História Who Is The Killer? - Capítulo 8


Escrita por: ~

Exibições 53
Palavras 2.330
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Romance e Novela, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - 2. Jantar Macabro


Todos chegaram correndo.

B.I – Ah... Outra não...

Jisoo – É, querido. Isso vai ter que ser passado ao reitor e sua fraternidade terá que ser fe...

SoJung – SERÁ QUE VOCÊS SÓ IMPORTAM COM ISSO? ELA ESTÁ MORTA, TENHAM RESPEITO ANTES DE DISCUTIR ISSO. NÃO HÁ UMA PESSOA HUMANA NESSE LUGAR?

Seungri – Isso é algum tipo de indireta só por eu ser um panda?

Zico – Ah, mas a Jisoo tá certa. Essa fraternidade terá que ser fechada. Só há uma chance das coisas aqui melhorarem.

Jay – E essa chance seria? – Olhando desconfiado pro Zico.

Zico – Trocar de presidente. Por isso estou me candidatando a ficar no lugar do bi ai e...

B.I – MAS NEM POR CIMA DO MEU CADÁVER! – Gritando na cara do Zico.

Suga – No meio de uma tempestade com um assassino aqui não vai ser difícil passar por cima do seu cadáver e se não tomarmos providências vai ser logo. Eu voto pelo Zico.

Seungri – Também voto pelo Zico. Esse bi ai é muito falso.

Thunder – Snif... Eu nem tive tempo de jogar futebol com meu maninho recém descoberto...

CL – Ele quis virar mulher... Acho que ele não ia querer jogar futebol com você... No máximo brincar de boneca.

Zico – Ok, sendo eu novo presidente da Kappa, eu vou começar ordenando que deixem o corpo dela no porão até a tempestade passar a podermos chamar a polícia.

Jay e Bobby pegaram o corpo da garota. As meninas do Ladies Code foram atrás.

Zico – E eu também decreto que se algum de vocês morrer tentando salvar outra pessoa, estão dispensados da semana de trotes.

Todos – ...

V – Isso não faz nenhum sentido. Ela tinha confessado ser o assassino. Como outra pessoa pode ter matado?

Seungri – Na verdade, ainda não sabemos quem escondeu o corpo.

Zico – Eu acho que foi o Jimin.

CL – O macho?

Zico – Sim, eu falei O Jimin, não “A”. A fêmea nem cara de psicopata tem.

Ji-Min – Obrigada.

CL – Depois do cara que virou mulher não duvido de mais nada nessa casa.

Jimin – Lógico que não fui eu.

Zico – Eu e o U-Kwon vimos você indo várias vezes no porão e você trouxe um psicopata pra casa.

Jimin – Sim, eu ia ver o Wonho no porão. Pergunta pro Suga? Hã? Cadê eles?

 

Suga estava no quarto dele.

Suga – Por que você precisa me acompanhar?

Wonho – Sei lá. Gosto de você. O que tá fazendo?

Suga – Tentando entender a ligação desse homem porco com a Kappa Kappa Koppa. – Sentado na cama olhando o notebook.

Wonho sentou atrás dele e abraçou ele por trás.

Suga – EI!

Wonho – Relaxa. Você tá muito tenso.

Suga – Não fica com tanta intimidade. É estranho.

Wonho – Ok. – Encostando a cabeça no ombro dele.

Suga – Wonho...

Wonho – Que?

Suga – VOCÊ TÁ ME DESCONCENTRANDO!

Wonho – Aff... Achou algo?

Suga – Só lendas sem fundamento. Dizem que ele é um fantasma, mas fantasmas não existem.

Wonho – A única coisa que eu sei é que o assassino é gay.

Suga – Então é o V ou o JoKwon.

Wonho – Nem tanto. O U-Kwon e o Zico devem se comer escondidos, a CL é sapatão, a Amber nem se fala e todas aquelas minas do Blackpink colam velcro que eu sei. E acha que a relação de Jimin e Taeyang era só de ídolo e fã?

Suga – Como sabe que o assassino é gay?

Wonho – Porque eu sou um psicopata. E serial killer. E também tenho intolerância a lactose, não que isso importe. E eu sei que um psicopata normal, como eu, apenas enfia a faca nas vítimas e já era. Mas um psicopata gay gosta de matar com toques de espetáculo, e esse assassino mata com toques de espetáculo. Ele quer que todos prestem atenção nele por algum motivo. Isso é muito gay.

Suga – Eu sempre achei que gays eram todos musicais, teatrais e pacíficos e só ficavam idolatrando cantoras pop o dia todo.

Wonho – Isso é o que eles querem que você pense.

Suga – Então eu tenho que pensar como um psicopata gay pra descobrir o que o assassino quer.

Wonho – Ah, a gente pode pensar juntos. Vamos ser gays. – Começando a beijar o pescoço do Suga. Zico abriu a porta.

Zico – AAAAAAAAH, DESCULPA, EU NÃO SABIA QUE VOCÊS...

Suga – AAAAAAAAAAH NÃO É O QUE VOCÊS TÃO PENSANDO! – Empurrando o Wonho pro chão.

Seungri – EU SABIA! É POR ISSO QUE TROUXERAM O PSICOPATA PRA CASA! O JIMIN E O SUGA TÃO FAZENDO SURUBA E APOSTO QUE O B.I TÁ NO MEIO!É UM QUARTETO! ELES FAZEM TRENZINHO, TENHO CERTEZA!

B.I – EU NUM TO NO MEIO COISA NENHUMA!

Jimin – Como assim a gente faz suruba? – Tentando entender.

Suga – O QUE TÃO FAZENDO NO MEU QUARTO?

Jimin – O quarto é meu também.

Seungri – E aparentemente do Wonho.

Wonho – Estávamos tentando descobrir como é ser gay.

Zico – Hã... Olha, o V e o JoKwon já tão aqui pra...

Bobby – CHEFEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE!!! A JANTA TÁ NA MESA!!!

B.I – Ah, vamos jantar.

Zico – Eu decido quando vamos jantar.

B.I – Você não decide nada até eu decidir que não sou mais o presidente. E eu não vou largar o osso.

Todos desceram.

Jun.K – Tão sentindo um cheiro estranho?

Jay – Cheiro de coisa assada.

Jun.K – Sim, mas nunca senti um cheiro assim antes.

Zico – Parece ser bom. O que é a comida, Bobby?

Bobby – Bolo de carne, nuggets, arroz, sushi e esse palito amarelo coreano estranho que eu num sei o que é, mas que o Seungri come e gosta em 19.

Todos sentaram. Bobby colocou as bandejas na mesa. Zico sentou em uma ponta e B.I em outra e os dois ficaram se encarando.

Bobby sentou no lugar dele.

B.I – Como presidente da Kappa Kappa Koppa, eu estou terrivelmente tocado com todos esses terríveis assassinatos. E também estou tocado em ter permitido que mulheres entrem em uma casa, onde elas nunca entraram a não ser com a única finalidade de sexo por 1 século inteiro. E também estou terrivelmente chateado em ver que meus irmão se voltaram contra mim em um período de crise, aceitando um traidor.

Zico – Se mulheres nunca entraram com outra finalidade a não ser sexo por um século e você deixou que isso acontecesse no seu governo, isso prova que você é um péssimo presidente.

B.I – NÃO ME JULGUE. EU NÃO TIVE ESCOLHA! – Batendo na mesa.

CL – CHEGA! Vamos comer que to com fome e é desrespeito brigar na frente da comida. – Ela tirou a tampa de uma bandeja. Estava cheia de deliciosos nuggets.

B.I colocou a mão na tampa de uma bandeja olhando com ódio pro Zico. Ele abriu.

Todos – AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!

A cabeça do Kai estava na bandeja. B.I abriu outra.

Jennie – NÃO!

A cabeça de Lisa estava na bandeja completamente assada.

Jisoo – Maknae... – Com lágrimas nos olhos.

Bobby – Eu... Eu não entendo...

B.I – CADÊ O BOLO DE CARNE, INÚTIL?

Bobby – Eu... Eu deixei assando no forno...

Seungri – O nuggets tá bom pelo menos – Comendo como se nada tivesse acontecido – Junhoe, me passa o arroz?

Jay – Ah, eu preciso vomitar. – Correndo pro banheiro.

U-Kwon – Eu vou com você – Correndo com ele.

Wonho – Err... Já que todo mundo vai levantar... Se importam se eu ficar e comer com o Seungri?

Seungri – Come, come sim – Passando a bandeja de nuggets pra ele – O arroz tá bom.

Wonho – Ah, eu vou experimentar. Obrigado. – Se servindo enquanto todos levantavam da mesa enojados.

Bobby – O mais triste de tudo isso é que a cabeça da Lisa assada tem um cheiro bom... – Levantando.

 

Jay escovava os dentes após vomitar. Ele ouviu um barulho da porta abrindo.

Jay – Xiu Tchuon, xé xoxê? – Com a boca cheia de espuma. Ele não obteve resposta. Quando ele virou viu o homem porco atrás dele. A criatura abriu mais a boca e enfiou mais pasta de dente dentro. Não satisfeito, o homem porco encheu a boca dele de sabonete líquido e começou a passar a escova calmamente. Ele bateu a cabeça de Jay na pia que caiu no chão com a cabeça sangrando e se afogando com a espuma na boca.

 

Jimin – CANSEI! EU VOU DORMIR! – Deitando na cama.

Suga – O que foi? – Fechando o pornozão pesado que ele tava vendo no notebook.

Jimin – Eu já vi que a energia não vai voltar tão cedo e nós não vamos poder fazer nada antes dessa tempestade passar. – Se cobrindo e virando de lado.

Suga – Hum... Acho que vou dormir também. – Ele sentiu duas mãos apalpando os ombros dele.

Suga – VOCÊ!

Wonho – Oi.

Suga – Olha, eu não sei se você é ou não gay...

Wonho – Não sou.

Suga – ...Mas eu não sou gay e mesmo que fosse não estaria interessado em ficar com um assassino louco.

Wonho – Olha só, nós dois não somos gays, mas podemos nos surpreender se tentarmos um dia.

Suga – Desculpa. Não. – Tirando a mão do Wonho da bochecha dele. Wonho começou a fazer carinho no pescoço dele – Wonho, eu já falei que...

Jimin – CALEM A BOCA, PORRA! EU QUERO DORMIR!
Suga – Boa noite, Wonho. – Apagando a vela e deitando.

...

Wonho – Suga...

Suga – Que?

Wonho – Deixa eu dormir do seu lado?

Suga – Claro que não.

Wonho – Mas eu tenho medo de escuro.

Suga – Você é um psicopata.

Wonho – Sim, e isso me dá o direito de ter medo do escuro. Por favor, eu não tenho quarto e as meninas ocuparam todos. Se eu sair o assassino pode me pegar.

Suga – Hum... Ok. Mas respeite o espaço do Popó.

Wonho – Ok. – Deitando.

Suga – Olha o Popó!

Wonho – Tá salvo. – Fazendo carinho no coelho de pelúcia no meio deles.

...

Suga – Wonho...

Wonho – Que?

Suga – Onde estão suas mãos?

Wonho – No Popó.

Suga – Não, suas mãos estão no popô, não no popó. Tem uma coisa roçando minha bunda.

Wonho – Ah, esse é meu pé.

Suga – WONHO!

Jimin – AAAAAH! QUE SACO, EU VOU DORMIR NA SALA! SE COMAM AÍ! – Pegando o travesseiro e saindo.

 

Jisoo entrou no quarto do B.I. após obrigar ele a dar o quarto pra ela por ela ser mulher e Zico apoiar. Ela ouviu um estranho barulho vindo do guarda roupa.

Jisoo – Quem tá aí?

O palhaço saiu de dentro do guarda roupa e a agarrou antes que ela pudesse reagir. Jisoo tentava se soltar, mas o palhaço era muito forte. Ele colocou uma corda no pescoço dela e jogou a outra ponta na madeira do teto. Jisoo olhou pra ele com lágrimas nos olhos antes que ele puxasse a corda. A garota suspensa no ar logo parou de se debater.

 

Zico escrevia um discurso de posse enquanto U-Kwon escolhia roupas.

Jun.K entrou no quarto.

Jun.K – Zico, posso falar com você?

Zico – O que você acabou de fazer? Agora que começou fala, né...

Jun.K – Só queria dizer que te apoio muito pra presidente – Sentando na cama – E o B.I não joga pra perder. Se quer ganhar dele, vai precisar de mais minions.

Zico – Como assim?

Jun.K – Bobby e Junhoe seguem ele até no banheiro pra limpar a bunda dele. Ocê só tem esse trouxa do U-Kwon.

U-Kwon – Eu to aqui tá...

Jun.K – Eu gostaria de ser seu minion.

Zico – Hum... Ok. Já pode ir.

Jun.K – Tem mais uma coisa.

Zico – Fala.

Jun.K – Bobby e Junhoe podem ser minions do B.I, mas são burros demais pra fazer qualquer coisa. Se quer que essa casa funcione você precisa do Thunder.

Zico – Estou ouvindo.

Jun.K – Thunder não é fiel ao B.I. Se você convencê-lo a ficar do seu lado ele vai se empenhar o máximo possível pra te ajudar.

Zico – Hum... – Pensando.

 

Jimin desceu as escadas pra sala.

B.I – É ABSURDO! ELA NÃO TEM ESSE DIREITO! – Preparando um saco de dormir. B.I, Junhoe e Bobby precisaram dar os quartos pras meninas e improvisaram um quarto na sala. Um pano branco foi colocado e emitia uma coloração rosa com a luz que entrava da noite. A sala estava toda rosa com sombras negras. Era assustador.

Jimin – Ah, já tem gente aqui. – Dando meia volta e indo por um corredor rosa e negro. O homem porco apareceu segurando a cabeça da Amber.

Jimin – VOCÊ!

O homem porco jogou o machado na direção dele. Ele desviou, pegou um vaso e jogou na criatura que caiu no chão. Jimin pisou no pescoço da criatura e ouviu os ossos do pescoço estralarem.

Jimin – EU PEGUEI O ASSASSINO!

Todos correram até a sala.

Zico – Por que o Wonho tá sem camisa e o Suga tá com a calça do avesso?

B.I – Isso importa? É O HOMEM PORCO!

Jimin tirou a máscara. Era Jennie.

V – EU SABIA! ESSA PSICOPATA NUNCA ME ENGANOU!

Dara – Jennie? Mas por que? E por que matou a Amber?

Jennie não conseguia se mover já que Jimin havia quebrado a coluna vertebral dela.

Jennie – E-Eu... Eu fiz o possível pela KKT. Eu fiz. Mas ele foi mais rápido.

JoKwon – Ele quem?

Jennie – O maldito palhaço... Ele começou a matar minhas amigas. Virou uma competição. Eu matava um garoto e ele matava uma amiga minha em retaliação. Era uma guerra. Eu representava a KKT e ele a KKK. A Amber ia contar pra polícia. Seria o fim das fraternidades. Então eu a matei. A Ashley ia contar sobre nosso segredo e a fantasia de porco era dela. Então eu a roubei antes de mata-la.

Zuny – Que sgredo?

Jennie – Que eu sou homem também. Ou acham que uma mulher ia conseguir enfrentar uma pilha de músculos como o Jay Park? Eu facilitei a entrada dela na KKT, mas ela queria o fim da fraternidade. Eu a matei e matei todos os garotos pra que a KKT fosse a única do campus. Mas o palhaço foi mais rápido.

Zico – E-Está dizendo que há um palhaço assassino entre nós?

Jennie – Sim.

B.I – E CADÊ OS CORPOS?

Jennie – Como eu vou saber? Eu só peguei a cabeça do Kai quando vi a Ashley matando ele na frente dele, tirei os dentes pra me proteger do homem porco verdadeiro e coloquei a cabeça na bandeja pra enfrentar o palhaço. Mas o palhaço matou a Lisa.

Henry – Ok... Já pegamos um assassino. Agora falta o outro.

B.I – E dessa vez é um de nós...


Notas Finais


O próximo já é o palhaço. Espero que já tenham descoberto.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...