História Wild Horses - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bon Jovi, Guns N' Roses, Skid Row
Personagens Axl Rose, Duff Mckagan, Izzy Stradlin, Jon Bon Jovi, Personagens Originais, Richie Sambora, Sebastian Bach, Slash, Steven Adler
Tags Bandas, Guns N' Roses, Hard Rock, Romance
Exibições 46
Palavras 1.580
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Bem vindo à selva
Nós temos diversões e jogos
Nós temos tudo o que você quiser ... ♪

Capítulo 2 - Bem Vindo À Selva


Fanfic / Fanfiction Wild Horses - Capítulo 2 - Bem Vindo À Selva

Los Angeles – 1982

W.Axl

Era por volta das 21:00 quando chegamos naquela cidade grande e iluminada. Izzy e eu descemos do ônibus com nossas poucas bagagens. Olhei ao redor , haviam mulheres cheias de curvas à mostra , batons fortes, olhos cobertos de maquiagens , cabelos armados e roupas sensuais cobrindo o mínimo possível.

Izzy e eu caminhamos pela calçada das ruas movimentadas de Los Angeles. Parecíamos dois pássaros fora do ninho , não sabíamos nem sequer qual rumo seguir.

- Hey , caipiras ... Estou falando com vocês ! – uma voz debochada se aproximou de nós dentro de um carro que parou ao nosso lado . Izzy e eu o encaramos. – Estão perdidos ? – ele disse ainda em tom debochado mascando um chiclete irritante.

- Não... Cai fora . – respondi .

- Woow , calma aí brother... Só ia oferecer uma carona aos dois garotinhos da roça.

- Não precisamos da sua carona. – respondi prestes a andar novamente.

- Meu chapa , você sabe onde você está ? Você está na selva , baby ... Você vai morrer . – ele disse gargalhando .  Izzy me encarou por uns segundos.

- Vamos William , é melhor que a pé. – Izzy respondeu entrando no lado do carona enquanto revirei os olhos entrando no banco de trás .

O cara pisou no acelerador e rodamos pelas ruas de L.A... Não acredito que Izzy me fez entrar no carro do primeiro estranho que me apareceu pela frente.

- E então ... Vocês vão pra onde ?

- Na verdade , nós estamos sem rumo. – Izzy respondeu.

- Oooh , deixe-me adivinhar ... Fugiram de casa ? – disse colocando um dos braços pra fora do carro .

- Quase isso... – Izzy disse.

- Certo ... Vocês bebem ? São maiores de idade não são ? – Perguntou. Izzy e eu nos entreolhamos e rimos.

- Sim... – Izzy disse por fim.

- Beleza .

 

Izzy

Descemos em um bar no qual tinha poucas pessoas. William e eu entramos acompanhando o cara da carona. Fomos parar no balcão .

- Hey , Jim ! Quero duas doses de um bom whisky pra esses dois novatos , e o de sempre pra mim.

- Pode deixar , Fred.

Haviam dois caras sentados de frente ao balcão , próximo a nós . Um loiro grandalhão vestindo uma regata do Misfits , e outro loiro mais baixo com cabelos longos e armados.

Bebemos algumas doses de whisky , Fred conversava empolgado com Jim  , o velho barbudo que servia os drinks . Os dois garotos loiros nos encaravam vez em quando , pareciam curiosos com a nossa presença.

- Falou ,  Jim ... Vocês vem , ou vão ficar por aí ? – Fred se dirigiu a nós .

- Vamos ficar , valeu pela carona . – respondi . Fred fez um gesto com as mãos e se retirou do bar.

- Legal , e agora ? Vamos morar nesse bar ? – William perguntou irônico . Antes que eu pudesse responder , uma nova voz se manifestou.

- Hey ... Quem são vocês ? – Era o grandalhão loiro.

- Ãhn... Sou Jeffrey  ... Mas as pessoas me chamam de Izzy. – Respondi ascendendo um cigarro.

- E você ? – ele se dirigiu a William.

- Não é da sua conta.

- Nossa , parece que alguém está de cú virado . –  Zombou.

- Esse é Will... – fui interrompido antes de completar.

- Meu nome é Axl... Axl Rose.

- Entendi... E o que os trouxe até Los Angeles ?

- Um ônibus. – William respondeu seco . O loiro mais baixo começou a gargalhar com a resposta.

- Wooow ... Boa cara ... – ele ria.

- Steven , ele tá tirando com a nossa cara , tá ? – o grandalhão respondeu irritado.

- Eu sei ... Mas foi boa ... – disse cessando o riso – Vocês vieram de onde ? Michigan , Illinois , Indiana , Ohio ?

- Indiana. – respondi baforando a fumaça do cigarro.

- Se o seu amigo não fosse tão cuzão , eu ofereceria minha casa pra vocês ficarem até acharem algum lugar .

- William é assim mesmo. Mas no fundo é gente boa. – falei indiferente.

- William ? Mas não é Axl ? – o tal Steven perguntou .

- É Axl . William morreu .

- Tá legal ... – Steven fez expressão de confuso – Eu sou Steven Adler, mas meus amigos me chamam de Popcorn ... E esse é Michael McKagan, mais conhecido como Duff, ou girafão, poste ambulante , vara de apanhar coco , arranha céu ...  – Duff deu um tapa na cabeça de Steven fazendo-o parar de falar. – AU VIADO !

- E aí , vão querer ir pra casa ou preferem dormir na rua ? – Duff perguntou levantando do banquinho em que estava sentado.

- Preferimos dormir na rua . – Axl depositou seu copo vazio no balcão .

- Como quiserem . Bora , que amanhã tem aula , Stee.

- Desde quando você liga ?

- Eu não ligo ... Mas a Rapha arranca nossas cabeças ... – disse rindo . Os dois saíram do bar.

- Cara , por que não aceitou a proposta do grandão ? – perguntei indignado.

- Ele é só um garoto idiota ... Imagina só os pais dele olhando pra nós ... – William disse indiferente.

- William , nós não temos pra onde ir sabia ? – falei um tanto irritado.

- Tá achando ruim , vai lá atrás dos pivetinhos. – William respondeu dando de ombros. Irritei-me ainda mais com aquela resposta .

- Beleza . Quer fazer cú doce , faça sozinho . – Levantei pegando minha bagagem e minha guitarra e saí apressado na esperança de alcançar Duff e Steven.

William ficou me observando indignado com minha atitude, mas não se moveu. Ele era orgulhoso demais , eu sabia que não viria , mas eu não podia me foder junto com ele por causa de birrinha. Ele era meu melhor e único amigo , mas dessa vez eu não ia participar daquela ceninha dele.

Avistei Duff e Steven cambaleando pela calçada cantarolando alguma coisa , não muito longe. Corri com dificuldade por conta da bolsa um tanto grande e a guitarra pendurada no outro braço .

- DUUUFF , STEVEN !! ESPEREM !

 

W. Axl

O filho da puta me trocou mesmo pelos dois otários que mal conheceu. Agora sou só eu de novo... E o que eu vou fazer agora ?

-Tem alguém com uma voz da hora pra fazer o vocal ? – Um cara falava no microfone do mini palco do bar.

Eu estava cheio de raiva , e essa era minha grande chance de botar isso pra fora. Cantar era a única coisa que conseguia me aliviar os nervos , e lá estava a minha oportunidade.

Deixei a mochila ali no chão em baixo do banco mesmo , e me dirigi até o pequeno palco. O cara deu lugar pra mim em frente ao microfone.

- Sabe cantar Queen ? – perguntou . Eu sorri de canto e segurei no microfone . Ele fez sinal ao baterista pra começar.

Buddy you're a boy make a big noise

Playin' in the street gonna be a big man some day

You got mud on your face

You big disgrace

Kickin' your can all over the place

 

Sing it!

 

We will, we will rock you!!!

***

 

A música terminou , e eu já estava mais calmo, descontei toda a raiva nos gritos da música . Depositei o microfone de volta no suporte , agradeci a pequena plateia do bar que tinha delirado com a banda , e rumei até meu antigo assento pra pegar minha mochila , se é que ainda estaria lá .

Por sorte ela estava , o próximo passo era encontrar algum lugar seguro pra passar a noite . Abaixei e peguei a mochila , ao me levantar de volta dei de cara com o mesmo guitarrista da banda a qual eu tinha acabado de fazer uma “participação”.

- Hey , cara ... Qual seu nome ?

- Axl Rose.  – respondi.

- Sou Tracii ... A galera gostou bastante do show ... E estamos precisando de um vocalista ... Você não tá afim de entrar na L.A.Guns ?

- Olha , cara ... Tenho alguns problemas maiores agora ... – respondi .

- Tipo o que ?

- Tipo , encontrar um lugar pra dormir. – respondi.

- Sem problemas , você pode ficar em casa se quiser... Moro num pequeno sobrado aqui perto , não é grande coisa , mais é melhor que a rua . – ele disse .

- Tá legal . – respondi.

- Isso é a resposta de entrar na banda ou de ficar em casa ?

- Os dois. – respondi e ele deu dois tapinhas em minhas costas sorrindo.

Eu não gostava dessa ideia de ficar na casa dos outros , mas eu não tinha opção , e não podia recusar outra oferta fácil assim ... Era abuso demais da sorte.

E agora além de ter um lugar pra ficar , eu estava finalmente em uma banda. Mas não saiu bem como eu esperava ... Era pra Izzy estar na banda também. Como eu ia contar pra ele que eu estava em uma banda sem ele ?

Foda- se , ele me abandonou . Talvez eu nem sequer o veja mais , vai saber onde ele se enfiou com os novos amiguinhos dele. Talvez ele mesmo já tenha formado uma banda com aqueles pivetinhos sem mim. 


Notas Finais


Olá gurizada :3

Bom , não costumo postar esse horário por motivos de curso kkk . Mas hoje eu faltei e blablabla.
Não estabeleci nenhuma regra de postagem , então vou postar quando der na telha , mas sem demoras , prometo kkk .

Ah gente , aproveitando aqui , obrigado pelas curtidas e comentários, tô bem felizinha *u*

Comentem que é dis graça. :3 heuhe


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...