História Why Me? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 7
Palavras 1.069
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oi,
Boa leitura!

Capítulo 2 - Capitulo 2


Fanfic / Fanfiction Why Me? - Capítulo 2 - Capitulo 2

(Drake)

-Ela vai entender amigo, ela não pode ficar sozinha por aí ainda mais sendo filha de quem é e, com sua licença, sendo tão linda assim!-disse Jorge e sorri assentindo.

-Tem razão, eu acertei perfeitamente nesse ponto!-disse sorrindo e ele riu.

-Senhor, com licença, mas tem um rapaz aí fora que quer falar com o senhor!-disse Jane minha secretaria.

-Marcou hora?-disse e ela negou.

-Não, mas ele disse que se chama Justin Lancaster e que o senhor está esperando por ele!-disse ela

-Ah sim , mande-o entrar!-disse e ela assentiu saindo e o chamando.

-Acho melhor eu ir!-disse Jorge

-Não precisa, é só o garoto que te disse, o novo segurança da Shay!-disse e ele assentiu voltando a se sentar.

-pode entrar!-disse ela e ele sorriu agradecendo-a.

-Bom Dia!-disse ele sorrindo e me levantei em gesto cordial apertando sua mão que estava estendida, Jorge fez o mesmo.

-Posso dar uma olhada?-disse e ele assentiu, me entregando os papeis que havia pedido assim que o mesmo apareceu aqui dois meses atrás.

-Ótimo! Tem bons antecedentes!-disse entregando os papeis dele para Jane.

-Obrigado senhor!-disse ele e sorri.

-Não me chame de senhor, pode ser você, desde que cumpra com o que o fez vir até aqui!-disse e ele assentiu.

-Claro que sim!-disse ele e assenti.

-Está contratado! Mais tarde iremos até minha casa e lhe apresentarei minha filha, Jane vai lhe dizer o que deve e não deve fazer, além do que está nessa folha!-disse e ele sorriu assinando o contrato e pegando a folha das mãos de Jane.

-Pode ir! Tenha um Bom Dia!-disse apertando sua mão e o vendo sair junto de Jane.

-Ele parece ser um bom rapaz! Como será a reação de Shay?-disse Jorge me fazendo sorrir.

-Imagine-a chegando em casa sem nutella e cansada do colégio após três aulas de matemática!-disse e ele arregalou os olhos.

-Meu Deus! Pobre garoto!-disse ele e rimos.

-Senhor, os empresários estão à espera dos senhores!-disse Jane e assentimos a seguindo até a sala de reuniões.

(Justin)

-Ok! Essas são as exigências do senhor Husmann-disse a secretária e arregalei meus olhos. "1º-Em hipótese alguma, a deixe sozinha", "2º-Não se atreva a tocar nela, caso isso aconteça, considere-se morto ou sem a sua mão"... 

-Ok!-disse pegando o papel e guardando em meu bolso.

-Não precisa ligar para essa aí, são coisas de pai super protetor, siga apenas esta: Não a deixe sozinha!-disse ela e sorri assentindo. Tive um pai que também era super protetor, eu odiava sua super proteção e também a forma como ele me treinava para ser um ótimo atirador, assim como ele, mas agora sinto falta de sua super proteção e de seu jeito seco de ser.

-Obrigada!-disse e ela assentiu voltando a olhar para o computador.

-Olha garoto, siga se quiser continuar vivo, não sabe com o que está se metendo!-disse ela e assenti voltando a caminhar para fora dessa empresa.

"...Ele que não sabe no que está se metendo, Shay Husmann, ponto fraco de Drake Husmann. Com cautela e sem pressa, Justin. Apenas por um ano..."

(Shay)

-Não Ashley, para com isso! Ele nunca faria isso comigo! Agora vai pra sua aula!-disse a empurrando. Claro que Joe não faria isso comigo,  apesar de eu ser uma idiota na hora H, eu sei que ele me entende e que quer esperar, ele não pode estar me traindo com ela.

-Chegou a gata do colégio!-disse Chris e lhe enviei meu dedo do meio, não o suporto desde o dia em que iludiu Ash. A pior festa de todas, pior ano de todos.

-Cala a boca seu besta!-disse colocando minha mochila em cima da mesa e senti um vento atrás de mim.

-Vem calar!-disse ele me encochando.

-Me solta, tá  louco?-disse quase gritando o empurrando contra a outra mesa

-Esquentadinha!-disse ele e iria lhe dar uma tapa mas a professora chegou com o resto da turma, bufei e me sentei.

-Boa Dia!-disse ela nos olhando e sorri vendo ele rir e ir para o fundo da sala.

As aulas se passaram e como sempre, não entendi nada, muito menos algo de matemática, desculpa pai e vô.

-Oi!-disse Ash e continuei a andar, ela me magoou ela sabe o quanto gosto dele e falar isso pra mim foi o fim!

-Me desculpa, Shay eu não queria brigar com você muito menso te deixar assim, me desculpa, eu acho que entendi errado e ouvi alguma fofoca errada!-disse ela e sorri, esse olhos azuis, que raiva!

-Ok! Eu te amo minha vaca!-disse sorrindo e nos abraçamos.

-E ai Shay!-disse Chris e enviamo-lhes nossos dedos do meio e seu amigo (outro besta) riu dele.

-Ele me encochou hoje cedo!-disse e Ash arregalou os olhos.

-Sério? Que idiota, e ai o que você fez? Não me diz que ficou calada!-disse ela e sorri negando.

-Não e iria lhe dar uma tapa mas a professora chegou na hora!-disse e ela sorriu.

-Vai contar pro tio?-disse ela e neguei, com que cara vou chegar pro meu pai e dizer que um garoto amigo do meu namorado me encochou na sala? Ele mata o garoto!

-Não, ele vai matá-lo, e eu não quero que meu pai se prejudique por causa de lago bobo!-disse e ela assentiu.

-Oi!-disse Ashley escandalosa como sempre para Jim nos fazendo rir.

-Como foi o colégio moças?-disse ele

-Foi uma merda!-disse Ash e rimos.

-Foi ótima, não teve aulas de cálculos hoje!-disse e ele sorriu

-Direto para casa, senhorita?-disse ele e assenti. Descemos do carro e caminhamos até a porta discutindo sobre o encochamento de hoje cedo e sobre eu cantar.

-Não eu não vou contar, tá louca? Ele vai matá-lo!-disse abrindo a porta e dando de cara com meu pai e um garoto que antes estavam sentados.

-Ops!-disse Ashley e meu pai que antes sorria fechou a cara se aproximando de nós duas.

-Eu vou matar quem? Por quê?-disse ele  engoli seco.

-Nada! É loucura da Ash! Quem é esse?-disse mudando de assunto o vendo arquear a sobrancelha e o tal cara se aproximar com permissão de meu pai.

- Justin! Seu novo segurança!-disse meu pai e Ashley o cumprimentou com um imenso sorriso. Cruzei meus braços eme aproximando dele puxando meu pai pelo seu pulso para longe deles.

-Pai, pra que isso? Eu sei me cuidar! Não vou ser a sua filhinha pra sempre!-disse quase gritando e subi as escadas correndo, que saco! Ele nunca vai confiar em mim? Que Droga!


Notas Finais


Desculpe os erros
Ass:Mah <3
Xoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...