História As duas faces da alma - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Drama, Jikook, Jinhope, Mistério, Namjin, Romance, Yaoi, Yoonmin
Visualizações 81
Palavras 1.027
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Fluffy, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Tô chegando! Gente, gente, GENTE! Deus eu tô amando escrever isso, aaah!
Obrigada ao meus anjinhos que não me largaram 💙 amo vocês. E obrigada aos novos anjinhos que estão chegando 💙 amo vocês também.
Seus comentários estão me deixando muito feliz, eu to frenética. Meus insentivos e minha vontade pra essa fanfic estão a mil meus amores 😆😆
AMO DE PAIXÃO TODOS VOCÊS!💙💙

Capítulo 6 - Mais do que difícil


Fanfic / Fanfiction As duas faces da alma - Capítulo 6 - Mais do que difícil

Namjoon

YoonGi anda me preocupando demais ultimamente, uma coisa era quando o mesmo ainda tinha seus problemas e desavenças mentais, mas agora, assim repentinamente, ele está bem... Após cair quinze andares, ele está realmente bem. Seus transtornos mentais já não existem mais e com eles parece que foram juntos seus sentimentos. Lembro-me bem de como YoonGi amava Jimin... Lembro-me bem de como isso doia...

A verdade é que nem sempre estava com o YoonGi carinhoso. Quando o conheci ele era completamente desordenado, era rude, egoísta e desgostoso. Foi por ele que me tornei psicólogo... Ele me ajudou a me encontrar, contava-me sobre sua vida, frustrações, felicidades, e tudo que o incomodava... Digamos que até este ponto tudo estava bem, até se apaixonar.

YoonGi se apaixonou por ninguém menos ninguém mais do que Park Jimin, e não foi um simples amor... Foi tudo. O mundo desastroso de YoonGi agora era o mundo perfeito de Jimin.

E lá estava eu, mais uma vez, Namjoon, no meio do casal, interferindo e ajudando. Sinceramente... Eu deveria parar. Eu gosto muito de YoonGi, mas odeio quando o mesmo faz Jimin chorar... Ele é sensível, não merece sofrer.

Agora me encontro aqui, mais uma vez com esse pequenino nos braços, chorando abafado em meu peito... Chamando baixinho por Min YoonGi.

Ah como é difícil, difícil deixar Jimin para trás chorando e quase implorando por cuidados, mas precisava... Era difícil afinal eu também sou um ser humano...

-Ah Deus!

Entro no grande escritório do Kim mais velho, médico geral de todo aquele prédio. Vejo-o me olhar com tristeza e vir em minha direção.

-Algo me diz que essa doença é amor... Temoremos que fazer cirurgia.

-Quem dera fosse tão fácil assim.

O olho sorrindo forçado e em retribuição recebo um abraço. O mesmo abraço que dou a Jimin recebo de Seokjin, sinto o calor de seus braços e me dou ao privilégio de deixar cair algumas das mais insistente lágrimas.

-Namjoon... Você mais do que ninguém sabe que eu odeio o ver chorar.

-Me desculpe... Eu achei que aguentaria para sempre, mas é tão difícil... O ver e não poder tocar, nao poder dizer com todas as letras que o amo e sempre amei... Tão, mas tão ruim... Jin eu não queria isso... Eu não quero isso.

-Eu sei que não... O coração não escolhe a dedo por quem vai se apaixonar... Mas YoonGi é namorado do seu irmão Namjoon... E você conseguiu ser forte por cinco anos. Está na hora de deixá-lo ir. Se o ama mesmo e ama a Jimin sabe o que é o certo querido.

-Jimin, meu irmão, me perdoe, mas eu amo YoonGi...

***

Disse, finalmente disse em voz alta, clara, e em bom som. Tirou um peso de seus ombros, amava o irmão e sim queria o ver sempre bem, sorrindo, feliz, mas agora mais do que ninguém, aquele psicólogo que escutava os problemas alheios e os ajudava, precisava de ajuda. Seu coração fora ferido por cinco longos anos por um amor que jamais será seu.

Ali e agora permitiu-se chorar, pela primeira vez chorou, deixou que a angústia de anos saísse de uma só vez e, ah como aquilo o fez bem... Raiva, dor, sofrimento, tudo, tudo isso resumido em lágrimas. Ah Jimin... Seu pequeno irmãozinho, não podia, nao devia, nunca o fazer chorar...

Depois de tudo, limpou suas lágrimas lavou o rosto e seguiu, seguiu confiante de cabeça erguida, ajudaria ambos... Mesmo que isso se significasse sofrer.

-Jimin... Vem vamos, vou te levar para casa.

Com um sorriso no rosto, esticou a mão ao irmão e mais um vez o abraçou. A viagem de volta foi longa, mas avia coisas, coisas que rodeavam a cabeça de ambos.

-Joon... Você acha que YoonGi vai melhorar? Sabe... Depois que você saiu, ele veio me abraçar e pedir desculpas... Isso já é um começo certo?

-Sim, já é um começo. YoonGi irá melhorar Minnie, eu prometo, prometo que vou fazer o possível e até o impossível para fazer ele melhorar.

-Obrigado... Muito obrigado... Eu te amo Namjoon.

-Eu também te amo Jimin... Eu também te amo.

E depois o silêncio reinou, tedioso e desconfortável até a porta de casa de Jimin.

Voltando para o seu consultório Namjoon já não estava mais bem, apenas queria sumir, fazer sua carreira em outro lugar, sair das vidas alheias... Mas não podia, e na verdade nem ao menos queria. Chegará na porta, mas a mão tremia descontroladamente, minutos se passaram e Kim continuava ali, medo não o levaria lugar nenhum, sabia disso. Então com suas forças girou a maçaneta e adentrou o grande cômodo, avistou YoonGi que como sempre fez cara feia ao ser acordado... Ah como amava aquilo, aquela carinha emburrada encarando a si... Era tão estranhamente apaixonante.

-Senhor Kim... O seu jeito, gestos e afeição pelo Jimin. Isso é amor. E não é recíproco. Hoje eu percebi o quanto é ruim ver uma pessoa chorar, e eu não quero vê-lo chorar também.

Ah... Aquelas palavras ecoaram no ouvido do mais velho o fazendo querer chorar mais uma vez... Seu amado realmente não se lembrará da relação de irmãos? Sim era amor, mas amor fraternal, gritar, gritar era o que queria "Eu amo sim alguém, e esse alguém é você!" Mas o medo e a lealdade não permitiam, então apenas deixou que a conversa fluísse.

-Apendeu algo hoje? Ficou andando por ai, um pouco livre?

-Aprendi que um abraço pode ser melhor do que imaginamos...

Doeu, ah como doeu. Nos braços de YoonGi, Kim sabia, só avia espaço para Jimin. Machucava, mas aguentaria.

-YoonGi, pelo jeito se esqueceu... Mas eu e Jimin somos irmãos. Eu o amo sim, mas não é como pensou.

-Irmãos... Eu... Errei?

YoonGi fez a pergunta mais a si mesmo do que para Kim, não acreditará que errou, a sua atenção era tanta como podia, como errou?

-Sim YoonGi, irmãos e sim você errou.

Riu sincero ao ver a cara de bobo de Min, foi em direção ao mesmo acariciou seus cabelos e, mais uma vez sorriu.

-Amanhã você vai para casa pequeno. Amanhã você vai ficar com Jimin.

Falou triste virando-se dando a início a leituras de papeladas estranhas, Min de início não avia entendido então apenas sentou-se e se deu ao lúxo de dormir, na poltrona inclinada perto a janela onde dava a visão ampla a bela e preciosa lua.  


Notas Finais


Haha levanta a mão ai quem acho que Namjoon estava apaixonado pelo Jimin.
Dormiram bem anjinhos?
Obrigado mais uma vez por me deixaram tão feliz assim 💙😆
Beijinhos 💙💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...