História White on Black - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Karin, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Suigetsu Hozuki, Tsunade Senju
Tags Drama, Naruto, Nejihina, Romance
Exibições 76
Palavras 1.249
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Harem, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Bom pessoal espero que gostem do capítulo...

Capítulo 2 - The arrest of black white


Fanfic / Fanfiction White on Black - Capítulo 2 - The arrest of black white

��"Caia, tudo, caia, tudo, caia, tudo, isso passa,caia, tudo, caia, tudo, caia, tudo, está desabando

Eu estou mal assim por causa de você

Você pode parar? Eu não te tenho mais

Eu não consigo fazer isso, se parece com algo Por favor, não me dê algo como um pretexto

Você não pode ser assim comigo

Eu não posso aceitar nenhuma dessas palavras

Distinga a verdade e me destrua

Me corte, eu estou ficando louco, eu odeio tudo

Pegue tudo, eu apenas te odeio"��​

Hinata P.O.V

E aqui estava eu,em um avião indo em direção ao Japão,sinceramente não estava muito animada com essa mudança,mas a última coisa que eu quero e continuar naquela cidade, cheia de boas,e de más lembraças,se colocar os bons momentos e os ruins,numa balança, os ruins pesam bem mais,logo os bons são esquecidos.....sabe sempre me disseram o quanto sortuda eu era por ter tantos amigos,minha mãe sempre dizia quando íamos as compras,escolha pela qualidade e não pela quantidade,nem sempre o mais è sinónimo de melhor,e nem o menos é sinónimo de pior,agora eu meio que entendo essas palavras,que para mim antes era so uma conversa sobre compras,hoje é uma reflexão de vida.​

O avião já havia pousado,estávamos despachando as malas no táxi,ao olhar um pouco aquele lugar,tudo parecia diferente,era apenas um aeroporto, mas pra mim era um aeroporto "diferente",um diferente "bom".

"Bom","Diferente",essas palavras não faziam mas sentindo,mesmo assim, era bom saber que eu ainda as conhecia.​​

O táxi estacionou na porta de uma casa,era uma casa grande,e bonita,parecia aquelas casas que a gente só vê em filmes.​

Filha! Vem vamos tirar as malas do carro!

- Ahh essa casa,continua a mesma,mesmo depois de todo esse tempo! E esse ar diferente,não dá uma sensação boa.Certo filha!

- An é sim! Falei meio desanimada

ok! Vamos entrar! Porque essa casa deve estar uma bagunça,já faz bastante tempo que ninguém vem aqui. 

Ent​ramos na casa,e realmente como minha mãe disse,estava uma completa bagunça,o tanto de teias de arranha,poeira,e sujeira naquela casa era absurda, por um momento pensei na hipótese de voltar a  Nova York,mas pensando bem acho que vou dar uma chance a essa casa! Acabei cedendo e decidir começar logo essa faxina. Vassoura  na mão,produtos de limpeza e lá vamos nós.

 

Ahh​! Quando acabamos a faxina já era umas 04:00 hrs da manhã, sendo que havíamos começado as 17:00 hrs da tarde,pensando bem uma casa grande não è tão legal assim quando você tem que a limpar,estava exausta,decidir subir pro meu novo quarto para descancar,ainda bem que meus pais resolveram o problema da luz e da água antes de nós mudarmo,senão as coisa estariam bem piores,é incrível como meus pai já prepararam tudo,a minha transferência de escola já estava pronta,eu sinceramente não estava animada para voltar a escola,e nem de fazer novos amigos,mas eu precisava, ou então iria preocupar meus pais,já havia desfeito as malas,depois  tomei um banho e coloquei meu pijama,e fui dormi,quando acordasse seria tudo diferente. 

 

 

Acordei e já era bem tarde! Lá pras 14:00 da tarde, também levando em consideração a hora que fui dormi ne, fiz minha higiene e desci para baixo,meu pai e minha mãe estavam na sala,fazendo alguns ajustes nas estalações que haviam chegado,fui direto a geladeira pegar alguma coisa para comer,sinceramente meus pais pensaram em tudo da mudança antes de me contar,me sentir um pouco excluída por causa disso,porem sabia que estavam apenas preocupado pela minha situação, e não queriam me dar a opção de dizer não. O meu uniforme já havia chegado ( até nisso eles pensaram) e sinceramente não sei se vou me acostumar a usar uma saia na escola,o uniforme até que era bonitinho,era uma saia,uma blusa e uma gravata,os uniformes  vieram em conjunto de três cores diferentes,o material escolar ficou por conta da minha mãe, as coisas por aqui è bem diferente,espero me adaptar o mais rápido possível.

2 Semanas Depois.........

Já se passaram duas semanas,e amanhã seria o primeiro dia de aula,sinceramente eu nunca gostei de mudar de escola, você está sem amigos,tudo é novo,e você precisa se adaptar a tudo isso,mas essa é a primeira vez que eu acho a mudança interessante....Acabei dormindo iria acorda cedo no outro dia.

Eu já estava pronta,usando o uniforme,cabelos soltos,uma meia longa preta,e um sapato de cor clara,não me máquiei ,pelo que meu pai disse não è permitido maquiagem, passei apenas um gloss bem leve de cor rosa, acessórios chamativos ou o uso de esmalte tambem é proibido,sinceramente nesse quesito eu prefiro a escola de Nova York, já estava na hora de ir,peguei meus materiais e desci,tomei o meu café e fui para fora,meu pai estava esperando para me levar para a nova escola,chegando na escola eu ja estava ficando nervosa,engoli em seco,meu pai falava comigo que iria fica tudo bem e que daria tudo certo,ele parecia  um pai que estava levando sua filha,para estudar numa escola pela primeira,mas eu entendia ele,sai do carro ouvindo um boa sorte dele,ja havia adentrado o presíd...que dizer a escola,tudo que eu via era estudantes por todo lado ( como se eu não fosse uma ) fui em direção a secretaria (seja la como a chamam aqui) tomei todas as providências para ter certeza onde cada coisa ficava,não queria ficar por ai perguntando a um e outro,antes de bater na porta,ela foi aberta por um garoto alto,de olhos e cabelos negros,a farda desarrumada,era oque chamamos de badboy,o garoto tinha uma cara seria e parecia irritado,provavelmente aprontou alguma coisa e levou bronca da diretora,ou seja la de quem! ele me encarou por um momento,mas depois voltou seu olhar em direção ao corredor,quando um homem de cabelos grisalhos saiu da sala o chamando,se eu entendi bem ele o chamou de sasuke,o garoto não pareceu parar ou ter essa intenção, o homem virou-se em minha direção. 

 

​- Ei você! Oque esta fazendo aqui?

- É eu sou Hinata Hyuga,a nova aluna transferida! ​​ ​Engraçado que so agora ele notou minha presença

- Ah è verdade! Eu tinha me esquecido! Haha,bom sou kakashi o vice-diretor é um prazer conhecê-la senhorita Hyuga

- É eu vim aqui entrega o resto da papelada e ser apresentada a minha sala​, ​emtreguei os papeis

- A sim pegou os papeis da minha mão,bom vamos irei leva-la a sua sala

 

Eu o segui até chegamos em frente a uma sala,o kakashi entrou e pediu para mim esperar la fora,o kakashi interrompeu o professor que estava dando aula

 

​- Licença professor kisame

 - Ah sim claro  

- Bom pessoal,temos uma aluna nova,ela ira estudar com vocês a parti de hoje,deem as boas vindas,entre senhorita Hyuga 

Entrei na sala,estava todo mundo me olhando,essa é uma das coisas que não me agrada na escola japonesa, se apresentar na frente de todos,respirei fundo e comecei a me apresentar

- Olá me chamo Hinata Hyuga,eu venho da cidade de nova York,me mudei recentemente e me transferir para essa escola,è um prazer conhecê-los

 

Terminei de me apresentar e todos bateram palma,o kakashi indicou meu lugar,era do lado de um garoto,ele tinha pele clara,cabelos longos e pretos como os meus,e olhos claros,ele era lindo,o chamaram de neji,me dirigi a direção da minha mesa e me sentei,o garoto não parecia contente com minha chegada, no Japão tem essa coisa de sentar em dupla,uma das coisas triviais da escola japonesa, o garoto parecia do tipo isolado,daqueles anti-social,que não fala com ninguém, sei la essa foi a analise que tive depois de ver ele,não que eu me importasse muito,tambem não estava muito afim de ser amiga de ninguém....

 

 

Continua......

 

 

 

 

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...