História Why So Serious? - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Batman
Personagens Bruce Wayne (Batman), Coringa (Jack Napier), Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), Personagens Originais
Tags Heath Ledger/harley Quinn
Exibições 33
Palavras 1.978
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Romance e Novela
Avisos: Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem pessoal💘❤❤

Capítulo 12 - Resgate


Fanfic / Fanfiction Why So Serious? - Capítulo 12 - Resgate

Cap. 12:
Pov. Harley
Senhorita Quinzel.. -ouço Alfred bater na porta, o dia já havia amanhecido.
Entre.. -digo me sentando na cama extramamente confortável.
Bom dia Doutora! -Alfred sorria gentil, trazendo o café da manhã.
Bom dia Alfred! -falo animada.
Aqui está seu café.. O senhor Bruce pediu para vê-la assim que estiver pronta..pode tomar seu café e trocar sua roupa se desejar.. -ele diz
Muito obrigada Alfred.. Diga ao senhor Wayne que irei vê-lo daqui alguns instantes. -digo agradecida.
Ele assentiu com a cabeça e saiu fechando a porta.
Tomei meu café, refis alguns pequenos curativos, e desci as escadas.
Caminho até o escritório do senhor Wayne.. Ou melhor.. Bruce.
Bruce? -bato levemente na porta e ouço a voz dele ordenando que eu entrasse.
Bom dia Harleen! -ele sorriu alegre ,se aproximou e segurou minha mão depositando um beijo carinhosamente.
Seu jeito sedutor me deixava um pouco vulnerável, mas meu coração pertencia a um homem, apenas.
Bom dia senhor Wayne! -
Espero que tenha passado uma noite confortável aqui.. -ele diz enquanto nos sentávamos em um sofá.
Oh sim.. Eu agradeço pela hospitalidade.. Foi muito gentil da sua parte me trazer aqui! -digo sorrindo.
Não foi nada.. Eu não poderia permitir que você ficasse nas mãos daquele maluco psicopata.. -ele fala .
O Senhor Coringa é diferente de todos os vilões que já conheci..-digo com um tom de medo,para não deixar claro minha admiração por ele.
Eu concordo..ele está sempre me surpreendendo,de todos os vilões em Gotham, ele é o que me faz perder a cabeça em alguns momentos.
Seus truques são sempre uma surpresa,ninguém sabe qual vai ser ..ele sempre faz algo imprevisível,explosões..vítimas novas..reféns em lugares diferentes..-concordo.
Mas..me diga Harleen..o que ele fez com você enquanto era refém?-eu não esperava por essa pergunta.
Bom.. Ele não me batia,me xingava a todo momento.. Mas dizia que precisava de mim.. -Bruce arqueia a sobrancelha.
Porque ele precisa de você?.. -
Para atrair o Batman! -minto sem hesitar.
Bruce da um leve sorriso.
Mas é  claro! Agora as coisas fazem sentindo.. -ele diz se levantando.
Passamos o dia na mansão. Bruce me mostrou alguns de seus armamentos, e me ensinou alguns truques de defesa.Era estranho imaginar que um dia, eu os usaria contra ele. Haha

Desço as escadas e encontro Bruce à minha espera, ele vestia um terno magnífico... Eu usava um vestido vermelho, de uma forma sedutora, gostaria de que o Senhor Coringa me visse agora... Bruce disse que quase todos os convidados já haviam chegado. O relógio marcava exatamente 19.h.
Você está incrível! -ele segura minha mão sorrindo e deposita um beijo em minha bochecha.
Obrigada Senhor Wayne. Você também está esplêndido! -agradeço sussurrando em seu ouvido.
Alfred aparece oferecendo algumas bebidas. Após aceitarmos, fomos até um salão onde os convidados se encontravam.
Ao entrar,todos no local, olham em nossa direção.
Aquilo era um pouco desconfortável pra mim.. Seguro mais forte no braço de Bruce.
Não se preocupe.. Não saírei do seu lado por nem um minuto! Ao menos que você queira.. -ele sussurra tentando me reconfortar.
Obrigada..Quem são essas pessoas? -pergunto
Amigos mais próximos.. Pessoas de confiança.. -ele responde.
Eu apenas sorria tentando ser simpática.
Boa noite Senhor Wayne! -um homem idoso e sua esposa aparecem para cumprimentá-lo.
Olá Steven.. Senhora Seward, como estão? -Bruce pergunta.
Bem é claro.. Mas quem é essa moça adorável? -o velho pergunta com malícia nos olhos.
Essa é  a senhorita Quinzel.. Uma grande amiga.. -ele sorria me apresentando para o casal. A mulher me fuzilava com os olhos, com ciúmes eu acho...
É um prazer conhece-la senhorita! -o senhor diz.
Bruce e eu nos despedimos formalmente do casal e continuamos cumprimentando os outros convidados.
Me concede essa honra? -ele pergunta cavalheiro como sempre, ao ouvirmos uma nova música começar a tocar.
Mas é claro! -fomos para o meio do salão .
Outros casais dançavam ali também.
Percebi que de repente, todos a nossa volta formavam um círculo e nos observavam durante a dança.
Era divertido passar um tempo com Bruce, apesar de todas as minhas mentiras.. Acho que ele desconfia de meu amor por Coringa...Qualquer outra mulher em meu lugar o agarraria na primeira oportunidade.
Logo ,eu teria que contar tudo. Antes que ele crie esperanças de algo entre a gente.

Pov. Bruce:
Seu sorriso me encanta a cada segundo.. Após a nossa conversa hoje de manhã, percebi que havia algo a mais entre ela e o Coringa.. Mas isso não me importa, se ela está mesmo apaixonada por ele, quer dizer.. Ela não está cometendo nenhum crime.
Ela é inteligente.. Com o tempo vai esqueçer ele.. Sei disso.
BOOM!
Ouvimos um barulho de tiro vindo do elevador. As pessoas ao nosso redor começam a ficar desesperadas.
Alguns homens mascarados como palhaços entraram.
Chegamos! -era ele. Sua cicatriz se destacava em meio aquele terno roxo.
Harleen se agarra forte em mim.
Bruce.. -sua voz parecia assustada.
Vai ficar tudo bem Harleen.. Não se preocupe, ele não vai te levar de volta! -digo tentando confortá-la. -Fique aqui.
Corro até uma sala vazia, em meio aquela confusão toda.
O cavaleiro teria que agir.

Pov.Coringa:
Boa noite Senhoras e Senhores!-Todos me olhavam com medo.
Por acaso.. Alguém aqui sabe onde o Batman está?! -pergunto caminhando no grande salão.
Você? Alguém..? -continuo andando.
Será que eu vou ter que encontrá-lo do meu jeito?! -eu já estava perdendo a paciência.
Atiro no teto, fazendo com que eles se assustem.
Haha!
Ele está com algo muito precioso..e que por acaso pertence  a mim... Chamada... Harleen..! Você à  conheçe?.. Sabe onde ela está? -pergunto a uma senhora .
Não.. Eu.. Eu não sei! -ela tremia de tanto medo. Sabia que ela estava mentindo.
Que pena.. Sei que o morcego esta me ouvindo. ..APAREÇA! -Seguro um dos velhotes milionários colocando o canivete em seu pescoço.
Estava me procurando?! -ouço a voz rouca daquele que enfrentei toda minha vida.
Ora.. Ora.. Hahaha! Boa noite! -digo me virando em direção à ele.
O que você quer?! -ele parecia irritado. Isso me deixava mais animado.
O Que Eu Quero?! HAHAHAHAHA!!
Não me faça perder tempo! Você sabe oque eu quero…
Se veio atrás da Doutora Harleen..desista!-
Haha..Vamos acabar logo com isso!!-

Pov.Harley:
Vejo Coringa alguns metros à frente,meu coração dispara ao ver aquela cicatriz vermelha.
Ele parte pra cima de Bruce acertando seu estomago com uma faca.Bruce soca sua cabeça, deixando -o meio tonto.
Hahaha! -Coringa ria como se aquilo fosse extremamente engraçado.
Estava ficando nervosa, meu pudinzinho não era assim tão bom em lutas...
PUF! -De repente Bruce o derruba no chão, socando-o desesperadamente.
Coringa apenas continuava rindo, ele chuta a cara de Bruce, fazendo com que ele se afaste. Eles levantam.
Coringa segura Bruce pelo pescoço,e coloca uma arma em sua cabeça.
E agora! Me diga onde ela esta...Se não....... -ele ameaça Bruce tão seriamente, que não  me surpreenderia se ele fizesse algo ali mesmo.
Parecia que ele não iria desistir. Isso tinha parar.

Pov. Coringa:
Meu sangue fervia. A sensação de controle sobre Bruce Wayne, era satisfatória. Mas eu havia perdido minha paciência...
Vamos logo Batman!! Eu não queria matar você assim.. Pelo menos não hoje.. Então, seja bonzinho.. -gatilho minha arma.
Estava pronto para fazer aquilo, faria qualquer coisa para ter minha Harley de volta.
Quando estava prestes a atirar, ouço a linda voz dela.. Seria minha imaginação?.. Haha.
Senhor Coringa!... -me viro em direção a voz. Lá estava ela.Estava incrivelmente linda! Como sempre.
Nossos olhos se encontraram ,meu coração acelerou. Eu queria correr pra seus braços naquele momento.
Harley! Que surpresa agradável! -digo me aproximando.
Não pude evitar um enorme sorriso.

Pov. Harley:
Apesar dos arranhões que levará de sua breve luta com Bruce, ele estava tão bonito como nunca!
Seu terno roxo chamava atenção, seu cabelo e a maquiagem excêntrica o deixavam ainda mais misterioso.
Ele ajeitava o cabelo de uma forma sedutora e ao mesmo tempo engraçada.
A medida em que ele se aproximava, uma ansiedade tomava conta de meu corpo. A vontade de tocá-lo, abraçá-lo e beijar sua boca era maior do eu. Tinha que me controlar.
Ele segurava Bruce pelo pescoço, ainda apontando a arma em sua cabeça.
Boa noite querida! -ele parecia não se importar em mostrar que éramos íntimos.
Boa noite senhor! -respondo.
Tirem todos daqui! -ele ordena para seus capangas.
As pessoas começaram a sair desesperadas do salão.
Até que eramos eu, Bruce e Coringa.
Ele amarrou Bruce em uma cadeira e colocou uma bomba relógio em seu colo.
3 minutos era o que marcava.
O que vai fazer seu maluco?! Deixe ela ir! -Bruce diz me olhando.
Tenho que admitir.. Estava com pena dele, ele fora gentil comigo.
HAHAHAHA! Acha mesmo que eu iria permitir que ela morresse?! Nunca.. -Coringa diz.
Ela é minha carta na manga, minha razão por estar aqui.. Na verdade, a razão de eu ainda viver! -
Como assim? -Bruce me olhava confuso.Eu teria que abrir o jogo pra ele.
2:03
Venha Harley.. Não perca tempo se explicando à ele..Até logo Batman!-Coringa segura minha mão, caminhando até a porta.
Olho para trás e dou uma última olhada em Bruce.
Tínhamos menos de 60 segundos para sair daquele lugar, antes que ocorra uma explosão.
Hahahahaha!
                    Hahahahahahaha!
                                                          HAHA!
Saímos correndo entre os corredores da mansão Wayne. Ouvíamos o barulho de viaturas polícias próximas dali.
Chegamos a uma porta, finalmente conseguimos sair na rua.
Nosso carro esta logo ali.. -ele diz apontando para a lamborghini.
Estavamos quase entrando no carro quando..
HARLEEN! Espere! -Para a nossa surpresa, Bruce apareceu um pouco ofegante.
Como você?.. -eu já começava a perguntar como ele teria escapado tão rápidamente..
Isso não importa agora.. Apenas me diga uma coisa.. -ele implorava.
Coringa apenas observava, sem paciência.
Está apaixonada por ele?! -entao ele já sabia.
Balanço a cabeça positivamente.
Sim.. Eu.. -minha voz saía um pouco fraca.
Eu já sabia... Mas, por favor.. Mesmo assim, fique! Se você for com ele, nos enfrentaremos mais tarde...! Não quero machucar você Harleen..
Coringa me olhava com um olhar sereno. Sei que ele me deixaria ir, se essa fosse a minha vontade.
Me desculpe Bruce.. Mas eu o amo, e ficarei ao lado dele. Mesmo que isso signifique ter que enfrentar o Batman.
Foi bom te conheçer.. Lembre-se de mim como a doutora Harleen.
Adeusinho Morcego! -aceno para ele entrando no carro.
Ele havia entendido.
Eu podia ver um sorriso de satisfação no rosto de Coringa.
Ele liga o carro, e acelera.
Adeus Harleen.. -Bruce diz.
É Harley Quinn ! -digo enquanto saíamos dali.
Hahahaha! HA HA HA!

Por um momento achei que perderia você para ele.. -Coringa diz.
É mesmo?.. Ha Você sabe que eu nunca faria isso! -digo sorrindo ao seu lado.
Sabe que eu deixaria você ir se quisesse ..-sua voz parecia triste, ao pensar nessa possibilidade.
Apesar de não acreditar muito nisso.. Obrigada Pudinzinho! Você é um homem generoso sabia? -isso fez ele rir.
Hahaha! Apenas com você querida! Ha
Senti sua falta! -digo me aproximando e selando nossos lábios.
Eu também Harley.. Não sabe o que fiz para poder sair o mais rápido possível daquela prisão! Se eu ficasse uma única noite a mais naquele lugar, acabaria me matando!Não posso ficar longe de você! -ele dizia mexendo sua língua sobre a cicatriz.
Também estava pirando naquela mansão! Não aguentava mais ter que ser  a "Doutora Harleen Quinzel!",e ainda ser gentil com toda aquela gente. -Reviro os olhos mostrando impaciência.
Ele sorriu beijando minha bochecha.
Foi divertido! -ele fala.
Bom.. Foi mesmo! Haha-concordo.
Ele dirigia rapidamente.
Pudim? -digo após alguns minutos de silêncio.
Sim?.. -ele diz..
Me diga.. Você colocou a bomba de um jeito fácil para escapar não foi? Bruce escapou,mas você quis isso.. De propósito não é mesmo?.. -ele sorriu, eu havia sacado a jogada dele.
Você é boa em perceber meus truques Harley.. Sim.. Foi de propósito..Não quero matar ele,.. O que faríamos sem Batman aqui em Gotham?!
Haha


Notas Finais


Comentem 😍😍😍
O q estão achando?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...