História Who i love? - Capítulo 3


Escrita por: ~

Exibições 63
Palavras 1.937
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa pelo cap curto de novo. Não to conseguindo pensar ultimamente.

Capítulo 3 - Almost a kiss?


   Tomei um banho rapido,sem lavar o cabelo. Coloquei um shorts soltinho azul e uma camiseta tambem azul. Amarrei meu cabelo em um coque bagunçado e calcei meu vans preto. Peguei meu celular que contia uma mensagem da Karisma,dizendo que elas já estavam me esperando em frente a minha casa.

   Eu,Karisma,Camila e Carly tinhamos combinado de irmos tomar sorvete para colocar o papo em dia. Por mim poderiamos ter conversado aqui em casa mesmo,mas a chata da Karisma disse que não queria meu irmão por perto. 
Desci as escadas correndo e saí sem nem dar tchau. 

   -Pensei que iamos só tomar sorvete,não ir para um desfile de moda. - Karisma falou me olhando de cima a baixo.

   -Cala a boca Kezy. Peguei a primeira roupa que eu vi,não enche. - Falei entrando no carro.

   -Estressadinha? - Camz perguntou debochada.

   Chegamos na sorveteria em menos de 10 minutos. Entramos e fizemos nosso pedido.

   -Então,como ta indo os namorados no Canadá? - Kazy perguntou com um sorriso cheio de malicia.

   -Talvez se eu tivesse um namorado,eu contaria pra vocês. Mas nem isso eu consigo. - Falei e elas riram. - Mas e vocês?

   -Nada - Camz falou balançando a cabeça negativamente.

   Carly só balançou a cabeça,também mostrando que não. Kezy abaixou a cabeça e continuou comendo seu sorvete.

   -Kezy? Tem alguma coisa para falar? - Perguntei sorrindo e ela balançou a cabeça negando. - Karisma!

   -Não é nada sério. - ela sorriu sem jeito. 

   -Se não é nada serio por que não conta quem é? Eu conheço? Vocês sabem? - perguntei olhando para as outras que assentiam. - Porquê eu sou sempre a ultima a saber das coisas? - perguntei fingindo estar emburrada.

   -É que tipo,nós só ficamos algumas vezes. Não quero que você crie "falsas esperanças". - Sorriu novamente.

   -Porque você acha que ela não queria conversar com seu irmão por perto? - Carly falou baixinho mais para ela do que para mim,mas eu escutei e arregalei os olhos na mesma hora.

   -VOCÊ E JACK? MEU IRMÃO? KARISMA CARTNEY,PORQUE VOCÊ NÃO ME CONTOU!? - Gritei e elas riram alto.

   -Muito obrigada Carly,sua bocuda. - Kazy falou irritada.

   -Não foge do assunto Cartney. Desde quando você e o G estão ficando? -perguntei entusiasmada. 

   -Não faz muito tempo. E nós só ficamos algumas vezes. - Ela deu de ombros.

   -Meu deus,nós somos cunhadas agora! 

   -Que parte do "nós só ficamos algumas vezes" você não entendeu - perguntou gargalhando da minha normal (sqn) reação.

   -A parte que vocês não vão levar isso adiante. Meu deus,vocês vão ser o casal mais bonito de todo o mundo,vocês vão ter filhos tão bonitinhos! - Falei um pouco,talvez muito animada.

   -Ei,acalma a piriquita. - Kazy falou ainda gargalhando. - Você não pode falar para ninguém,entendeu?

   -Ninguém sabe? 

   -Não. E ninguém vai saber,não é mesmo?

   -Ta bom. eu juro que não conto. - falei e ela sorriu aliviada.

   Já estava escurecendo quando voltamos para casa. Tive que ir correndo para o banheiro tomar banho,já que tinhamos feito guerra de sorvete e estava toda melada. Saí do banheiro e coloquei meu pijama,que era um shorts de pano preto e uma camiseta branca com bolinhas também pretas. Deixei meu cabelo molhado mesmo,já que estava com preguiça de seca-lo. 
Desci as escadas devagar,por conta de estar olhando para meu celular. Assim quem entrei na cozinha esbarrei em alguém,deixando meu telefone cair.

   -Desculpa. - Escutei uma voz rouca que me fez arrepiar.

   -Ah... Oi Matthew. Não sabia que estava aqui. - falei envergonhada por estar só de pijama. - Desculpa.

   -Que isso,fui eu que tropeçou em ti. - o loiro falou coçando a nuca.

   -Então - falei entrando na cozinha - Os outros meninos estão aqui também? - Abri a geladeira e comecei a procurar algo para comer.

   -Só o JJ. - ele falou voltando na cozinha e sentando na bancada da pia. 

   -Quer comer alguma coisa? - Perguntei pegando um pedaço de bolo e um suco de laranja.

   -Não,obrigado. - respondeu.

   Fui até o armario para pegar um copo,mas a vida me fez baixinha,então eu não alcancei. Bufei desistindo e Matt riu se levantando e pegando o copo para mim. Sorri e falei obrigada que não saiu som algum. Servi o suco e o bolo e os guardei na geladeira. Matt seguiu para a sala e eu fui junto. Johnson estava sentando(jogado) no sofá e G mexia em seu celular,sentado no chão. Matt se sentou ao lado de JJ que me olhou sorrindo,G também me olhou mas não foi sorrindo.

   -Que roupa é essa Selene? - falou se levantando,revirei os olhos enquanto Matt e JJ riam da cara de G.

   -Meu pijama,ué. - dei de ombros.

   -E desde quando você anda de pijama pela casa? - perguntou tirando sua blusa e me cobriu.

   -Desde sempre Jack,porque agora desse estresse? - falei indo de volta para a cozinha e ele foi atras.

   -Porque antes você não tinha esse corpo e eu não tinha amigos que ficavam olhando para esse corpo. - ele falou irritado e eu bufei.

   -Você é um chato.  - Voltei a sala e me sentei ao lado de Johnson que ainda ria da cara do G. - Oque vocês estão jogando? - perguntei como se G nem estivesse ali.

   -Counter-strike - Johnson respondeu. 

   -Posso jogar? - perguntei e ele me encarou.

   -Desde quando você joga?

   -Desde sempre - revirei os olhos - Só nunca jogava com vocês,mas sempre joguei.

   -Então tá. - ele riu me entregando o controle.

   Jogamos umas 8 ou 9 partidas,eu perdi três e ganhei as outras. Depois de jogarmos resolvemos assistir um filme,que era de terror,já que é meu tipo de filme preferido. Matt não queria,ele disse que estava afim de assistir outro tipo de filme,mas dava pra ver que ele tava se cagando antes mesmo do filme começar. Eu fiz pipoca enquanto eles arrumavam o filme e JJ me ajudou a arrumar o sofá com varios cobertores e travesseiros fofinhos para se sentirmos confortáveis.

   (...)

   A luz do sol incomodava meus olhos. Os abri com dificuldade e senti um peso sobre meu corpo. Olhei e vi que ainda estava na sala e havia um corpo loiro deitado sobre mim. Tentei o tirar sem acordar,mas ele era muito pesado e eu não conseguia.

   -Matt - sussurrei para não acordar os outros que também dormiam. - Matthew. Acorda,eu preciso ir no banheiro. - sussurrei novamente mas ele só se virou e continuou dormindo.

   Ele dormia tão quietinho,como um anjinho,que até dava pena de o acordar. O mexi mais um pouco na tentativa falha de sair dali. Ele abriu os olhos devagar e assim que viu que estava por cima de mim,pulou caindo em cima de JJ que estava no chão.

   -Desculpa - Matt falou assustado depois de já ter se levantado de cima do JJ que só se mexeu e continuou dormindo.

   -Não foi nada. - sorri me levantado e coçando os olhos. - Bom dia.

   - Bom dia. - Ele sorriu sem jeito.

   Lhe dei um beijo na bochecha e subi as escada indo para meu quarto. Entrei no banheiro e fiz minhas necessidades. Saí e troquei de roupa,colocando uma um shorts jeans velho e uma regata colorida. Arrumei meus cabelos,os deixando solto,peguei meu celular e desci as escadas novamente,indo até a cozinha e encontrando Matt preparando o café. Ele estava com a mesma calça,mas com uma camiseta do G.

   -Bom dia,de novo. - ele falou sorrindo eu lhe dei outro beijo na bochecha. 

   -Oque está preparando de café para nós? - perguntei me sentando a mesa.

   -Panquecas. 

   -Humm,então você cozinha? - perguntei sorrindo enquanto o encarava.

   -Na verdade não,acho que é a primeira vez que faço isso.- ele riu se virando pra mim se escorando na bancada.

   -Humm,acho que vou até o starbucks mais próximo comprar meu café -falei rindo e ele riu também.

   -Se você ir,compra pra mim também,por que eu não sei se vou conseguir comer isso. - ele falou e mostrou sua panqueca que estava queimada. Gargalhei.

   Levantei e fui ajuda-lo. 

   -Sai daí - falei o empurrando com a bunda e ele riu.

   -Você acha que pode cozinhar melhor que eu? - Ele gargalhou.

   -Querido,eu posso fazer muita coisa melhor que você. - felei o encarando.

   -Você não consegue nem pegar o copo,acha que é melhor que eu?

   -Isso foi uma exceção Espinosa. Eu sou baixinha,isso não é justo. - Cruzei os braços fingindo estar emburrada.

   Ele me encarou e desmanchou o sorriso,voltando a olhar para as panquecas.

   -Oque foi? - perguntei confusa.

   -Você fica muito fofa brava,sabia? - ele falou ainda encarando as panquecas e eu corei de vergonha.

   -Obrigada. - Sorri sem jeito.

   Ele me encarou sorrindo e foi se aproximando devagar,intercalando o olhar para meus olhos e minha boca.

   -Bom dia. - Johnson apareceu na porta coçando os olhos e eu e Matt se afastamos.

   Porra Johnson,eu tava quase beijando ele. MEU DEUS! EU QUASE BEIJEI O MATTHEW.

   -Bom dia - felei pegando leite na geladeira.

   -Bom dia - Matt falou meio irritado.

   -Aconteceu alguma coisa,Matt? - Johnson perguntou se sentando a mesa.

   -Não,só estou com sono ainda. - Matt disfarçou.

   Me sentei ao lado de JJ e dei um beijo em sua bocheche e ele beijou minha testa. Matt colocou as panquecas queimadas em cima da mesa.

   -Bom dia - escutei a voz de minha mãe.Olhei para a porta e ela e meu pai entravam.

   -Bom dia - meu pai disse.

   -Bom dia - JJ e Matt responderam juntos.

   Matt se sentou em meu lado,papai e mamãe em nossa frente.
Logo G acordou também e fez Matt sair do meu lado e se sentar junto a meu pai e minha mãe.

   -Matt,querido,vai almoçar aqui em casa hoje? - minha mãe perguntou.

   -Não tia Kath. - Matt respondeu.

   -E você Johnson? 

   -Não,eu e JG vamos sair com o Sammy e o Nate. - JJ respondeu.

   -Filha? - Mamãe me encarou.

   -Acho que vou sair com a Kezy,Camz e a Carly. - Respondi e ela assentiu. - Quem é Sammye Nate? Eu não conheço esses ainda,né?

   -E nem vai conhecer. - G falou tomando outro gole de seu café.

   -Porque não? - franzi o cenho.

   -Por que não. - Ele falou novamente.

   Bufei e levantei,subindo as escadas e indo para meu quarto. Me joguei em minha cama,peguei meu celular,havia algumas mensagens.

   mensagens on

   Kezy: Você vai?
                Eu: vou sim. Onde vamos nos encontrar?
                Kezy: Na casa da Carly. Lembra onde é?
                Eu: Claro que sim. Te encontro lá em uma hora.
                Kezy:  XOXO.

  mensagens off

 

   Decidi que iria com essa mesma roupa,então só coloquei um tênis. Desci as escadas e me despedi de minha mãe e meu pai. G,Matt e JJ estavam assistindo tv,me despedi deles também  e saí. Fui andando até a casa de Carly,que não era muito longe.
 

A casa de Carly era bem grande,tinha dois andares e atras da casa um salão de dança,já que Carly dança desde muito pequena.

   -Ei,vamos dançar? - Carly perguntou animada.

   -Vamos. - Kezy respondeu e nós seguimos para o salão.

   Era enorme,tinha espelhos enormes em 3 das paredes.

   -Qual vamos dançar? - perguntei e Carly seguiu até o rádio,o ligando e nós começamos a dançar a coreografia que já sempre dançava-mos.

   (LINK NAS NOTAS FINAIS)

  Carly não era a unica que dançava,eu,Kezy e Camz também. Antes de eu ir morar no Canadá,nós sempre dançavamos juntas e inventavamos coreografias também.

   -Fazia tempo que eu não dançava. - Falei ofegante e me sentei no chão,se escorando na parede.

   -A  unica que ainda dança é a Carly - Karisma falou também ofegante.

   -Gente. - Camila chamou nossa atenção. - Os meninos nos convidaram para irmos em uma festa hoje a noite. Eaí,vamos?

   


Notas Finais


https://www.youtube.com/watch?v=zUDXj8REpAI
e aí,esse beijo deveria ter rolado?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...