História Why You, My Protected? - Jikook - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor Impossivel, Anjo, Anjo Da Guarda, Jikook
Visualizações 10
Palavras 1.015
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Sobrenatural, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Eu... te amo.


Fanfic / Fanfiction Why You, My Protected? - Jikook - Capítulo 2 - Eu... te amo.


           Eu juro que isso foi sem querer! nunca havia acontecido comigo depois que virei anjo, fiquei em choque.

Jimin se sentou em meu colo, fazendo seu bumbum roçar em meu membro, que tortura, meu Deus me ajude!

- J-jimin? - O chamei percebendo que o mesmo ainda estava meio sonolento.

O mesmo piscava várias vezes se acostumando com a luz do local.

- B-bom dia... - deseja logo bocejando e se espreguiçando. - Espera... - Ele me encara. - QUEM É VOCÊ E COMO ENTROU AQUI? - Grita assustado e sai de cima de meu colo fazendo uma maior rebuliço, ele se esqueceu? mas já? - ME RESPONDA OU IREI LIGAR PARA A POLÍCIA! - Pega o seu celular e ameaça ligar.

O Olho naturalmente e digo.

- Não irão conseguir me ver Jimin, eles não conseguem. - Falo na maior naturalidade. O mais novo me encara confuso.

- C-como assim? CLARO QUE IRÃO TE VER! EU ESTOU VENDO ORAS!

- Jiminie, sente e se acalme por favor, eu irei te contar tudo, apenas, sente ok? - peço e ele receiosamente obedece.

- Olha, isso é meio estranho mas... Você consegue se lembra de ontem a noite? - pergunto, ele passa o olhar pelo quarto e tenta lembrar.

- L-lembro... d-dos garotos, no beco... - Ele abaixa a cabeça.

- Sabe como conseguiu sair de lá ileso?

- N-não... - me encara já imaginando o óbvio.

- Sim Jiminie, eu te salvei... e... te contei outra coisa, mas acho que é melhor você não saber sobre isso.

- Jungkookie... c-certo? - Parece estar lembrando.

- Jungkook. - o corrijo. - sim jimin, sou eu. - sorrio para ele.

- Me desculpe por isso, eu não queria te assustar nem nada. - fala corado, que nhonho.

- Mas eu não me assustei, pode ficar tranquilo!

Ele sorri, fazendo seus olhinhos virarem dois risquinhos. Simplesmente adorável!

- Então pequeno, dormiu bem? - tento mudar de assunto.

- Sim! - Responde animado, que bipolaridade.

- Que bom meu bebê, agora vá para tomar um banho, precisa relaxar os músculos um pouco não acha? - Incentivo o pequeno ao meu lado que ainda estava sentado na cama.

- Okay, já estou ind-

Assim que Jimin levanta da cama ele pausa, fecha fortemente os olhos, coloca a mão na cabeça como se estivesse sentindo dor e senta novamente em sua cama...

Sei exatamente o que é isso e preciso sair daqui o mais rápido possível.

- K-k-ookie... você é u-um a-anjo? - Ele se vira rapidamente para mim, com os olhos levemente arregalados. - O meu protetor? - Suspiro.

Já era.

- Sim Jimin... eu sou. - abaixo a cabeça, não deveria ter ficado a noite toda com ele, devia ter voltado a ser invisível e o observar sem saber da sua existência.

Agora Jimin corre perigo... e por minha culpa.

Mas queria saber, como eu consegui dormir? sendo eu, um anjo.

- Pensei que anjos não dormissem, mas parece que estava errado... bom, de qualquer maneira, foi muito bom ter você aqui! me senti protegido, obrigada kookie! sério! - Ele me abraça e na mesma hora retribui o mesmo. Seu corpo era tão pequeno, tão delicado, tão gostos-... 

Desculpa Deus! continuando... ele era tão maravilhoso ao meu ver, sinceramente não achei nenhum erro ainda. Nos separamos do abraço e volto a encara-lo, o mesmo estava com o rostinho um pouco inchado, indigando ainda um pouco de sono, passo minha mão pela extensão de sua delicada face, estava encantado com tamanha beleza.

- Você é tão lindo, Jimin. - falo enquanto o encaro, não consigo tirar meus olhos dele, estava tão lindo, os reflexos do sol entravam no quarto fazendo o mesmo ficar iluminado, e fazendo Jimin ficar ainda mais maravilhoso.

- E-eu não sou, pode ter certeza, nunca fui bonito, e nunca vou ser... - Ele abaixa a cabeça, sua expressão mudou de uma feliz para uma triste, e isso acabou comigo.

- Ya! isso é uma mentira! você é muito lindo, você é realmente a definição de "perfeição", pode acreditar! sinceramente, não consigo tirar meus olhos de você, mesmo sendo meu protegido... - paro quando percebo do que estou falando, preciso parar ou não irei voltar para o céu. Cuidado com que falas Jeon Jungkook!

- Nossa... - Vejo o brilho nos olhinhos do mais pequeno, logo após abaixa a cabeça, começando a brincar com seus pequenos e fofinhos dedos. - Ninguém nunca havia falado isso para mim. Muito obrigado kookie...

- Aigoo! Jiminie você precisa ser mais confiante em si mesmo, você é lindo, talentoso, dança muito bem, e o melhor, tem uma alma pura e linda por dentro, isso é o que importa. - Acaricio seus fios, puxando o mesmo para mais perto, o abraçando.

Sinto lágrimas molharem minha camisa, não me importava com isso agora, apenas queria abraçar e confortar o Jimin.

- E-eu sei que você se corta Jimin... - Sinto uma lágrima solitária descer de meu olho, ele não me encara, mas aperta o abraço. - Eu te vejo, Eu sinto... exatamente tudo que você sente Minnie... quando você se corta, me corta junto, eu sei como você se sente. - beijo o topo da sua cabeça o trazendo mais para perto. - Eu sei que é difícil pedir isso mas... pode tentar não se cortar? não por minha, mas pela sua! dói ver você sangrando, chorando, tentando se matar, eu me odeio quando isso acontece... então por favor Jiminie... eu te peço, pode fazer isso por você? - Levo minha mão direita até sei queixo e o levanto lentamente em minha direção, Colo minha testa com a de Jimin, logo fechando meus olhos.

- E-eu... eu... eu irei tentar. - gagueja um pouco, sua voz trêmula também não ajudará em nada. Sorrio ainda de olhos fechados.

- Obrigado Jiminie. - o abraço afundando meu rosto em seu pescoço.

Lembro que preciso ir! aish!

- Jimin-ah... - o chamo manhosamente. - preciso ir. - levanto minha cara fazendo expressão de cachorrinho que caiu do caminhão de mudanças.

- Mas já?

- Sim bebê... bom, até mais Jiminie, se cuida 'tá? - selo sua testa com um beijinho.

Já estava saindo quando sinto ele me abraçar e dizer...

- Obrigado por tudo e... Eu... Eu te amo kookie.

Continua!


Notas Finais


oloko isso eh 1milagre bicho????
EU ATT ESSA FIC????
ISSO MESMO PEOPLES

GALEROUS TEM FIC NOVA DE JIKOOK ROLANDO EIM (essa eu não demoro muito pra att, pois já tem final planejado! então por favor, a acompanhe! por favozinhoooo)

O NOME DELA É "CAN I BE HIM?" aqui o

link: https://spiritfanfics.com/historia/can-i-be-him-jungkook-jimin-jikook-9198084

dêem muito amor a ela por favor!💕

desculpa a demora meus baes,,,,, é que eu ultimamente venho sendo muito sad, e com esse sentimento, os pensamentos negativos, estava pensando em apagar minhas fics e tudo mais... mas lembrei que ainda existe gente que as lê e gosta...? talvezkkkkk

eu nao desisti, por vcs! eu amo vcs!

se leu ate aqui a park isa te ama! 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...