História While you sleep - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren
Exibições 90
Palavras 976
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá.
Voltei rápido ate né? . NÃO DISCORDEM 😂.
A música eu deixo por vocês, uma música triste de preferência.

ESSE É UM CAPÍTULO PONTE BELEZA? .


1- ' isso é uma coisa boa ' . ENCONTRO CAMREN TA CHEGANDO .


Comentem e favoritem, PLEASE 💚
BOA LEITURA

Capítulo 12 - Sempre dá 💔


POV Lauren.

Eu acordei por volta das três da madrugada. Eu me sentia estranha .
Depois daquela conversa confusa. Fomos dormir,  Vero e Dinah dormiram na cama comigo depois de uma longa discussão.
Mani e Ally dormiam no chão em um colchão .
Depois que deitamos eu cochilei , mas logo acordei, me entregando aos meus pensamentos.

Camila iria se casar, ela iria ter uma familia.
Que merda,  ela reatou logo com o boboca do Austin.
Mani me contou que Camila foi embora para Nova York, lá fez uma faculdade e hoje é uma psicóloga muito famosa no ramo.
Elas não tinham informações sobre Camila,  e pelo oque percebi , elas nem queriam ter.
E então vocês me perguntam.
E eu? O que eu sinto?  .

Confesso que eu nao Sei bem , Camila abriu mão da gente. Ela deixou todos os nossos sonhos de lado,  abriu mão de cada noite em claro pensando no futuro, no nosso casamento de " conto de fada " .
Ela jogou fora lembranças felizes, nossas noites de amor. A gente se amava a nossa maneira.  A mídia não pertia que a gente se amasse da maneira que queríamos.
Camila jogou fora uma parte de mim.
Ela jogou fora minhas lembranças felizes a partir daquele dia em que ela apareceu no meu quarto e me disse aquelas coisas, ela me quebrou ao meio,  eu sangrava e eu quase podia sentir lágrimas escorrerem no meu rosto.

Eu imaginava que não deveria estar sendo fácil.
Mas somente eu Sei quantas vezes eu quis acordar. Quantas vezes em que alguma delas se encontravam aqui no meu quarto chorando , e eu queria acordar e dizer que vai ficar tudo bem. Só eu sei, ninguém mais.
Camila achava que estava sendo difícil pra ela. Mas para mim estava sendo dez vezes mais. A vida me tirou o direito de viver por quatro anos, eu perdi quatro preciosos anos da minha vida.

Mais eu não vou julgar ninguém,  não,  não, jamais . Camila era muito dependendo de mim . E eu tenho certeza que ela deu o máximo, eu a conheço ao suficiente para saber que ela não é feliz.

Enquanto Vero me contava um pouco do que eu perdi todos esses anos. Eu parei para prestar atenção em cada expressão.

Normani deixava bem claro que sentia falta de Camila,  mais eu via nos olhos dela que ela jamais vai esquecer o que aconteceu,  a atitude que ela tomou.
Ja Ally sente raiva.  Ally sempre teve esse lado super protetor 
Vero sente falta,  mais igualmente Normani ela jamais vai aceitar oque Camila fez.
Agora Dinah, Dinah é a que mais é machucada ali no meio delas. Dinha era muito dependende de Camila, e se colocando no lugar dela e totalmente compreensível a decepção 

Eu nunca pensei em toda a minha vida que eu pensaria desta forma ,Mas o mais correto seria eu odiar Camila, mas eu não há odeio, odeio a atitude dela.
Eu Sei quantas vezes eu chorei por dentro. Era como um grito de socorro. Eu gritava por dentro  meu psicológico ja estava preparado para tudo.

Não tudo, porque acho que a gente nunca vai estar preparado para saber que o grande amor da sua vida,  esta nos braços de outra pessoa. Ou que talvez você nunca mais vai sorrir com ela, ou que você não vai ser mais o motivo do sorriso dela. Você nunca vai estar preparado para ser trocado, para ser rejeitado, ou ser abandonado de lado como uma coisa que um dia já foi útil, mais hoje em dia é apenas um objeto que ocupa un lugar no mundo.
Pensando bem,  você nunca vai estar pronto para nada, e é compreensível.
Eu sempre fui dona de mim a pessoa que carregava tudo nas costas. Eu sempre fui o tipo de pessoa que guardava a minha dor no bolso para ir cuidar de outra pessoa. Eu nunca demonstrei minha fraqueza, mas mesmo assim qualquer um que me conhecia sabia que minha fraqueza era Camila. Ela era a única que conseguia me machucar.

Pois é Camila você conseguiu.

Fechei meus olhos respirando fundo.

Droga eu tenho uma filha e eu perdi tanto tempo.
Eu conheci minha pequena Mady através da Camila. Em um belo dia ela chegou ate mim toda acanhada , ela começou com um papo estranho , e queria me levar ate um orfanato. Me lembro que olhei para ela e falei " Camila meu amor doque você está falando ".

Então ela me levou ate o orfanato. E la eu conheci o ser mais especial aos meus olhos. Ela era incrível,  e era a dona dos olhos mais lindo do mundo. Naquele momento eu sabia que queria aquela criança para mim,  na minha vida. Íamos sempre visitar Mady no orfanato. Quando ela via eu ou Camila ela ficava tão animada.  Abria aqueles pequenos bracinhos e então se encomodava no meu abraço. Eu a amei intensamente no momento em que coloquei meus olhos nela.

E então Camila entrou com o pedido de adoção.

Mais eu não pude acompanhar,  pois tudo aconteceu.

Foi quando uma movimentação do meu lado esquerdo me fez sair dos meu pensamentos. Me virei dando de cara com uma Dinah descabelada.

- Oque esta pensando - Ela perguntou curiosa.

- Em tudo - Eu disse com um sorriso forçado nos lábios.

Ela sorriu de volta logo se aconchegando no meu braço, fechando os olhos.

- Dinah - Chamei.

Ela me olhou,  com um olhar carinhoso.

- Vai dar tudo certo?  - Perguntei olhando fundo dos seus olhos 

- Sim - Ela disse - Sempre dá. Agora venha aqui.

Me aconheguei nos seus braços recebendo um abraço acolhedor que eu tanto conhecia.

- Durma Laur - Ela disse quase como um sussuro - Vou estar aqui quando acordar.

Fechei meus olhos e enfim me entreguei ao sono.


Notas Finais


Ai meu coração .

TCHAU, TCHAU.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...