História Willian Newton e Argon College - Interativa - Capítulo 4


Escrita por: ~

Exibições 11
Palavras 785
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Escolar, Festa, Ficção, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Primeiras Impressões


Quando chegamos na porta da sala de aula eu pode perceber o nervosismo que corria pelo corpo de William,  afinal aquele era o primeiro dia dele naquele colégio e de sua sala só conhecia eu, que por ventura estava ao lado dele ou não iria adiantar muita coisa. Bem era isso que eu pensava até sentir a mão dele apertar a minha, devido ao nervosismo, no mesmo instante que ele faz isso eu virou meu rosto para ele para deve ele olhando para mim.
--Você estar bem? - pergunto.
-- Sim estou. - diz ele - Só estou um pouco nervoso.
Não era para menos ele estar nervoso, pois ele e a do tipo de pessoa que eu não diria que teria alguma chance de vim estudar em uma escola como essa. Se falar na impressão que ele teria que causar nos demais alunos que estariam na sala.
Depois disso dei o primeiro passo é.  direção a porta e ele me seguiu, em nem um momento ele soltou minha mão, me sentia como um pai indo deixar um filho na escola pela primeira vez. Depois abri a porta e nos entramos, no começo ele ficou admirado com o tamanho da sala, então foi quando a professora que estava na frente percebeu nossa presença que tudo começou a desandar de uma forma até que engraçada.
-- Você deve ser Jacob Lyons. - disse ela olhando para Newton - Escutei nos demais professores falando bastante de você.
-- "cof, cof" - fiz isso somente para chamar atenção dela.
-- Quem seria você? - perguntou ele voltando os olhos para mim.
-- Sou o senhor Lyons. - falei, e logo ela ficou sem graça - Esse é um aluno novato, que o senhor David pediu para mim traze-lo já que tinha outro assunto para resolver.
-- Realmente fico muito grato pela informação, senhor Lyons e de desculpe qualquer inconveniente. - disse ela - Agora pode senta-se.
Antes de ir me sentar olhei para toas as cadeiras atrás de dois lugares vagos que estivessem próximos, pois julguei que William iria querer sentar-se comigo. Após isso me dirigi para perto de mais uma aluno novato, se não me falha a memória seu nome era Miles ou algo desse nível.
-- Bem já que é novato acho sensato eu me apresentar antes, meu nome é Camila Bell Collins, sou a professora da área de biologia. - disse ele anda que um pouco distante dele - como você se chama?
Era bem visível o nervosismo que William estava, ele até mesmo estava suando, mesmo que nisso mão d fosse visível para todos eu sabia, pois minha mão ainda se encontra úmida e ele não parada de olhar em volta.
-- E... eu... eu me chamo... é...é... New... Newton William... - disse ele meio perdido com todas as palavras, nesse momento eu levei a mão no rosto não acreditando que ele havia trocado o próprio nome, gostaria de saber como aquilo era possível, enquanto tapava o rosto pude escutar alguns alunos rindo então tirei a mão para saber qual era o motivo, quando eu vi William caído no chão, não acreditei de nem uma forma, depois disse escutar lê se levantou e foi em direção a porta as pressas.
Ao ver ele saindo da sala e tropeçando nos seus próprios pés por duas vezes e a sala explicado em risos, meu corpo se moveu sozinho, me fazendo levantar e depois ir atrás dele, mesmo sem a permissão da professora de sair da sala eu fui atrás dele.
Não demorou muito para eu o encontrar na cantina do nosso boca sentado com o rosto enterrado nos braços e provavelmente chorando, sem fazer muito barulho me aproximei dele e puxei uma cadeira ao seu lado e me sentei e coloquei a mão no ombro dele.
Não demorou muito para ele levantar a cabeça e olhar no arredor para saber o que ocorria, ao fazer isso eu pude notar que realmente ele estava chorando, pois seus olhos estavam levemente inchados e vermelhos. Depois ele focou aqueles seus olhos azuis em mim e se pôs a falar.
-- Você deve achar que eu não me encaixou aqui, que sou um idiota ou mesmo um bebêzão por tudo que fiz que até agora. - disse ele voltando seu olhar para baixo.
-- Olha aqui. - falei levantando o rosto dele - Trate de colocar um sorriso nesse seu rosto, pois vamos voltar para aquela sala e eu vou te apresentar na sala.
-- Mas...
-- Nada de mas, qualquer coisa que você precisar  eu vou estar aqui para lhe ajudar.
-- Obrigado Jacob. - disse ele mais alegre - Nunca pensei que faria uma amigo tão rápido aqui.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...