História Which Of Us? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Tags Romance
Exibições 65
Palavras 931
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Escolar, Famí­lia, Mistério, Violência
Avisos: Álcool, Mutilação, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Minha primeira fic aqui, espero que gostem!
Os personagens não me pertencem, mas a história é totalmente de minha autoria.
A personalidade dos personagens aqui está bem diferente, não estranhem.
A história não se passa no mundo pokémon.
Não tem nenhum casal shipper por enquanto, pois como diz a sinopse, Ash sentirá atração por todas as meninas.
Boa leitura!!!

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Which Of Us? - Capítulo 1 - Prólogo

Era uma bela manhã de sábado. O sol estava radiante, os pássaros cantavam agitadamente sobre os galhos das árvores. Um lindo dia, para aqueles que estavam felizes. Infelizmente, esse não era o caso de Ash Ketchum.

Ash passou seus últimos 8 anos morando em Sinoh. Nesses 8 anos, viveu grandes aventuras. Conheceu várias pessoas, fez grandes amizades. Mas agora, seria obrigado a dizer adeus a todas essas coisas. Pois sua mãe tinha tomado a precipitada decisão de voltar para Pallet, cidade natal do garoto.

- Ash! Vamos filho, o táxi chegou!- Delia Ketchum gritou. Chamando a atenção do moreno que encontrava-se jogado na cama, pensando na vida.

- Já vou mãe!- Respondeu levantando-se e pegando suas malas. Antes de sair, olhou pela última vez para seu quarto. O lugar considerado sagrado para ele.

Ash saiu de casa e parou em frente ao táxi. Mas antes que pudesse entrar no transporte, ouviu gritos conhecidos clamando por seu nome. Olhou para o lado e viu Zoey e Ritchie, que vinham correndo em sua direção.

- Ash!- A garota ruiva parou em frente ao moreno. Apoiou as mãos no joelho e respirou fundo. Havia corrido muito rápido e estava extremamente cansada. - Nós viemos nos despedir de você!

Zoey e Ritchie sempre foram os melhores amigos de Ash. Ritchie foi a primeira pessoa com quem Ash fez amizade. Por incrível que pareça, os dois tinham muito em comum! Costumavam gostar e desgostar das mesmas coisas, isso fez com que os dois tornassem-se melhores amigos, quase irmãos. Já com Zoey, as coisas não foram tão fáceis. A garota era muito esnobe, adorava humilhar o Ash. Foi preciso um bom tempo para que a ruiva se acostumasse com ele e, enfim, aceitasse ser sua amiga.

- Vocês... Não precisavam.- Ash respondeu, abaixando a cabeça. A grande verdade é que ele odiava despedidas, pois sempre chorava nelas. É claro que, chorar é algo normal, mas Ash odiava chorar na frente das pessoas. Coisa típica de homem...

- Claro que precisávamos.- Ritchie pronunciou-se.

- Hey, quero que saiba que não importa a distância, a nossa amizade é eterna! Você sempre estará em nossos corações, Ash!- Zoey falou, já com os olhos repletos de lágrimas.

- Nós seremos, eternamente, os três mosqueteiros!- Ritchie disse, fazendo Ash sorrir tristemente. Os três mosqueteiros, era assim que o trio sempre foi conhecido.

- Valeu mesmo galera.- Ash falou, abraçando os dois amigos ao mesmo tempo. - Vou sentir muita saudade de vocês...

- Entre querido! Nosso voo sai daqui a vinte minutos!- Delia avisou. Ash soltou os amigos e olhou pela última vez para o rosto dos dois. Depois, entrou no táxi.

- Nós te amamos Ash!- Zoey falou.

- Boa sorte, irmão!- Ritchie disse.

- Até mais galera!- Ash falou, quando o carro começou a se movimentar. - Eu também amo vocês...- Falou baixinho, deixando que as lágrimas rolassem pelo seu rosto...

Pov Ash

A viagem da minha casa, até o aeroporto, durou aproximadamente dez minutos. Quando chegamos no aeroporto, ainda faltavam mais ou menos uns nove minutos para nosso voo. Então decidi dá uma passadinha rápida no banheiro. Péssima ideia! Aquele lugar estava imundo! Pior que meu quarto, e olha que meu quarto é sujo pra caramba!

- Eu nunca mais vou em banheiro público!- Falei sentando-me ao lado de minha mãe. Ela apenas riu.

"Atenção passageiros para o voo 264 rumo a Kanto, o avião vai decolar nos próximos minutos. Por favor, dirijam-se a aeronave."  O auto falante do aeroporto anunciou.

- É o nosso voo.- Minha mãe falou, levantando-se e pegando suas bagagens.- Vamos querido!- Disse e eu também me levantei. Seguindo-a até o portão que dava acesso ao avião.

Pra quem gosta de andar de avião, isso é uma coisa normal. Mas para alguém como eu, que se borra de medo de aviões, é um pesadelo. Eu até estava um pouco tranquilo no começo, mas quando a aeronave começou a decolar, aí a coisa ficou feia. Senti minhas mãos gelarem e meu rosto suar. Que droga de fobia essa que eu tenho...

- Vai ficar tudo bem ok?- Minha mãe afirmou, segurando minha mão. - Durma um pouco, garanto que logo estaremos em Pallet, sãos e salvos.

Decidi  seguir seu conselho e fechei meus olhos. Com muita sorte, logo o sono veio (...)

Abri meus olhos lentamente e percebi que todos os passageiros pegavam sua bagagens. Ué, já chegamos?

- Bem vindo a Kanto filho!- Minha mãe disse animada. - Acredita que, durante o voo, o avião passou por uma pequena turbulência? Mas você estava num sono tão pesado que nem percebeu!- Riu, como se quase morrer fosse a coisa mais engraçada do mundo.

Depois que descemos do avião, entramos num ônibus. Afinal, o aeroporto na qual pousamos situava-se na cidade de Veridiana, e não diretamente em Pallet. A viagem até a cidade de Pallet foi bem rápida, já que não era tão distante assim de Veridiana.

Durante todo o trajeto, fiquei observando a paisagem pela janela. Pallet havia crescido muito! Quando saí daqui, era uma cidadezinha pequena e sem muitas atrações. Agora era uma cidade grande, cheia de prédios e pontos turísticos. É, talvez ter voltado pra cá não seja tão ruim como eu imaginava...

- Chegamos!- Minha mãe falou, interrompendo meus pensamentos. Pegamos nossas malas e descemos do ônibus, que havia parado em frente a nossa antiga casa. - Que saudades daqui!- Falou olhando para mim. - Não se preocupe filho, eu sei que vai valer a pena.

- É, espero que esteja certa...- Disse pensativo. Erga a cabeça Ash, uma nova vida começa agora!

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Hey, o que acharam? Lembrando que esse foi apenas o prólogo! Só pra vcs terem uma ideia de como o Ash voltou para Pallet! A partir do próximo capítulo é que a história começa de verdade!
OBS: Zoey é aquela coordenadora que no anime, é amiga da Dawn.
Ritchie é aquele garoto da região Johto que tem um pikachu! Podem pesquisar no google se quiserem.
Enfim, esses são apenas detalhes! Até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...