História Wir schaffen das (Nós conseguimos isso) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Exibições 9
Palavras 1.197
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Hallo meine liebe Leute! Eu realmente espero que você estejam gostando, por favor comentem o que vocês acham, o que eu poderia melhorar, o que devo continuar, o que devo acrescentar.

Capítulo 3 - As bruxas de Hogwarts


POV Ashley Brooke

-a alemã Emma Voss. - concluiu Miss Howard, então a cara de anjo é uma Voss, uma das famílias mais poderosas e respeitadas da Alemanha, Europa, planeta Terra. Mas se ela é uma Voss, o que ela está fazendo nos EUA? Por quê Miss Howard gosta tanto dela? O que aconteceu? Tipo, parece que quanto mais rica e poderosa o estudante é, maior o ódio de Miss Howard, mas com Emma, não. O que é que essa Voss tem de tão especial?

POV Emma Voss

Depois daquele escândalo na casa de Clarke eu simplesmente sai da casa irritada e me deparei com uma jovem que parecia insatisfeita.
-Boa noite Ma'am. - gesticulei com a cabeça e continuei andando.
-Com licença, querida. - a senhorita falou ironicamente o que me fez virar e encarar os olhos esmeraldas  com cabelos negros, me lembrando da dança e fico mais irritada e sinto meu rosto queimar - Isso é modo de se falar com a sua professora? - professora? Mein Gott (Meu Deus), você tem quantos anos? Jurava que era uma universitária - Só porque acabou de sair de uma festa com seus amiguinhos e está um pouco... - ela gesticulou com as mãos insinuando drogas e bebidas, porém a interrompi:
-Me perdoe, senhora, mas eu nunca a vi anteriormente, talvez segunda a verei, mas até lá a senhorita é apenas uma jovem que encontrei em frente da casa de Clarke que está dando uma festa ao invés de me receber e nem a coragem de vir falar comigo ela teve e me falaram que a festa foi a forma que ela arranjou de me evitar, então se me dá licença que estou a procura de um hotel, onde eu possa me acomodar até encontrar um lugar, já que a incompetente ... - parei de falar envergonhada, eu estava desabafando para minha provável futura professora, conversando de igual para igual, sem respeito. Estou envergonhando minha família, eles tinham razão, eu não deveria ter vindo. - Me desculpe. 
-Tudo bem, eu que peço desculpas, sou Miss Howard professora de direito da universidade de Harvard, mas como a senhorita mencionou não nos conhecemos em meio acadêmico, então podes me chamar de Katherine.
-Estudarei em Harvard, direito. - sorrio sem graça, desejando ser um avestruz.
-Pode ficar na minha casa... - ela faz uma pausa tentando saber o meu nome.
-Emma, Emma Voss. - ela faz uma careta ao escutar meu sobrenome, mas logo me ajuda com as malas e fomos para sua casa.
-Eu vim até aqui para lhe dar as boas vindas, novata. - soltou uma risadinha - mas teve a festa. - concordo arrasada.
Contei para Katherine o que ocorreu e ela não parava de rir, até mesmo pq é uma aluna dela e provavelmente seremos da mesma turma. Ela avacalhou tanto a cena que passei a achar engraçado e não parava de rir com ela. Passei a chamá-la de Kat... 

POV Clarke

Quando as aulas acabaram fui atrás de Emma tentar reparar a merda que fiz, mas ela está com a bruxa Howard ou como gosto de falar a bruxa de Hogwarts.
-Com licença - as duas olharam para mim, a bruxa com seus olhos verdes lembrando esmeraldas e Emma com os olhos azuis, que puta merda que olho azul. - Eu gostaria de falar com Emma.
-E quem seria você? - Emma perguntou .
-Clarke, Clarke Grace. - e os olhos dela se isso for possível parecem ter ficado mais azuis e gélidos, nada amigáveis e ela passou a me olhar de tal forma que me senti um verme.
-De gracinha você não tem nada. - ela falou com um tom malvado, agora entendi pq a bruxa gostou dela, pois as duas são bruxas - O que você quer? - tive vontade de dar meia volta, mandar ela para algum lugar e estirar o dedo, mas infelizmente tenho que me humilhar perante essa aberração, que cruzes os olhos dela parecem que vão me petrificar a qualquer momento.
-Eu fiz uma festa de boas vindas - minto - e acabou que - a bruxa alfa me olha com um tom engraçado e Emma com uma falsa cara de compreensão, por Dumbledore eu quero soca-lá - teve aquela cena e você sumiu, e eu não tenho seu número, sem dizer que meus pais estão chateados comigo pelo fracasso da festa.
-Não precisa se preocupar comigo, já marquei um jantar com os seus pais para termos uma conversa esclarecedora. E eu já arranjei um lugar para ficar, obrigada pela consideração.
-Me desculpa. - cadê a faca? Calma Clarke, ela é uma Voss.
-Pelo o que? Por suas atuais mentiras? Pelo interesse? Ou pela festa? E nem venha dizer que era para me receber, pois todo mundo sabe da verdadeira finalidade. Talvez pela sua cara de pau? De só vir falar comigo, depois de descobrir quem sou e que você pisou na bola. -ela pausou e faz uma cara de falsa preocupação - Ahh, e a bola estourou e não há reparo. Ou talvez seja o medo perante a família Voss que pode infernizar sua vidinha... - me xingo internamente, ela é uma Voss, se ela quiser eu serei uma Zé ninguém, ela pode fechar todas as portas no mercado e até na minha vida social - Mas não se preocupe, não iremos nos vingar. Pelo contrário iremos agradecê-los pelo ensinamento e recepção. E que recepção, em? Onde já chegaram me beijando, abraçando, dançando... - ela faz outra pausa, me encara com aqueles olhos azuis e provavelmente achou que não vale a pena passar mais um segundo comigo, pois ela se vira e vai se embora. Me deixando sozinha com meus torturante pensamentos, ah que merda, tenho que arranjar uma forma de desmarcar esse jantar.

POV Stephanie Collins
 
-Já odeio esse anjo postiço, disfarçada. - Ash fica resmungando  depois de Clarke ter contado a conversa entre elas - Por quê você não contra-atacou? Não podemos deixá-la nos tratar assim. Quem ela pensa que é? 
-Uma Voss, que ódio ela sabe que é poderosa e se acha uma vítima e fica usando isso como uma arma triunfante. E ela ainda tem a bruxa Howard ao lado dela, essas bruxas de Hogwarts.  Aquela puta, ainda vai me pagar.
-Ei, olhe o palavreado - me manifesto irritada - Pra começar, você Clarke fez uma festa no dia que ela chegou, imaginem depois de uma viagem de 16 h, o quão cansada ela deveria estar, ela com certeza estava morta se cansada e de alguma forma vocês Grace, esqueceram-a no aeroporto, obrigando uma garota estrangeira em uma país estranho e desconhecido depois de uma viagem cansativa ir de táxi pra sua casa, o esperado seria ter paz é uma bela explicação acompanhado por desculpas, mas não, tem uma festa com pessoa estranhas, anônimas, desconhecidos. Como se isso não bastasse, ela descobre que a festa tem a finalidade de você, Clarke, não falar com ela, obrigando-a a se dirigir para a cozinha onde tinha um casal brigando e que causou uma tentativa minha de seduzi-la, mas ELA É HÉTERO.
-Ste, estás no lado de quem?
-Da verdade e nesse caso, no dela do seu anjinho.


Notas Finais


E aí? O que vocês acharam? Qual a opinião sobre os personagens? Estás do lado de Emma ou de Clarke? Espero que vocês tenham gostado❣


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...