História Who Is The Killer? - Capítulo 12


Escrita por: ~

Exibições 41
Palavras 2.625
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Romance e Novela, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - 3. Crise


Todos estavam assustados.

CL – O defunto é de vocês, vão lá falar com ele.

Zico – Eu... Eu...

B.I – Pra mim isso é trapaça. O programa é pra pessoas vivas. Colocar um cadáver devia eliminar a equipe automaticamente.

Zico – ELE TÁ VIVO, VOCÊ NÃO TÁ VENDO?

B.I – Quem garante que ele não é um zumbi? Nunca assistiu The Walking Dead?

CL – CALABOCA ANTES QUE EU META O SAPATO NA TUA CARA, MERMÃO!

--

Mir – O que é um De Uólquin Dédi?

--

Zico – Ok, vamos todos ficar calmos. Mino, vai lá falar com o morto.

Mino – QUE? POR QUE EU?

Zico – Porque você é novo aqui. VAI LOGO!

 

Jun.K entrou tranquilamente no banheiro.

Jun.K – Ah, eu não acredito que consegui esse colar! – Segurando a corrente do programa – Agora vou finalmente provar que sou um bom rapper também.

Ele lavou o rosto. Jun.K suava pelo nervosismo das audições, mas tudo tinha dado certo. Quando ele virou pra pegar papel pra enxugar o rosto ele sentiu sua corrente ser puxada.

Jun.K começou a se debater, mas a pessoa era muito forte. Ele estava ficando cada vez mais sem oxigênio. A pessoa puxava a corrente com força enquanto prensava ele na parede. Não demorou para que Jun.K caísse no chão, morto pela falta de oxigênio.

 

Chanyeol – Desde aquele dia que denunciei o Wonho, a Polícia Federal Coreana quis que eu mudasse de identidade. Eu entrei no programa de proteção à testemunha. Mudei de nome, endereço, minhas digitais foram apagadas e me mudei pra Busan onde fiquei trabalhando na fazenda de gado do tio do Mir.

Zico – Mas qual a necessidade se o Wonho tava preso?

Chanyeol – O Wonho está preso agora? Eles queriam me proteger, mas saber que o Wonho continua livre é demais pra mim. Eu preciso fazer alguma coisa.

Mino – Olha, se for matar ele, espere o programa terminar. O Twitter já tá cheio de gente comentando que fomos injustos em escolher só idols nessa temporada e você vivo vai ser uma polêmica maior. Não precisamos de outra.

Chanyeol – Matar? Eu não sou um psicopata igual o Wonho. Eu quero humilhar ele em rede nacional. Eu quero que ele se sinta tão prejudicado que decida me matar. E então, senhores, eu terei o prazer de ver ele não no hospício, mas na cadeira elétrica.

Suga e Wonho ouviam atrás da porta.

Suga – Ouviu isso? É bom que o senhor se comporte ou você vai morrer. E eu não quero perder você.

Wonho – Está apaixonado por mim, Suga?

Suga – Lógico que não, idiota. Eu sou homem. Você só é meu amigo já que ficamos tanto tempo juntos naquela casa.

CL – Suga, vem, precisamos preparar músicas pra ganhar dos outros babacas.

Eles ouviram um grito.

CL – AI JESUS!

Wonho – VEIO DO BANHEIRO!
B.I – SE FOR OUTRO HOMEM PORCO EU MESMO ME MATO!

Eles correram até o banheiro onde Jun.K estava morto.

Vernon – Eu... Eu vim mijar e achei ele assim.

CL foi ver a pressão dele.

CL – Está morto. Morreu sufocado. – Olhando as marcas da corrente no pescoço dele.

Thunder – Vou chamar a polícia!

Todos – NÃO!

Seungri – SE VOCÊ CHAMAR A POLÍCIA O PROGRAMA VAI SER CANCELADO!
Zico – É, E NÃO PODEMOS DESAPONTAR NOSSOS FÃS! E meu time está desafado. Alguém tem que fazer alguma coisa sobre isso.

Mino – Vou querer vantagem em todas as competições.
Vernon – EU TREINEI MUITO PRA MOSTRAR PRO ANDUP QUE SOU UM ÓTIMO RAPPER, VOCÊ NÃO VAI DESTRUIR MEUS SONHOS!

CL – Eles tem razão. Todo mundo aqui se preparou muito. Joga o corpo num rio e já era.

Thunder – Caramba... Vocês não tem coração?

Mir – Lá na minha terra o Zeca do Açougue sempre tinha.

 

A noite caiu e todos foram pra casa tranquilamente. Jay entrou no apartamento dele, ligou a TV e foi até a cozinha preparar alguma coisa. Ele pegou o pão de forma em cima do balcão e um pouco de carne da geladeira pra fazer um hambúrguer.

Repórter – Foi encontrado hoje no Rio Han o corpo de Jun.K, vocalista do 2PM. A polícia não deu muitas informações sobre o caso, mas concluiu que..

Ele ouviu um barulho.

Jay foi até a sala e viu que a porta estava aberta.

Jay – Ué. – Fechando a porta – Ele voltou a preparar o hambúrguer tranquilamente até que lembrou de Jun.K.

Jay começou a suar frio.

Ele ouviu passos. Alguém havia entrado no apartamento.

Jay começou a suar frio, mas continuou preparando o hambúrguer como se nada estivesse acontecendo.

A luz da janela do banheiro acendeu.

Ele continuou preparando a comida e observava a porta pelo canto do olho.

A luz do banheiro apagou. Ele ouviu passos na direção da cozinha.

Jay pegou uma faca e começou a cortar a carne. Os passos ficavam mais próximos.

O celular dele vibrou. Ele correu pra atender e fechou a porta da cozinha segurando a maçaneta. Ele atendeu o celular com a outra mão.

Zico – Oi Jay! Liguei pra saber se você usa Axe ou Old Spice, porque eu uso Old Spice, mas sempre que eu passo eu começo a tossir. Eu sei que eu devia mandar isso por mensagem, mas é que todo mundo saiu pra comer pizza e me deixou sozinho porque eu me recusei a bancar a pizza e tô solitário, daí eu queria falar com alguém porque no canal pornô tá passando aquele filme da mulher loira que se apaixona pelo cavalo e eu não gosto dessas coisas e no canal normal tá passando reprise da Fátima Bernardes e ela é chata.

Jay – Zico... Chame a polícia.

Ele ouviu uma pessoa atrás da porta.

Voz – Não me obedeça e vou te matar.

Zico – Não, não precisa. Eu não vou denunciar eles por fazer bullying comigo. Quando eles chegarem eu vou...

Jay – TEM ALGUÉM NA MINHA CASA! CHAME A POLÍCIA!

Zico – Ah, daí você morre e toda a mídia cai em cima do programa e descobrem que o Jun.K também morreu. Eu vou aí, não se preocupe.

Jay – ZICO EU... Aff, ok, só não demore.

Zico –Vou passar na pizzaria e chamar o U-Kwon porque não sou idiota de ir aí sozinho. Daí eu aproveito e roubo a pizza dele.

 

Zico e U-Kwon chegaram no apartamento do Jay. A porta estava aberta.

Zico – Oiê...

Eles passaram pela cozinha e viram a faca enfiada na carne do hambúrguer.

Zico – JAY! AI MEU DEUS, O QUE FIZERAM COM ELE, U-KWON?

U-Kwon – Pobre Jay... Eu vou sentir sua falta, amigo... Descanse em paz – Fazendo o sinal da cruz no hambúrguer.

Jay – Eu tô aqui. – Encostado na porta.

Zico – AH! Ah, oi Jay hehe... Que susto.

Jay – Venham comigo. Vocês precisam ver isso.

Eles seguiram Jay até o banheiro onde havia uma mensagem escrita com batom no espelho.

U-Kwon – “Cancelem o Show Me The Money”. Quem vocês irritaram dessa vez?

Zico – Praticamente todos os rappers underground da Coreia que não estão aceitando o fato de termos colocado só idols nessa temporada.

U-Kwon – Ok, nós estamos novamente metidos com um assassino.

Zico – Ah, isso é demais pra uma pessoa – Sentando arrasado no sofá – O que eu fiz pra merecer isso, U-Kwon?

U-Kwon – Uma pessoa mesquinha, arrogante, mimada e metida merece coisa pior.

Zico – Que?

U-Kwon – Nada.

Jay – Vou ter que ligar pra polícia.

Zico – NÃO! FICOU LOUCO? ELES VÃO CANCELAR O PROGRAMA!

Jay – EU FUI AMEAÇADO!

Zico – Eu também já sofri mais de 1000 ameaças no Twitter nas últimas horas, principalmente daqueles rappers estranhos, drogados e marginais que ficam fumando crack na margem do rio e acham que possuem capacidade de fazer rimas decentes quando na verdade são só uns fracassados que acham que podem chegar no patamar que eu cheguei um dia e não tô desesperado.

U-Kwon – O Zico tá certo. Muita gente ameaça, mas poucos tem coragem de fazer de verdade. Eu mesmo tenho vários fóruns na deep web de pessoas que odeiam o Zico e querem matar ele e administro uns 20 grupos no Whatsapp de “morte ao Zico”.

Zico – Sim! Espera, que?

U-Kwon – Toma um banho, tranca bem a porta, deita, dorme e você vai ver como o dia estará melhor amanhã.

 

O carro do Jay parou na frente do estúdio. Uma multidão protestava contra eles.

Jay saiu do carro. O povo começou a vaiar e jogar coisas nele. Ele precisou da ajuda do motorista pra entrar e subiu correndo até a sala dos produtores.

CL – É UM ABSURDO, EU NUNCA FUI TÃO DESRESPEITADA! EU QUERO MATAR AQUELA GENTE LÁ FORA!

B.I – Se não formos mortos antes você pode até tentar.

Jay – O que tá acontecendo?

Bobby – Os rappers estranhos, drogados e marginais que ficam fumando crack na margem do rio e acham que possuem capacidade de fazer rimas decentes quando na verdade são só uns fracassados que acham que podem chegar no patamar que o Zico chegou um dia estão revoltados e fazendo protestos contra a gente.

Gray – Eu... Eu acho que devíamos cancelar o programa. O Jun.K já foi morto, não sabemos quem pode ser o próximo.

CL – Faça-me o favor. Claramente você nunca foi perseguido por um assassino antes.

Bobby – É, quando você está no mesmo ambiente que um serial killer você percebe que não adianta ficar com medo e cancelar sua vida por ele. Só vai soltar seu intestino e dar mais vontade do assassino te matar.

Zico – Bom dia, gente. – Pendurando o casaco dele – Que bagunça lá fora, né? Enfim, eu pensei em colocarmos os participantes pra rimar pelados numa montanha cheia de neve.

CL – Hã... No que isso ia servir?

Zico – As pessoas iam ver eles pelados e aumentar a audiência, eles iam aprender a fazer rap tremendo de frio e nós teríamos o prazer de ver eles sofrendo.

Gray – Isso não tem muito a ver com rap.

Zico – Desde quando esse é um programa sobre rap? O objetivo é ver os participantes sofrendo com o cu na mão de medo de serem eliminados.

Suga – Desculpem o atraso. Dormi até tarde – Entrando.

CL – Sim. Eu vi a luz do quarto do Wonho acesa no prédio do Monsta X.

Suga – Não te devo satisfações da minha vida pessoal.

Bateram na porta.

B.I – ENTRE AQUELE QUE SE ATREVE.

Ji-Min entrou.

CL – Que foi, minha filha?

Ji-Min – Eu queria saber se vão cancelar o programa após o assassinato de ontem.

Zico – Estamos com cara que vão cancelar?

Ji-Min – Eu... Eu pensei bastante ontem a noite e acho que vou ligar pra polícia. Não é justo com a família dele.

CL – QUE? Escuta aqui sua vadia – Ficando na frente dele – Ouse colocar a polícia nisso e você será o próximo cadáver.

Ji-Min – Isso é um incentivo a mais pra eu ligar pra polícia, querida. E vou denunciar VOCÊ como assassina.

La virou e fechou a porta na cara da CL.

 

Chanyeol andava pelos corredores.

Wonho – Oi. – Atrás dele.

A mão de Chanyeol fechou.

Chanyeol – O que tá fazendo aqui?

Wonho – Talvez eu estivesse indo pro banheiro. Ou talvez eu estivesse indo matar alguém – Chanyeol rangeu os dentes com raiva – Ou eu só vim até pra te irritar.

Chanyeol prensou Wonho na parede.

Chanyeol – Minha vontade é apertar seu pescoço até ver você sufocado.

Wonho – Eu fiz isso com o Suga ontem na cama.

Chanyeol – Você matou o Suga? – Apertando mais ele.

Wonho – Que forte você. Não, eu não matei o Suga. Todos os nossos amigos me perdoaram. Por que não me perdoa também, Channye?

Chanyeol – Eu prefiro morrer do que perdoar você.

Wonho – Cuidado. Palavras tem poder. – Com um sorrisinho cínico pro Chanyeol – Se vai me matar, por favor, faça agora. Eu estou realmente precisando fazer xixi.

Chanyeol soltou ele. Ele deu um sorrisinho cínico.

Wonho – Sabia que você não tem coragem. – Virando o corredor.

 

Dara – Os produtores não deviam estar aqui com a gente?

Zico – Já estamos, inúteis – Entrando com os outros – Bom, hoje, um de vocês idiotas que acham que podem ser bons rappers um dia vai ser eliminado. Para isso, vamos fazer uma batalha de rap. Então todos nós vamos nos reunir e decidir qual foi o pior entre todos. – Sentando.

Suga – As duplas já foram definidas por nós, então... Boa sorte.

--

Wonho – Eu esperava que eles fossem me colocar com o Chanyeol, mas eles me colocaram com o CAP. O que eu tenho a ver com o CAP?

 

Chanyeol – Não vai ser agora que enfrentarei o Wonho, mas ele que me aguarde.

 

Jimin – Aquela vaca daquela Ji-Min é irritante. Ela copiou meu nome, ela copiou minha cor de cabelo e ela é mais alta que eu. Eu vou acabar com ela.

--

 

JoKwon e Jessica batalhavam enquanto Zico assistia com tédio, CL desenhava um hipopótamo no tablete, Suga cochilava.

Thunder – Vocês podiam demonstrar um pouco mais de alegria igual nas outras temporadas.

Jay – Falaram que eu tenho que ser sincero nessa temporada. E até agora não tô vendo a menor graça.

Jessica e JoKwon terminaram.

Zico – Ok, agora é a hora que a gente decide, né? Vamos ver... O que achou Mino?

Mino – Foi a maior perda de tempo da minha vida. Vocês não são rappers. Vocês são ridículos. O que foi aquilo, Jessica? Eu nunca vi tanto erros como o Henry cometeu. Eutanásia seria pouco pra vocês. Vocês deviam ser torturados até a morte por envergonharem a imagem do rap.

Todos – ...

Mino – E o JoKwon foi o pior. Quer dizer, que tipo de rapper fala “essa noite eu vou dar o bumbum” e faz barulhos de tambor em seguida? É ridículo.

Bobby – Eu concordo. O JoKwon foi horrível.

--

JoKwon – Eu já esperava por isso. Eles fizeram isso porque sou gay. Mas eu não me importo. Porque enquanto o Zico faz letras homofóbicas, qualquer pessoa sabe que ele pega o U-Kwon e obriga o coitado a se passar por CL, já que ele não tem capacidade de pegar a CL

 

Zico – Isso é uma calúnia injusta sobre minha pessoa e estou profundamente ofendido.

 

B.I – O JoKwon é bem corajoso de dizer o que todo mundo sempre quis dizer.

--

 

B.I – Ok, estamos com o resultado aqui. Jessica...

Jessica estava parada do lado do JoKwon olhando pra eles.

B.I – ...Infelizmente você continua com a gente. Não por ser talentosa, mas por falta de coisa melhor.

Jessica – MERDA!

CL – Como assim merda? Você queria ter perdido?

Jessica – CLARO, FILHA! EU DEVIA ESTAR NO THE VOICE, NÃO NUM PROGRAMA CHEIO DE MARGINAIS IGUAL AQUELE TAL DE VERNON!

--

Vernon – Desde que cheguei aqui ela vem me ofendendo.

 

Jessica – Ele não parece o Brad Pitt. Ele parece o Mir com bulimia. Eu sei que me pegar seria como pegar um menino de 13 anos, ou uma tábua, mas eu tenho dó de quem pegar uma tripa seca que nem ele.

--

JoKwon saiu do estúdio e andava pelos corredores chateado. Ele entrou no banheiro pra lavar o rosto, já que estava com vontade de chorar. Ouviu um barulho atrás dele, mas não se importou.

 

Os produtores estavam no escritório.

CL – Ok, vamos escolher as batidas.

Bobby – De uva, por favor.

B.I – Bebida alcoólica me engorda. Eu dispenso a batida.

Mino – Ah, eu quero que a minha tenha chocolate.

Dara abriu a porta.

CL – Quem você pensa que é pra entrar na sala assim?

Dara – Aconteceu uma tragédia – Com cara de assustada.

 

Os produtores olhavam pela janela enquanto a polícia pegava o corpo de U-Kwon jogado na entrada do estúdio.

Jay – Se dermos sorte eles vão achar que foi suicídio por ter perdido o programa.

Suga – Mas não foi. Alguém jogou o corpo do U-Kwon de lá de cima, do último andar.

CL – Como sabe disso?

B.I – Um dos rappers que estavam protestando contou isso pra gente.

Zico – Eu não vou aceitar. Meu programa não será cancelado.

 

 

--

 

Sobreviventes:

-Zico

-Mino

-Sandara Park

-Seungri

-Chanyeol

-CL

-Suga

-Wonho

-Jimin

-Ji-Min

-Taeyeon

-Bobby

-B.I

-Junhoe

-Henry

-Ravi

-Vernon

-Jay

-Gray

-Jessica

-Jooheon

-CAP

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...