História Wings - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, Ladies' Code
Personagens JB, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V, Zuny
Tags Amor, Bts, Depressão, Heterossexualidade, Imaginação, Jin, Ladie's Code, Romance, Seokjin, Suícidio, Superação, Zuny
Exibições 35
Palavras 1.343
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura <3

Capítulo 4 - Capítulo 4 / I Found


Fanfic / Fanfiction Wings - Capítulo 4 - Capítulo 4 / I Found

Depois de todo aqueles problemas confusos que tive em minha vida comecei a focar em um só objetivo: conhecer Zuny. Mas aquele objetivo já estava virando muito importante pra mim a cada dia que se passava. Eu consegui passar nas audições e cheguei até o fim com mais alguns quatro participantes, o nosso prêmio foi participar de uma turnê.. a turnê que Zuny estava fazendo. Acho que pela primeira vez em anos eu me senti com muita sorte! Disseram que nós iamos conhecê-la e conversar com ela, não tem prêmio melhor que esse atualmente pra mim. Dias se passaram e nos treinavamos para o grande dia de nossas apresentações, no meu caso, irei cantar "Awake".. a mesma música que cantei no começo das audições. Eu estava tão ansioso, nervoso.. uma mistura de sentimentos bons e ruins.

O dia logo chegou.. e era hoje.

Busan / Quinta feira / 12:00
Lanchonete

Tive um momento para descansar e usei ele para ir até a lanchonete mais próxima, estava tão frio.. nada melhor do que comer "besteiras" nesse dias!. Pedi um hambúrguer e rapidamente chegou, agradeci a garçonete e em seguida mordi um pedaço. Não demorou muito para mim já ter terminado uma boa parte do hambúrguer que estava na metade atualmente, paguei no balcão e saí da lanchonete ainda dando pequenas mordidas no hambúrguer. Enquanto caminhei tranquilamente pela calçada pude perceber de canto de olho uma grande aglomeração de pessoas.

- Isso é um ataque zumbi?.. - perguntei a mim mesmo.

Confesso que aquilo despertava uma curiosidade então me aproximei para ver melhor o que era. Céus... quem estava logo ali saindo de um carro era Zuny. Ela estava atendendo os fãs atenciosamente. e com um belo sorriso no rosto.. tão angelical. Zuny dava autógrafos e respondia a cada pergunta ali de uma forma gentil e sincera.

- Zun, eu gosto muito da sua música. - falou uma menina animada - você é a melhor!

- Muito obrigada, e acredite.. vocês são os melhores, vieram até aqui me ver? Como sabiam que eu estaria aqui? - perguntou ela dando autógrafos e ainda com um sorriso de canto impressionada.

- Conhecemos bastante nossa idol favorita!. - disse um garoto.

Fiquei olhando e escutando tudo atrás da maioria das pessoas, eles gostam bastante dela para descobrir exatamente pra onde ela viria.. isso é bom mas estranho ao mesmo tempo.

- Zuny! Como está o seu namoro? - perguntou alguém ali.

- Meu namoro?... está.. bem.... - Zuny logo pareceu meio entristecida ao tocar em tal assunto.

- Tem certeza unnie?!

- Sim, não se preocupem..

Depois Zuny pareceu balançar a cabeça e "acordar" para a vida, assim, voltando um sorriso de pouco em pouco que se formava em seus lábios. Ela tirou algumas fotos, autógrafou mais alguns cadernos, álbuns e logo depois todos eles foram embora. Quando todos já haviam ido percebi que Zuny ficou olhando eles irem com ainda um leve sorriso... ela realmente parece gostar muito deles, deve ser muito agradecida a eles. Respirei fundo tentando criar muita coragem para ir falar com ela, suspirei e me aproximei da mesma.

- Ei.. o que está fazendo aqui?... Zuny, certo? - perguntei tentando engrossar mais a voz.

- Huh? Ah, olá!.. Sim, sou Zuny e eu vim aqui na lanchonete comer algo - respondeu a mesma.

- Entendi. Aceita a metade de um hambúrguer? - ofereci o meu rindo um pouco.

- Se não estiver tentando me envenenar, aceito sim!. - disse ela rindo.

- Você parece cansada.. deixe-me comprar um hambúrguer para você!

- Tem certeza? Isto não é incômodo?

- Não é incômodo algum, vamos, deixe!

- Tudo bem então, tome - ela me entregou o dinheiro - estarei esperando ali no banco.

- Okay!

Peguei o dinheiro e voltei a lanchonete comendo todo o resto de meu hambúrguer. Quando cheguei ao balcão pedi um hambúrguer com bacon e cheddar, esperei ser feito e assim como o meu não demorou muito.  Peguei o hambúrguer, paguei e voltei para onde Zuny disse que estaria. O banco em que ela estava sentada era bem perto de seu carro, acho que ela não queria andar muito também. Me sentei ao lado dela e a entreguei seu "pedido".

- Já? Achei que demorasse mais.. - Exclamou a mesma ainda um pouco desconfiada.

- Sim, sim..

- Qual seu nome afinal?

- Eu? Me chame de "Jin"

- Esse nome me parece familiar...

- Acho que é porque fui um dos escolhidos nas audições para participar da sua turnê

- Ah sim!.

Ela logo mordeu e depois de engolir o pedaço deu um sorriso bastante animado, como de quem tivesse gostando muito do que estava provando. Acho que consegui acertar o hambúrguer que ela talvez gosta.

- Você está ansioso para hoje?

- Sim, muito! Eu estive procurando você por muitos dias e agora consegui..

- Gosta do que faço então?

- Sim, você tem uma voz muito suave e linda

- A-ah.. obrigada! - falou Zuny que logo deu um sorriso tímido.

- Não é nada!.

Tivemos longos minutos conversando. Zuny me falou muito sobre os planos que tinha para a vida e perguntou bastante sobre mim.

- Está tarde, é melhor irmos! - exclamou Zuny limpando suas mãos e retirando do bolso da calça as chaves do carro.

- Sim!

- Você quer uma carona? Se for a pé ou de ônibus irá demorar!

- Não vou estar atrapalhando?

- Não, venha comigo! .

No fim eu aceitei e fui junto com ela. O seu carro era luxuoso, tinha um cheiro agradável e era bem confortável.  Logo chegamos ao local onde seria o primeiro show da turnê que começaria aqui em Busan mas passaria em muitos outros lugares. Fui ao camarim rapidamente e mudei de roupa, usando a blusa da turnê assim com os outros que foram escolhidos. Zuny deve ter se vestido muito rápido pois em poucos minutos começou o show e foi possível ouvir os gritos dos fãs, senti um frio por todo meu corpo ao ouvir toda aquela multidão.

Se passou em cerca de uma hora e logo chegou minha vez. Estava quase no fim do show, me entregaram o aparelho para colocar no ouvido e em seguida o microfone. Subi no palco, as luzes se acenderam e logo eu comecei.

" Yeah it’s my truth
It’s my truth
ontong sangcheotuseongigeji
but it’s my fate
It’s my fate
geuraedo balbeodungchigo sipeo "

Logo terminei de cantar e ouvi milhões de gritos, aplausos! Uma sensação muito boa surgiu em mim. Ouvi também no aparelho que me mandaram não sair do palco. Zuny entrou e logo começou a tocar o instrumental de uma música que eu havia escrevido. "Two Hands Intertwined ". Nos não estávamos tão distantes como pensei que iriamos estar..  Só de já ter conversado um pouco com ela vi o quão sensacional essa garota pode já estar sendo comigo. Ela fez um movimento com a cabeça como se fosse para mim começar a cantar, e assim fiz. Não acredito que eles chegaram a mostrar essa música para ela. Nos cantamos juntos e parecia que nossas vozes combinavam em uma perfeita harmonia.

" I want you baby, I want you baby yes
I need you baby, I need you baby yeah
We’re getting closer and at some point
Just us two, it gets hotter and hotter "

Quando terminamos de cantar Zuny que estava um pouco distante fez uma expressão fofa para mim e eu apenas dei um sorriso.

- Obrigada por terem vindo! Eu amo vocês!! - falou ela no microfone.

-  Obrigado! - agradeci também.

Nós saímos e quando nos vimos pelos corredores do camarim Zuny veio e me abraçou com muita força.

- Você foi sensacional Jin!

- Obrigado, você também!

- Você vai fazer algo hoje a noite?

- Eu? Não, não, por que?

- Podemos conversar hoje a noite por telefone? Adorei os assuntos que tivemos mais cedo!

- Sim, claro!

Retirei meu celular do bolso e salvei o número que Zuny havia me dito.

Tudo estava bom quando...




Notas Finais


Espero que tenham gostado <3

Até a próximaaaaaaaa q


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...