História "Why Me?" ~imagine Suga~ - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 19
Palavras 1.917
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Hentai, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aloha! Olha quem voltou! Sentiram minha falta?

Bom, eu acabei não postando por muito tempo, mais não foi porque eu quis, é que o meu bloqueio criativo tava foda

Mais foda-se isso o importante é que eu postei!

Me desculpe qualquer erro, é que eu postei com pressa e li com pressa também.

Bjs até as notas finais
Boa leitura.💙

Capítulo 16 - Capítulo 16


      {…}3 semanas depois...

Como era de se esperar eu estava saindo da faculdade e indo direto para o trabalho, após chegar na empresa, fui direto para o elevador, cheguei em meu andar rápido, andei até a mesa do meio que nesse caso era a minha.

Joguei a minha bolsa em qualquer lugar e me sentei em minha cadeira, olhei em meu calendário e percebi que o fim desse semestre já havia chegado ou seja logo uma de minhas férias chegaria.

Você deve estar se perguntando "Como assim férias?", bom o Yoongi fez questão de que as minhas férias fosse junto das dele ou seja ambos irão ter as férias! Olha que bela bosta! kskskskskk

Olhei para o lado e vi que a Hyeri não estava ali, olhei para o outro lado a procura da Hannah que por conhecidencia também não estava lá, balancei a cabeça e olhei em minha mesa onde havia um papelzinho, digamos que aquilo era uma pauta do que irei fazer hoje.

-Primeiro ítem, vejamos...-falei comigo mesma em voz baixa para que ninguém ouvisse apesar de que não havia alguém ao meu lado. -Bom... Cadê a porra dessa pasta?

Olhei a mesa inteira a procura de uma pasta preta que estava com os papéis mencionados na pauta, ergui uns papéis e vi que lá estava a pasta. A abri e olhei os papéis, e como de costume lá só tinha negócios que o Yoongi iria fazer com a empresa vizinha.

-(S/N)!- Me assustei um pouco pois estava consentrada nas propostas que deveriam ser aceitas, me virei rapidamente olhando a Hannah que sorria docimente.

-Rapariga! Você me assustou!-falei colocando a mão no peito zoando com ela, a garota deu risada e se sentou na mesa do lado.

-E essas papeladas? O quê são dessa vez?-ela cruzou as pernas e começou a mecher em seu computador.

-O de sempre... Você sabe me dizer se a Hyeri tá na sala do Yoongi?-coloquei tudo novamente na pasta e a fechei

-Não, que eu saiba ela saiu!- Hannah olhou para mim mas logo voltou o seu olhar para o computador. Me levantei e fui até a sala do Yoongi, bati na porta recebendo um entre.

Adentrei aquele escritório, fechei a porta e fui até a mesa dele, deixando a pasta, me sentei na cadeira e expliquei o que ele teria que fazer.

-Okay, (S/N) o Jin vai fazer uma festa lá na casa dele, você quer ir? As meninas vão!- ele retirou o óculos o deixando de lado.

-Sei não... -Me encostei na poltrona e joguei os fios do meu cabelo para trás.

-Okay então- ele falou simples, e como isso era esquisito, ele sempre incistia ou perguntava o por quê. Ele mudou, não é mais o mesmo.

-É só isso?- dei de ombros e o encarei, ele apenas balançou a cabeça em sinal de sim. Me levantei e sai daquela sala.

Andei até a Hannah que estava sentada mexendo no computador, me sentei ao lado dela e coçei a nuca.

-você vai nessa festa?-perguntei para a garota que se virou rápido para me olhar.

-Eu vou- ela sorriu para mim, revirei os olhos e me joguei na cadeira.

-Será que eu vou?- olhei para ela que estava sentada com uma postura muito perfeita, já eu parecia uma criança toda largada na cadeira.

-Vai, eu acho essa festa uma ótima oportunidade para falar com o Yoongi...-Ela sorriu e voltou a ver alguma coisa no computador.

-Quem disse que eu quero falar com ele? -Me sentei normalmente na cadeira e cruzei os braços.

-Você disse a algumas semanas -Ela deu risada e se virou para me olhar.

-Você tem que entender que eu vivo mudando de idéia! -deitei a minha cabeça na mesa e fiquei olhando para o nada -Ah e quer saber? Eu vou nessa joca!

Hannah deu risada de mim, fiquei deitada até a Hyeri aparecer, ela sorriu de lado e se sentou na mesa ao lado, levantei a cabeça e a olhei com a minha famosa cara de bunda.

-Tudo bem (S/N)?- Ela me olhou para mim com aquela cara cínica.

-Tudo ótimo! -Me levantei e fui até o banheiro.

Estava sem paciência de falar com ela, eu realmente não estou afim de ficar aqui.

-Nossa por quê saiu? -Hyeri apareceu na porta do banheiro com uma cara de preouculpada, coisa que ela não estava.

-Ai me poupe né?! -falei me encostando na pia, ela andou e ficou parada em minha frente.

-Isso tudo é raiva de ter perdido o "amor da sua vida" pra mim? - ela riu de mim, fechei os olhos e balancei a cabeça, tentando não perder a paciência que eu já não tinha.

-Quer saber, vai se foder! -Tentei passar por ela mas a Hyeri puxou o meu braço, me fazendo ficar do lado dela, a olhei sem entender nada, eu estava a ponto de dar um soco no meio da cara dela.

-Escuta aqui! Não sou obrigada a te aturar tá garotinha?! -Ela me soltou, me virei e a olhei sem acreditar que aquilo estava realmente acontecendo.

-E você acha que eu sou? -A encarei com raiva- Olha, eu estou realmente sem um pingo de paciência pra falar com uma mulher desse nível! Se me der licença, eu tenho que trabalhar!

-Ai meu Deus, ela é toda certinha! -Ela deu uma risada falsa e me olhou com cara de deboche. -Enquanto você trabalha, eu fico com o Yoongi!

-A me poupe né? -Cruzei os braços e a encarei. Hyeri ficou parada com o seu jeito de durona. Aposto que não mata nem uma barata.

-Levou chifre e agora não tá conseguindo segurar a cabeça no lugar de tão grande que tá né?

-Eu não vou me rebaixar ao seu nível! Sério! Eu prefiro ser assim do que uma puta igual a você! -Sai andando a deixando sozinha naquele banheiro.

Andei até a minha mesa e me sentei olhando pra Hannah que apenas deu uma risadinha já sabendo que deu ou ia dar merda naquele banheiro.

-Você não bateu nela não né? -Hannah sorriu largo.

-queria, mas eu não vou me rebaixar ao nível dela! -joguei o cabelo e dei risada logo sendo acompanhada da Hannah.

-Yoongi pediu para mim, te avisar que é pra ir lá na sala dele... -Ela foi até o bebedouro e voltou com um copo de água, logo bebendo um pouco.

Me levantei e peguei o copo da mão dela e bebi um pouco.

-Tô indo lá... -Sorri pra ela e andei até a sala do Suga, bati na porta logo recebendo um entra da parte dele.

Adentro aquele lugar e fico parada na frente dele que estava de pé encostado em uma estante cheia de livros e enfeites que deixavam aquela sala mais bonita.

-Você vai né?-Ele me perguntou se referindo a festa novamente.

-Sim... Por quê quer tanto que eu vá?- observei ele mecher com um livro, parece que a cada dia ele estava mais bonito, e aquele rosto ficava cada vez mais fofo e lindo, e o corpo dele então?! Eu acho que eu vou acabar fazendo alguma merda se eu deixar me levar por isso.

-Sei lá, eu apenas não quero te ver em casa sozinha.- ele parou de mexer no livro e se apoiou na estante, olhando em meus olhos.

Por impulso, dei um passo pra frente. Eu sinto que ele está fazendo um jogo comigo, e se for isso, eu quero jogar!

-Eu não me importo de ficar sozinha! -Olhei nos olhos dele também, joguei o cabelo pro lado e cruzei os braços.

-Mesmo assim, eu não quero... Eu quero ver você naquela festa comigo- ele falou a última parte um pouco mais baixo. Sorri de lado e joguei a cabeça pro lado.

-Leva a Hyeri que tu perde essa vontade de me ver naquela festa com você... -Dei mais um passo para frente, ficando bem mais perto dele.

Eu realmente estava enlouquecendo, eu precisava de pelo menos um toque dele, mesmo que seja um tapa no braço. Contanto que seja ele, tudo vale.

-Ela não ira sacear essa vontade que eu tenho de te... -Ele pareceu pensar um pouco pra conseguir terminar essa frase. Olhei pra ele e dei uma risadinha logo dando mais um pequeno passo na direção dele.

Podem me chamar de louca ou do que quiser, eu não me importo, eu realmente não consigo raciocinar, eu não sei mais o que diabos está acontecendo comigo. Apenas um beijinho não ira matar ninguém né?

-de me? -Falei fingindo não entender, eu acho que o meu plano de conseguir pelo menos um beijo vai funcionar.

-(S/N)... Para-ele falou fechando os olhos e bateu os dedos na mesa tentando se acalmar.

-Parar com o que? -joguei o meu cabelo pra trás e olhei bem nos olhos dele.

-Foda-se! -ele logo falou e me puxou pelos braços, me trazendo mais para perto dele, as mãos dele foram pra minha cintura a apertando com força.

Nossos rostos ficaram milimitros de distância um do outro, dei um sorriso leve junto do sorriso de lado dele.

Um beijo logo se iniciou, como eu sentia falta daquele beijo, um beijo tão quente, nossas bocas tinham uma sincronia perfeita, e como eu amava aquilo.

Nos soltamos pela falta de ar, as mãos dele foram para a minha bunda a apertando com muita força.

Queria saber da onde ele tirou tanta força.

Voltei a beijá-lo, eu realmente estava fora de mim, eu queria ter sido mais resistênte, mas infelizmente ele está irresistível.

A falta de novamente se fez presente, nossas bocas não queriam ficar longe uma da outra, mas infelizmente era respirar ou ter um treco.

-Você está bem? -ele me perguntou e voltou a colocar a mão em minha cintura.

-Sim... -Abaixei a cabeça ainda encostada nele.

-Então o quê foi isso?! - Ele me puxou mais para ele, se isso ainda era possível.

-Não sei... -Escondi o meu rosto no peito dele. -Digamos que eu decidi que pra matar a saudade, eu vou ficar com você até na festa...

-É sério isso? -ele ergueu o meu rosto me fazendo olhar pra ele. -estava com saudades? Logo você que jurou nunca mais olhar na minha cara?

Ele deu uma risada anasalada e sorriu um pouco, na hora eu pude sentir o meu rosto queimar.

-Eu acho que sim... Mas é só hoje! - olhei pra baixo de novo.

-Então eu serei muito feliz hoje! -ele ergueu a minha cabeça e me beijou novamente.

-só hoje... -Sorri. Eu poderia estar sendo idiota. Coisa que eu sou na real, mais cara eu realmente não aguentei eu precisava de pelo menos mais um dia pra sentir essa boca e essas mãos grandes e geladas percorrendo o meu corpo. Aish! Eu sou retardada! O que diabos eu estou fazendo!? Não dá mais pra correr atrás, a merda tá feita. Ai que bosta de recaída! Esse moleque tem um efeito em mim!

-Sério? Não vou ser perdoado? -ele fez biquinho, e puta merda que coisa mais fofa!

-você tem que agir certinho pra que eu te perdoe... Enquanto eu não te perdoar, não prometo fazer o que eu fiz hoje- olhei nos olhos dele.

-Mais eu mudei! -Ele me apertou mais contra si

-Foda-se, eu apenas prefiro ter certeza de que você não vai cagar com tudo de novo! - dou risada pela careta que ele fez

-Nossa, grossa! -ele fingiu estar triste me fazendo rir da situação.

Ficamos conversando pelo resto da tarde até a hora de ir embora. 


  {…}


Notas Finais


Bom, foi isso.
O capítulo ficou bem pequeno mais pelo menos é melhor que nada

Eu queria compartilhar uma frase com vocês

"Quem fica parado, senta no poste" -Cotrim

Skkskskskskksksksksk.

Até o próximo capítulo
Bjs amo vocês 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...