História As duas faces da alma - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Drama, Jikook, Jinhope, Mistério, Namjin, Romance, Yaoi, Yoonmin
Visualizações 93
Palavras 786
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Fluffy, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpe qualquer erro
Aí gente Socorro quase chorei escrevendo esse capítulo T^T
Boa leitura e peguem os lencinhos

Capítulo 3 - Eu... Amo... Jimin


Fanfic / Fanfiction As duas faces da alma - Capítulo 3 - Eu... Amo... Jimin

-Daegu 24 de janeiro 2014, 1h27m PM

      Este forá o mais triste dia, para Jimin, para YoonGi... Apenas tudo, exatamente tudo parecia igual. Jimin avia saído para comprar um lindo presente para o namorado, enquanto o mesmo estava tendo um dia em família com o pai ocupado.

     Fora dois anos atrás... Ah e que belo dia. Sentado no banco da praça, um garoto com os fios branquinhos como a neve o mesmo que chamará atenção de todos por sua beleza esplêndida e simplista, mas Jimin em particular chamou a atenção de um estranho de cabelos tão negros como a escuridão, e lá estavam eles trocando olhares. Esses olhares se tornaram conversas, sorrisos e carícias, eles estavam se apaixonando. Alguns meses de amizade foram mais que suficiente para que ambos se conhecessem como ninguém, ah... E finalmente o tão esperado pedido. YoonGi queria que tudo fosse perfeito, mas ao mesmo tempo simples e especial. A casa de jimin fora o alvo, e lá estava YoonGi preparando o quarto, filmes e guloseimas, mas depois disso que o amigo tanto amava, viria o pedido.

     Andando pelas ruas de Daegu, YoonGi se sentia ansioso, era agora ou nunca. Parou em uma praça, a luz da lua se ajoelhou a frente de Jimin tirou a caixinha aveludada do bolso e disse... Finalmente disse.

      -Jimin... Quer namorar comigo?

    O mesmo em pé a sua frente se pôs estático, com medo da resposta YoonGi se pôs a abaixar a cabeça, ainda com a mão esticada sente algo... Era uma lágrima, que avia caído em sua mão. Preocupado levanta sua cabeça e avista aquele que ama com o rosto já banhado, aquele mesmo que agora irá cortar o silêncio.

      -Sim... Sim! Claro que sim!

      Os corações batem rápido, YoonGi esboça um sorriso único se levantando e pegando Jimin nos braços, ambos felizes, selam seus lábios. Na calmaria da madrugada pode-se ouvir apenas os dois corações bombeando sangue o mais rápido possível, e o beijo... Ah o beijo, fora tão delicado, carinhoso, calmo e tão, mas tão cheio de amor. Agora jurem, jurem para a lua apaixonados, porque se jurarem o seu amor sempre existirá.

      -Eu te amo tanto...

      -Eu te amo mais...

      -Pois então, eu te amo muito mais...

      -E sempre vou amar...

      -Eu também... Sempre...

      -Promete?

      -Prometo.

      O mais puro amor. O que durou e irá durar, para sempre?

    Enquanto andava pelas ruas Jimin lembrava-se desses momentos tão preciosos, mas por algum motivo uma certa angústia começou a tomá-lo. O mesmo praguejou-se por uma vida inteira por estar certo, quando chegou em casa recebeu uma ligação, a pior da sua vida...

        YoonGi estava hospitalizado com fraturas, ossos quebrados, roxos... Por quê aquilo estava acontecendo? Por quê?

        Jimin desesperado corre de imediato ao hospital, e lá ele fica por um, dois, três, quatro... Dias foram se passando, a angústia ia aumentando e a notícia tão esperada chega.

     YoonGi finalmente estava melhor, mas infelizmente ouve sequelas. O mesmo avia sido traumatizado, sua cabeça estava fora de si... E o que era para ser uma notícia boa, foi a mais triste. Em outras palavras... Transtorno mental.

      Jimin avistou YoonGi de longe, olhando para a janela com o olhar vago, sem brilho, sem vida, isso o matou por dentro, mas lhe fez uma promessa.

       -Não importa quanto tempo passe, YoonGi eu sempre vou te amar... Foi uma promessa. Irei te ver e cuidar de você todos os dias, estarei sempre contigo, nem que para isso... Eu precise largar tudo.

         E assim fez. Jimin estava lá todos os dias, dando todo o seu amor e carinho. Conversando mesmo que não fosse respondido. E assim continuou por um, dois, três anos... E irá continuar, para sempre se for necessário.

         YoonGi nao conseguia se expressar, nem pensar direito, mas sabia que aquele a sua frente o amava e aquilo era recíproco. Mas o que mais doia naquela mente conturbado era ver o amor de sua vida se acabar, se esforçar todos os dias, ficar de cinco a sete horas naquele maldito manicômio, só para vê-lo e tentar cuidar daquilo que para si já não tinha mais salvação.

       A morte, a morte foi o que pensou, livre, livre era o que queria. Para Jimin, tudo apenas para Jimin. Queria que o amado fosse livre e não diaperdiçase toda a sua vida ali, naquele mar de loucos.

      Pediu desculpas na escuridão, se ajoelhou e repetiu o nome de Jimin mil vezes, chorou, chorou como uma criança, mas era para o bem dele, o bem de Jimin, só dele.

   E pela janela avistava a lua, a que o iluminava, prometeu a ela.

      -Eu... Amo... Jimin... Quero... O Bem... Vou... Protegê-lo... De mim... Cuida... Dele... Lua... Que... De onde... Eu... Estiver... Também... Vou... Cuidar.


Notas Finais


E ai? Como estão? Bem?
Gostaram?
Espero que sim
Até o próximos anjinhos
Beijinhos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...