História Wild - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Jihyo, Jungyeon, Mina, Momo, Nayeon, Sana, Tzuyu
Tags Michaeng, Minayeon
Exibições 175
Palavras 1.174
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Orange, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


ADIVINHA QUEM VOLTOU DE VEZ MESMO??

eu mesma, fraviao

não sei se esse capítulo ficou bom mas ele é importante pra fic então, espero q gostem

boa leitura e desculpem qualquer erro :D

Capítulo 13 - Fools


 

 

- Quem é você? — A garota um pouco mais baixa que eu perguntou, e sinceramente eu estava um pouco confusa no que iria dizer, até porquê eu nem sei o que sou da NaYeon... O que diabos eu deveria dizer?


 

- Eu sou... Uma amiga.. Uma amiga dela... — Acho que isso seria mais convincente se eu não tivesse gaguejado tanto.

 

- ''Amiga''? Ela nunca me falou de você. — A garota cruzou os braços e franziu o cenho, ainda me olhando.

 

- Conheci ela faz pouco tempo... Numa festa, ela estava um pouco bêbada então acho que não deve lembrar de muita coisa... — Certo, nem tudo aqui está sendo mentira né? Afinal, eu realmente conheci NaYeon em uma festa.

 

- Ah sim... Ela esqueceu essa pulseira na festa? — Essa garota não para de fazer perguntas... O que será que ela é da NaYeon?

 

- Não, na verdade ela esqueceu em minha casa, ontem e---

 

- Espera aí, ela dormiu com você?! — Puta merda, será que eu falei demais?

 

- Err.. É, bem, não necessariamente na mesma cama... Só foi na minha casa mesmo sabe... — PARA DE GAGUEJAR TANTO JEONG, QUE DROGA!

 

- Humpf. Certo, de qualquer forma obrigado, eu devolvo a ela quando chegar. — A garota pegou a pulseira da minha mão de uma forma rude, eu não estava entendo o porquê da quantidade de perguntas feitas por ela, eu só espero não ter causado problema nenhum.

 

- É... Certo, acho que já vou indo. — Quando estava prestes a ir embora a garota me puxa pelo pulso me fazendo me virar pra ela novamente.

 

- Qual seu nome? — PRA QUE DIABOS ELA QUER SABER MEU NOME AFINAL?

 

- J-JeongYeon... — Disse, um pouco nervosa.
 

- Mina. — Ela soltou um sorriso CLARAMENTE forçado e soltou minha mão.





 

Eu não consegui parar de pensar no porque dessa garota ter feitos tantas perguntas, será que ela é irmã da NaYeon ou talvez... Namorada?


 

Aish... Porque estou pensando coisas assim?

 

xxxxxx











                21:45 pm



                                   NaYeon P.O.V

 

Já eram quase 22 horas e eu sinceramente espero que a Mina já esteja em casa. O porque de eu querer isso? Veja bem, eu definitivamente não quero aguentar nem por um segundo sequer a palavra ''Chaeyoung'' no meu ouvido.


 

Não mesmo.


 

Era incrível como Momo me fazia esquecer todos os problemas que existiam em minha cabeça, me pergunto do porquê de não ter me apaixonado por ela, com certeza eu iria sofrer menos...


 

Mas como sempre...


 

Não mandamos na droga do coração né?



 

Cheguei em casa e me deparo com uma cena não tão agradável (okay, talvez um pouco) Mina estava lá. Mas sua expressão não estava muito boa, ela parecia estar...


 

Com raiva?



 

- Ainda aqui? Achei que você já estivesse ido pra casa. — Disse, indo em direção a cozinha.


 

- Nayeon, quem é JeongYeon? — Congelei por alguns segundos para tentar mentalizar o que ela tinha acabado de falar. Droga... Como diabos ela conhece a Jung? E ela está com essa cara por causa disso?


 

- JeongYeon.. Ah, você quer dizer JungYeon, certo? — Embora eu estivesse nervosa sobre o fato de Mina te descobrido de JungYeon, eu não poderia demonstrar isso, não quero parecer frágil na frente dela novamente, não mais.


 

- Tanto faz... Quem é ela? — Agora ela estava de braços cruzados me fitando, okay, ela estava com um olhar assustador.


 

- Minha amiga, porquê? — Me virei e peguei uma garrafa d'água que havia na geladeira. Eu estava tentando fingir que estava tranquila de qualquer forma.


 

- Então, sua ''amiga'' veio entregar isso pra você. — Me virei novamente e vi que minha pulseira estava nas mãos de Mina. A mesma pulseira que eu usava quando fui a festa, a mesma pulseira que eu estava quando dormi com JungYeon...


 

Ela tentou descobrir onde eu moro só para me entregar isso?


 

- Ah, obrigado. — Peguei a pulseira da mão dela e sai. Não, eu não estava querendo tratar a Mina com desdém ou coisa parecida eu só...


 

Eu só não quero dizer que praticamente ''usei'' uma pessoa para esquece-la, isso seria demais...

 

- ''Obrigado''? É só isso que tem a dizer? — Ela diz, me fazendo parar novamente.

 

- Como assim ''só''? O que você quer Mina?

 

- Você mal conhece a pessoa, bebe pra cacete, faz amizade e já vai dormir na casa dela?????? Por acaso você não pensa nas coisas NaYeon??? Como saber se ela é confiável?

 

- Quê? Desde quando você se preocupa com quem eu saio?

 

- Desde quando? Sério NaYeon? Naquela vez que você dormiu fora eu me preocupei tanto com você, eu queria saber se você estava bem...

 

- Não vem com esses papinhos agora Mina... Porque você sabe muito bem porque eu faço esse tipo de coisa. — Eu definitivamente não queria que essa conversa chegasse a esse ponto mas Mina não me dava escolhas.

 

- Porque você gosta de mim? Porque você me ama? Né? Se você me ama tanto assim porque não ficou ao meu lado ao invés de dormir com outra qualquer?


 

- ''Ficar ao seu lado''? FICAR AO SEU LADO OUVINDO VOCÊ FALAR DA DROGA DA CHAEYOUNG O TEMPO INTEIRO? MINA, ESCUTE, TENTA ENTENDER QUE EU SOU APAIXONADA POR VOCÊ, DROGA! APAIXONADA! VOCÊ SABE O QUE É ISSO? PORQUE EU IRIA QUERER FICAR AO SEU LADO SABENDO QUE VOCÊ NÃO IRIA PARAR DE FALAR DE OUTRA PESSOA? NÃO IRIA PARAR DE ELOGIÁ-LA.... — Respirei fundo para continuar — Mina, eu aguentei isso por muito tempo, eu sinceramente aguentei esse sentimento preso à mim desde a primeira vez que te vi, e desde da primeira vez que te vi eu sempre tive que te aturar falando de uma pessoa que você amava e queria estar junto, sabe o quanto doloroso é saber que a pessoa que você ama não consegue nem ao menos entender seus sentimentos em relação à ela? Não? Talvez seja porque você nunca passou por isso. Agora se você quiser me dar licença e ir para sua casa eu iria adorar. E não, de forma alguma eu estou te expulsando, eu apenas preciso esfriar minha cabeça com um longo banho antes que as velhas e bem-vindas lágrimas me consumam por mais uma noite inteira.




 

Mina estava literalmente congelada ali, e eu não sei se estou imaginando coisas mas acho que seus olhos estão lacrimejando, eu a fiz chorar?

 

A última coisa que eu quero é faze-la chorar, mas porra...  Porque Mina não consegue entender meus sentimentos? Ou entender as razões de eu ter a necessidade de ficar com outras pessoas?




 

- Me desculpe... Eu não queria.. Eu.. Não sei..... — Ela parecia não estar controlado suas palavras de tanto nervoso que ela se encontrava, o que diabos eu fui fazer?


 

- Não, tá tudo bem... — Assim que tentei pegar em sua mão ela simplesmente se afastou, deu o último olhar sobre meus olhos e saiu de minha casa. Eu até iria atrás dela mas acho que as coisas estão confusas para ambos os lados agora.



 

E eu sei que não vou parar de pensar nisso...


 

Porque ela ficou desse jeito pela JungYeon?


 

Isso seria


 

.... Ciúmes?

 

 

 


Notas Finais


será que a mina tá finalmente começando a ficar confusa? Que cheiro é esse??? será que é o cheiro da treta que está por vir? q


até o próximo cap


bjs da fraviao


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...