História Wings of Madness (YoonMin) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Adaptação, Angel!au, Anjos, Au!angel, Bts, Bts Yoonmin, Jimin, Only_army, Yaoi, Yoongi, Yoonmin
Exibições 141
Palavras 1.759
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OLÁ MEUS FLOQUINHOS
COMO ASSIM MAIS DE 100 FAVORITOS??????? VOCÊS SÃO UM AMOR
estou muito animada com essa fanfic e agora que as provas acabaram vou ter mas tempo para escrever e trazer mais e mais dessa belezinha á todos

Capítulo 3 - New school


Fanfic / Fanfiction Wings of Madness (YoonMin) - Capítulo 3 - New school

Yoongi nunca imaginou que ter de um corpo humano seria tão complicado.

Após ouvir e ate anotar algumas das várias as explicações e cuidados que deveria ter com aquilo, decidiu seguir as indicações do anjo mais novo e colocar tudo em prática.

Não lembrava quase nada de sua vida mortal então a maioria das coisas ou eram novas ou atualizadas demais para o anjo que estava realmente na terra pela primeira vez após décadas.

Abriu o registro do chuveiro como Jungkook o explicou e colocou a mão na água, checando se a mesma estava quente demais ou não, depois de notar uma boa temperatura, retirou todas as roupas pesadas e as dobrou, colocando tudo alinhadamente num suporte.

Entrou embaixo da água quente e sentiu pequenos pelos de seu corpo ficando eretos, logo aquela sensação passou e o anjo esticou a mão até as costas, suas asas não estavam mais ali como Jin explicou...

Seokjin disse para Yoongi antes de descerem do céu que as asas iriam se contrair e que por uma vez na semana iríamos em algum lugar alto e seguro para soltá las, pelo que o outro entendeu, teriam que pular de certa altura para que as penas voltassem ao devido lugar.

Virou de costas no espelho preto que dividida o cômodo em duas partes e notou as marcas ainda ali, estavam vermelhas pelo vapor da água quente mas não o machucava, pelo contrário, mesmo que não fosse confortável se virar para ver as marcas, observar que elas ainda estavam alí o provava que,mesmo num corpo de humano, Yoongi continuava sendo o mesmo anjo de sempre.

●●●●●●●

Jimin entrou em casa tomando cuidado para não fazer barulhos, todos poderiam estar dormindo, deixou os sapatos perto da porta como sempre aprendeu em sua casa e foi para a cozinha, estava com fome.

Suas aulas haviam sido bem produtivas, segundo o que a reitoria mandou avisar por ele, um novo professor de estudo social chegaria em menos de dois dias, a notícia acalmou o Park imensamente.

Desde sua infância, Jimin gostava de ouvir os dramas infantis de suas irmãs não só por ser o mais velho hoje na casa, com o tempo o garoto criou um amor enorme em tirar momentos de sua vida para aprender mais sobre a mente humana e suas escolhas únicas.

Para Jimin, não existia aquilo de ciência versus religião, poderia ser o garoto que mais amava ler livros de psicólogos que veneravam casos com diagnósticos superficiais e científicos mas não deixava de ir às missas de domingo com a família, se sentia um grande meio termo numa sociedade onde a maioria de pessoas com problemas psicológicos esperavam por um milagre ou simplesmente se medicavam, para Jimin, não havia separação, não era errado fazer as duas coisas!

"Acordada mãe?" Perguntou o garoto ao ver a mulher acender a luz. "Tive que entregar relatórios, perdão por não ligar"

"Tudo bem filho, venha, vou esquentar o jantar" A mulher sabia o quão seu filho era esforçado, ficava sempre até a noite estudando ou fazendo os relatórios, pelas manhãs entrava no campus para treinar suas partidas e de lá, assistia as aulas.

"Obrigado, pode deixar que limpo tudo mãe, a senhora precisa dormir" Sorriu ao ver que a mulher assentiu, era raro ver sua mãe aceitar algo assim facilmente, talvez ela esteja realmente cansada, trabalhava de segunda à sábado numa empresa pequena de embalagens, empacotando e anotando valores para serem anexados por alguém de ensino superior.

A mãe de Jimin se sentia tão orgulhosa ao ver o filho ser o primeiro à se formar na família, seu marido fazia de tudo numa loja, recebia boas comissões mas na casa eram mais do que três bocas, eram hoje cinco, não que passassem necessidades mas, a liberdade para comprar coisas as vezes era só um desejo.

O garoto terminou de limpar tudo o que sujou e subiu para o segundo andar, ao chegar no quarto notou que a irmã já dormia mas não em sua cama, era sempre o mesmo, se Jimin demorasse para chegar, a irmã tomava a cama de cima da beliche como sua.

Sorriu ao passar a mão nos fios escuros da garotinha que não passava de doze anos e acabou se deitando na outra cama mesmo tendo pavor de ficar naquele lugar, em seus pesadelos a parte de cima da beliche sempre caia em si.

●●●●●●●

O anjo observava a luz escura da lua ir clareando o céu aos poucos, o brilho escuro logo seria coberto pelo sol do qual esconderia todas as estrelas.

Seria mentira se dissesse que estava tudo bem, as duas fendas abertas em suas costa ardiam como num pedido que seu par de asas dava, Yoongi queria poder se jogar de qualquer penhasco só para as mesmas voltarem a vida, queria tanto aproveitar aquela luz da lua para se aventurar pela tal Coréia do sul.

Yoongi assustou ao ter uma mão gelada tocando seu ombro, quando se virou notou Jeongguk sorrindo para si, o mais novo puxou uma cadeira e se sentou junto do outro anjo, tentando ficar na mesma posição que o mesmo mas sem sucesso.

"Por que está aqui?" Questionou Jeon agora com os olhos também vidrados na janela que estava aberta, o outro ao seu lado abraçava as próprias pernas e seus olhos denunciavam claramente o sono e cansaço.

"A noite é linda Kook, não vale a pena perder essas horas numa cama" Explicou Yoongi ainda observando as estrelas, como queria se aproximar das mesmas até o brilho lhe cegar.

"Hyung, seu corpo humano precisa dessas horas de sono eu já expliquei" Suspirou aliviado, havia pensado que aconteceu algo, Jin mandou o mesmo ficar de olho no classe C para que não desse nada errado pelo menos em sua primeira noite na terra.

"Kook?" Chamou Yoongi, o amigo virou o rosto e notou agora o mais velho com a cabeça deitada entre os braços, era adorável observa lo de perto, sabia que Yoongi era como uma peça rara em um museu, sua beleza era acima da de qualquer arcanjo, até mesmo Jin que para si era o anjo mais bonito do céu perdia para a calma que o amigo emanava. "Você se lembra da sua vida aqui?"

"Eu não sou daqui Yoongie" Decidiu o menor colocar também a cabeça entre os braços, Yoongi estava quase dormindo naquela posição, tão bonito.. "Vim do outro lado"

"Aquele lado já foi tão tomado em forças escuras que não há salvação..." Sussurrou ao se lembrar de quantas mortes havia visto e das várias crianças que ajudou à ir para o céu, não tinha um ser que não sorriu ao se ver livre da outra Coréia.

"Tudo tem salvação hyung, é só acreditar" Sorriu confiante jungkook mas logo aquele ato se desfez ao ouvir Jin descer as escadas com calma. "Ele dormiu sim"

"Muito bonito de sua parte tentar proteger o amigo Jeon, mas eu consigo sentir o cansaço dele daqui, não minta isso é pecado!" Alertou o mais velho indo para a cozinha, ainda era de madrugada mas logo teriam que colocar os planos em prática, o maior dom do mais velho era conseguir decifrar sentimentos e sensações em qualquer corpo humano. "Bom dia" A face que antes demostrava uma raiva mínima sumiu em segundos, Seokjin não conseguia ser duro com suas 'crianças'.

Após subir para a classe A, o maior sempre fora designado à missões, o arcanjo se lembra de cada semelhante que veio por sua supervisão à terra, nunca conseguiu e nem precisou brigar com algum, sabia que seria complicado lidar com Yoongi e por isso nenhum outro arcanjo o escolheu para missões, querendo ou não, como Jeongguk um dia teve, Yoongi possuía um lado sombrio.

Mesmo após a aceitação no céu, anjos também seguiam o karma da terra, seus pequenos erros eram descontados pouco a pouco até que pudessem ser considerados seres totais de luz, Yoongi desde sua chegada parecia perfeito demais como Jeongguk, após a convivência seus erros passados começaram a ser descontados da pior maneira possível, os dons demoraram a serem concebidos, as asas que hoje são fortes antes não levantavam vôo, ambos pisaram no céu ainda com sentimentos fortes aos humanos, o mais novo se livrou dessa fascinação pelos mortais após muito sofrer em sua primeira missão, mesmo sabendo que Yoongi, depois de séculos, ainda tinha esse amor oculto pela vida, não desejava que o mesmo se livrasse da afeição da mesma forma.

●●●●●●●

Jimin saiu da piscina indo para o banheiro ao lado como sempre fazia, seu corpo levou um choque térmico quando a água sempre morna desceu gelada do chuveiro.

O garoto tentou ignorar o quanto era agoniante sentir o corpo se resfriar sozinho e retirou o calção típico de banho, o deixando num  canto e aproveitando os pequenos passos que deu para checar o horário, por sorte ainda tinha tempo para se certificar que todo o cloro havia saído de seus fios.

Mesmo se vestindo num cubículo, Jimin não aceitava deixar seu uniforme molhar ou se amassar, sempre iria seguir o que sua mãe dizia sobre à forma de uma pessoa se vestir retratar como a mesma é, não que o garoto quisesse passar a impressão de certinho ou nerd, só gostava das coisas alinhadas ao seu corpo.

Os corredores ainda estavam vazios quando o mesmo passou pelo local, se lembrando automaticamente que devia entregar os relatórios da noite passada na secretária do campus.

Jimin separou as folhas dentro da pasta azul e seguiu para o elevador do qual logo chegou no térreo, mesmo não gostando de coisas e lugares sem segurança, como a beliche, sabia que a caixa de metal estaria vazia pelo horário então não correria perigo da mesma se desprender e cair pelo peso.

Após certos acontecimentos trágicos na vida de Jimin, tudo o que tivesse o mínimo de possibilidade de cair era ignorado pelo mesmo.

Quando a porta de abriu, exibindo o outro corredor, um par de olhos assustados se focou em Jimin que franziu o cenho, nunca tinha visto um garoto de terno branco na faculdade, muito menos três que agora lhe observavam.

"Bem vindos, essas são as salas e, o senhor pode me seguir? Temos que re.. Ah, Park Jimin!" Chamou o diretor do curso de psicologia, logo Jimin ignorou os olhares curiosos do baixinho e se aproximou do homem que vestia roupas sociais que eram dadas também como uniforme. "Este é Kim Seokjin, o novo professor de estudo social, senhor Kim, este é o representante do curso, creio que qualquer coisa que necessite pode pedir à ele"


Notas Finais


Obrigada a todos, os vejo em breve <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...