História Why does this happen to me? (Namjin, Jikook e Taeyoonseok) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Amor, Drama, Jikook, Lemon, Namjin, Saga, Taeyoonseok, Yaoi
Visualizações 65
Palavras 1.453
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


~ Boa leituraa <3

(Leiam as Notas Finaiss)

Capítulo 8 - - Eight -


Fanfic / Fanfiction Why does this happen to me? (Namjin, Jikook e Taeyoonseok) - Capítulo 8 - - Eight -

Why does this happen to me?

- Namjoonie - 

Juro que fiquei com medo das caras que Jin fazia, ele parecia com raiva ao mesmo tempo com medo. Mais resolvi acreditar nele por que né, vai que não é nada importante mesmo... 

Quando terminamos de comer, Jin foi lavar os pratos e eu subi para falar com o hope, chegando lá ele estava no quarto dele todo jogado na cama de qualquer jeito, acho q tava pensando na vida, aliás ele tem 2 homens pra cuidar, nesse caso TaeTae e o Suga. Forcei uma tossida e ele se assustou e eu ri da cena.

- Menino tu quer me matar do coração? ~ Ele diz com a mão no peito fazendo uma cara de indignado.

- Quero! ~ Continuo rindo.

Ele ri junto comigo durante um bom tempo, e depois ele começou a falar comigo como se nada tivesse acontecido.

- Ok então, mais o que quer falar comigo? ~ Ele se ajeita na cama se sentando.

- Sei lá, o Jin tá estranho... ~ Faço uma cara estranha também...

- Como assim estranho? ~ Ele diz com a mão no queixo.

Conto para ele por tim tim por tim tim, ele falou que vai conversar com o Jin, sinceramente, quero ver no que isso vai dar!!

Do nada chega mensagem no whatsapp de todo mundo, e quando vamos ver...

- WhatsApp ON - 

Grupo: - Friends SZ - 

(Suga) Açúcar Preto:  Eae Gente, que tal nois marca uns rolê hoje??

(Jimin) De mim: Acho uma boa.

(Jungkook) Biscoito do Pacote: Pode pá.

(J-Hope) Esperança: Concordo.

(Jin) PinkPrincess <3: Também concordo.

(Namjoon) Me: Aham

(TaeTae) V do Alfabeto: Rolê? A-D-O-R-O!

(Suga) Açúcar preto: Então tá combinado!! Hoje, as 17:00 no parque "Attack" 

- WhatsApp OF - 

Olho no relógio e já eram 16:40, meu deus do céu, sai correndo pro banho, coloco uma água quente para relaxar um pouco, depois do banho visto uma roupa, uma blusa branca com uma calça preta, e com um casaco cinza por cima, um tênis preto e passo perfume jogando os cabelos pro lado. Me vejo no espelho e pode pá que eu to um gato.

- Jinnie - 

Terminamos de comer, e eu fui lavar os pratos. Não conseguia tirar aquilo dá cabeça... Quem será? Estou arrumando as coisas até que vejo que chegou uma mensagem no whatsapp, tomara que não seja aquele ou aquela pessoa de novo... 

- WhatsApp ON - 

(Suga) Açúcar Azedo:  Eae Gente, que tal nois marca uns rolê hoje??

(Jimin) Bolinho: Acho uma boa.

(Jungkook) Biscoito: Pode pá.

(J-Hope) Meu Filho Esperança: Concordo.

(Jin) Me: Também concordo.

(Namjoon) Meu Deus da Destruição <3: Aham.

(TaeHyung) TaeTae: Rolê? A-D-O-R-O!

(Suga) Açúcar Azedo: Então tá combinado!! Hoje, as 17:00 no parque "Attack".

- WhatsApp OFF - 

Vou no banheiro, tomo um banho e visto uma roupa (da preferencia de vocês). Vejo que já está quase na hora, chamo o Nam e o Hope e vamos até lá de carro.

- Hope - 

Eu to lá pensando na vida deitado, até que vem uma desgraça tossindo, e eu aqui achando que era o demônio que veio puxar meu pé, ave maria. 

- Menino tu quer me matar do coração? ~ Eu digo com a mão no peito fazendo uma cara de indignado.

- Quero! ~ Ele começa a rir.

Ele ri junto comigo durante um bom tempo, e depois ele começou a falar comigo como se nada tivesse acontecido.

- Ok então, mais o que quer falar comigo? ~ Eu me ajeito na cama.

- Sei lá, o Jin tá estranho... ~ Ele faz uma cara estranha também.

- Como assim estranho? ~ Eu digo com a mão no queixo.

Ele me contou tudo e ficamos conversando um bom tempo até que chega mensagem para a gente. 

- WhatsApp ON - 

(Suga) Meu Açúcar <3: Eae Gente, que tal nois marca uns rolê hoje??

(Jimin) Bolinho de Arroz: Acho uma boa.

(Jungkook) BiscoitinPode pá.

(J-Hope) Me: Concordo.

(Jin) Omma Jin: Também concordo.

(NamJoon) Deus da Destruição: Aham.

(TaeTae) Meu SafaJin <3Rolê? A-D-O-R-O

(Suga) Meu Açúcar <3: Então tá combinado!! Hoje, as 17:00 no parque "Attack".

- WhatsApp OFF - 

Me levantei correndo pois ja tava quase na hora, tomei um banho calmo e relaxante e vesti uma roupa (preferencia de vocês também). Chegando lá avistamos os meninos, faltava o Jungkook, o Tae e o Jimin.

- Eae meu povo!! - Falei sentando encima do colo do Suga. 

- Oi amor. - Suga fala e me dá um selinho.

Ficamos um tempo conversando até que chega o resto do povo.

- VAMOS COMEÇAR A DIVERSÃO!! - Tae fala que acho que todo park ouviu. 

- VAMOSSSS!! - Dou um berro.

Fomos em vários brinquedos, tiramos várias selfies e guardamos a roda gigante pro final.

- Jinnie - 

Eu e o namjoon estavamos na roda gigante, quando ela parou, a gente teve a sorte de ficar encima ele começou a me encarar e segurou minha mão, ele estava tentando dizer alguma coisa, então eu pergunto: 

- O que foi Nam? ~ Digo olhando no fundo dos olhos dele.

- Jin... Sei que agora pode ser um pouco tarde para isso, mas, mesmo assim, peço-lhe desculpas. Sinceramente, não sabia o que estava prestes a fazer, tudo aconteceu tão de repente e, também estava nervoso, sei que é difícil, mas tente me entender. O sentimento que tenho por você ajudou muito a chegar neste ponto, infelizmente ou felizmente, acho que amo você mais do que imaginava, pois bastou algo tão insignificante para perder a cabeça e fazer o que fiz… Perdoe-me, peço-lhe de coração, não sei como lidarei com tudo sem você por perto, não é uma questão de me acostumar com sua presença, mas de precisar dela para eu poder sentir a minha própria existência.Não pense que estou completamente dependente de você, não é isso, só quero deixar claro que quero você por perto e que, ao estar, tudo parece ter um sentido especial, contudo, meu amor, às vezes é preciso errar algumas vezes para acertarmos mais pra frente, um relacionamento não é algo tão simples como muitos acham por aí, tem seus altos e baixos, o problema é quando os baixos são mais comuns do que os altos, ai as coisas verdadeiramente se complicam... Eu sei que você já me perdoou mais não sei se foi o bastante... Saiba que te amo muito, e você sempre foi e será meu único amor. ~ Ele diz com a voz falha com lágrimas caindo.

- Cada vez que eu falo com você, que eu penso em você, que eu te vejo, meu coração bate mais forte. Eu sinto falta dos momentos em que estive com você e que hoje são uns dos momentos que mais dou valor, pelo fato de que talvez eles não se repitam. Eu não sabia que amar alguém poderia me fazer sofrer assim, eu não sabia que saudade doía tanto! Por mais que me faça sofrer, chorar e me magoe... Eu quero te amar, eu não vou desistir de você. Eu te amo. E as vezes, eu sinto que você também me ama: mas não sei se é essa minha esperança de te ter de novo que me faz sentir isso, ou se realmente você ainda sente algo por mim. Por você eu faço tudo, faço o que você quiser, tento corrigir os meus defeitos, vou contra o mundo, enfrento qualquer obstáculo. Desde que você volte pra mim, tudo bem. Eu sei que eu posso esquecer tudo isso, e recomeçar minha vida com outro alguém. Por mais que demore, eu sei que posso. Mas eu não quero mais ninguém que não seja você. E eu não desisto de te querer, porque no fundo, eu sei, que a nossa história não termina aqui. ~ Falo com lágrimas nos olhos, soltando elas pois não aguento segurar.

- Posso? ~ Ele chega perto da minha boca, sinto aquela respiração quente de novo perto de mais, e eu quero isso mais que tudo...

- Nem precisa perguntar... - Eu coro.

Em um piscar de olhos sinto aqueles lábios gelados tocarem ao meu, um beijo calmo. Logo puxo ele mais para perto e o beijo se tornou necessitado, nossas línguas batalhavam entre espaço, ficamos ali até a falta de ar ser presente. E quando menos percebemos já estavamos no chão. 

- AI QUE LINDOOOOOOO! HOPE TRÁS UM PANO VOU FAZER UM RIO DE LÁGRIMAS AQUI - Tae fala fazendo uma voz fofa. Fazendo todos presentes ali rirem e baterem palmas.

Eu coro e o namjoon também, logo resolvemos ir para casa. Nos despedimos de todos e fomos para a casa a pé mesmo. De mãos dadas... 

Continua...

 

 

 

 

 


 


Notas Finais


Gente diculpinha por sumir, é que minha net tá um cu.

(Tipo cu mesmo, tava nem dando pra postar cap, e as vezes quando eu comento e favorito fanfics, demora um ano que só deus na causa. E tipo eu escrevia um cap e postava, eu deixei quase 4 horas carregando e não foi ;-;)

~ Até logooo, beijinhus ;u;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...