História When Love And Death Embrace - Capítulo 11


Escrita por: ~ e ~SexyDrug

Postado
Categorias Escape The Fate, In This Moment, Motionless In White, New Years Day, O Corvo
Personagens Ashley Costello, Christopher "Chris Motionless" Cerulli, Maria Brink, Ronnie Radke
Tags Amor, Corvo, Maldição, Rainha, Rei, Sobrenatural
Exibições 14
Palavras 1.424
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Fantasia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - She's a witch and I'm a heretic


Fanfic / Fanfiction When Love And Death Embrace - Capítulo 11 - She's a witch and I'm a heretic

Corro até as cortinas e abro rapidamente elas, a luz entra no ambiente escuro e faz ronnie cair e gritar de dor, o rei se esconde atrás do sofá e eu olho assustado para os dois homens cheios de sangue  que estão jogados no chão 

- O que aconteceu aqui? O QUE VOCÊS SÃO?-Pergunto gritando enquanto ando em meio as dois, eles continuam calados, ronnie geme baixo de dor, meu pai está deitando no chão, ele não diz nada, e me olha calmo 

- DIGAM LOGO, SÃO VAMPIROS? PAI, COMO VOCÊ É IMORTAL? - grito novamente  e escuto as portas do castelo serem abertas e em seguida um grito agudo, me viro e vejo minha mãe correndo em direção ao meu pai e Madeleine olhava tudo em choque, e a única reação que tive foi ir em direção a minha irmã  e abraça-lá, minha mãe rapidamente fecha as cortinas e diz palavras pelas quais não conheço e depois de minutos, o rei estava novamente em pé e sem nenhum ferimento, Madeleine me empurra e se joga no chão ao lado do ronnie e meu pai começa a rir e andar calmamente até eles 

- Você é tão estúpido radke, acha mesmo que poderia me derrotar?  Ao contra de você, eu tenho poderes, imortalidade, dinheiro, claro, uma bruxa para me salvar, ninguém pode me vencer, se este tal mito de deus existisse, eu seria mais poderoso que ele, quais serão suas últimas palavras traidor? - o rei diz com ódio enquanto engatilha a arma e aponta para cabeça do maldito radke,  mads rapidamente empurra o ronnie e se coloca no seu lugar, agora a arma esta apontada para a amada filha do motionless 

- NÃO FAÇA ISSO! - Madeleine grita e o rei abaixa a arma, meu pai pode ser um homem mal porém nunca machuaria seus filhos, isso eu tenho certeza 

- Sai da frente Madeline Costello Motionless, ele é um traidor, quase matou seu pai, ele merece morrer! - A rainha grita e eu me espanto com a reação dela, minha mãe sempre foi tão doce, nunca a vi gritar assim 

- Não mãe, a senhora me entende, você deu uma segunda chance ao papai, eu também posso fazer isso com ronnie - Madeleine diz sorrindo para minha mãe e me pai me olha sério, seria uma aviso para mim bater nessa garota louca? Talvez, mas não vou fazer nada 

- Você o ama? - o rei pergunta sério para mads e ela se aproxima dele e o abraça forte 

- Sim papai, faça isso por mim, nós de uma nova chance, ronnie pode ajudar você com o nosso exército - Madeleine diz sorrindo e o rei a afasta de perto dele e vai até o ronnie, o tira do chão e prende na parede 

- Você terá a sua segunda chance mas, faça qualquer coisa do meu desagrado, e você morre, achou mesmo que seria transformado por que tomou meu sangue? Tolo e estúpido, não se transforma em vampiro e sim nasce, imbecil! - O  rei diz com ódio e o joga novamente no chão e ronnie começa a rir e fica em pé, e se apoia em uma cadeira 

- Então quando eu e mads tivemos filhos, irão nascer vampiros? E Eu me tornarei rei igual Você? - ronnie pergunta em tom de deboche e a rainha começa a rir e se senta na cadeira que se encontra ao meu da sala que está coberta de sangue 

- Você realmente não entendeu o que se passa aqui, não é mesmo querido? - minha mãe pergunta séria para o ronnie, o rei não diz nada, apenas olha a cena e Madeleine olhava confusa para minha mãe

- O fucking rei motionless é vampiro, e você é a mulherzinha submissa dele? - ronnie pergunta rindo e rapidamente os armários voam em cima dele e meu pai ri baixo 

- Já ouviu falar de Salem? - a rainha pergunta calmamente enquanto vê ronnie ficar em pé e se sentar na beira da mesa, a única que ainda está em pé em meio a destruição 

- Claro, um mito de gerações passadas - ronnie diz revirando os olhos, o rei rapidamente me puxa para o seu lado, e lá estava eu, meu pai e minha irmã, vendo minha mãe mostrar um lado oculto que eu não conhecia 

- Não é um mito, eu estava lá, e adivinha? O fogo não pode me matar, nada pode me afetar, eu posso te dar a vida e também matar você e sem nenhum esforço, o chris sem mim, morre, eu sem ele, continuo a mesma, nós casamos, tivermos filhos lindos e adivinha novamente? Imortais, você não pode ferir ou matar Madeleine se esse for seu plano, permitirei você em meu reino porém, kyle e chris terão a minha permissão para matar você a qualquer momento, você, a partir de hoje,  irá conhecer o inferno e terá que provar que realmente ama minha filha, cuidado aonde pisa radke, pode ser sua cova - a rainha diz sorrindo e sai da sala e leva Madeleine junto, vou aproveitar o momento e mostrar meu lado oculto, ou seria o normal? Eu nunca fiz o perfil de quem é bom, não sei, vamos lá 

- O aviso está dado, a rainha permitiu, sua morte está próxima - digo sorrindo e saio da sala, agora sim, o inferno de radke irá começar mas, antes disso, eu sou imortal?!


Pov's Chris 


Ronnie passa por mim sorrindo e bato em seu peito e o faço cair 

- Tire o sorriso do rosto, irá para o meu reino mas não vai ficar no mesmo quarto que o da minha filha, você se meteu uma briga tão grande, boa sorte, pois você irá precisar - digo com ódio e saio do castelo, vejo Ash e nossos filhos sentandos na escadeira do castelo, e me sento ao lado deles e kyle me olha confuso

- Nós somos imortais? - kyle pergunta calmo enquanto olha para as árvores mortas em nossa frente 

- Vocês iram saber de tudo quando chegamos no nosso reino, vamos embora daqui - digo sério e mads puxa meu abraço 

- E o ronnie? - Madeleine pergunta forçando um sorriso 

- Não me interessa, vamos logo - digo friamente e ela não diz nada, apenas entra no carro, kyle faz o mesmo e ash foi a viagem toda calada mas, eu sinto que ela estava prestes a enlouquecer, o que é excitante e ao mesmo tempo sombrio, Uma bruxa com ódio não é tão fácil de se controlar, a doçura da ash é acompanhada de uma maldade muito forte e eu amo isso, ela nunca perdeu o controle ou mostrou seus poderes na frente dos nossos filhos ate hoje, eu a observo,seu cabelo vermelho estava mais vivo, suas tatuagens estavam tão coloridas que pareciam que tinham sido retocadas, seu olhar que sempre foi calma, estava cheio de ódio, e todo momento ela olhe para mim, seria pelo fato dela ser a única que pode ser a minha mente? 


Pov's Ash


Como eu queria voltar naquele maldito castelo e matar aquele moleque, por que minha filha se apaixonou por ele? Eu realmente quero matar ele, me sinto ocupada por ter apoiado essa loucura do chris mas, agora eu preciso agir com calma, meus filhos não podem achar que eu sou a vilã dessa história, nem mesmo o pai deles, ele não teve culpa, foi enganado por o maldito radke, chegamos ao castelo e Madeleine subiu correndo para seu quarto e kyle seguiu eu e chris até nosso quarto

- Madeleine ama não ele, essa garota é insegura, está tentando fazer essa ilusão dar certo por que teve o coração quebrado pela maria! - kyle diz enquanto anda de um lado para o outro 

- Você acha mesmo que eu não faria nada contra isso? Kyle meu filho, vá dormir, descanse, boa noite - chris diz e expulsa kyle do quarto 

- Kyle puxou esse ódio de você mas ele tem razão, Madeleine esta fazendo isso para curar a dor de ser rejeitada pela maria, maldita bruxa loira! -  Ash diz com ódio enquanto se olha no espelho de sua penteadeira negra, a mesma que era de sua mãe, me aproximo dela e começo a beijar seu pescoço e ela se vira para mim e começa tirar meu paletó e eu a jogo na cama e rasgo seu vestido e ela sorri e volta a me beijar, o dia não foi bom porém a noite será maravilhosa.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...