História Why you? (Jikook) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags Jikook, Namjin, Yoonseok
Visualizações 30
Palavras 651
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


E ai, monas, tudo show com vcs? Seguinte, essa é minha primeira fanfic (ai q tudo, kkkk... Parei) Espero que aproveitem! Valeu

Capítulo 1 - Capítulo 1


Jungkook P.O.V.

 

-Aigoo! – eu disse gritando quando caí da cama pelo susto que levei quando o despertador tocou com a música Hello Bitches da CL – Oux é 07h20min e começa as 07h30min? Caraio corre Berg!

Entro no banheiro, escovo meus dentes, arrumo meu cabelo coloco o uniforme da escola, vou para a cozinha, vejo que minha mãe está lá, dou-lhe um beijo na testa e saiu correndo, pois moro um pouco longe. Chegando à escola, na escola não da nem tempo de sentar que o sinal bate.

Entrei na sala e já vi q iria dar merda.

-Shit – eu disse reclamando vendo que quatro pessoas estavam vindo em minha direção.
-Vejamos se não é o gayzinho da turma – ele disseram isso e eu tentei correr – Pra que tentar correr da gente se não vai conseguir? – um deles perguntou, fiquei de cabeça baixa sem respondi – Me responde, idiota! – ele me deu um tapa na cara fazendo com que eu levasse minha mão ao local que estava ardendo.

- Por favor, parem! Eu não fiz nada! – eu falei alto – Eu não aguento mais!

- Fique quieto – ele me empurrou e eu caí no chão – Não vê que ninguém liga pra você? Ninguém está aqui pra te ajudar a levantar.

O garoto se abaixa, pega na gola da minha blusa, quando estava prestes a me dar um soco um garoto apareceu o empurrando.

- Deixem o garoto em paz! Se eu ver vocês encostarem um dedo nele quem vai levar um tapa serão vocês, imbecis – ele disse e os quatro meninos saíram do lugar.

- Obrigado por me ajudar, me chamo Jungkook e você? – eu perguntei.

- Park Jimin, prazer. Quer sentar com nós? – assenti com a cabeça, ele deu um sorriso e pegou na minha mão me deixando corado.

- Galera esse é o Jungkook, senta ae. Não precisa ter vergonha. Esse é o Namjoon, Jin, Hoseok ou Hobi e Taehyung, mas aconselho que não fique muito perto dele.

-Por quê? – perguntei e ele fez um sinal com as mãos, entendi que falaria outra hora – Ah, ok.

- Professora, posso ir ao banheiro? Rapidin – ela assentiu e eu fui.

Senti que alguém me seguindo, olho para trás e era Taehyung.

- Aigoo! Que susto Taehyung! – eu falei pondo minhas mãos no peito.

- Miane, não foi minha intenção – ele me empurra me prendendo na parede e disse quase num sussurro – Fique longe de Jimin, vai ser pior pra você, e não estou a fim de voltar ao internato.

Pera era isso que o Jimin iria falar depois, eita porra, é melhor me afastar mesmo, eu não quero morrer tão cedo.

- Claro, eu não fico mais com vocês, miane – eu disse assustado.

- Obrigado e desculpa por isso – sem entender o porquê de ter me dito aquilo sem ter feito nada.

- Como assim descu... – Ele me deu um soco na cara me fazendo desmaiar.

Ele me pegou no colo e me levou para algum lugar na escola, pelo menos eu acho. Acordei acho que alguns minutos e vi que estava trancado no porão da escola. Como eu sei que é no porão? Já me agrediram aqui, mas ok. Comecei a gritar por socorro, mas ninguém me ouvia. Gritei o nome do Jimin, ouvi alguém destrancar a porta, achei que estaria à salvo, mas era Taehyung.

- O que você falou pra professora? – perguntei com raiva.

- Falei que você passou mal e foi pra casa. Eu sei que você falou que não iria se aproximar de Jimin, mas sei que você iria contar a ele.

- Eu não iria fazer isso, eu não... – ele botou um pano com cheiro muito forte me fazendo desmaiar em poucos segundos. Não senti nem ouvi nada depois disso. O que ele iria fazer comigo? Por que justo no primeiro dia de aula? Eu queria morrer mais do que nada, mas tenho minha omma pra cuidar.

 

CONTINUA...

 

 


Notas Finais


Valeu por ter lido... Amo vcs (nem conheço mas amo, sorry... kkk) Bjs e até o próximo capítulo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...