História Whatsapp - Cellbit - Capítulo 5


Escrita por: ~ e ~doceszazedo

Visualizações 64
Palavras 3.904
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ecchi, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiieee, bom demoreeei, mas ainda esta sendo editado esse cap então se bugarem me desculpe é por que ele está realmente muuuuiiiito grande..
Espero que gostem

Capítulo 5 - Café com beijinho.


.                                                Rafael On

 

Bom acho que estou gostando da Kayla (meio que vocês já perceberam isso) e acho que ela me odeia, bom ela me trata muito bem, com carinho, com muito amor os xingamentos dela são de amor isso eu tenho certeza.

                                                      Autoras on

Cellbit : Bom dia bicho preguiça

Kayla : Bom dia viado ��

Kayla : Eai pronto pra dançar com a minha pessoa maravilhosa hoje?

Cellbit : Bom, eu deveria te pergunta isto

Kayla : Convencido do caramba

Kayla : Não quero ninguém pisando no meu pé

Kayla:U.U

Cellbit : Ain fofa

Cellbit : Eu sou maravilhosa

Kayla : Para de ser gay Rafael

Cellbit : Rafaela *

Kayla : -.-

Cellbit :

Kayla : Vô te transformar em homem

Cellbit : Bom você deveria ir tomar banho

Cellbit : KKKKKKKK você tem que ser o homem da relação

Kayla : To bem aqui debaixo do meu edredom

Cellbit: Problema é seu bicho preguiça, me acorda amanhã que eu te LIGO

Kayla : Nossa não sei por que eu tô rindo kkkkkk

Cellbit : KKKKKKK nem eu

Kayla : Me prepare um café bem gostoso okay?

Cellbit : Sou teu escravo agora ?

Kayla : Faz esse favorzinho pra Kay? ��

Cellbit : ;-;; só por que eu ia fazer

Kayla : Você vai fazer, sei que não vai me deixar sem cafeina

Cellbit : Vou criatura de deus

Kayla : Sabia que eu morro se ficar sem café?

Kayla : Que amor

Kayla : Deus não

Kayla : Odin

Kayla : Tá parei

Kayla : Eu juro

Cellbit : Ata

Cellbit : Ata

Cellbit : Vou até dormi depois dessa

Kayla : Para de ser sem senso de humor

Cellbit : Um dia

Kayla : Chato

Kayla : Chato

 Kayla : Chato

Kayla :Chato

Cellbit : Sou

Cellbit :E muito

Kayla : Deveria estar feliz por me ver hoje

Kayla : U.U

Cellbit : Por que ? Tem coisa melhor pra fazer ?

Kayla : Vai tomar no cu então

Kayla : HUM

Cellbit : Também te amo

Kayla : Me ama?

Kayla : Se me ama me paga um lanche enorme

Cellbit : Sim tu é mais idiota que eu

Cellbit : CORRE NEGADA

Cellbit : Ah sabia que tu era gordinha, precisa emagrecer sabia ?

Cellbit : Correeeee

Cellbit : Lá vem o monstro

Kayla : FILHO DA PUTA, IDIOTA É VOCÊ SEU VEADO ADESTRADO

Cellbit : NÃO XINGA MINHA MÃE, SOU MEMU ALGUM PROBLEMA ?

Kayla : TÁ ME CHAMANDO DE GORDA? VO CORTAR SUA CABEÇA COM MINHA KATANA

Cellbit : CORREEEEEE

Kayla : ESPERO CHEGAR OITO HORAS, VOU COMER SEU CU SEU MALDITO

Cellbit : AIN SEM UM PRIMEIRO ENCONTRO ?

Kayla : NÃO SOU DE CHAMAR PESSOAS PARA SAIR, ELAS TEM QUE FAZER ISSO, E AINDA PAGAR TUDO QUE EU QUISER

Cellbit : PULA ESSA PARTE ENTÃO POR QUE NÃO SOU MUITO BOM PRA CHAMAR MENINAS PRA SAIR, PODE COMER MEU CU MAIS VAI COM CALMA

Kayla : ATÉ PARECE, VOU TE ARREBENTAR COM MEU PAUZÃO DE OURO

Cellbit : E NÃO VAI ?

Cellbit : KKKKK CHEGAA

Kayla : Mudando de assunto, tá ocupado ?

Cellbit : Tava

Cellbit : KKKKKK

Kayla : To indo pro seu apartamento

Cellbit : Okay

 

 

                                 Kayla on   

 

-Pode entrar! – Quando o vejo abrindo a porta meu coração gela, respiro fundo e entro.

-Obrigada... - Olho em volta. - Que apartamento grande... - Sorrio

-De nada! –Ele parecia envergonhado.. – Ah sim, ele é bem grande. – Responde sorrindo de lado.

-Você "mora" sozinho aqui ? - "Faço aspas com o dedo.

-Bom, si mas amanhã o felpa vem dormi aqui... – Reponde.

-Ah sim... Felpa é aquele de ontem no evento né? – Pergunto hisitante.

-Sim ele mesmo, você conhece o Alan? Ou a maethe e a gaby ? – Pergunta alargando os sorriso.

-Acho que sim, minha irmã vive falando deles. - Sorrio. - Onde podemos começar?

-Ah sim.. Pode ser aqui na sala mesmo. – Responde e eu coloco minha mochila no sofá.

-Bom, já dançou antes? – Pergunto me colocando em sua frente.

-Já, mais acho que danço muito mal. – Fala sem graça.

-Não diga isso, tenho certeza que vai me surpreender! – Dou um passo para ficarmos mais próximos.

-Nossa ta muito boazinha hoje, ta doente ? – Pergunta colocando uma das mãos em minha testa e a outra na sua.

-Eu não tô boazinha, eu sou um amorzinho Falo apertando sua bochecha. -A dança é um estilo mais pro medieval, na verdade é o tema da festa... Levanta a mão assim. – Levanto a direita e ele a esquerda.

-Assim ? – Pergunta indeciso.- Nunca mais foi. – Fala se referindo ao meu bom humor.

-Isso – Respondo -É que passei uns 3 anos ouvindo sua risada escandalosa enquanto tentava dormir, e bom é difícil ser um amorzinho. – Ele assente rindo baixo. - Agora a gente dá uma volta inteira assim, cara a Lorena vai parecer uma anã perto de você.

-Nossa, você dança super bem! – Diz com um olhar surpreso. - Fez aula ?

-Não, eu sempre gostei de tudo que envolve arte, então comecei a praticar sozinha... – Respondo pensativa. -Você tá indo muito bem. – Falo, realmente ele esta indo bem.

-Nossa, bom você é muito boa. – Fico envergonhada.

-Você vai dançar sozinha ?

-Obrigada. – Respondo vermelha.- Na verdade não tenho um par... Minha irmã queria me por com um dos amigos idiotas dela mas prefiro ficar sem dançar.

-De nada. – Sorri de lado. - No começo da dança ela vai com outra pessoa certo ? Eu gostaria de dançar com você, se não houver problema. – Meu coração falha, mas o que está acontecendo?

-Não tem problema, mas olha, você não pode me fazer rir, por que se não eu me descontrolo toda

-Eu sou tão idiota assim? – Se finge de ofendido.

-Idiota não, retardado, engraçado de certa forma. Respondo e ele sorri.

-ah.. Bom espero que seu namorado não fique bravo. – Fala e eu juro que se fosse um personagem uma gota iria aparecer na minha cabeça.

- Namorado? - Começo a rir. - Não tenho namorado

-Você eu sei que tem, minha irmã odeia a tal da Flávia. – Falo revirando os olhos.

-Ue, não namora ? Uma menina tão linda..- Eu começo a rir mais - Não eu e a sayuri  terminamos. – Fala um pouco sério.

-A linda aqui é muito exigente, eu acho. – Respondo já mudando a expressão.

-Por que terminaram? – Curiosidade mata Kayla, sabia

-Entendi... Traição. – Falou sério. -Vamos mudar de assunto ?

-Desculpa, eu me empolgo às vezes. – Falo arrependida.

-Não relaxa... – Eu sorrio de lado.

-Enfim... Então Lange... Que tipos de jogos você joga? – Muito bom Kayla.

-Bom, acho que todos. – Responde pensativo.

-Sinceramente sou ruim em mudar de assunto. – Digo sorrindo torto.

-Eu também! – Fala rindo alto, maldito. - Mais em que hora é agora ?

-Caramba 21:30, passou tão rápido. – Falo assustada.

-Caralhooooo. – Ele praticamente grita.

-Não esqueci do meu café. – Falo sorrindo. - Sei que quer que eu vá embora, mas não saio daqui sem cafeína. – Finjo drama

- quer sair pra comer algo ?

-Claro, comer é sempre bom, conhece Sorocaba ?

-Não rsrs, não gostaria de me apresentar a cidade ?

-Posso tentar, na verdade moro aqui so a dois anos, então nao conheço muita coisa, nem saio de casa

-nossa, bom você ta afim de comer o que ? – Pergunta pensativo.

-Uma coisa bem grande! - Respondo com os olhos brilhando

-Que tal pizza? – Pergunta.

-Amo pizza! - Sorrio animada

-Anda logo Rafael. – Eu apresso esperando na sala.

-Calma, mulher. – Ele grita.  

-Ta demorando muito. – Falo só para irrita-lo.

-Eu tenho que ficar Lindão. – Uau.

-Mais? - Pensei alto, droga!

                                                                                   Rafael  On

             ’’Ela me acha bonito ?, bom eu queria a beijar mais acho que não posso.’’

HAHAHAHAH que piadista você em. – Falo fingindo uma risada escrota.

-Sim, sou uma ótima piadista. – Reponde vermelha.

-Então vamos? – Pergunto e ela assente sorrindo, e que sorriso.

-Vamos! – Fala super animada. - Tem varias pizzarias boas aqui.

    Pego na mão dela por acidente.

-Desculpa. – Ela sorri falso.

-Eu sou desastrada! - mente - Tem um pizzaria, o nome é betão, o nome é escroto mas a pizza é boa.

-Não foi tua culpa, foi minha... – Falo em relação em ter pegado sua mão - Bom, já que diz... Estou confiando em você... – Falo sério.

-Que eu me lembre você é mais animado. - Ela diz pensativa -Sorte sua que é perto, a gente pode ir andando. -

-Teu sorriso me deixa um pouco bobo. - Pensamentos altos malditos. - Quero dizer é que eu não sei sobre o que sera meu próximo video

-Pare de falar bobagens Rafael! - Fala rindo nervorsa. Ela engole o seco e da um sorriso torto. - Seu vídeo? Fale que você tem a melhor Hate do mundo no próximo... A-ahn vídeo. - Eu começo a rir.

-Falo sim, as bobagens mais bonitas, certo ? - Ela fica muito vermelha.

-Eu vou te bater! - Disse colocando as mãos na cintura.

-Por que não me beija ? - ERROOO 404

-Em? – Ela fica confusa.

- Esquece o que eu disse... – Falo vermelho, se controla Rafael.

-Okay... – Fala desconfiada. – Olha chegamos

-Opaaa, pizza. – Falo animado. -Bom, me diz, o que você faz nós seus momentos livres? – Pergunto.

-Assisto séries? E o senhor? – Responde mordendo um pedaço da pizza com a maior alegria do mundo.

-Assisto série ou gravo vídeo. – Respondo sorrindo.

-Já imaginava. – Fala de boca cheia, ela é tão fofa comendo.

   Terminamos de comer e pagamos.

-Já que terminamos de comer quer que eu te leve, ou pode dormir fora? – Pergunto esperando que ela diga, vou dormir com você.

-Está me convidando pra dormir na sua casa? – Pergunta com um sorrisinho de lado.

-Estou. – Respondo automaticamente. – E também está tarde. – Disfarço.

-Não trouxe roupas de dormir na minha mochila. – Fala pensativa.

-Não tem problema, se não se importar de usar minha roupas. – Ela sorri.

-Não me importo, só deixa eu ligar pra Lorena, vou falar pra ela avisar para meus pais.

                "Ligação on".

 

-Lorena avisa o a mãe que vou dormir fora hoje.

 

-Onde vai dormir?

 

-Não apartamento do Cellbit.

 

-Hahahaha engraçadinha, tô falando sério!

 

-Não casa da Amanda, tenho que terminar o trabalho de escola.

 

"Ligação off"

-Bom, ela vai avisar? – Pergunto e ela assente.

-Vamos? – Pergunta.

-Vamos... – Falo seguindo o caminho.

-Provavelmente, ela vai ficar possessa se descobrir que dormi na sua casa. – Fala divertida.

-ahsuhsususuh sua irmã é langer mesmo em . – Falo e ela fica séria.

-Sim, então, sem fotinha de eu dormindo rolando por rede social, ela te segue em tudo. – Eu começo a rir.

Chegamos no apartamento.

-Prometo nada

-Ei kay.. Posso te pedi uma coisa ? – Pergunto e ela ainda estava com uma expressão séria.

-Eei, é sério! -Falei brava. - O que ?

-Faz café ?

-Claro, eu necessito de café também! - Fala dando de ombros.

-Opaaa café ❤. - Falo sorridente.

-O meu não é igual da dona Leninha, mas eu tento. - Ela diz fazendo bico.

-Não sabia que você gostava de café... - Expressão pensativa

-nossa, só falta pergunta se eu assisto doctor who ou se eu tenho cu! - Falo e ela fica furisa.

-Grosso! - Grita. - Eu realmente não sabia. 

-Um pouco! - Respondo. 

-Vai ficar sem café também ! - Falo andando indo para cozinha.

-nossa, você é muito má.

-E você é muito grosso.

-Somos

-Quero doce agora e café. - Ela olha para trás.

-Eu sou um amor de pessoa querido! - Fala convencida. -Doce? - Ela fez uma expressão feliz.

-Vai fazer ?

-O que vou ganhar em troca?

-Um abraço ou eu num vou tirar foto sua enquanto dorme. - Diga abraço.

- Um abraço! - Fala automáticamente. - Er... Tenho certeza de que se escolher foto você não vai cumprir...

-arahm... Bom, pode me abraçar então. - Digo com um sorriso maior que a boca.

-Agora não! - Passa por mim. - Onde estão as coisas que posso usar? - Pergunta vermelha

-Ta no armário ali. - Aponto. -Quer ajuda?

-Ah bom... - Fica seria e começo a fazer as coisas. - Só diga como gosta de seu café, hoje é por minha conta.

-Gosto de café meio amargo, mais pode fazer do jeito que tu toma

-Eu gosto de forte e amargo... Tem certeza?

-Tenho sim

-Okay... O doce, qual prefere?

O teu beijo

Beijinho quis dizer

-M-meu? - Respira fundo. - Beijinho, okay, você tá um pouco confuso hoje é kkkkkkk

-Ah quer saber, eu falei teu beijo mesmo... - Falo de uma vez.

-M-meu beijo? - Meu Deus, o que eu faço. -Er... Ahm... Tá quase pronto! - Falo e desligo o fogo

-Bom.. Me desculpa

-Desculpa? Por que ? A culpa é minha, eu que sou irresistível!- Quebra a tensão

-isso é verdade, ta pronto ? - Pergunto.

            Kayla on

-Prontinho. - Coloco café em duas xícaras.

-Obrigado. – Falo e bebo o café dela. Muito bom.

-Vamos assistir alguma coisa? - Pergunto.

-Vamos sim

-O que tem pra assistir aqui?

-eu não sei, eu não assisto TV, eu assisto pelo not

-Ah sim, sabe eu tô curiosa, quantos anos você tem?

Tenho 19 e você tem quantos..?

- Vou fazer 18 na semana que vem, quero presentes

-Vai ter muitos.

-Nossa rico

-ata

-Você vai ter que gostar passagem pra ir pra Carazinho me ver, vou passar meu aniversário na casa da dona leninha

-Se esqueceu ? Eu moro lá

-Aaah é então fica mais fácil, e dá pra gente ensaiar também

-Sim, vai quando pra lá?

-Na sexta feira

-Ah vamos juntos então

-Meu voo tá marcado para as 11:30

-O meu também que coincidência

-Acho que não pode livrar de mim

-Acho que é destino! - Solto uma gargalhada

-Sim

-Olha a hora

-Tá com sono? – Pergunta sonolento.

-To, onde vou dormir? - Pergunto.

-Pode ir pro meu quarto eu durmo no sofá. - Fala e eu realmente não​ quero dormir sozinha, odeio dormir longe de casa. - Por que acho que seria estranho pra você a gente dormir junto

Ata, vamos, dorme comigo, somos amigos, afinal, não a nada de estranho.

-Ainda quero meu abraço

-Vem cá! - Abro os braços

-To indo -Abro os braços também

-Você tem um cheiro agradável sabia! - Falo sorrindo. -E você é alto

-Você também, você é pequena. - Afunda o rosto em meu ombro.

-Preciso de roupas e um banho! - Falo me soltando do abraço

-Perai.. Vem escolher tua roupa

-Eu quero o moletom do Doctor Who

-Okay, toma

-Ele é lindo!

-Onde é o banheiro?

Ali..

-Okay. - Entro tomo um banho e saio já vestida com o moletom. -Fiquei fofinha.- Sorrio. -Banheiro de apartamento é muito bom, tem uns negócios cheirosos pra usar

-ficou mesmo

-sim, eu vou tomar banho

-Vai lá ! - Me joguei na cama, debaixo das cobertas.

-Pronto...

-Apaga a luz e deita tô com sono ! - Falo fazendo bico

-Ahhh também, boa noite - falo indo apagar a luz

-Boa noite! - Me viro pro lado aposto.

 

Ele tinha razão é estranho. Mas o sono ganha... Fecho os olhos e durmo.

   Cinco horas da manha e Rafael me acordando ninguém merdece.

-acorda

-Que foi? - Digo com a voz embargada.

-Temos que nós arrumar, tem evento ainda esqueceu ?

-Evento? Tem segundo dia nessa birosca? - Pergunto com maior sono

Sim é uma semana na verdade, e hoje é o terceiro por que você a senhora preguiça só foi ontem. - Ele sorri.

-Caramba, eu vou ter que ir hoje?- Pergunto sonolenta. -Nem gosto de youtubers

-Vai sim e ainda fingir ser minha namorada. - Falo corado.

-Só vou pelos jogos que posso comprar... - Falo deitando com a cabeça no seu colo.- -O que? - Levanto a cabeça assustada.

- Calma é brincadeira, desculpa. 

-Que susto seu demonio! - Falo com a mão no coração. - Eu até fingiria, mas um monte de langers e minha irmã me jurariam de morte... - Falo realmente assustada. -Sem contar que Lorena não deve nem saber que eu tô ensinando você pra dançar com ela.

-Não tenho certeza que vão te amar. - Responde rindo. - A Lorena vai pra Carazinho ?

-Ata, iriam me amar se me vissem num caixão.

-Não, ela não gosta de lá, disse que não tem nada pra fazer, mais lá é super legal. - Fala pensativa.

-Bom.. É vai se arrumar. - Falo e eu sorri travessa.

 -Eu não! -  puxo pra deitar na cama. - Só mais cinco minutinhos, alguém vai passar aqui pegar a gente? - Pergunto

-Sim- Responde. -Sinto falta do café da tua avó

-Posa na casa dela comigo, ai você vai poder tomar o quanto quiser - Sorri. -Vamos então! - Falo me levantando.

-Eu posso ?

-É só falar que você é meu namorado, ela vai adorar a ideia, ruim vai ser se ela conhecer sua mãe...-Falo preocupada. -Vou tomar banho.

-ah sim.. Ah eu falo com minha mãe antes

Abro minha mochila.

-Sorte que eu sempre trago roupa a mais, caso eu precise. - Falo pegando um shorts jeans claro, é uma blusa preta de Supernatural. -Só 5 minutinhos senhor Lange

-Uma pergunta quer passar na sua casa pra pegar alguma roupa?. – Logo ele percebeu que eu estava com a roupa em mãos. - Ah esquece isso. – Fala sorrindo.

 Entro no banheiro e tomo um banho rápido e coloco a roupa e saio com o moletom em mãos.

 

-Que saudades que vou ficar desse moletom! - Falo com os olhos brilhando - Como estou senhor Lange? - Pergunto apontando para minhas roupas

-Você pode usar ele quando quiser- Eu cheirava o moletom-Bom tem ele lá no evento se quiser eu compro um pra você. - Mas esse tem o cheiro dele.

-Não vou me aproveitar de sua gentileza. E outro eu gostei desse. - Disse o colocando sobre a cama.

-pega esse então.

-Não tá louco, ele é seu! - Falo sorrindo

- pode pegar fica bem em você. E tenho que compra blusas mesmo

-Aaah obrigadaaa!!! -Pulo o abraçando e eu caio em cima dele

-Dee nada

 -quer ir comer ? Ou depois? - Rafael pergunta. No evento

-Quero! - Falo me escondendo pra ninguém me ver. - Só tô com medo de Lorena me ver

-Vamos então - Fala me puxando. - Ela poderia vir sozinha?

-Na verdade não, mas eu conheço minha irmã, com certeza ela fez alguma das minhas amigas a acompanhar! - Falo olhando pra todos os cantos. - Vamos.

-Ah sim, o que vai querer ?

-Não sei, escolhe você! - Falo e uma menina vem em nossa direção.

-Cellbit seu lindo, vamos tirar uma foto?

-Ah sim vamos

Ela tira a foto e eu fico com uma cara tipo de "Wtff?" 

- Ela é sua nova namorada?

             Rafael on.

-É.... Bom...C Como posso ..? - interrompido

-Somos amigos! - Fala séria, suas bochechas estavam um pouco coradas.

-vamos comer coxinhaaaa. - Falo e ela sorri.

-É isso aí. - Responde.

-Vocês fazem um belo casal! - A moça disse saíndo

- ouviu o que ela disse ?

-É destino Rafaela!

-É hahaha

-Vamos nos casar e ter filhos. - Não seria má ideia. - Com os nomes mais esquisitos do mundo.

-Vamos sim, quero o nome de Cláudio, Alfredo e irineu. - Ela começa a rir.

-Vamos ter meninas também! - Kayla sorrindo. - Claudete, Jubscreide e Anottella

-MORRIIIIII, melhore nomes. - Começo rir alto.

            Kayla on

-Pare de escândalo Rafael, tá chamando a atenção! - Falo e avisto minha irmã e minhas duas melhores amigas.

-Pirralha! - Falo brava.

-desculpa. - Disse com medo.-é treta. - Começou a rir.

 -Eu vou te matar! - Falei entre dentes.

 -oi migas. - Rafael sorri para elas.

 -Oi! - Karine.

-Oi...? - Emily.

-Cellbit, isso só pode ser um sonho, dois dias seguidos que te vejo sem me atrapalharem! - Pulando de alegria.

- Bom miga sua loka quer subir no palco comigo ? - Pergunta e eu fico brava. - Mais vai te que cantar

-CLARO QUE SIM... - Ela diz empolgada. Eu olho com raiva pra ele.

-Você não vai Lorena, você nem sabe cantar, vai passar vergonha! - Falo e ela percebe minha presença.

-kay você canta bem ?

-Não

 

-Sim! - Emily e Karine

- Bom a kay canta então. - Fala sorrindo. -Lorena sobe pra dar força pra você

 -Kayla o que você tá fazendo aqui ? - Pergunta Lorena sorrindo.

-Realizando seu sonho, o Cellbixa vai almoçar em casa, ameacei ela de morte. 

-Bom eu e sua irmã íamos no shopping

Lhe dei um beliscão

-Eu subo no maldito palco e canto uma música. Uma só. -Ele sorri vitorioso.

-Bom, vamos ?

-Vamos! - Falo nervosa. - O que eu não faço por você Lorena.

-Oi migassss!!! - Fala ao subir no palco

Ooooooiiii - Todos

-bom a Selena Gomes está aqui comigo. Vredade

Reviro os olhos

-Selena Gomes não- Falo e as langers começam a  rir. -Sou a Sia meus amores

-Ah nossa. - Começou a rir. - E futura mãe dos meus filhos. Beijo - Mandou um beijo no ar.

-Vamos ter seis filhos! - Comecei a rir. Olhei para Lorena que parecia estar no mundo da lua

-Essa é minha irmã, Lorena, fã desse ridículo aqui!

-ei, esse ridículo é teu marido

-Meu cunhado não é ridículo Kayla! - Loren diz entrando na brincadeira

-Claro que é, por isso vou me casar com ele

-Nossa. Blz

-Vai me dizer que ficou chateado?

-Fiquei por você me chamar de ridículo

Dou uma abraço e um beijo no rosto

-Fica não bebe

-Sabe que eu tô brincando

*As langers indo a loucura*

ficou corado

-bom gente ela vai cantar

-Nem sei que música mais tudo bem! - Sorri

-A que você mais ama

-Tem tantas, é difícil! - Falei fazendo bico

-meninas ajuda ela

-Canta frozen. - Falam.

-Vou baixar a Elsa aqui!

- AAAA TAMBÉM AFFS.  Butaflai

- Obrigada pessoal seus lindos, mas agora deixo meu marido pra vocês, beijinhos! - Falo sorrindo dando tchau e saindo do palco

-que esposa legau né naum

-Namora ela de verdade Cellbit! - Uma menina grita alto

-Se ela aceitar.Tamo ae

Eu fico vermelha lá em baixo, Karine ao meu lado começa a rir.

-VAI ELSA ACEITA A NAMORAR COM O CELLBIT! - Felpa grita

-KKKK Bom gente vou me ir VOU ME IR KKKKKKKKK

-AAAAH! - Falam tristes

-Meninas manhã acho que nos vemos novamente

-TRAZ A ELSA!!! - A maioria gritava.

-Se ela quiser vir

-VOU VIR! - Grito de la debaixo

-ahsuhushh

-Suas Langers me amaram

-vamos pro shopping? O que foi que eu disse ?

-Vamos, eu tenho que comprar um jogo lá

-Okay.. A suas amigas e sua irmã vão também ?

-Tem que ver, vamos passar em casa primeiro

-Ah sim claro

-Vamos embora meninas? - Pergunto e elas assentem.

 

Lorena puxa o Rafael e começam a andar na frente.

 

 

-Kayla, que mudança drástica em! - Fala Karine divertida.

 

-Ué por que? - Pergunta confusa.

 

-O Rafael oras! - Emily sorri.

 

-Acho que eu posso estar sentindo algo por ele sinceramente... -Falo e Karine da dinheiro pra Emily.-Voces apostaram suas malditas. - Falo rindo.

 

-Onde dormiu ontem? Amanda dormiu em casa... - Karine.

 

-Dormi no apartamento do Rafael. - Respondi simplesmente.

 

-AAAAH EU SABIA... Já perdeu a virgindade? Que belezinha. - Emily.

 

-Até parece! - Falo vermelha.


Notas Finais


Bom espero que tenham gostado, como disse ainda estou editando este capitulo, mas é que eu não poderia demorar mais, mas ultimamente tenho tido trabalhos na escola, o bom é qe agora estou sem e dá tempo pra eu arrumar esse.
comentem e favoritem
beijoooos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...