História White Roses - Capítulo 57


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bruno Mars, Demi Lovato, Tyler Posey
Tags Bruno Mars, Comedia, Demi Lovato, Romance, The Hooligans
Visualizações 48
Palavras 1.098
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Festa, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Arooooooooooooooooooooooooooooooooô
Tudo de boas? Hoje é sábadoooo dia de mais um capítulo...
Vamos ver no que está dando com Borboleta Azul, Lobo e o Dragão, e também a vaca hahahaha
Quem entendeu, entendeu, quem não entendeu... Boa leitura mores s2

Capítulo 57 - She Still has Feelings for Me.


Fanfic / Fanfiction White Roses - Capítulo 57 - She Still has Feelings for Me.

- Eu nunca vi o Bruno assim?
             - Pois é, ele nunca ficou assim por alguém
             - Ele está parecendo perdido

Logo após a gravação do clipe do novo single de Bruno, com todo sentimento liberado ele volta pra casa, com o pensamento de chamar sua amiga para passar um dia em amigos como antigamente, sem nenhuma malícia.

Chegando na casa de Estephane, ele abre a porta e da de cara com Cristina na cozinha fazendo o almoço.

- Oi Peter
             - Oi Cris, como vai?
             - Bem, mas pelo jeito você nem tanto, o que foi garoto?
              - Ah Cristina, você é segunda mãe da Esté, não queira saber dos meus problemas
             - Eii, somos amigos e uma família, pode me contar, a Esté no banho, e sabe que ela demora
             - Tyler tá aí?
              - Não, relaxa haha
             - Eu apenas, não tô muito feliz, talvez ciúmes deles dois, mas ao mesmo tempo
            - Ao mesmo você se dá bem com a Caban
            - Exato, meio que desisti de tentar correr atrás da Esté, porque ela tá feliz com o Posey
           - Olha, não posso e nem vou mentir, ele tá fazendo bem pra ela, e ela tá te esquecendo, então vive a vida, logo começa a turnê, vai e canta para seus hooligans e é isso
           - Vai ser foda, com ela comigo ali toda hora
           - Eu não disse pra vocês nunca mais transarem haha
           - Cristina hahaha

Estephane descendo com o cabelo molhado e toda limpa e cheirosa, ela escuta a risada de Cristina e de Bruno.

- Ah Oii Brunz, o que estavam rindo aí

Disse ela abraçando seu amigo e sorrindo, feliz em ver que estava tudo bem.

- A Cristina sendo doida
             - Convivência com a Estephane
            - Verdade haha, mas então Esté, estou aqui pra falar que depois do almoço, eu sei que você está de folga hoje das gravações, vamos passear apenas nós dois, amigos como sempre
               - Mas...
               - Mas nada garota, vai, ele é seu melhor amigo, vão chupar um sorvete, comer algum fast food haha sei lá
               - Acho melhor escutar a sua segunda mãe haha
                - Tá bem haha

Bruno, Estephane e Cristina almoçam, como se fossem uma pequena família, conversando e sorrindo muito, passam o tempo.
 Até que Esté e Bruno saem passear por LA.

 Param na rua e compram uma água de cocô para Estephane matar a saudade do Brasil. E de repente, Estephane começou a cantar a música deles, que falavam da amizade deles, Count On Me.

- Eu te amo amigo
             - Melhor amigo Esté, Tyler pode até estar com você mais tempo agora, por ser seu namorado e tudo mais, mas te garanto que ele nunca será seu amigo como eu sou e sempre fui, e te garanto que sempre vou ser

Estephane e Bruno sentaram em uma praça ali perto, claro que logo encheu de paparazzis, porém pela primeira vez deram privacidade, e ficaram do outro lado da rua, tirando fotos.

- Vamos conversar em algum lugar menos público, é melhor

Bruno e sua amiga foram para o carro e saíram dali, apenas deram uma volta na quadra, e dentro do carro, continuam  conversa.

- Esté, eu não vou falar pra deixar seu namorado, mas quero falar que apenas voltemos a ser como era antes, amigos com inocência e risadas e amor da amizade, me entende?
             - É, eu sei Peter, mas... Tá é, vamos voltar a ser aqueles amigos que erámos haha
             - Ah, obrigado e eu amo você não quero perder você, é melhor ter você aqui comigo sendo amiga do que nem ter você por perto
             - E além do mais hahaha se eu tiver uma crise e tiver longe da Cristina, você que vai me socorrer
             - É, ah e me perdoe por isso, te deixar lá e ir pro hospital
            - É haha se não tivesse me deixado lá, talvez nem teria ido pro hospital
           - Ah, não me faz me sentir pior haha
            - Foi mal haha

Ali decidiram que iriam voltar ao amor da amizade e Bruno lutaria pra isso ficar em pé, nada iria estragar essa amizade.

Chegando em casa, Bruno deixa sua amiga em frente da casa dela.

- Não esquece, amanhã tem um ensaio fotográfico
              - Sim senhora empresária haha
              - Então tudo certo Senhor Mars
              - Ahhh sabe que odeio...
            - Odeia que eu chame de senhor Mars haha

Bruno mal deixou sua amiga terminar a frase, e a puxou para um abraço, ele sentiu tanta saudade daquele cheiro, da pele dela, misturando o perfume de rosas, até com o perfume do creme de cabelo que ela usava todo dia que lavava o cabelo. Ele sentiu saudades dela.
    Quando ambos menos esperavam, sem pensar no que estava acontecendo Estephane o beija, ela fez sem querer, sem pensar em Tyler, em Jessica e em ninguém mais, apenas nela e em seu amigo, Bruno surpreso corresponde ao beijo intenso que recebeu, ele forte aperta sua cintura, Estephane delicadamente desliza os dedos nos cachinhos macios de Peter, quando eles queriam mais, se desgrudam por falta de ar e por caírem em si no que havia acabado de acontecer.

- Ahnn... É tchau Bruno a gente se vê amanhã
              - É... Até amanhã... Borboleta Azul

Bruno havia falado mais baixo do que queria, mas sua amiga escutou mesmo assim. Ela sai mais rápido do que queria dali, entra em casa e senta no chão, logo Tarzan corre até ela.

 Bruno ficou ali paralisado na frente da casa da amiga, ele sorria igual uma criança que acabou de ter dado seu primeiro beijo, como um idiota.

- Eu amo essa louca haha

Assim ele percebeu que ela ainda sentia algo por ele, nem tudo estava perdido. Ele entra em sua casa, sozinho apenas com Ge, ele deita no sofá e ali fica conversando com seu cachorro.

- Ge hahaha aahhh essa garota, puta que pariu ela é demais

Bruno parecia um garoto novo apaixonado, sorrindo e brincando com seu cachorro.

 Já Estephane, deitada no chão querendo chorar, abraçada com seu cachorro também, e Cristina aparece

- O que aconteceu menina?
            - Criiiistinaaaaa, não acredito no que fiz
             - O que? Bruno fez algo que  você no gostou?
             - Não entendeu? Eu fiz

Disse ela se levantando com Tarzan

- Eu beijei ele
            - Mas Estephane...
            - Eu sei, o Tyler
           - Pelo menos, ninguém viu, ou viu?
            - Não, ninguém, mas tá esquece finge que nada aconteceu
            - E foi bom?
           - Foi ótimoooo hahahaha paraaaa, shiu
            - Hahaha aiai dona Estephane


Notas Finais


EITAAA hahaha
Espero que gostem, comentem e compartilhe a história com os amigos :)
Vejo vocês na Terça-feira mores s2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...