História Who Are You? (Jikook) - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Jikook Lemon, Jimin, Jungkook, Lemon
Visualizações 110
Palavras 1.149
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiê
Desculpa gente.
Eu não postei esses dias (não sei quantos dias)
Mas desculpe de coração.
Não postei, pois não estava disposta..
Vamos lá.

Capítulo 19 - Nineteen


~Jimin~


- Mas.. você pretende ter algo com ela?

- Não sei..

- É Melhor saber logo. Não vá iludir a garota Jackson.

- Eu não tô iludindo ela.

- Espero.

- Mas, você está se preocupando com ela, mesmo ela tendo feito aquilo.

- Oque ela fez- dou ênfase no "fez"- está no passado, eu já a perdoei. Não quero o mal dela, não quero o mal de ninguém senhor Wang, lembre-se do ditado, "Oque você deseja, um dia volta para você".

- Hum.. eu não a perdoaria.

- Ah, você é você né Jackson.

( ... )


03:45 da manhã..


- Meu Deus.. ele vai morrer Jimin, ele vai morrer!

Jackson dá um tapão em minha perna.

- AII! EU TÔ VENDO CARALHO!

- Meu Deus... - Jackson começa a chorar - Ele morreu.. quem vai cuidar dela? Ah puta que pariu..

- Jackson, é só um filme cara..

- Um filme triste - assoa o nariz em um papel.

- Vamos dormir? Está tarde, amanhã ainda tenho que ir arrumar uns papéis da empresa, revisá-los, e depois arrumar em ordem, para poder entregá-los.

- Vamo.

Subo pro meu quarto e Jackson vai pro dele.

Durmo.

×××××××××××××××××××××××××××××


06:30


Meu despertador toca.

Que barulho chato..

Vou tapeando o criado mudo, ainda com o rosto afundado no travesseiro, procurando o despertador.

Pego o mesmo e o taco para longe, apenas escutando o barulho dele se quebrando.

Aish...

Me levanto, indo até o banheiro.

Tiro o pijama, e tomo banho na ducha.

( ... )

Me visto, uma camisa de botões branca, meio transparente, uma calça preta, e uma pantufa.

Eu não vou sair mesmo.


Desço as escadas.

Pego uma maçã.

- Depois irá ficar com fome senhor.

- Eu não estou com fome agora Mi, se tiver depois, eu almoço.

Vou para o escritório.

Olho para a mesa.

- Meu santo.. quanto papel - falo baixo indo até a mesma.

Me sento na cadeira.

E lá vamos nós..

Vou pegando um por um.

( ... )


Alguém bate na porta.

- Entre.

- Senhor Jimin?

- Hmm? - Não tiro os olhos dos papéis.

- Trouxe um suco.. está aí faz duas horas.

- Obrigado Mi.

Ela coloca o copo na mesa.

- Por nada.

Ela sai.

Bebo metade do suco.

E continuo arrumando.

- Quer ajuda?

Jackson entra.

- Seria bom..

- Ajudo.

( ... )


Depois de umas três horas, brincando as vezes, algumas outras brigando.

Terminamos de revisar, arrumamos em ordem, e empilhamos os papéis.

- Eu nunca mais quero ver um papel.

Jackson se joga no sofá que tinha no canto da sala.

- Eu tenho que ver alguns todo dia..

Me deito no sofá também.

- Isso cansa.

- E como..

- Tô com sono..

- Vamos assistir.

- Mas eu tô com son...

Jackson me puxa.

Pega o controle, e coloca um filme.

Me deito no sofá, colocando os pés no colo de Jackson.

- Sabe que eu não vou assistir certo?

- Eu sei, só não queria ficar sozinho, Mi me persegue.

- Hm.. 


Durmo.


( ... )


- Meu Deus, ele morreu Jão.

- Morreu nada. 

- Dá um tapa nele.

- Osh, dá você. Eu não vou bater nele, ele é seu primo aproveita.

Sinto um tapa forte em minha bunda.

- AI FILHO DA PUTA.

Me levanto e dou um tapa em Jackson.

- Você não acorda, posso fazer nada.

- Batesse em qualquer lugar, não na minha bunda.

- Dói mais.

- Aigoo, vou te socar desgraça.

Vou atrás do mesmo, e ele começa a correr, corro atrás dele.

- Se fosse o JungKook, tu não faria isso.

- Ah se eu faria, jogava ele dá janela.

- Ata.

Consigo pegar o mesmo o derrubando no chão.

Começo a "socar" sua barriga.

- Para! Para! Tá doendo Jimin!

- Minha bunda tá doendo.

- Desculpa!

Me levanto.

- Não.

Vou até a cozinha.

- Mi, tem Oque pra comer..

Deito a cabeça em cima do balcão.

- Estou fazendo o lanche.

- Lanche? Que horas são?!

- Cinco e quarenta.

- PUTA QUE PARIU 

Corro pro meu quarto.

Escutando o riso de Jackson e JungKook.

Coloco um tênis, "arrumo" os cabelos, e desço correndo novamente.

Pego os papéis.

- Thau seus Panacas.

Saio de casa, entro em meu carro, e vou para a empresa.




Entro na empresa.

- Meu pai está?

- Tá sim senhor.

Vou para o elevador.

Uma moça entra.

- Boa tarde.

Para ao meu lado.

- Boa tarde.

Meu pai vai me matar.. 

- Está com pressa?

- Muita.

- Oque houve?

- Tenho que entregar esses papéis ao meu pai.

- Você é Park Jimin?

- Sim.

- Eu sou a nova assistente de seu pai! Queria conhecê-lo.

- Agora conhece.

Saio do elevador sendo seguida pela garota.

- Bem que as funcionárias diziam, você é muito bonito.

- Obrigado.

Entro na sala de meu pai, ainda sendo seguido pela garota.

- Aqui..

- Obrigado filho. Vejo que já conheceu Yarin.

- Mais ou menos.

Coço a nuca.

- Jackson está bem? 

Meu pai não tem ido muito em casa.

- Está.

- Oh, Eu terei que ir a Hong Kong, tratar uns assuntos. E você ficará no meu lugar.

- Ela vai junto?

- Não, ela será sua assistente.

- Eu posso tratar das coisas sozinho.

- Nada disso.

- Okay.. vou indo.

- De um Oi para JungKook.

- Falo sim.

Saio da sala, e Yarin vem também.

Entro no elevador.

- Está me seguindo Yarin?

- Não, Claro que não.. eu estou comer...

- Ah.

- Se não for indiscreta.. quem são Jackson e JungKook?

- Nada. Jackson é meu primo.

- Oh.. E JungKook?

- Filho do segundo chefe, Kwan.

- Ah é mesmo.. são amigos?

- É..

- Ele é legal?

- Muito.

- São muito amigos?

- Somos namorados.

Saio do elevador indo até a saída.

- Sério?!

- Sim, o refeitório é pra lá.

- Eu sei.. vou num restaurante.

- Hm

- Estou te incomodando?

Não sabe o quanto.

- Não.

- Ah, que bom, poderia me levar até o restaurante?..

Mereço Jesus.

- Ok.

Esbarro em alguém.

- Achei você.

- JungKook?

- Quem é?

- Sou Yarin, assistente de Dong.

- Entregue isso pra ele.

JungKook entrega um Pendrive pra ela.

- Ok..

Ela corre até o elevador.

- Meu Deus, essa garota é irritante.

JungKook ri.

- Fala de mais... Ainda tenho que aguentar ela no meu carro.

- Vai levá-la em algum lugar.

- Restaurante..

- Ela é bonita.

- Mas pra compensar é irritante.

- Tem belos seios.

Encaro sua face.

- É verdade ue..

- Okay.

Vou andando pra saída.

- Você não ia levar ela pro restaurante?

Ele corre e começa a andar do meu lado.

- Leva você, no caminho pode ficar admirando os peitos dela.

Ele ri.

Ando mais rápido chegando em meu carro.

- Jimin! 

- Para de me seguir.Vá admirar Yarin, já que ela é tão bonita.

Ia abrir a porta do carro, e o maior me impede.

- Pode deixar eu entrar?

- Não.

-Anda eu quero ir pra casa JungKook.

- Desculpa.

- Pelo que?- encaro ele.

- Aish, você é chato.

- Eu sou chato.. Vá com Yarin, ela não será chata com você.

 JungKook coloca os braços um de cada lado de meu corpo se apoiando no carro.

- Jimin, eu amo você.

- Hm.

Ele tenta me beijar, e viro o rosto.

- Vai me negar um beijo?

- Vou. Yarin está vindo, vá levar ela pro restaurante.

- Eu não vou levar ela.

- Então deixa eu entrar no meu carro, que eu levo.

- Vai me levar Jimin?

JungKook se afasta.

- Vou.

Entro em meu carro.

Ela dá a volta e entra também.

( ... )


Saio do carro entrando em casa.

Me sento no sofá, olhando o teto.


A vontade de matar é grande, mas eu vou deitar, e tentar dormir.

- Jimin?

- Hmm?

- Oque houve?

- Nada.

- Ata, eu sou Deus.

- JungKook é um... Aish..

- Oque houve?

- Eu só não quero falar com ele. Licença.

Subo pro meu quarto.

Tomo um banho, e me deito.

Eu não vou conseguir dormir... Pff






Notas Finais


Treta
Treta
Heueheueheue
;3;

Sigam meu perfil @Nya_Lolly


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...