História White Noise - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Suga, V
Tags Angst, Darkfic, Deathfic, Depressão, E L A, Jungkook, Leucemia, Shortfic, Sugakook, Yhui, Yoongi, Yoonkook
Visualizações 77
Palavras 626
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - I'm aching


Capítulo três; I’m aching

 

 

Já não sabia por quanto tempo você havia sumido.Eu ainda te espero.

 

Taehyung continuava a me olhar apenas quando estava indo embora, e sempre com o mesmo sorriso triste. Por que ele me lançava aquele sorriso? Aconteceu alguma coisa com você?

 

Com o tempo, eu fui me desanimando ainda mais. As enfermeiras lutavam para me fazer tomar os remédios necessários para me deixar bem, mas a cada dia que Taehyung aparecia, junto à Hoseok, e não à você, mais eu me sentia triste.

 

Taehyung chegou a te contar que eu queria falar com você? Você não queria falar comigo, por isso sumiu? Por isso abandonou seu trabalho voluntário?

 

Fui deixando de tomar os remédios, até o ponto em que eu falei que não queria mais seguir o tratamento. Os médicos não quiseram concordar, então eu comecei a retirar a mangueira de soro de meu braço, e à fingir tomar os comprimidos.

 

Estou me torturando, Jungkook.

 

Me repreenderam bastante, mas depois de um tempo, se deram por vencidos. Me falaram que iriam me dar um tempo, para pensar e assim, voltar com o tratamento. Tanto eles, quanto eu, sabíamos que aquela pausa me prejudicaria muito, tanto com a leucemia, quanto com a depressão. Nenhuma das duas estava em um estágio baixo. Mas eu não me importava.


 

Nas primeiras semanas, eu não percebi muita diferença por parte da leucemia. Mas depois desse tempo, eu comecei a ter fortes dores de cabeça, que não passavam com o tempo, nem se eu dormisse um pouco. Meu nível de ansiedade aumentou bastante, e praticamente não tinha humor para nada.

 

Já estava acostumado com aqueles sintomas, pois já tinha um histórico depressivo, mas o que me estranhou foi ter começado a ter cãibras regularmente. Me virava na cama para procurar uma posição mais confortável, e facilmente uma de minhas pernas ou braços começava a ter cãibra. Achei que fosse normal, pois como não tinha ânimo para nada, passava noventa e cinco por cento de meu tempo sentado ou deitado, olhando para algum ponto fixo.

 

Então, em determinado tempo, eu comecei a ficar com a voz falha. Alguns tons diminuíram, e com isso, uma rouquidão se instalou. Pensei ser motivo de eu não falar muito, não socializar com ninguém e falar o que era realmente necessário. Mero engano meu. Minha voz começou a ficar arrastada, e os sons saiam lentamente, como se eu estivesse com preguiça de pronunciar algo. Logo uma leve gagueira veio.


 

Eu não estou bem, Jungkook.

 

Meu peso diminuiu em demasia. Não havia alterado a quantidade de comida ingerida; continuava a comer tudo o que me entregavam e às vezes um pouco mais, mas meu peso continuava a cair. Meus fios também já quase não existiam em minha cabeça, e eu não tirava a touca preta, parecida com a que você usava quando vinha sem estar fantasiado algumas vezes, nem por um segundo.

 

Estou ficando feio, Jungkook.

 

Dores em minhas pernas começaram a surgir. Eram leves, mas agonizantes. Não contava o que estava sentindo para nenhuma enfermeira, pois eu achava que logo passariam e eu continuaria como normalmente. Tudo isso acontecia por causa da minha falta de atividade, não é?

 

Mas eu não conseguia fazer alguma coisa. Eu me sentia desanimado; sentia como se toda a energia de meu corpo tivesse sido arrancada, e não sobrasse nada. Deveria contar para alguém? Deveria voltar com o tratamento? Não sei de mais nada.

 

Não me sinto bem; há algum tempo um sentimento de angústia se passou de mim e eu não sabia o que fazer.

 

Você foi embora. Taehyung parou de falar comigo. Hoseok me olhava sempre apreensivo e apenas algumas vezes direcionava alguma palavra para mim. Todos me abandonaram. Por que?

 

Jungkook, você vai demorar para voltar?

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...