História Who Will Be The Princess? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Romance
Exibições 11
Palavras 323
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Decisão


Depois de uns dois minutos batendo levemente na janela de seu quarto ele a abre me olhando assustado.

-O que faz aqui a essa hora Diana? -falava enquanto me puxava delicadamente para dentro do quarto. -Sabe que é perigoso desobedecer o toque de recolher...e disse que iria lá amanhã!

-Não pude esperar Cam. - o abracei inesperadamente, ele apenas retribuiu o Abraço enquanto acariciava meus cabelos.

-O que houve amor?

-Chegou...

-O que?

-A carta.

Senti ele me abraçar mais forte.

-Sabíamos que ia chegar um dia...

-Eu não vou me inscrever.

-Por que não? Isso é ótimo para sua família. Eles precisam que você fassa isso...e eu também.

-Por quê?

-Não posso deixar essa chance escapar de você.

-Mas...

-Por favor...Por mim, por sua família. Tente.

-Tenho certeza que não chegarei a ser selecionada.

-Então por que do pavor?

-Não sei...Se é o que todo mundo quer, então tudo bem, irei me inscrever.

-Por isso que eu te amo...sempre tão determinada!

-Tambem te amo Cam!

Passamos um tempo deitados em sua cama, apenas nos acariciando sem dizer uma palavra sequer...Se sua família ouvisse e me descobrisse ali seria o fim.

Apreciar Cam era devastador...seus olhos verdes esmeralda...seus cabelos negros...tudo simplesmente perfeiro...Não preciso participar desta competição pra ter um príncipe. Já tenho um bem aqui ao meu lado. Ele não nada em uma piscina de dinheiro, nem tem servos, muito menos governa um país...mas ele simplesmente é o meu príncipe. E não importa o que aconteça sempre vai ser!

Seus braços são o lugar mais aconchegante do mundo para mim...e seus lábios me fazem flutuar como se nada mais importasse.

-Preciso ir...

-Ah fique só mais uns minutos.

-Não posso...Eles podem acabar sentindo minha falta!

- Pior que é mesmo...

☆☆☆

Abro os olhos lentamente ao ouvir batidas na porta de meu quarto.

-Quem é?

-Sou eu...-minha mãe abre a porta devagar colocando apenas sua cabeça para dentro do quarto -Você já decidiu?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...