História Who you - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Big Bang, DaeSung, G-Dragon, SeungRi, Taeyang
Personagens G-Dragon
Tags 2ne1, Bigbang
Exibições 82
Palavras 1.019
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 29 - Paixão


Fanfic / Fanfiction Who you - Capítulo 29 - Paixão

-Não tô entendo senhorito Jiyong. Falei dando um riso sarcástico

-É simples,eu acho que estou apaixonado por você ...

É isso mesmo o que eu escutei? Será que ele estava brincando?Mas também o Jiyong não é de falar sobre isso assim

-Tá falando sério Jiyong ?  Falei com os olhos arregalados

-Sim! Porque pensa que não ?

-Porque você ama a...

Jiyong interrompe

-Amava !Nesse tempo que te conheci foi o suficiente para sentir o que sinto por você Elisa.

Eu não tava acreditando que o homem,ou melhor o Jiyong que eu amava estava apaixonado por min.
Jiyong direcionou uma de suas mãos pelo meu rosto me acariciando
Por mais que eu o amasse, ele é a CL tinham cinco anos de namoro,e ela ainda o amava . sério que eu ainda tô pensando nisso depois dela ter feito isso com o Jiyong?  Como sou uma besta

-Jiyong,eu me sinto confusa

-Como?

-A CL te ama e...

Jiyong interrompe

-Vamos esquecer ela? Eu tô apaixonado por você...Não é meio óbvio? Entendi...Você não sente o mesmo não é?

-Não é isso,eu acho que sinto até mais do que imagino.

-Eu também.

Quase ficamos num clima silencioso,mas o Jiyong logo fala

-Ei, amanhã é meu aniversário sabia?

-Não,mas agora sim. Disse dando uma risada soprada

-Quero presente viu dona Elisa!

-Qual sua preferência? 

-Bom,eu não tenho, mas que seja alguma coisa que tenha coelho.

-Nossaaa que fofo. Falei rindo e apertando suas bochechas que ficaram coradas

Do nada parei e fiquei apreciando o rosto de Jiyong que estava em frente ao meu.
Ele se move em direção aos meus
lábios que seus olhos antes encaravam.
Suas mãos percorriam pelo meu corpo, dos ombros até a calça, onde ele já  estava o passando por cima da minha intimidade

-Jiyong ... falei com a voz falhando

-Sssh. Sussurrou em meu ouvido,e eu extremeci,como aquele homem conseguia fazer isso tudo em min?pensei...

Começou a me dar leves chupões pelo pescoço junto com pequenas mordidas,sentia o ar quente de sua respiração em meu pescoço,eu tanbém já estava arfando de prazer,Jiyong parou de acariciar minha intimidade por cima da calça e me carregou no colo,assim me levou aos beijos para o seu quarto me botando em sua cama,continuamos aos beijos que logo aumentaram a pressão de Jiyong que já estava tirando sua calça moletom ficando apenas de boxe,dava para ver que ele já estava duro.
Mordi os lábios vendo aquilo,Jiyong era um homem muito excitante e louco ao mesmo tempo,eu amava isso,assim que tirou o que tinha sentiu o meu cheiro e junto tirou minha blusa,depois abriu o botão da minha calça ajudando a tirá - lo pelos pés,me deixando só de lingerie.

-Sabe que só você me faz sentir assim também Lisa?

Falou com um tom ofegante,eu apenas neguei com a cabeça,já estava muito excitada com o poder que o Jiyong faz comigo,nem conseguia falar.
Senti sua mão entrar por dentro da minha calcinha me acariciando em formas circulares,ele ficava me olhando para ver quais as minha reações,ficou ali não muito tempo e logo tirou minha calcinha,em seguida me fazendo uma oral,inclinei a cabeça ali atrás na cabeceira e fiquei com a boca entreaberta gemendo e engolindo seco.
Jiyong saiu da onde estava e veio em direção aos meus seios arrancando meu sutiã,depois aproximou suas grandes mãos e ali dando uma forte pegada que só aquele homem tinha,logo em seguida passou sua lingua quente que me fazia ir ao delírio em um lado, e a outra continuava sua mão acariciando,ele se afastou um pouco e tirou sua boxe,logo seu menbro com veias pulou para fora,Se aproximou - se da minha entrada e assim me penetrou me tirando um gemido,veio em direção ao meu rosto e começou a me dar beijos no lábios para aliviar,embora não fosse mais virgem,Jiyong tinha um menbro grande e grosso que doía um pouco,mas ele me fazia acostumar.
Ele então começa movimentos lentamente e vai indo e vindo aumentando a frequência gradativamente,com seu equilíbrio.

-Agora se vire para min ! Falou num tom ofegante e ao mesmo tempo autoritário,e fiz o que ele pediu,ele apertou suas mãos sobre minha cintura me deixando empinada para ele que apreciou por alguns segundos,senti seu menbro dentro de min latejando,Jiyong estava fazendo movimentos devagar mas logo foram ficando fortes me dando estocadas,fazendo a cama se bater na parede e meus seios pularem.
Ele penetrava de vez,parava e socava de novo.

-Ji-Jiyooong ...
Falei gaguejando

-Quer mais forte?

Novamente não consegui responder à Jiyong de tão excitada que estava,mas mesmo assim ele começou à ir mais forte ainda,já estávamos perdidamente suados,ouvia Jiyong dando uns gemidos falhos, inclinei um pouco o rosto para vê - lo ainda com a cabeça baixa,e ele estava com os dentes entre os  labios o mordendo com tamanha força.
Peguei o travesseiro e coloquei o meu rosto para abafar os gemidos,mas logo o Jiyong tirou o jogando longe,senti que o ápice dele junto ao meu iria chegar,seu líquido quente já estava se escorrendo sobre minhas pernas,ele parou e se retirou,a única coisa que fiz foi me virar ainda com as pernas abertas e respirando fundo,o Jiyong tinha me deixado exausta.

                                   .......................... 

Já tínhamos tomado banho já que estávamos muito suados,e o Jiyong claro,sempre com aquela energia terminamos que fazendo de novo.
Ele me deu sua toalha que tinha usado e ficando pelado em minha frente,tentei tapar os olhos

-Tá se escondendo de que? Falou dando um sorriso malicioso

-Nada. Falei e peguei a camisa que ele tinha me dado e fui me trocar no banheiro,por mais que já tivéssemos feito aquilo ainda tinha vergonha.

Quando saí o Jiyong ainda estava acordado com um dos braços virado para atrás de suas costas se apoiando na cabeceira da cama,assim que me viu com a camisa que tinha me dado revirou seus olhos por cada centímetro de meu corpo e logo vi um sorriso malicioso surgir em seus lábios,fui em direção à ele é me deitei em seu peitoral na cama sentindo seu coração bater e sua mão passar pelo meu cabelo me acariciando,já estava sonolenta e o Jiyong fazendo isso só poderia acabar dormindo



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...