História White Treasure - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags One Piece, Original, Romance
Exibições 5
Palavras 676
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Ecchi, Fantasia, Luta, Magia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


aqui está mais um capítulo

Capítulo 4 - Príncipe Caído


Fanfic / Fanfiction White Treasure - Capítulo 4 - Príncipe Caído

Estava um dia ensolarado, já havia passado 2 dias que estavam navegando, Richy estava pescando pois sua economia de alimento acabou, Elizabeth estava lendo um livro sobre magia, estava com um biquíni azul no qual combinava com seu cabelo.

-Oooh, peguei alguma coisa, Elizabeth, hoje a nossa janta vai ser de ouro!

-Sério? já era hora, estou morrendo de fome, vou fazer o tempero.

-Hi hi.

Elizabeth entrou na cozinha, Richy por sua vez estava usando sua força para puxar o peixe, ficou com água na boca quando viu que estava perto da superfície e parecia bem grande, logo quando saiu da água estava preso a uma pessoa, por isso estava pesado, um homem de mais ou menos 18 anos, loiro, um traje mendigado, calças rasgadas e camisa aberta, e uma espada embainhada.

-Quem é esse cara, está um merda, ELIZABETH, PREPARA TRÊS PRATOS E TRAZ UM COPO COM ÁGUA.

[...]

-Ei, Richy, ele está abrindo os olhos.

-Ham, onde eu estou? Quem são vocês?

-Eu sou Richy, essa é Elizabeth, minha cadela pessoal. –Sorriso-

-NEEEEEM SONHAAANDO.

Elizabeth da um soco em Richy que o faz sair voando e fica marcado.

-E você é?

-Meu nome é Tomo Ryanberk.

-RyanBerk você disse, você poderia ser? –Surpresa-

-Sim, não esperava que você fosse me reconhecer, já que minha família saiu do poder.

-Ham, ela saiu do poder, mas era o melhor partido, o que aconteceu?

-Não sei se seria certo falar para estranhos, vocês não iram entender.

-Vamos, fale logo, nós preparamos comida para você, pode nos dar esse crédito. -Sorriso Supremo-

-Bom... cerca de um mês atrás apareceu um Comandado/

-Espeere, o que é um Comandado?

-Você não sabe Richy? Comandado são sete vagas na marinha que são preenchidas com os piratas mais fortes de todo o mar, esses piratas não podem fazer nada contra a marinha e contra a lei e a marinha não pode fazer nada contra eles, entendeu?

-Sim, obrigado Elizabeth. –Sorriso-

-Continuando, esse Comandado apareceu e ficou muito amigo do meu pai, o rei, e acabou obrigando meu pai a fazer alguns trabalhos sujos, logo depois ele subiu no poder e chamou sua própria tropa especial que era composta por 8 piratas bem fortes que tem recompensas de 30 milhões de yonks, em um dia chuvoso meu pai foi sequestrado e preso na masmorra e foi dito que estava morto, claro que ninguém acreditou em mim, já que ele já estava em um cargo bem importante, então eu tentei enfrenta-los e perdi, então comecei a treinar para ficar mais forte, a cada dia eu tentava libertar meu pai, até que um dia eu consegui feri-lo, ele então mostrou seu verdadeiro poder, ele tem uma maldição de gelo, no qual usou para congelar a cidade e deixar tudo em baixo de neve, ai então eu acordei aqui.

-Cara, isso é uma droga.

-É, Tomo certo? Esse Comandado, ele por acaso tinha cabelos brancos, olhos azuis e mais ou menos 1,70cm?

-Sim, o nome dele era/

-Kabuto...

-Oi, Elizabeth, esse cara, ele é bem forte né?

-S-sim, espere Richy, o que você está pensando em fazer?

-Bom, Tomo, eu irei lhe ajudar a salvar o seu pai e o seu reino! –Sorriso Supremo-

-Sério? mas você vai estar correndo risco de vida.

-Pense direito Richy, ainda temos que recuperar meu artefato. –Preocupada-

-Já pensei, não irei recuar, vamos recuperar sua fonte de magia e depois acabar com esse cara. –Sorriso-

Richy olha para Tomo e Elizabeth, ele estava sorridente como sempre, Elizabeth já havia desistido de tentar fazer o Richy mudar de ideia e Tomo estava realmente agradecido, logo depois todos entraram na cozinha para comer o peixe que Elizabeth preparou.

[N`Forest]

Um homem com um chapéu de cowboy preto é jogado no meio do bar por dois marmanjos, ele estava arrebentado.

-Droga, ainda não acabei, eu irei recuperar essa cidade, custe o que custar, seus desgraçados. –Fala raivoso-

Uma mulher chega perto e o socorre.

-Calma Jun, por favor dê um tempo, olhe o seu estado.

-Só irei parar quando recuperar essa cidade!


Notas Finais


:D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...