História Wish You Were Here ⚜ VHope/Taeseok ⚜ - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, TWICE
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Dahyun, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Sana, Suga, V
Exibições 48
Palavras 1.335
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Primeiramente: Desculpa, fiquei sem internet e estava estudando para prova.

Talvez eu faça uma att dupla, só talvez mesmo...

Apreciem meu YoonKook

Capítulo 4 - Comprimidos? Yoonkook?


Fanfic / Fanfiction Wish You Were Here ⚜ VHope/Taeseok ⚜ - Capítulo 4 - Comprimidos? Yoonkook?

Hoseok estava lendo atentamente as pequenas letras na caixa de calmante, pensava se devia ou não tomar todos juntos de uma vez.

O que ele tinha a perder mesmo? Yoongi tinha Jungkook agora, Seokjin tinha Namjoon e onde ele entrava nisso?

Mas lembrou-se do pedido de Taehyung, mas porque ele estava pensando nisso? Ele mal conhecia o mais novo.

Encarou o unicórnio de pelúcia em cima do sofá e agarrou o mesmo levando-o até o nariz e sentindo o aroma doce de morango que ele exalava.

– Temos que te dar um nome, não acha? – Hoseok disse largando os calmantes e abraçou o ursinho. – Que acha de "V"?

Ele riu logo em seguida acariciando o urso.

– Estou falando com urso, pareço um doido... talvez eu seja, não é mesmo?

Hoseok riu colocando novamente o unicórnio — a qual tinha apelidado de V — em cima do sofá.

Agarrou a caixa de calmante abrindo a mesma e segurando três comprimidos na palma da mão, estava quase levando a mesma até a boca quando seu celular tocou.

– Alô?

– Alô, alô Hoseokão! – a voz animada de Jungkook soou do outro lado da linha.

– Hoseokão é meu... ah, esquece! O que você quer?

– Yoongi quer saber se podemos ir aí maratonar, já que você tem Netflix...

– Não é uma boa idéia... – Hoseok começou, mas Yoongi interrompeu o mesmo.

– Não aceito "não", to indo para aí.

Yoongi desligou e Hoseok encarou a tela do celular apagar.

Jogou os comprimidos soltos de volta na caixa e se levantou escondendo a mesma atrás da pilha de livros.

Pegou o unicórnio no sofá e correu até o quarto — que estava uma bagunça — e deixou o mesmo em cima da cama, trocou de roupa e voltou para sala se jogando no sofá.

Hoseok estava quase adormecendo quando a porta foi aberta revelando um Yoongi com as bochechas vermelhas e um Jungkook risonho.

– Hyung quanta animação, hein? – Jungkook disse pulando no sofá ao lado de Hoseok.

– Coloca na Netflix... – Yoongi disse indo para cozinha com duas sacolas nas mãos.

– Como foi com V hyung? – Jungkook resmungou.

– V? – a única coisa que apareceu em sua mente foi seu unicórnio de pelúcia.

– É apelido do Taehyung! – Jungkook disse rindo e Hoseok sentiu as bochechas esquentarem. – Por que 'tá corado?

– Nada... – Hoseok respondeu pensando em seu dia com Taehyung. – Até que ele não é chato... – deu de ombros.

– Sei... – Jungkook pareceu segurar o riso como se soubesse de algo.

– Eu odeio seu microondas, Seokkie! – Yoongi resmungou aparecendo na sala com dois baldes de pipoca e uma garrafa de refrigerante.

– Você não colocou fogo na cozinha, colocou? – Hoseok disse pegando a pipoca após colocar na Netflix.

– Tá pensando o quê Seokkie? – Yoongi fez uma expressão triste e sentou no colo de Jungkook.

– Nada, Yoongi. – sacudiu a cabeça e colocou a primeira temporada de TWD. – Se ficarem se pegando eu coloco os dois para fora!

Ele observou Yoongi e Jungkook revirarem os olhos, e voltou seu olhar para televisão.

...

Depois de mais de 4 horas vendo The Walking Dead e de Jungkook ter chorado pela morte do Glenn, dizendo  exatamente isso: "Por que só coreano que se ferra?" Enquanto Yoongi enxugava suas lágrimas.

Depois de ajudarem Hoseok a limpar tudo, eles se despediram dizendo ter algo importante para fazer e Hoseok ficou sozinho.

Já estava á um bom tempo encarando a parede pintada de cinza pensando no que devia fazer agora, já passava das onze horas da noite, e embora ele estivesse quase dormindo sentado de tanto sono, ele não queria ir para o quarto dormir.

A sala estava toda arrumada e a televisão estava desligada, estava tão silencioso que era possível ouvir a conversa da vizinha da frente, ela estava discutindo algo sobre calcinha que não chamou nenhum pouco a atenção de Hoseok.

Por fim, ele respirou fundo decidindo ir dormir, caminhou até o quarto lentamente e se jogou na cama agarrando o unicórnio que tinha cheiro de morango.

Seu pensamento viajou até mais cedo naquele mesmo dia, por que Taehyung era tão simpático com ele? Por que Hoseok estava pensando nele?

Ele suspirou puxando a coberta e fechou os olhos tentando adormecer, demorou um pouco mais finalmente conseguiu pegar no sono.

Era um milagre já que ele sempre tinha que tomar os calmantes para dormir ou não dormia.

...

O despertador tocava incansavelmente e Hoseok se batia mentalmente por ter esquecido de desligá-lo na noite anterior.

Desligou o despertador e se sentou na cama coçando os olhos, encarou o nada pensando no que faria e resolveu sair um pouco, já que passava a maior parte do tempo trancado no quarto.

Depois de tomado banho, vestiu uma simples calça preta, uma blusa de manga comprida verde, e seu velho companheiro, um all star vermelho bastante surrado.

Foi até a cozinha e comeu o biscoito que Seokjin havia mandado Yoongi trazer ontem á noite, depois de escovar os dentes, ele saiu do apartamento sentindo a brisa fria da manhã bagunçar seus cabelos negros.

A rua estava um pouco deserta, o que era estranho, já que em um sábado de manhã sempre estava movimentado.

Parece que naquele dia as pessoas resolveram ficar em casa com suas famílias. Pensar nisso fazia Hoseok ficar mal, já que a mãe havia morrido quando o mesmo nasceu, o pai havia morrido não fazia nem um ano ainda e o resto das pessoas de sua família se quer ligavam para ele.

Ele não se importava tanto, cresceu somente recebendo o carinho do pai, talvez esse tenha sido o motivo que o fez sofrer tanto pela morte do pai.

Era bastante apegado ao mesmo, sempre em bares bebendo e rindo de piadas sem graças dos amigos do Senhor Jung.

Ele também sentia falta das saídas á noite com Yoongi e Jungkook, embora pudesse voltar a fazer isso, ele não tinha mais ânimo para nada.

Era somente; casa, trabalho, farmácia, casa e a mesma coisa no dia seguinte. Ás vezes Jungkook e Yoongi conseguiam arrastá-lo para algum barzinho ou parque de diversões.

E entre os amigos animados conversando lá estava Hoseok sentado no fundo de braços cruzados e em silêncio.

Hoseok se lembrava exatamente do dia em que Yoongi, Jungkook, Seokjin e Namjoon resolveram apresentar Jimin para ele.

Hoseok estava sentado ao lado de Seokjin com um lugar vago do outro esperando o tal de "Park Jimin" que Seokjin e Yoongi queriam tanto que ele conhecesse.

E não demorou muito para que um garoto baixinho com bochechas cheias, cabelos vermelhos chamativos e um eyesmile que conquista qualquer um que aparecesse.

O garoto cumprimentou todos na mesa, deixando Hoseok por último, e depois cumprimentou Hoseok com um abraço caloroso e um beijinho na bochecha.

" Ele não parecia ter qualquer intenção "maliciosa" com Hoseok, apenas tentava fazer Hoseok rir — o que ele conseguiu, em menos de 10 minutos —

Seokjin e Yoongi pareciam estar na esperança de que Hoseok iria se apaixonar perdidamente por Jimin, mas no final da tarde Hoseok e Jimin se tornaram grandes amigos.

" – Devia ter conversado mais com ele. Iria se apaixonar! "

Seokjin comentou se despedindo de Hoseok juntamente com Namjoon.

" – Ele é legal, não é? Por que não marcam de sair juntos?"

Disse Jungkook abraçando Hoseok e entrando no carro de Yoongi.

Hoseok apenas sacudiu a cabeça para toda aquelas insinuações e seguiu para farmácia, sua grande amiga. "

Jimin era realmente muito legal, mas Hoseok gostava dele apenas como um grande amigo e o sentimento parecia ser recíproco.

Hoseok se sentou em um dos bancos decorados da praça perto da lanchonete onde trabalhava e ficou observando as crianças brincando de pique-pega.

Ele sentia bastante falta da infância, conhecia Yoongi desde essa época, o mais velho já tinha cabelos tingidos de loiro e era menor que Hoseok, mas insistia em dizer que era bem mais velho que ele.

Isso irritava profundamente Hoseok, ele tinha vontade de socar a cara do branquinho.

Ao lembrar disso, ele sorriu, não fazia ideia de quanto sentia falta dessa época, Sra. Min dizia que Hoseok era o anjo de todos, mas parecia que o anjo havia caído.

Sentiu duas mãos lhe cobrirem os olhos e uma respiração quente em seu pescoço fazendo seu corpo todo arrepiar.

– Quem é? – perguntou apenas por costume sabia muito bem quem era.

– O amor da sua vida.


Notas Finais


Perdoa os erros e não desiste Jimin :')


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...