História Who Are You


Escrita por: ~


Sinopse:
- Quem é você?

Essa foi à frase que mais doeu ouvir em toda minha vida.

Eu o tinha por perto, mas ao mesmo tempo tão distante...

Eu poderia ser seu herói, cuidar de si, fazer de tudo para que se ficasse saudável, feliz, vivo...

Mas ele não sabia quem eu era e mesmo assim eu estava bem com isso... Até porque, era meu sobrenome que ele tinha, éramos almas gêmeas, feito um para o outro...

E continuaríamos assim, de janeiro a janeiro, até o mundo acabar...
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 1.848
Favoritos 233
Comentários 32
Listas de Leitura 25
Palavras 17.188
Terminada Sim
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Baekhyun, Chanbaek, Chanyeol, Hunhan, Kyungsoo, Lay, Luhan, Sehun, Suho, Sulay

Fanfic / Fanfiction Who Are You
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Quem sou eu
8
600
3.726
 
2.
Explicações Apressadas
5
371
3.570
 
3.
Lembranças agridoces
5
309
3.266
 
4.
Incertezas tempestuosas
3
271
3.194
 
5.
De Janeiro a Janeiro, até o mundo acabar
11
297
3.432

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~29japan
Capítulo 5 - De Janeiro a Janeiro, até o mundo acabar
Usuário: ~29japan
Usuário
Eu em minha sincera opinião, nunca me relacionei muito com portadores de Alzheimer, mas meu pai médico me contou muitas histórias por ser atendente público no posto e ter seu consultório. Eu fico realmente tocada porque infelizmente isso é muito presente e sua estória as vezes é uma forma de retratar o que acaba sendo o sofrimento da doença. Minha vó nunca teve Alzheimer, mas eu presenciei em horas dela que ela simplesmente não se lembrava nem de como usar as coisas de casa, também presenciei as horas lúcidas que ela lembrava de histórias do meu pai quando pequeno, isso me partia o coração. Eu nunca passei por isso, mas quando via minha vó por velhice passar por isso, realmente é uma grande fraqueza.
Eu quero elogiar sua estória porque ela me trouxe um grande aperto, realmente no momento que a narração te puxa para dentro da história, você automaticamente entra no personagem e a dor que ele sente, vira a sua. É um grande prazer ter lido essa fanfic desde o começo porque as vezes pegamos as oportunidades no fim ou até acabadas. Eu nunca comento, mas quando comento dou tudo de mim para agradar a escritora :D
Sua escrita é ótima e me apeguei ao que a fanfic trouxe para mim, tu és muito talentosa e isso é admirável ^-^ espero que escreva mais fanfictions e que eu possa participar dos acompanhamentos.
Realmente, escritas boas como as suas me inspiram cada vez mais :D!!!
Beijos <3 <3
Até a próxima