História Who Says That It's Over ? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Degrassi, Kira, Teen Wolf
Exibições 4
Palavras 948
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Romance e Novela, Sci-Fi, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Hey! Segundo cap ! Espero que gostem, e todo capítulo vai ser ou a Samathan narrando ou o Nate, boa leitura!
<3 Unicornic

Capítulo 2 - Samathan Becker


Fanfic / Fanfiction Who Says That It's Over ? - Capítulo 2 - Samathan Becker

 

Havia mudado muita coisa desde das férias de verão. Eu estava triste e depois do que descobri sobre mim mesma foi bem pior. Tinha motivos para ficar triste: Meu namorado terminou comigo porque ele me traiu várias e várias vezes, e o um outra motivo é que simplesmente minhas melhores amigas não me entendem. Mas sinto saudade delas. Elas não entendem como é difícil não saber quem são seus verdadeiros pais. Desde de pequena tendo mudar isto, sabe, procurar por meus pais biológicos. E não tava aguentando mais, então mudei tudo. Minhas roupas, cabelo, meu jeito. Todos me chamavam de mimada, porque fui criada por uma família rica e sou popular, mas eu não escolhi isto.

E quando recebi a resposta porque todas as noites eu ficava fora de mim e fazia gestos estranhos. Como luta, mas na verdade eu estava fora de mim. E foi quando tentaram me matar e meus pais adotivos me falaram tudo.

'' Você foi entrega para nós quando era bebê ainda, você tinha uns olhinhos escuros e castanhos. Sua mãe veio até nós para cuidar de você, pois você era muito especial e ela estava em apuros, você poderia morrer se fosse com ela e quando olhei nos seus olhos eles brilharam, um brilho amarelo ofuscante, então percebi que você tinha uma coisa que me chamava atenção foi então que ela explicou o do porque você tinha aqueles olhos brilhantes, você era um criatura japonesa chamada Kitsune ''

Foi a parti desta frase que tudo mudou. Todo dia eu tinha treinamento com Akira, ela acredita em folclores japoneses, e pelo visto sou um. Basicamente sou uma raposa em forma humana, tenho caudas. Bom tenho só três caudas, quando eu completar 9 caudas eu serei uma raposa poderosa. Posso entrar nos sonhos e criar ilusões, nos folclores dizem que somos traiçoeiras. Isto explica o do porque sempre sou boa em mentir. 

                                                                                         ***

Acordei com minha mãe olhando para meu rosto, admito que me assustei. Ela mandou me levantar porque estava atrasada, saí correndo e me arrumei. Coloquei um vestido preto com o número 23 na frente e uma blusa xadrez na cintura, com uma bota cano curto. Apesar de ser Kitsune minha paixão era as roupas. Sempre quis ser estilista, e pretendo realizar meu sonho. 

Quando finalmente cheguei na escola, ainda não tinha tocado o sinal, então fui no meu armário e peguei minhas coisas e fui para a sala de Matemática. Quando cheguei me sentei longe das minhas amigas. Tinha que pensar. 

Havia chegado um novo aluno Nate, percebi que as meninas ficaram olhando para ele com desejo. Ele sentou ao meu lado, mas sinceramente nem liguei, pois estava afim de um menino que eu conversava todos os dias, ele realmente me entendia.

Mal percebi que o professor me perguntou sobre o resultado de uma conta :

- Samathan, sabe o resultado desta equação ? 

- Sim.

- Então venha aqui e resolva - ele apontou com o giz. Me levantei e fui até ele, peguei o giz e comecei a resolver. 

- Bom, vai dar ''y = 21''.

- Certo. Pode se sentar. 

Dei um sorriso a ele e me sentei. Fiquei conversando com Jonah ( o cara que falei que me entedia ), então bateu o sinal e fui para a cantina e comi sozinha. bom mais ou menos, eu estava conversando com Jonah. Foi quando vi Callie e Hayden olhando para o mesmo celular e olhando uma a outra com olhar preocupado. Então fui até elas e olhei para o celular escondido e vi o perfil de Jonah e as notificações. 

- Então eram vocês ? - elas olharam para mim surpresa - Olha não precisa fingir que vocês não são o Jonah.

- Olha agente pode explicar...

- ... guardem estas explicações para alguém que queira. 

- Samathan agente só queria saber oque tava acontecendo com você. Você não falava com agente.

- Se não falei é porque tenho razões. 

- Mas nós nos preocupamos com você. 

- Vão se ferrar, vadias! 

                                                                                       ***

Já havia passado um mês que não falava com elas e que não fazia nada, apenas os treinamentos. Mas nisto eu percebi o quanto idiota eu sou. Só queria chorar, mas não conseguia porque meus pais estavam toda hora no meu pé e não queria preocupa-lós sobre nada. 

Fui de carro para escola, mas era sábado, então por minha sorte não tinha ninguém. Fui para a sala de música e me sentei na parede, coloquei meus fones e comecei a chorar. Foi bom expressar aquilo chorando, normalmente teria feito isto com uma espada ou liberando fogo. Mas logo minha seção acabou. 

- Hey! Preciso ensaiar! 

- Ham? - olhei para trás e vi que era Nate arrumando o teclado dele. 

- E-U P-R-E-C-I-S-O E-N-S-A-I-A-R!

- E eu preciso... - ele não deixou eu terminar minha frase.-

- Se lamentar de você mesma por ser idiota. É acho que o meu é mais importante. 

Limpei as lágrimas e não liguei pelo seu comentário;

- Eu sei que não é da sua conta e que não se importa, mas oque faria se você descobrisse que seus amigos fizeram um perfil falso para saber oque esta se passando com você no lugar d falar com você?

- Sinceramente eu iria ficar feliz porque eles demonstram que gostam de mim. 

Sorri e me levantei. 

- Obrigado. 

- Agora sai logo daqui.

Quando estava saindo tropecei em um fio e caí. Me levantei com ajuda dele, mas na hora que ele me tocou meus olhos ficaram amarelos. E senti uma conexão. 

- Além de não sair ainda atrapalha. - ele sorriu fraco, mas sorriu.

- Idiota.

Me levantei finalmente fui. 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado! Eu sei este cap foi chato, mas juro que vai ficar melhor, é que eu tinha que explicar a história dela e tals! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...