História Who are you - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Camren Camila G¡p
Exibições 436
Palavras 740
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Intersexualidade (G!P), Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 24 - Professora


                POV CAMILA


- BOA NOITE FAMÍLIA! - falei entrando em casa vendo meu pai e minha mãe pulando de susto no sofá. 


- Você quer matar a gente Karla? - falou minha mãe com a mão no peito


- Nop! Vocês ainda vão viver muito para ver seus netinhos correndo pela casa. - disse abraçando os dois que se olharam. 


- Nossa! Eu nunca te vi assim. Quero muito conhecer o motivo desse sorriso. - falou meu pai sorrindo


- E vai! Mas não agora. Eu só posso dizer que ela é linda...- falei sorrindo boba e meus pais começaram a ri.


- Meu bebê tá apaixonada ale. - disse minha mãe


- É. Estou, mas por enquanto eu não posso apresentar ela pra vocês. 


- Tudo bem Kaki, mas eu quero conhece- lá -falou minha mãe, me levantei e dei um beijo em cada um e subi pro meu quarto. Me joguei na cama suspirando, não vejo a hora de ver minha lolo amanhã. 


               POV LAUREN


- Então, quando você vai largar o idiota ou melhor o Bradiota -falou mani e eu ri do apelido infantil da camila


- Eu não sei mani....- suspirei - É complicado, o Brad é meu noivo a três anos, eu não posso simplismente chegar e terminar assim.  - falei enquanto eu dava uma carona para mani para sua escola de música. 


- Não tem desculpa laur, você não ama ele, é melhor terminar de uma vez, se eu fosse você já teria terminado com ele, até porque a mila é uma gostosa. 


- Mani! - repreendi e ela começou a ri


- Viu? Você não costuma ter ciúmes assim, mas com a mila você fica possessa, se isso não quer dizer nada. 


- Acontece que eu confio no Brad, não existe motivo pra mim sentir ciúmes. 


- Nem vem com essa laur, eu já vi o Brad de conversinha com algumas mulheres e você nem dava bola, mas com a mila você não pode nem ouvir alguém elogiar aquela bunda - falou mordendo o lábio e eu bufei irritada


- Tá mani chega, agora desce. - falei e ela saiu rindo da minha cara


- Até ciumentinha - provocou e saiu correndo. Eu não sou ciumenta.......não eu não sou. 


Assim que estacionei o carro avistei camila no seu carro encostada, linda, sem dúvida camila é muito gostosa, fiquei parada babando um pouco nela até a tal alexa se aproximar dela a abraçando, sorri satisfeita quando camila se afastou dela que ficou irritada e saiu cuspindo fogo, mas meu sorriso morreu quando a lucy chegou também a abraçando e lhe dando um beijo, mas dessa vez camila retribuiu. Cansei me encaminhei em direção a entrada da escola bufando nem olhei pra camila passei direto. Senti alguém tocar meu braço, olhei e vi camila sorrindo, cínica. 


- Oi lo..professora, quer ajuda com as coisas? - continuei andando - Por que você não me olha? - perguntou preocupada


- Eu não preciso de ajuda. Porque não vai perguntar pra sua amiguinha? - falei e camila sorriu


- Ciúmes jauregui? - perguntou arqueando a sobrancelha


- Não é ciumes. - retruquei


- Então porque está me tratando assim? 


- Estamos na escola, não percebeu? - falei grossa e camila bufou


-  Em tá desculpa professora, tenha um bom dia - falou e saiu com raiva. Suspirei frustrada, droga. Eu tenho que controlar meus ciúmes, espera......ciúmes? Eu não tenho ciúmes da camila, nunca tive nem do Brad, à quem eu quero enganar eu tô com ciúmes da camila. 


Entrei na sala de aula e vi camila sentada na sua carteira de cabeça baixa, chamei a atenção de todos para mim, camila levantou a cabeça e me olhou, vi em seus olhos mágoa, me bati internamente por ter sido grossa com ela. Tentei da minha minha aula normalmente mas eu não conseguia me concentrar na aula. Camila evitou me olhar durante toda a aula, acho que peguei pesado com ela, mas quem manda ela ser tão linda? As garotas ficam babando nela, se eu pudesse tiraria uma a uma de cima dela. Depois que terminei a minha aula esperei todos saírem, assim que a sala ficou vazia pedi pra camila me esperar. 


- É sobre a escola? 


- Não eu qu.....


- Então da licença professora, estou com fome. - falou e saiu, apesar da situação ser crítica eu não pude deixar de sorri, camila é.......camila. Depois eu me desculpo com ela, eu não sei mais ficar brigada com ela, essa garota é minha perdição. 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...