História Will You Marry Me? - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Chanbaek, Chanhun, Exo, Sebaek, Sexing
Exibições 79
Palavras 1.674
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi gente, era pra eu ter postado ontem, mas não deu, então desculpem por isso e aproveitem esse cap.
Boa leitura

Capítulo 3 - The Past Are Coming - Cap. 3


Fanfic / Fanfiction Will You Marry Me? - Capítulo 3 - The Past Are Coming - Cap. 3

~ SeHun’s POV on ~

Ver ChanYeol me tratando de tal maneira como foi na cama foi ótimo, algo inexplicável, que homem. Levantei-me da cama, ele esta dormindo, vi no relógio e já eram 07:43 da manhã. Ainda bem que é sábado, não tenho faculdade. Desci para tomar café, abri a geladeira peguei o leite que lá estava, coloquei em um recipiente e coloquei o mesmo para esquentar. Peguei o jornal que estava em cima da mesa e comecei a ler a notícias.

- Assassino mata mais de dez inocentes em assalto a banco e foge. Caralho, o mundo está insano. – Falei bebendo o leite que já estava em minha xícara. – Espero que ChanYeol tome cuidado, não quero saber como seria minha vida sem ele.

Eu posso ser bem frio as vezes, mas quando eu amo, a coisa é pra valer.

- Bom dia. – Escuto alguém falando com voz de sono, provavelmente é ele.

- Bom dia Channie. – Levantei e dei um abraço no mesmo. – Quer leite?

- Hm... Quero sim, só deixa eu usar o banheiro. – Diz isso saindo da cozinha.

As vezes eu fico me perguntando “Será que se eu não tivesse terminado com meu ex, eu não teria conhecido Channie naquela noite...?”

 

~ Flashback On ~

- SAÍ DAQUI AGORA SEHUN, ESTOU DE SACO CHEIO DE VÔCE E SUAS MENTIRAS!

- Calma, LuHan, eu posso explicar!

- ISSO NÃO TEVE E NUNCA TERÁ EXPLICAÇÃO, SEU FALSO IMUNDO. SAÍ DA MINHA CASA AGORA! – Ele disse me apontando a faca.

- ABAIXA ESSA PORRA, FALSO AQUI É VOCÊ! OU PENSA QUE EU NÃO VI VOCÊ E O MINSEOK DE SE AGARRANDO?! – Eu nunca iria esfregar na cara dele isso, mas já que eu sou o falso, vamos ver o que ele falar agora.

- POIS SAIBA QUE ELE TEM MAIS PEGADA QUE VOCÊ. – Disse abrindo a porta e mandando-me sair.

- QUER SABER? FODA-SE TAMBÉM, FODA-SE ESSA CASA, FODA-SE VOCÊ E FODA-SE TUDO QUE EU JÁ TE DISSE! – Digo saindo da casa e fechando a porta bruscamente.

 

Era de noite, não sabia que horas eram. Logo vi um caro saindo em alta velocidade.

- Caralho, tomara que bate o carro. – Estava bem puto mesmo.

Estava caminhando quando vejo um homem um pouco alto, quase desmaiando, acho que ele precisa de ajuda, mas será que eu ajudo mesmo?

Estava bem próximo, ele fez um som que parecia que iria vomitar.

- Moço, você está bem? – Perguntei em modo de poder ajudá-lo

- Mais ou menos, estou morrendo de tontura. – Ele disse meio embolado mas deu para enteder.

- Oh eu te ajudo.

 

~ Flashback Off ~

- Porra pior e melhor dia da minha vida... – Já disse terminando de tomar o leite.

- Voltei – Disse ChanYeol. – A noite de ontem foi ótimo, não foi? – Ele disse lançando um olhar malicioso, que na verdade me fazia rir.

- Para de fazer essa cara, eu dou risada só de você me olhar assim! Mas foi ótima mesmo.

- Ta a fim de repetir de novo? Hein hein? – Ele disse chegando perto e dando chupões em meu pescoço.

- Agora não. – Saí de perto. – Vamos tomar o café na paz.

- Ok então.

 

Tínhamos acabado de arrumar a mesa quando escutamos a campainha tocar.

- QUEM É? – Chan disse gritando, Jesus.

- É o Lay, quero açúcar.

- Quem é Lay? – Perguntei para o Chan.

- É Zhang Yixing, vizinho novo. Pera aí  vou abrir a porta pra ele.

- Ok.

 

- Poxa obrigado pelo açúcar, to sem emprego ainda e não comprei nada. – Disse o cara com um sotaque esquisito, acho que não era Coreano.

- De nada, quando precisar tamo aí – Disse o ChanYeol.

 

ChanYeol fechou a porta vindo em minha direção.

- Quer o que para almoçar?

- Mas acabamos de tomar café!

- Olha para a hora.

Olhei e caramba, como passa rápido, já eram 11:55.

- Como que passou rápido assim?! Credo. – Falei subindo para me arrumar, provável da gente almoçar fora.

- A gente vai almoçar fora! – Disse ChanYeol, sabia que iríamos sair.

 

Me arrumei, coloquei roupa básica, nada não muito chamativo. O chamei e parece que ele já estava pronto também.

- Hum... Vamos? – Perguntei

- Claro.

Saímos de casa, ChanYeol insistiu em querer usar o carro dele, aceitei pra ver se ele paresse de encher o saco.

- Tá, anda logo.

- Grosso. – retrucou

- Sem retrucar. Lembre-se quem é o Deus aqui. – Falei de nariz empinado entrando no carro.

- Deus só se for na cama.

- Eu ouvi isso.

Ele entrou no carro e foi a caminho do restaurante. Chegando lá, pedimos comidas SEM PIMENTA para mim, mas ChanYeol não respeitou e pediu pimenta em tudo.

- Você vai passar mal depois... – Falei me preocupado mesmo.

- Awwnn ele ta preocupado, vem cá deixa eu te dar um beijo. – Ele chegou perto com a boca cheia de pimenta.

- Ah saí, caralho sou alérgico, esqueceu de novo?

- Eu estou te zoando. – Limpou a boca. – Agora pode me dar um beijo?

- Não, vai lavar ela.

Ele logo obedeceu e foi para o banheiro.

 

~ SeHun’s POV off ~

 

~ ChanYeol’s POV on ~

 

Estava indo lavar minha boca mas eu não sabia onde ficava o banheiro...

- É... Moça? Poderia me dizer onde fica o banheiro? – Perguntei para uma funcionária Dalí.

- Próxima porta a direita.

- Obrigado.

 

Andei chegando até o esperado, tinha vários homens usando o banheiro e conversando sobre assuntos que não me interessa. Cheguei em uma pia e lavei minha boca com água e pasta de dente que tinha ali, só para dar um hálito melhor.

- Hmmm... Parece que Channie largou o SeHun, não é mesmo?

Senti alguém praticamente me encoxando por atrás, com uma voz muito familiar...

- Não larguei ninguém, BaekHyun. – Saí de trás dele. - E nem tente algo comigo, não sinto mais nada por você.

- Eu não vim te abusar seu bobo, só queria dar uma entrada triunfal.

- ASSIM ME ENCOXANDO? MEU DEUS – Ele riu do que eu disse – Era mais fácil chamar não é?

- Hmm... Não.

- Tá bom... Quer almoçar, eu pago? – Ofereci por educação.

- Não, eu só queria te ver mesmo, estou com uma pessoa, ele deve estar me esperando.

- Quem?

- Kim Minseok conhece?

- Acho que não. Bom boa sorte pra vocês dois.

- Obrigado, agora tenho que ir, se não ele estranha a demora.

- Ok, até a próxima. – Disse acenando

- Se tiver né? – Disse piscando na porta e saindo.

- Espero que não... – Digo limpando a mão e saindo do banheiro.

 

Cheguei na mesa, SeHun já estava comendo o que tinha pedido.

- Por que demorou tanto? – Perguntou com a carinha de desconfiado.

- BaekHyun apareceu lá no banheiro, mas calma não aconteceu nada. – Já falei me prevenindo das quinhentas perguntas que ele iria fazer.

- Ah sim.

- Ué, não vai fazer mais perguntas?

- Não, come ai que ta quase esfriando. – Disse pegando a comida com o Hashi e colocando na boca.

- Ta gostoso?

- Tá ótimo. Mas eu quero ir para casa, eu não estou muito bem.

- Então vamos, garçom por favor – Dei sinal para o mesmo – Da a conta por favor.

 

Não demorou muito para o garçom chegar com a conta para eu pagar que logo saímos do restaurante.

- O quê você tem? – Perguntei para caso for preciso levar ao médico.

- Só dor de cabeça mesmo. – Respondeu com a voz baixa

Entramos no carro, liguei o mesmo e voltamos para minha casa, não perguntei se ele queria ficar na casa dele pois não queria deixá-lo sozinho.

- Chegamos. – Avisei porque ele tinha cochilado na viajem.

- Uh, podia me deixar em casa. – Disse esfregando as mãos nos olhos

- Não quero te deixar só, vai que você fique pior... Vamos saia do carro entre na casa e faça o favor de tomar banho e dormir, que daqui a pouco eu pego remédio pra você.

- Tá bom. – Disse abrindo a porta e entrando na casa.

Estacionei o carro na garagem e entrei para dentro, olhei no relógio e já marcava 14:22pm.

Subi para o andar de cima escutei o chuveiro ser ligado, não pensei duas vezes e entrei no meu quarto e fui direto para o banheiro, que ainda bem, não estava com a porta trancada. Tirei minha roupa e entrei de baixo do chuveiro ficando por trás de SeHun.

- Awn Oppa. – Ele soltou um gemido.

- Que? – Perguntei encostando minha boca em seu pescoço e chupando.

- Agora não... – Falou entre sussurros.

- Eu sei. – Continuei o que estava fazendo, porém descendo a boca sobre suas costas.

- Aaah, para, não quero brigar com você.

- Então não briga. – Levantei-me e comecei a me esfregar com o sabonete. – Está melhor? – Perguntei.

- Um pouco,mas vai passar.

- Ah sim, pega o sabonete. – O entreguei o mesmo.

- Obrigado. – Ele pegou mas o sabonete desliza de sua mão e cai no chão.

- Hehehe. – Dei uma leve risada. – Aparece que você tem que pegar o sabonete. – Falei sobre sorriso.

Ele logo abaixou para pegar, sem aviso me enfiei no seu meio.

- Channieee! – Disse sobre gemido. – Você é mau!

- Mau é o que você foi por me recusar agora pouco. – Dei uma estocada forte e violenta.

- Aiii doeu – Disse choramingando.

Dei mais umas estocadas fortes.

- CHANNIE VAI DE VAGAR TA DOENDO DE MAIS! – Disse SeHun quase escorrengando.

- Prometa que nunca será mau com seu Oppa.

- Não. – Dei mais uma estocada forte. – TÁ BOM.

- Agora sim. – Fui devagar e tranqüilo, logo escutando os gemidos de prazer dele.

Tava chegando no meu orgasmo quando pedi para SeHun chupar meu membro.

- Ahh caralho chupa vai porra, to loco. – Senti ele movimentar mais rápido a boca logo chegando no clímax gozando dentro de sua boca. – Engole.

Vi Hunnie engolir o líquido sem reclamar, que é um milagre. Terminamos de tomar o banho e ele foi dormir na minha cama.

- Te amo.


Notas Finais


Obrigado por ler e desculpem quais quer erro sz
Me sigam no Twitter @Sehunnie_Kyle =3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...