História Whistle - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, Sehun
Tags Bad, Baekhyun, Baekyeol, Chanbaek, Chankai, Chanyeol, Chen, Exo, Kai, Kris, Sebaek
Exibições 430
Palavras 1.018
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi gente, boa tarde ~~ Eu estava no tédio e acabei escrevendo os sentimentos do Baekhyun.
BOA LEITURA.

Capítulo 8 - Extra: Baekhyun


Fanfic / Fanfiction Whistle - Capítulo 8 - Extra: Baekhyun

Todo dia era uma frustração diferente, desde que terminamos, não sabia muito bem o que fazer diante a uma situação como aquele. Até porque não tinha mais o que fazer para resolver a nossa situação, eu entendia isso e muito bem por sinal. Eu havia errado muito, não merecia um perdão se quer, mas no primeiro erro você esteve lá e eu agi como se não me importasse, mas eu me importava e muito.

Eu só não fazia ideia de como resolver a minha situação, eu era incontrolável, meus desejos eram piores do que eu, quando eu me via eu já estava fazendo, não conseguia guardar minhas vontades, e isso estragou nosso relacionamento, sim eu sei.

Não sei porque ainda estou martirizado esses sentimentos, mas talvez seja porque dessa vez eu sei que você não irá voltar para mim, pois dessa última vez havia sido o suficiente para o seu sofrimento e eu entendi isso da pior maneira.

Eu te trai bem no dia do nosso aniversário de namoro, te deixei esperando em casa e ainda fiz você cuidar de mim, não pedi uma desculpa sequer, apenas te obriguei a cuidar de mim, eu fui um péssimo namorado, eu admito.

É difícil receber tanta atenção e retribui-la, eu apenas queria ter alguém para por a culpa, mas dessa vez não tem ninguém, apenas eu com meu sofrimento, quando ouvi suas palavras eu quis chorar, mas meu orgulho sujo me impedia de fazer isso, sempre disse para mim mesmo que nunca me rebaixaria a homem nenhum, mas você foi mais que um homem para mim, eu deveria me humilhar, gritar para todos os cantos o quanto você me faz falta, te pedir perdão para voltar comigo, mas eu entendo que te fiz sofrer muito e com isso eu não farei isso, por mais que eu acorde na metade da noite e queira ir na sua casa, te chamar, te beijar, fazer coisas que eu sinto falta.

Mas sempre funciona dessa forma, a gente só quer dar valor quando perdemos não é? Sempre eu penso nessa frase eu começo a rir, porque chego a ser hipócrita o suficiente para dizer isso, pois quando você me deu a primeira chance, eu apenas fodi ela novamente, eu sou um lixo humano, é eu sei.

Eu queria que você me batesse, descontasse suas mágoas em mim, daquela forma eu iria entender o quanto eu fui especial para você, o suficiente para você mudar de personalidade, eu faria isso, te bateria até ver seu rosto coberto de sangue. Mas que droga, Chanyeol. Porque você teve que me dar banho, cuidar de mim? Você realmente me dá raiva, pelo seu modo, porque apenas não repetia o que eu fazia?

Por que não me tratava mal? Eu sempre fui mal com você, não merecia seus carinhos e palavras bonitas, não merecia e não mereço nada de ninguém, e agora estou aqui me afogando nesses pensamentos, pensando o quanto eu fui otário por te deixar ir.

Quando eu voltei para a faculdade uma semana depois, eu vi você de conversas com o Jongin, eu quis rir sabe? Como assim ele já me trocou? Mas você fez o que deveria ser feito, sair com alguém que irá te dar valor e não com uma pessoa igual eu, mas doeu tanto te ver com outro e saber que você nunca mais voltaria ser meu, eu não lembro quantas horas fiquei trancado no banheiro da faculdade segurando o choro que eu segurava a dias.

Quando nossos olhares se encontraram depois de duas semanas, eu me sinto tímido e acanhado, mas o modo que você se direcionou a mim, aquilo foi o suficiente para eu sentir uma pontada forte em meu peito, havia doído mais do que eu imaginei, seu olhar não havia demonstrado nada, nenhum brilho, nenhum nojo. Porra Chanyeol, porque você tinha que ser assim?

O que acabou comigo foi o que ocorreu três semanas depois, como assim você estava saindo com o Jongin? Quando vi vocês dois ao beijo pelo campus da faculdade, eu me senti com tanta raiva que quase fui até vocês, eu iria afastá-lo e tomar seus lábios para mim, era isso que eu apenas desejava ultimamente, ter você novamente.

A partir daquilo, o tempo para mim parece que havia parado, eu não sentia vontade de sair, de beber, de usar drogas e muito menos de transar, eu não sentia vontade de nada, porque agora tudo havia se tornado preto e branco? Não sentia a vontade alucinante de sair e fazer coisas erradas igual antigamente, você foi tão especial para mim… Porque eu tive que deixar você partir? Por que?!!!

Está sendo tão agoniante viver assim, sem ninguém para se preocupar comigo, eu desabo de chorar toda vez que chego em casa sabe? Eu apenas queria sentir seus abraços, seu cafuné, poxa Chanyeol…

Seria demais se eu te pedisse mais uma chance? Dessa vez eu realmente aprendi a lição, eu nunca iria me manter longe de você e muito menos te maltratar igual antigamente, apenas te amaria como nunca havia feito antes.

Eu sei que agora você está com o Jongin, mas eu não sei o que será de mim sem você, você era meu tudo, meu amigo, meu namorado e minha única família, agora eu não tenho mais ninguém, amigos? Só serviam nas horas boas, e eu descobri isso da pior forma.

Eu podia voltar a beber, fumar, mas eu nem ao menos sentia vontade de sair de casa além de ir para a faculdade, porquê era o único lugar que eu me sentia aquecido, pois era o lugar em que eu te via, mesmo abraçado com outro… Eu gostava de sofrer pelo visto, pois eu não conseguia me afastar desse sentimento doloroso que era amar alguém que havia me superado.

E agora que eu te perdi de vez, eu soube que eu realmente te amava, não era apenas pelo sexo e o calor gostoso que você me proporcionava. Eu não irei te esquecer facilmente e nem devo, porque agora é a vez de eu sofrer.

Apenas queria sentir seus abraços pela última vez...

 


Notas Finais


O que acharam? Ele merece morrer ainda? KDSAKKASKSDW, coitado. Eu li todos os comentários do capitulo anterior e eu irei respondê-los, pode ter certeza! Só preciso arranjar um pouco mais de tempo, amo vocês meninas.
e pra quem queria chankai, é rolou chankai, mas n explicito.
Eu irei deixar aqui uma fanfic minha, ela é toda fluffy pra quem quiser se recuperar kk

https://spiritfanfics.com/historia/swin-boys-are-weird-6735059


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...