Annie)-Não foi ? Se não fosse o Chris eu estava perdida...
(Juiz)-Nos conte por favor..
(Bel)-Vai...conta -sorriu.
(Annie)-Okay...eu e ela eramos amigas daquelas que contam as coisas...
Até ai tudo bem mas depois de um tempinho percebi que as pessoas la na escola me olhavam de um jeito diferente...como se soubessem de algo..
-Então eu descobri que ela falava de mim para as pessoas e não era coisa boa ...e tudo só porque eu fiquei amiga do Chris...é proibido amizade de homem e mulher? Que eu saiba não...eu disse isso mas ela não me ouviu ...
Sabe eu gostava de um menino la no colégio...era paixonite mesmo...foi então que a cobra aproveitou para soltar o veneno...
Um dia umas meninas falaram que esse menino queria me ver e que era para mim encontra-lo..e eu com ilusão fui...quando cheguei no lugar era uma casa com aparência antiga mas não estava descuidada... Quando eu iria pedir para o taxista ir embora...porque eu não gostei daquele lugar e quis ir embora...quem abre a porta e me puxa pra fora do carro é justamente a Belinda...
             Flashback on...
(Annie)-Suspeitei que isso era coisa sua ...o que está aprontando víbora?
(Bel)-Nada...só quero te mostrar uma coisa vem..-me puxou mas eu puxei meu braço..
(Annie)-Nem pensar ...não confio mais em você
(Bel)-Ah por favor...me desculpa..-apoiou sua mão na minha...-VEM LOGO IMBECIL !!-me puxou com força para a casa ..
-La dentro...tinha uma mulher muito arrumada tinha uns 50 anos mas bem maquiada...ela sorriu quando viu a Belinda..
(Bel)-Aqui está...como prometido..
(Mulher -Ela é linda...vai render bastante.
(Annie )-O que é isso...o que está acontecendo?
(Bel)-Essa é a sua nova casa...amiguinha..
(Annie)-Que?-já estava nervosa
(Mulher)-Já pode ir se arrumar querida..os clientes jaja estão ai.
(Annie)-VOCÊ ME VENDEU?COMO? MEU DEUS SOCORRO -sai em direção a porta mas dois cara me segura.
(Bel)-Ela vai se acostumar não liga não.
(Annie)-MALUCA!!NÃO FAZ ISSO...COMO VOCÊ TEM CORAGEM DE VIR NUM LUGAR COMO ESSE...E AINDA QUER ME DEIXAR AQUI...
(Mulher)-Ai tirem ela daqui esta histérica
-Os cara me levaram escada a cima e eu gritava em desespero mas não adiantava.
-Me levaram num quarto com pouca luz ...eu precisava sair de la...mas não sabia como...Eu tive sorte que o Chris escutou certas conversas e veio atrás de mim...
-Já era de noite e eu estava com muito mais medo pois sabia que algum homem podia entrar e me fazer mal...
-De repente aquela mulher entra e me joga um vestido curto roxo tomara que caia.
(Mulher)-Vista isso...chegou um cliente e ele quer a mais nova...ou seja você...ah da um sorriso -colocou a mão em meu rosto e. Eu a tirei rapidamente..
(Annie)-Vai se ferrar..-Depois disso eu levei um tapa da mesma.
(Mulher)-Veste logo essa droga.-saiu
-Depois de uns minutos chorando fui aonde a mulher mandou...
(Mulher)-Até que enfim Giovanna..olha o senhor Marcos quer ver o que você sabe fazer..-quando o olho..que Marcos nada é o Chris...sim ele fingiu ser um cliente para me salvar..me esforcei para não pular de alegria..até que nos vamos pro quarto onde eu estava...
(Annie)-Graças a Deus você está aqui..
(Chris)-Você está bem?-me abraçou.
(Annie)-Eu quase morri nesse lugar..
(Chris)-Calma ..agora está tudo bem..vem vamos embora..
(Annie)-Como ?
(Chris)-Pela janela.-foi até la e começou a observar..
(Annie)-É muito alto..
(Chris)-Três metros só..
(Annie)-Não obrigada prefiro viver.
(Chris)-Annie tem uma coisa no seu cabelo..-segurou minha cintura.
(Annie)-Onde?
-Em segundos Chris nos jogou pela janela ..eu pensei vou morrer mas a grama alta amorteceu minha queda.
Então percebi que Chris tinha torcido o pé eu o ajudei a levantar e fomos embora..
          Flashback off.
-Todos ficaram pasmos olhando Annie..mas se surpreendem mais com o ataque de risos de Belinda..
(Bel)-Nossa ...ai que ma eu sou...desculpa o riso mas eu não resisti .-pigarreou-Podem continuar..
(Juiz)-Não é necessário já cheguei a uma conclusão...
-Declaro a Senhorita Belinda Peregrin acusada de tentativa de assassinato
Inocente por falta de provas.
Todos ficaram chocados..menos Maite que sabia que isso não iria dar em nada e Belinda que apenas deu um sorriso do gato risonho..
 


Notas Finais


Espero que tenham gostado.... Obrigada a todos beijinho eu Love vocês e até a próxima de W.B.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...