História Who Are You - Capítulo 40


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren
Exibições 661
Palavras 1.709
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Famí­lia, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ei amores, como vocês estão?

Eu sei que devia ter voltado na semana passada, mas estava difícil para mim escrever, eu consegui finalizar o capitulo hoje, agora a pouco então eu nem revirei então se tiver qualquer erro me perdoem, um dia quem sabe eu olho rs

Então vamos ao capitulo, sem mais enrolação, boa leitura amores.

Capítulo 40 - Será que você podia parar?


Fanfic / Fanfiction Who Are You - Capítulo 40 - Será que você podia parar?

POV CAMILA

 

Eu estava inquieta dentro daquele avião, estava um silencio constrangedor, pelo menos para mim, eu olhava para o lado  e via a Lauren, Sofia e Veronica em uma conversa um tanto animada entre elas, a Normani dormia com a cabeça apoiada nos ombros de minha mãe recebendo um carinho da mesma, um carinho que minha mãe sempre fazia em mim dentro da avião. Ally e Lox estavam mais a frente e eu não consegui ver o que elas estavam fazendo mais com certeza estava um clima muito mais agradável do que aonde eu estou. Eu podia ouvir as conversinhas de Ryan e Will e confesso que aqueles burburinhos estava me irritando um pouco.

 

Eu até tentei olhar as nuvens na janela, mas eu não sou muito fã de altura e preferi fechar aquela pequena cortina para poupar a crise de ansiedade que aquela imagem causaria em mim, eu coloquei o fone de ouvido e encostei a cabeça no banco e fechei os meus olhos tentando dormir, mas eu infelizmente não consegui, eu pensei em assistir os novos episódios de TVD que já havia saído, mas eu não conseguiria também, não estava em clima para aquilo, eu pensei em me levantar e ir deitar na pequena caminha que tem no fundo do avião, mas eu sabia que se eu fizesse isso chamaria a atenção de todos então eu cheguei na única coisa que eu sabia que me distrairia durante todo aquele voo.

 

Eu comecei a pensar em varias formas de torturar Verônica e Lauren e depois mata-las. Onde já se viu? Essa infeliz dizer que convenceu que Ryan conseguisse que as meninas fossem no mesmo voo que eu para que eu pudesse ficar um pouco mais com Lauren, ai eu entro e a desgraçada está lá sentada ao lado dela? E o pior é a Lauren, que não fez a mínima questão de sentar ao meu lado. Olha, se eu tivesse uma arma nesse exato momento eu não pensaria duas vezes em atirar agora na cabeça de Verônica e Lauren, em um tiro só porque essas infelizes não merecem que eu gaste duas balas da minha arma com elas.

 

- A performance de vocês ontem pegou todo mundo de surpresa – Escutei uma voz me tirando de meus pensamentos assassinos e olhei para o lado encontrando Dinah me encarando com um sorriso no rosto. Arquei as sobrancelhas e sorri falso assentindo – Serio, quando a luz iluminou o corredor e você estava lá parada toda poderosa – Dinah continuou com um entusiasmo que não via a tempo, pelo menos não em uma conversa comigo. – E quando a Nicki Minaj apareceu, cara você cantou com a Nicki Minaj – Acertou um tapinha em meu ombro e eu sorri falso mais uma vez passando a mão em meu braço.

 

- É, ela e Ariana são bem próximas – Comentei vaga. Eu não sabia o que falar, eu não queria ser grossa e nem nada do tipo, então essa foi a única coisa que veio na minha cabeça e simplesmente saiu, não é nenhuma mentira. Ariana e Nicki Minaj vivem de conversinhas, elas são bem amigas.

 

- Quando você ganhou aquele prémio, eu sabia que ele era seu desde que saiu a indicação... – Dinah continuou e eu olhei para ela arqueando as sobrancelhas.

 

- Dinah, não é querendo ser grossa nem nada, mas será que você podia parar? – Pedi tentando ser a mais educada possível. Já estava difícil para mim ter que sentar ao lado dela, ai ela me fica puxando assunto como se nada estivesse acontecido? Uma hora nem fazia questão de olhar para a minha cara, e agora vem aqui achando que eu sou a mesma idiotinha de sempre? Eu gosto de Dinah, eu amo a Dinah para falar a verdade, mas toda aquela indiferença que ela me tratou durante meses enquanto eu ainda estava no grupo me machucou e me machuca até hoje toda vez que eu lembro, e não é fácil engolir aquilo.

 

- Me desculpa – Pediu com a voz baixa e se calou. Olhei para ela e sorri aliviada.

 

- Obrigada – Falei e peguei o meu fone de ouvido e coloquei. Se aquele voo já estava me deixando inquieta piorou ainda mais.

 

Quer saber? Foda-se. Eu não vou ficar aqui sentada ao lado dela, isso aqui já me incomodou demais.

 

Tirei meu cinto e me levantei enfiando o celular dentro de meu bolso e olhei para Dinah em um pedido mudo que ela me desse licença e ela encolheu as suas pernas e eu passei ali alcançando o corredor do avião, comecei a caminhar em direção ao fundo do avião e logo fui parada por Ryan.

 

- Aonde você vai? – Perguntou e eu olhei para ele e bufei.

 

- Eu vou deitar, preciso dormir um pouco. Posso? -  Perguntei com a voz carregada de ironia e ele me olhou com as sobrancelhas arqueadas.

 

- Claro que pode Mila, porque está falando assim? Eu só fico preocupado porque caso aconteça alguma coisa e eu não saber aonde você estar – Disse calmo e eu suspirei.

 

- No caso, estamos dentro de um avião, não seria muito difícil de você me achar – Bufei e segui andando pelo o corredor.

 

Eu sei que fui grossa com o Ryan e ele não merece isso, ele é mais que um assessor para mim, é meu amigo e faz parte da minha nova família, mas acontece que a antiga família não esta me ajudando, se é que vocês me entendem. Só aquela tentativa cínica de Dinah de puxar assunto comigo me deixou extremamente irritada.

 

Puxei a cortina que separava a pequena cama que havia ali do corredor do avião e entrei fechando a cortina e me jogando naquela cama macia. Peguei o travesseiro e abracei afundando o meu rosto ali. Tudo o que eu queria fazer naquele momento era gritar e descontar todo o meu ódio ali.

 

FlashBack On.

 

- Me ajuda Dinah! – Eu estava pendurada encima de uma grade de madeira, enquanto tentava fazer uma pose para que Dinah tirasse uma foto minha. Estávamos gravando para uma takeover juntas e eu queria mostrar que ela era a minha fotografa particular da maioria das minhas fotos do instagram. Mas eu senti a minha mão escorregando na grade e eu não sabia como descer daquilo e Dinah não fazia nada a não ser rir da minha cara e bater varias fotos com o meu celular que ela tinha em mãos – Dinah, eu não estou brincando é serio – Eu balançava as pernas tentando inutilmente descer daquela grade, eu já estava entrando em desespero o medo de cair dali era real.

 

- Isso, assim mesmo, continue, agora estique a outra perna – Dinah falou rindo enquanto ria tirando fotos de meu desespero.

 

- Dinah, socorro – Falei balançando as minhas pernas.

 

- Não assim não, estica a perna – Dinah falou e eu finalmente consegui alcançar o chão e me soltei da grade com segurança – Não Camila, não – Lamentou e eu me sentei no chão.

 

- Ai, aaai – Gemi manhosa fazendo uma careta de choro enquanto encarava a minha mão que estava ardendo.

 

- Você está falando sério? – Dinah caminhou até mim e eu assenti choramingando e ela soltou uma risada alta – Ai meu deus, eu achei que você estava brincando – Falou rindo e se abaixou ao meu lado – Deixa eu ver minha bebê – Brincou segurando a minha mão e beijou e eu afastei a minha mão dela e lhe empurrei pelo os ombros fazendo com que ela se sentasse no chão também.

 

- Você é uma péssima amiga, péssima. – Falei emburrada e ela riu mais alto.

 

- “ Vamos encontrar as outras meninas” – O homem que gravava a gente pediu e eu assenti.

 

Dinah me ajudou a levantar e segurou em minha mão e entrelaçou os nossos dedos, e começamos a caminhar em direção ao ônibus aonde Ally, Lauren e Normani estava. Dinah balançava as nossas mãos entrelaçadas no ar e eu olhei para a câmera que estava ao meu lado e sorri.

 

- Esse é o nosso primeiro encontro – Brinquei e levantei a minha mão entrelaçada com a de minha amiga – Eu estou tão nervosa, eu tenho até borboletas no estomago e... – Dinah me interrompeu.

 

- Ei, tem flores ali – Apontou para alguns vasos que havia perto de uma pequena arvore – Vai pegar, vai – Mandou e eu olhei para ela sorrindo e soltei a mão dela caminhando até a arvore.

 

Fui até lá e me abaixei pegando o vaso de flores brancas e abracei na frente do meu corpo e fui até a câmera e parei lá na frente sorrindo.

 

- Dinah me trouxe flores – Falei sorrindo e olhei para Dinah rapidamente e voltei a olhar para a câmera – Ela é tão doce, ela é a melhor... – O grito de Dinah me interrompeu.

 

- Wallz, tem uma abelha ai! – O sorriso em meu rosto sumiu no mesmo instantes e eu arregalei os meus olhos encarando a minha amiga, e no minuto seguinte eu coloquei o vaso no chão e sai correndo gritando em direção ao ônibus sem nem olhar para trás enquanto escutava a risada de minha amiga atrás de mim, mas eu não me importei, eu só queria fugir. Eu tenho horror a abelhas.

 

FlashBack Off.

 

POV LAUREN

 

Assim que a Camila se levantou eu fiquei encarando ela sumir pelo o corredor. Olhei para a Vero e ela fez uma careta como quem dissesse : fudeu.

 

Olhei para a Sinu e ela e Normani me encaravam assim como Ally e Lox, era nítido que todos esperavam uma atitude minha, olhei para a Dinah e suspirei quando vi a minha amiga olhando para baixo mexendo em suas unhas com o olhar meio perdido. Suspirei e pedi que Sofi se sentasse no colo de Vero e ela rapidamente fez sem ao menos protestar.

 

Tirei meu sinto e me levantei indo até a poltrona aonde Dinah estava, me ajoelhei e toquei na perna de minha amiga e ela me encarou, eu vi seus olhos cheios de lagrimas e confesso que aquilo mexeu bem la no fundo, até porque é muito difícil ver a Dinah chorando.

 

- O que aconteceu? – Perguntei com a voz baixa e Dinah suspirou.

 

- O que aconteceu? O que aconteceu é que ela me odeia. A Camila me odeia Lauren. 


Notas Finais


Parece que a volta de Caminah não vai ser tão fácil assim como a de Camren né amores? Mas é assim mesmo, quando a gente é apaixonado por alguem, não importa a merda que a pessoa fez o coração sempre vai ser trouxa o suficiente para perdoar o mais rápido possível para ficar ao lado da pessoa, e foi isso que aconteceu com Camren. Mas quando um amigo nos magoa é muito mais difícil de se perdoar, pq o amor é diferente. O que vocês acharam do capitulo? Vocês acham que a Camila foi muito dura com a Dinah?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...