História Wings - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 35
Palavras 1.488
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 20 - Perfect Man


Fanfic / Fanfiction Wings - Capítulo 20 - Perfect Man

- Nunca imaginei que o amor da minha vida estaria do outro lado do mundo. 

Pude ouvir um voz ao longe dizendo isso enquanto eu despertava. Cocei meus olhos e bocejei. Eu adormeci ali? Espera... Eu adormeci com o Tae? Aish... 

- Quando eu o conheci... Não sabia que ele ia ser tão importante na minha vida...

Continuei a ouvir aquelas frases e procurei para saber onde era. Levantei e sai do quarto, segui a voz que dava até a cozinha. A pequena televisão que tinha ali era de onde ecoava a voz que ouvi ao acordar, vi Tae com o celular ao lado. Ele observava o celular atendo e ao mesmo tempo ele buscava ingredientes e preparava o café da manhã. Vi ele derrubar um pouco de suco de laranja sobre a bancada e aproximei, ele me olhou com uma cara de "estragou a surpresa."

- Bom dia, Tae. - Disse me aproximando e pegando um pano que havia ali perto para limpar o sujo.

- Bom dia, Rose... Eu tentei fazer o café... - Ele sorriu envergonhado.

- Jura? Muita gentileza sua! Não precisava se incomodar. - Falei sorridente.

- Claro que precisava, meus pais vão ficar fora esses dias e eu tenho que cozinhar algo já que você é minha visita.

- Aish... Eu te ajudo.

Levantei e peguei o copo que estava na mão dele, ele tentou puxar e eu acabei soltando o copo. Por sorte ele não quebrou. Por instinto, abaixamos ao mesmo instante e nossas mãos encontraram ao tocar no copo também ao mesmo instante. Os olhos dele brilhavam enquanto encaram os meus. Ficamos alguns segundos assim e logo ele pegou o copo e levantou, levantei em seguida.

- Desculpe derrubar o copo... - Falei.

- Foi minha culpa também. Sente, tome o café. - Ele disse me servindo torradas e suco de laranja. Havia também alguns waffes.

Eu e Tae tomamos o café e havíamos combinado de que os dois fariam o jantar. Após o café, lavei as louças enquanto ele enxugava e guardava cada uma.

- O que quer fazer hoje? - Tae me perguntou guardando o último prato.

- Acho que irei falar com Jimin... - Disse e pude ver a expressão dele mudar.

- Jimin? - Ele disse baixo.

- Faz dias que não falo com ele... Ele deve estar preocupado.

- O hyung não vai se incomodar de passar mais um dia sem falar com você.

- Mas.... Eu...

Tae aproximou e me prendeu contra a pia, ele colocou suas mãos ao meu redor e falou baixo.

- O combinado era ficar comigo por uma semana, Rose. Sem hyungs. Sem ninguém. Só aproveite comigo... Por favor.

Engoli seco.

- Apenas me deixe dizer a ele como estou...

- Está bem, Rose. Está bem. - Ele afastou e sentou sobre o balcão pegando uma maçã e mordendo ela.

- Será rápido.

- Eu sei.

Quando terminei meus afazeres, fui para o quarto. Fiz uma chamada de vídeo com Jimin, mas ele não atendeu.

- O que ele deve estar fazendo? - falei comigo mesma.

Após alguns longos 15 minutos, Jimin me ligou.

- Oi meu amor! - Ele disse animado.

- Oi meu amor! - Respondi na mesma animação. - Te liguei e você não atendeu... - Eu estava no banho. - Ele levantou deixando ver que estava de roupão.

- Wow... Gostoso, hein.

- Eu sei. - Ele riu tímido.

- Rola um stripper? - Perguntei.

- Infelizmente não. Jin hyung está me procurando e pode entrar em meu quarto a qualquer instante.

- Poxa - Fiz beicinho.

- Não faz isso que eu quero te morder e não posso. Aliás, cadê você?

- É... Estou uma semana de folga.

- Jura? O Jin não falou sobre férias.

- Mas eu consegui. Vou passar mais uns dias longe.

- Eu sinto vontade de você, Ro...

- E eu de você, Mochi.

- JÁ VOU HYUNG! - Jimin gritou. - O Jin hyung está me chamando... Eu preciso ir. Não demora ta? Me liga de novo mais tarde, se der.

- Está bem!

- Saranghae, Rose.

- Saranghae, Mochi.

Desliguei e deitei na cama a espera do almoço. Tae disse que iria pedir comida. Disse que iria pedir frango frito.

Almocei com Tae e começamos a jogar. Eu quem iria escolher o jogo e escolhi o único na qual era boa.

- Just Dance? - Tae perguntou.

- Sim. Vamos dançar Just Dance.

- Aish... Eu já dan... - Ele calou.

- Você o quê?

- Eu não sei dançar, Rose.

- Jura? Melhor pra mim, então. - Sorri satisfeita.

Coloquei o jogo e logo na primeira música, venci. Fiz uma dancinha da vitoria e venci também a segunda música.

- Eu estou com preguiça de dançar e estou deixando você ganhar - Disse Tae.

- Então não me deixe ganhar! - Falei rindo.

- Está bem. - Ele arrumou as mangas da camisa sorrindo.

Ele colocou Daddy do Psy. Aquele menino se transformou! Tae dançava como eu nunca havia imaginado ver ele dançar. Para quem não sabia dançar, ele estava dançando como um profissional. Isso se repetiu durante longas horas naquele dia.

Após cansar de perder, chamei para cozinhar. Fizemos o jantar.

- Como dançou daquele jeito? - Perguntei enquanto saboreava o prato de bife.

- Apenas segui os passos.

- Não... Fez passos que não haviam ali.

- Não fiz...

- Sim fez.

Ele me olhou enquanto deslizava a língua entre os lábios.

- Foi apenas um jogo, Rose. E já é tarde... Vou me recolher, você lava as louças já que perdeu no jogo.

- Está bem, Tae.

- Boa noite, Rose. - Ele levantou e foi para o quarto.

- Boa noite... Tae.

Após lavar as louças, tomei banho e me deitei. Fechei os olhos por instantes.

Cheguei a um quarto branco, Jimin estava sentado sobre uma cama box e veio até mim. A mão dele veio até minha cintura e ele me puxou para ele, me levando até a cama.

- Você demorou, amor... - Ele disse dando beijos em meu ombro.

- Jimin?

- Estava te esperando. Você disse que ia vir me ver depois do jantar, lembra?

- Lembro...

Jimin começou a retirar minha blusa devagar, as mãos dele tocavam minha pele de forma suave. Os leves beijos que ele depositava em meu pescoço fazia meu corpo inteiro arrepiar. Aproveitei para tocar o abs dele aos poucos sob a fina camisa branca que ele usava.

Eu já estava usando apenas um sutiã e Jimin beijava meus seios aos poucos. Então ouvi um barulho e uma porta se abrir. Tae entrou.

- Tae?

Ele aproximou, estava sem camisa. Ele tocou meus ombros e me depositou beijos na nuca. Jimin não ligou e continuou beijar meus seios enquanto Tae apertava minha bunda e abria meu sutiã.

Suspirei forte. Jimin levantou comigo em seu colo e me deitou na cama, ele e Tae tirando a calça ao mesmo tempo. Eu estava completamente excitada.

Jimin ficou de joelhos próximo a meu rosto e desci sua cueca, segurei seu membro comecei a punhetar aos poucos. Ele gemeu. Tae dava beijos em minha coxa sob minha saia e logo chegou a minha calcinha, ele começou a beijar ali devagar. Sem demora, ele retirou minha calcinha e começou a brincar com a língua em meu clitóris. Mordi os lábios. Jimin começou a forçar a entrada de seu membro em minha boca e eu comecei a chupá-lo devagar.

Os gemidos que ele soltavam e a boca de Tae em meu clitóris estava me deixando completamente louca.

Jimin retirou seu membro de minha boca e deitou na cama, Tae me colocou de costas sobre o seu hyung. Jimin me penetrou devagar e soltei um gemido. Tae levou uma mão ao meu clitóris e começou a massagear ali devagar, sua boca estava em meu seio e ele sugava ali com vontade.

Gozei logo no início da foda. Mas Jimin continuou a me penetrar, agora forte. Tae abocanhava cada um de meus seios e estava deixando cada um com marcas roxas.

Jimin parou a penetração e encaixou atrás aos poucos. Gemi alto.

- Calma amor... Me deixa penetrar nesse cuzinho... Relaxa vai. - Disse Jimin murmurando.

Pude sentir o membro dele encaixar ali enquanto Tae ficava entre minhas pernas. Tae levou seu membro e penetrou em minha bct. Os dois começaram a penetrar ao mesmo tempo e aquilo estava me deixando louca! Eu gritava e pedia por mais. Eles penetravam rápido e forte. Rasguei as costas de Tae com as unhas e por vezes puxei os cabelos de Jimin. Logo eles inverteram as posições.

Tae penetrava com bastante força e Jimin também. Eu gemia alto e aquele quarto ecoava com os gemidos de Jimin, Tae e os meus. Gozei várias vezes... Tae gozou em mim e Jimin sobre minha barriga.

Quando terminaram, ambos revezaram em chupar meu clitóris.

Acordei. Estava em uma cama em um quarto branco. Segurei forte os lençóis.

- Eu transei com Jimin e com o Tae? Menage? Ou eu sonhei? Mas como eu vim parar aqui? Aish...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...