História Whispers from death - Offenderman - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jeff The Killer, Lendas Urbanas, Slender (Slender Man)
Personagens Jeff, Personagens Originais
Visualizações 32
Palavras 613
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiii pudins
Mais um Cap ❤❤❤❤

Capítulo 2 - Welcome to my life


Após ver o presente que o estranho havia dado Ana dormiu.
A garota acordou confusa e viu se em uma floresta. Olhou para baixo e reparou que estava   com um vestido Lolita preta. Uma meia calça preta e sapatos pretos. Era tudo do jeito que gostava.
Olhou para o lado e viu um ser Alto,  lembrou se ser o mesmo que avistara mais cedo.
No outro dia a garota acordou sentindo uma terrível dor em sua cabeça,  como se tivesse levado uma terrível pancada.
Levantou se tomou seu café e foi para a escola.
A semana se passou estranha e logo chegou o final de semana. Sábado.
Ana e sua mãe e seu irmão dormiram na casa de sua vó no dia anterior para poderem viajar.
A viajem foi cansativa mas chegaram bem.
Ana p.o.v on
Meus pensamentos se resumiam em pessimismo e sonhos quebrados. O dia se passou e eu estava trancada ouvindo Welcome to my life. 
Todos presentes na casa, menos eu, saíram me deixando sozinha. O vazio logo me atingiu fazendo me cogitar a ideia de tomar um banho para resfriar a cabeça.
Enquanto a banheira enchia eu me mergulhava em lembranças horríveis. O dia foi passado dentro de um quarto mas mesmo assim sentia me cansada. Lembrava me de algumas pessoas que já disseram me coisas que levo comigo (vulgo meu irmão) . Coisas como 'Por que você não morre?' Ou 'Você nunca vai se matar. Não teria coragem'. Uma pena. Assim eu continuo  sendo torturada em casa .
Senti algo quente cair sobre meus olhos. Lágrimas. Para tentar para las tentei repetir para mim mesma 'Filhos de uma boa mãe não choram' , e enxuguei o que restou. Sei que não é verdade o que eu disse, mas sempre disseram a mim.
Logo a banheira encheu se e eu liguei a hidromassagem para fazer espuma. Após conseguir eu desliguei. 
Tranquei a porta, tirei a roupa e liguei apenas as luzes acima do espelho, que dão o efeito de velas.
O banho estava relaxante,  porém aqueles pensamentos não deixavam minha mente. 'Eu sei o que é  ser torturada por sua própria mente '
Meus pensamentos foram interrompidos ao sentir um delicioso cheiro de rosas emanar no local. Me permito fechar os olhos por um breve momento, até eu me perguntar o motivo do cheiro.
Abri logo meus olhos e então percebi que as luzes haviam se apagado.
Apesar de eu gostar de escuro aquilo não parecia estar certo, e quando as luzes voltaram  o cheiro que rosas ficou bem mais forte. Logo eu vi o mesmo homem de dia atrás sentado na tampa da privada me olhando. A minha sorte era de que as espumas cobriam meu corpo.
- O o que é você? - Perguntei um pouco firme,  porém receosa.
X- A pergunta não seria,  "Quem é você? "
Sua voz era melodiosa e sexy,  porém eu nunca me deixaria levar tão fácil.
- Ok. Quem é  você?
X- Eu sou o Offenderman , e você deve ser a Ana. - Ele me extendeu uma Rosa preta. Eu a peguei um tanto receosa e a cheirei.  Ela era linda.
- Como sabia?
Offenderman-  Eu sei de muitas coisas
- Ok.  Então,  será que você sabia que é falta de educação entrar de penetra e observar os outros tomando banho?
Offenderman-  Tudo bem senhorita. Adeus! - Logo ele desapareceu e a única prova de que ele esteve lá era aquela Rosa.
Deixei ela do lado da banheira e terminei meu bamho.
Peguei a Rosa e a deixei dentro do armário para ninguém vê la.
Mas se você acha que eu achei aquele cara intrigante,  bem vindo a minha vida.


Notas Finais


Oiiii


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...