História Where is my daughter? - Harry Styles - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles
Tags Harry Styles, One Direction
Exibições 134
Palavras 1.176
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Capítulo 02


Raios de luz atravessam minhas pálpebras interrompendo meu sono. Coloco o braço sobre o rosto tentando dormir mais uma vez, falhando miseravelmente. Afasto o braço e obrigo meus olhos a se acostumarem com o claro do ambiente. Assim feito, sento-me sobre o colchão macio esfregando os olhos tentando afastar-me do sono.

O barulho do chuveiro ligado era o único som presente no quarto. Jogo meu corpo para trás apoiando minha cabeça sobre o travesseiro onde Harry esteve deitado tentando expulsar de uma vez o sono.

Rodo meu corpo e logo estou de pé seguindo para o banheiro. Entro no mesmo sendo recebida por uma onda de vapor quente. Vou até a pia pegando minha escova e colocando pasta de dente.

- Bom dia amor- digo limpando o espelho embasado.

- Bom dia querida- aponta a cabeça, de forma divertida, para fora me fazendo rir fraco.

- Vai molhar todo o banheiro- murmuro referindo-me ao seu cabelo molhado. Harry chacoalha sua cabeça lançando gotículas de água, molhando todo o chão- Ups!- diz risonho me fazendo rir e volta a tomar seu banho e eu a escovar meus dentes.

Harry sai do banheiro e vou para o quarto arrumar minhas roupas para tomar banho. Quando pronto, volto para o banheiro encontrando-o arrumando seu cabelo. Vou até ele e o abraço por trás dando um beijo em seu ombro, o mesmo se vira beijando meus lábios.

- Precisamos ir a um mercado- diz acariciando minhas bochechas.

- Acho que eu me lembro do nome de um supermercado- fecho meus olhos sentindo suas mãos em contato com minha pele- Só vou tomar meu banho e vamos- deixo um beijo em seu maxilar e focando em minha tarefa.

(...)

- Você chegou a seu destino- a voz do GPS se faz presente no carro silencioso anunciando que tínhamos chegado ao supermercado.

Depois de estarmos prontos, eu pesquisei o nome do mercado e pegamos seu endereço, e aqui estamos nós.

Desço do carro com minha bolsa e caminho ate Harry, que me aguardava, segurando em seu braço e seguindo para fora do estacionamento. Esse é o maior mercado da cidade e com isso o mais conhecido.

Pego uma cestinha para pequenas compras e entramos para procurar aquilo que queríamos.

- Onde ficam os refrigerantes?- pergunta alheio.

- Acho que no fundo, vem- caminho até lá e minhas suspeitas estavam certas. Todas as bebidas estavam por ali. Pegamos latinhas de refrigerantes e vinhos colocando na cesta que Harry segurava- O que mais?- pergunto mais para mim mesma do que para ele- Chocolates- arqueia a sobrancelha e arrasto-o comigo pelo os corredores até achar o que procuro. Harry estava escolhendo algumas barras enquanto caminho um pouco a frente para fileira de bolachas.

Faço menção de pegar a bolacha já escolhida, mas paro assim que meu nome é chamado. Meu corpo trava imediatamente e tenho certeza que meu rosto empalideceu.

A voz que me chamava não era a de Harry.

Era feminina.

Oh não!

Olho desesperadamente para Harry, mas o mesmo se encontrava distraído com os chocolates, por mais que ele não goste.

Viro-me lentamente, minhas mão tremiam e as apertei em punho em uma tentativa de me acalmar.

Alguém me reconheceu.

Depois de tantos anos, eu estava mudada. Como isso é possível? Ainda tinha esperança que essa pessoa tinha me confundido com outro alguém.

- Meu Deus!- exclama com surpresa e leva sua mão à boca dando um passo para trás. Meus olhos se arregalam assim que vejo Jennifer. Minha irmã.

Eu não sei como agir. Mas acho que ela sabe. Jennifer me abraça com força me deixando sem reação. Olho de relance para Harry e o mesmo observa a cena confuso. Passo meus braços e retribuo o abraço.

- Por onde esteve? Eu e Joseph te procuramos por anos. Mas não tinha nem rastros seus- o desespero de sua voz me arrepia e lagrimas desciam descontrolada por seu rosto enquanto controlava as minhas.

- Eu saí da cidade depois do ocorrido. Não queria ficar aqui. Então um amigo me ajudou- murmuro me soltando do seu abraço.

- Mas nós fomos atrás dos seus amigos e eles falaram que não sabia nada sobre você- diz pensativa.

- Sim. Ninguém sabia sobre isso, apenas Adam.

- O que te fez voltar?- pergunta curiosa.

- Aconteceram algumas coisas e precisava espairecer- digo simples não querendo prolongar. Jennifer me avalia por alguns instantes e para na minha mão esquerda.

- Está casada- afirma e é impossível não notar a surpresa em sua voz. Afirmo com a cabeça e sorrio fraco- Há quanto tempo?

- Dois anos e meio- digo ela assente abrindo a boca para falar alguma coisa, porém é interrompida pela voz de Harry.

- Está tudo bem aqui?- pergunta protetor e eu aceno sorrindo fraco. A mulher em minha frente me olhava confusa. Afinal, Harry era inglês e nós somos brasileiras.

- Eu fui estudar no exterior. Ganhei uma bolsa de estudos em Nova York. Foi aonde à gente se conheceu- faço um pequeno resumo e mesma assente ainda alheia.

- An.. Oi- cumprimenta Harry e o mesmo retribui educado se apresentando- Vai ficar muito tempo aqui?- se volta para mim.

- Eu não sei muito bem.

- Queria conversar com você com mais calma.

- Oh.. Sim. Podemos nos encontrar, mas, por favor, não fale a ninguém que você me viu por aqui. Pelo menos não por agora- peço e a mesma confirma prontamente com a cabeça- Me passa seu número que te mando mensagem assim que chegar ao hotel- entrego meu celular para ela e demos mais um abraço nos despedindo e seguindo nossos caminhos.

(...)

- Você está ficando paranoica- ouço a voz de Harry vindo do quarto e gargalho.

- Lógico que não. Ela gostou de você. Não tirou os olhos nem por um segundo- falo divertida terminando de passar o lápis de olho- Você esta fazendo sucesso por aqui, amor- ouço sua risada irônica.

- Muito engraçada você. Não sabia que minha mulher estava estudando para trabalhar em um circo- diz sarcástico e o vejo encostar-se ao batente da porta com os braços cruzados me encarando.

Sorrio irônica e dou continuidade a minha maquiagem ate Harry caminhar até mim fazendo massagem em meus ombros.

- Está me desconcentrando- tento soar brava, mas falho terrivelmente.

- Não estou fazendo nada de mais- tira suas mão de meus ombros e abraça minha cintura.

- Tem certeza que não quer ir comigo? Você nem fala português muito bem- o encaro através do espelho e apoia sua cabeça em meu ombro negando.

- Eu vou ficar bem. Vai encontrar sua irmã para colocarem “o papo em dia”- diz fazendo aspas na minha barriga por sua mão estar em minha cintura- Além do mais tenho que avaliar algumas planilhas, vou aproveitar esse tempo.

- Tudo bem- viro para ele e beijo lentamente seus lábios- Até mais tarde querido.

Saio do banheiro e pego minha bolsa, que estava meus documentos, descendo saindo do hotel e indo para o ponto de encontro que combinei com Jennifer.

(...)



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...