História Why I Need Go? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Hoseok, Jikook, Jimin, Jungkook, Kookmin, Namjin, Namjoon, Seokjin, Suga, Taehyung, Vhope, Yoongi, Yoonmin
Exibições 35
Palavras 1.072
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência, Yaoi

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem.
Obrigada pelas pessoinha lindas que já favoritaram eu sei que 4 pessoas e muito pouco mas ne... Mesmo assim fico agradecida =3

Capítulo 2 - Happy Birthday, Jimin


Fanfic / Fanfiction Why I Need Go? - Capítulo 2 - Happy Birthday, Jimin

As regas eram simples.

"-Não tente fugir", era uma delas.
A qual, o pequeno já havia quebrado quando era pequeno, tentando voltar para sua família. Mas, falhou miseravelmente quando Yoongi o apanhou, ainda descendo as escadas. O ruivinho apanhou e foi trancafiado no quarto, e desde aquele dia aprendeu a "lição". Min Yoongi era um psicopata maluco.
E depois disso, o mais velho contratou seguranças.

"-Não fale com 'eles'."
"Eles" era o apelido dado por Jimin aos empregados da casa, já que não lhe era permitido saber os nomes dos mesmos.
Essa regra não era de muita importância, o pequeno já tentará várias vezes se comunicar com eles, porém, eles nunca respondiam. Nem ao menos olhavam para ele, até porque se realizassem tão contato,  seriam mortos por Yoongi.

"-Não fale ou sorria para ninguém, você pertence somente a mim."
Nas poucas vezes em que saia de casa, era acompanhado pelo mais velho. Não lhe era permitido ter nenhum tipo de contato com outras pessoas, senão seria punido.









-Obrigado- forjou um sorriso desanimado para o loiro, ele simplesmente  não suportava seu aniversário

-O que vai pedir?- perguntou, acariciando os fios ruivos

-Qualquer coisa- suspirou, fechando os olhos.

Sempre em seu aniversário, o loiro o concedia um desejo. Ele poderia pedir qualquer coisa, menos que se tornasse livre para retornar aos seus familiares. Há uns dois anos, Jimin tentou pedir tal coisa para o maior, o que só resultou em gritaria e em um Jimin sendo punido.

-Vamos, baby. Peça algo.- encorajou

-Porque... Não vamos dar um passeio? - sugeriu. Talvez aquele pedido fosse sem significado algum, só um pedido simples para que o mais velho parasse de o atormentar. Mas, o ruivo queria mesmo ver a luz do sol e as pessoas sorridentes da rua.

-Tudo bem, mas--

-Não olhe para estranhos e não  converse com eles...- o cortou, completando sua frase- Eu sei as regras.

-Faço isso para lhe proteger, você sabe disso. - se levantou, pronto para se retirar

-Você é o meu maior perigo!- murmurou, fitando o chão

-O que disse?- questionou, virando-se para o ruivo

-Nada- sorriu amarelo e se dirigiu até o guarda roupa, escolhendo algo para vestir.







-Bom dia- chamou a atenção do cozinheiro que preparava o café da manhã.

Ele não respondeu, apenas continuou a prestar atenção nas frutas que cortava. Jimin suspirou e sentou-se na mesa, apoiando os cotovelos na bancada.

-Qual seu nome?- questionou, dando um sorriso. Ainda tentava conversar com ele.

Ele não parecia ser velho, pelo contrário, parecia ser extremamente jovem. O ruivo até arriscava dizer que ele seria somente dois anos mais velho que Jimin.

-Pare de o atormentar, Jimin. Ele não irá o responder.- Yoongi apareceu na cozinha, segurando um livro. - Vamos.

-Não vamos tomar café?- questionou, um pouco cabisbaixo

-Iremos comer fora- Jimin assentiu, pegando uma maçã da pequena fruteira e mordendo.

-Já está comendo? - bufou- Está ficando gordo.- comentou friamente, entrando no carro e abrindo a porta para Jimin.

O ruivo olhou para si e suspirou abaixando a cabeça e logo largando a maçã no banco de trás do carro.









Estavam no cinema vendo a um filme qualquer, escolhido pelo ruivo. Ele nunca havia entrando em um cinema e estava extremamente fascinado com todas aquelas cores e efeitos, era tudo tão mágico e diferente.

Yoongi também estava se divertido, bem, até notar os vários olhares que caíam sobre Jimin. O seu Jimin.

Imediatamente ele se irritou e puxou o pequeno para si, o beijando.

Não era a primeira vez que o outro fazia algo do tipo, mas... Ele não gostava. O gosto dos lábios do maior eram salgados e ele não se importava de ser carinhoso, sempre era algo afoito e apressado.

E o beijo só se tornava pior quando ele se lembrava que não sentia nenhum tipo de afeto pelo mais velho...





Jimin massageava as temporâneas, já estava farto das reclamações do loiro. Desde que saíram daquela sala de cinema, ele não sabia fazer outra coisa, a não ser reclamar sobre como as pessoas olhavam para o pequeno ruivo, como se quisessem devora-lo, segundo Yoongi.

O que era um total exagero, visto que, Jimin sempre chamou atenção graças aos seus cabelos ruivos e sua feição delicada. E chamava mais atenção  ainda quando estava acompanhado de um homem, pelo menos 10 anos mais velho que ele, que ansiava por beija-lo de 5 em 5 minutos. 

Mas é claro que ele não disse nada disso para o mais velho. Se dissesse, teria que enfrentar uma briga enorme e, com certeza, seria castigado por levantar o tom de voz ou dizer coisas do tipo para "seu hyung".

Então, achou melhor se calar.






Quando entraram na casa, o pequeno correu para o quarto e se fechou lá dentro, suspirando e se jogando na cama. Só percebeu a presença de outra pessoa dentro do cômodo, quando ouviu o barulho da porta sendo aberta.

Suspeitou que fosse o loiro, mas não. Era uma garoto sorridente.

Ele parecia ter a mesma idade de Jimin, porém era um pouco mais alto do que ele. E havia um sorriso em seus lábios. Um não muito grande, mas era um sorriso.

O ruivo se levantou de forma afobada, para encarar melhor o garoto, e, graças a esse ato, o outro soltou uma pequena risadanha e fechou a porta, indo embora.

O coração do ruivo começou a bater forte e ele logo correu até a porta, abrindo-a, com o desejo de encontrar o garoto de cabelos negros novamente.

Porém, ao abrir a porta, não o encontrou. Yoongi estava lá.

-Jimin onde você estava--

-Quem era aquele?- indagou, derramando as palavras rapidamente

-O que?- franziu as sobrancelhas, confuso

- O garoto que estava aqui -Respondeu, olhando para os lados

-Ele veio servir sua comida- disse simplesmente- O contratei para ajudar na cozinha. Por que quer saber? - perguntou desconfiado.

-Ahm? Ah... Por nada. Eu só... Nunca tinha o visto e achei estranho- suspirou, olhando para suas mãos, claramente envergonhado

-Tem certeza? - o pequeno assentiu lentamente com a cabeça -Tudo bem então, boa noite- selou os lábios do outro em um beijo rápido e cheio de desejo, da parte de Yoongi, claro.

E assim que ele se foi, o ruivo tornou a fechar a porta e a se deitar na cama, encarando o prato de comida em cima do criado mudo. Mas, ele não conseguiu comer. Não quando o sorriso do maior não saia de seus pensamentos...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...