História Wolf - Interativa - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Personagens Originais
Tags Coréia, Coréia Do Sul, Drama, Exo, Fichas, Interativa, Lobos, Lutas, Sangue, Sm Entertainment, Wolf
Exibições 45
Palavras 1.926
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção Científica, Luta, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - XII. Confusões no Shopping


Fanfic / Fanfiction Wolf - Interativa - Capítulo 12 - XII. Confusões no Shopping

 

Capítulo XII: Shopping Pt. 2

Grupo 1

POVs Ana

Estava acompanhada de Hana e Helena em uma loja de sorvetes, experimentando os diversos sabores quando o teto desabou. Fizemos de acordo com nosso treinamento, nos abaixamos instintivamente e pegamos as armas, presas a nossas cinturas. Percebi que Helena estava nervosa, afinal, entre nós, ela ainda não tinha a mira “perfeita”. Rastejei até a porta da loja, vendo as pessoas deitadas no chão assustada. Eu estava no primeiro andar, portanto, me encaminhei até a escada rolante a fim de enxergar o que estava acontecendo ali. De lá, pude ver um grupo de cerca de 12 Garotos, todos de preto com um símbolo igual nas costas: Um homem, com a sombra de um Lobo.

Apesar de ser a Médica do grupo, eu também adquiri meus “conhecimentos” sobre o mundo das lutas, afinal, não podia ficar indefesa. Mirei com minha arma exatamente no peito do rapaz do centro, o líder deles, e esperei a ordem para atirar. As garotas já estavam posicionadas ao meu redor, todas com armas na mão. Algumas de nós estavam familiarizadas com Facas, Espadas ou até mesmo armas mais pesadas, mas não esperávamos um ataque assim, repentino. Portanto, estamos todas armas com uma simples pistola calibre 38.

SoJin e Cersei se posicionaram a minha frente, enquanto Amber e Nicole estavam atrás, deitadas no chão, mirando nos rapazes. Nicole rastejou até meu lado e sussurrou:

- Você está bem?

Fiquei um pouco rubra, afinal, dentre todas as garotas ali, eu era a mais “frágil” e a menos resistente, por isto fui designada para a tarefa de Médica. Mas eu não queria me sentir inútil, pelo contrário, eu queria mostrar que sou boa em alguma coisa!!

- Sim… O que vai acontecer agora? E Chin-Hae?

Nicole deu de ombros e suspirou pesadamente, encarando Cersei e Amber. Ela logou apontou para as garotas, para que estas se juntassem a nós na conversa. Uma por uma elas vieram rastejando até nós, em um modo furtivo. Quando todas já estavam perto o suficiente, ela começou a dizer:

- SoJin, preciso que monte uma Estratégia para nós… Precisamos a todo custo chegar ao outro grupo, não podemos lutar separadas!!

SoJin apenas assentiu com a cabeça e fechou os olhos, se concentrando. Apesar de muito calada, SoJin era uma das mais inteligentes dali, e com certeza a melhor para o cargo de Estrategista. Quando abriu os olhos, a garota desencadeou a falar o plano:

- Ouçam, por sorte, temos tudo o que precisamos a nosso favor. Cersei é especialista em combate corpo a corpo, e Amber em ataque a distância. Ambas vão se juntar e descer sorrateiramente pelas escadas, indo buscar o outro grupo e levá-las até a Biblioteca. Nicole, Ana e eu iremos tirar as pessoas daqui, e logo iremos descer para auxiliá-las. Por ser rastreadora, Nicole é especialista em modos furtivos, portanto, quero que mande um bilhete para as garotas e as avise do plano, dizendo para que elas não revelem quem nós somos. Minha prioridade será defender Ana, e a dela, será ajudar os feridos em campo. Podem usar o celular para contatar Chin-Hae e Ringo?


 

Perguntou ela, em um folego só. Eu estava surpresa, afinal, como aquela mente brilhante pode bolar aquilo tudo em apenas poucos segundos? E como ela sabia o cargo de todas nós? Eu mal decorei o meu hehe

As garotas concordaram com a cabeça, e logo começaram a teclar em seus celulares, mas os aparelhos desligaram instantaneamente, e uma voz surgiu atrás delas.


 

- E é claro que nós manipulamos os aparelhos eletrônicos, afinal, não queremos problemas…


 

E lá estavam eles, de pé em sua frente. Cinco dos rapazes estavam parados à porta da loja em que nós nos encontrávamos, e pelo sorriso em seus rostos, eles já sabiam quem éramos. Por sorte, eu rapidamente escondi minha arma na cintura, e eles não conseguiram vê-la, mas as outras garotas não foram tão rápidas assim, e tiveram suas armas confiscadas. Será que estamos encrencadas?


 

Grupo 2

POV Nastya


 

Depois de 11 Rapazes caírem do teto, o que aparentava ser o líder apontou para 5 deles e indicou para que subissem, pois pelo que entendi, havia “movimento suspeito”. Meu coração gelou ao ver os 5 rapazes entrando na mesma loja que o outro grupo estava.

As garotas estavam simplesmente perplexas, e se continuassem encarando os rapazes com todo aquele espanto, logo eles perceberiam quem realmente somos.

Em um vacilo nosso, Asya deu um passo a frente. Ela é até legal, mas eu não vou muito com a cara dela, e vou contar o porquê: Ela se acha a líder, tem um espírito de “empoderamento”, além de ser debochada e sarcástica, sempre se achando superior ao resto de nós. Ringo finge não ver esse erro na garota, mas eu sei que ela esconde algo sombrio dentro de si. Asya é tão racional, que as vezes me deixa irritada.


 

- Saiam enquanto ainda tem tempo. Sou a líder delas, e não irei me arrepender de derrubar cada um de vocês.


 

Disse Asya, o que quase me fez cair para trás. Os rapazes, após longos segundos em silêncio apenas nos encarando, desceram do lugar alto em que estavam e com apenas um salto, caíram em pé, com um movimento gracioso. Um deles deu um passo a frente, ele parecia ser o líder. Em um movimento rápido, seu punho atingiu a face de Asya, enquanto sua outra mão agarrava a arma com força e a jogava longe. Sua força era tão grande, que Asya voou alguns metros de distância, por conta do soco.

Meiko me lançou um olhar sugestivo, e eu rapidamente entendi a mensagem. Formação.

Hana se colocou a frente dos rapazes, mantendo uma distância segura, mas olhando diretamente em seus olhos, pois a mesma era a nossa Diplomata (Ou Negociadora, se preferir), além de ser uma ótima atiradora de facas (Dentro de seu colete, ela tem uma coleção medonha de facas de atirar. Dá medo). Ao seu lado direito, e um pouco atrás, Helena, com Ataque Frontal e Combate Corpo a Corpo, para proteger Hana. Do lado esquerdo, já mais perto, estava Meiko, que era a Espadachin do grupo e estava com uma Katana muito linda. Como ela conseguiu vir com essa coisa desse tamanho escondida?

E por fim, estava eu, logo atrás de Hana, com duas armas nas mãos, do Ataque a Distância. Dentre todas elas, eu era a que tinha a melhor mira, acho que só perdia para Asya, que ainda estava caída no chão. Hana limpou a garganta e disse:


 

- Você, que está a frente, é o líder? Creio eu que podemos chegar a um acordo, pois estamos em um local público com pessoas inocentes. Não queremos derramamento de sangue.


 

E o rapaz que estava a frente riu, uma risada doce. Os outros garotos que o acompanhavam deram um passo a frente, ficando ao seu lado e de frente para Hana, deixando a menor nervosa. O rapaz então disse:


 

- Nós não temos um líder, somos irmãos, trabalhamos todos como iguais. Eu sou Chanyeol e aqueles são LuHan, Kris, D.O, Baekhyun e Sehun. Não queremos derramamento de sangue, apenas queremos que vocês venham conosco sem reagir. Se assim o fizerem, prometemos sair sem deixar feridos.

Disse o rapaz, chamado Chanyeol. Parando para pensar, ele era até bem bonito, e de cara eu já sentia algo por ele. Chanyeol deu um passo a frente, segurando Hana delicadamente pelo braço, mas foi atingido por um soco de Asya. Ela estava com o cabelo cobrindo a face, e um brilho de insanidade em seu olhar denunciava tudo: Aquela com certeza não era a mesma Anasthasya que todas conhecíamos. Apesar de não ser muito amiga dela, eu conseguia reconhecer quando uma pessoa estava diferente, e ela, com certeza, não estava normal.

- Asya, por favor, se acalme. Estamos tentando negociar…

Disse Helena tentando se aproximar da garota, mas Asya puxou a arma e atirou na direção da colega. Por sorte, ela mirou para lhe acertar no braço, mas eu consegui puxá-la a tempo de passar de raspão e fazer um simples arranhão.


 

- Eu… não sou a Asya!! Saiam da minha frente, suas imprestáveis!! Eu vou acabar com esses desgraçados agora mesmo!!


 

E ela se colocou a nossa frente, pondo tudo em perigo. De longe, pude ver no andar de cima, pendurado na varanda, Chin-Hae e Ringo fazendo sinal para nos mantermos em nosso lugar que eles viriam nos buscar. Me aproximei de Hana, para protege-la e Meiko me acompanhou, observando tudo aquilo com um olhar surpreso, enquanto Helena se aproximou de Asya, que continuava negando sua identidade, e disse em voz baixa, para que apenas ela escutasse:

 

- Asya, por favor, você está agindo sem pensar… Eles são mais fortes que nós, ainda não concluímos o nosso treinamento. Pessoas vão se machucar, por favor, pare.
 

Mas Asya não ouviu. Ela nunca ouvia, afinal, ela se achava o centro de tudo. Ela empurrou Helena bruscamente, se colocando a frente de Chanyeol. Eu sabia que aquela não era Asya.

Asya sempre foi muito racional e calculista, nunca se deixou levar pelas emoções e NUNCA agia sem pensar. Agora, ela estava se comportando como uma criancinha, agindo por impulso!!

Sem que eu percebesse, Asya fez um movimento rápido e impensado. Tudo o que eu senti foi sua mão forte segurando meu braço e me jogando em cima de Chanyeol, enquanto o rapaz tentava de forma desajeitada me segurar e se manter de pé. Enquanto isso, ela atacou um dos garotos, o Kris, e iniciou um pesado combate corpo a corpo. Com isto, ela ativou o instinto dos outros rapazes que começaram a atacar as garotas. Acertei Chanyeol com o cotovelo no nariz, e corri para perto de Hana. Minha prioridade era proteger Hana, enquanto Meiko tomava conta de D.O e Sehun. Eu mantinha Baekhyun afastado, e Hana atirava facas, alternando entre Baekhyun e Sehun.

Meiko estava indo bem, ela estava com a situação em controle. Eu estava indo bem, também, contra Baekhyun. Mas Asya parecia estar com problemas.

Chanyeol e Kris investiam contra a garota com socos e chutes muito bem calibrados, mas Chanyeol regulava a força de seus golpes, afinal, ele estava lutando contra uma dama!! Mas Kris não tinha toda essa piedade, e atacava com toda sua força disponível. Mas Asya não estava facilitando, ela atacava com tamanha ferocidade e velocidade, que os rapazes estavam ficando assustados. Kai já estava bastante ferido, e seu rosto sangrava bastante.

Mas por um descuido nosso, os outros garotos pularam do primeiro andar e caíram bem em cima de nós, nos imobilizando no chão. Por último, veio um deles carregando as outras meninas amarradas umas nas outras.

Eu estava presa, e meu corpo pressionado contra o chão. Chin-Hae e Ringo estavam buscando reforços, os helicópteros da Sm, mas talvez eles não chegassem a tempo. E foi aí que uma explosão nos surpreendeu.

Essa explosão lançou a todos longe, incluindo os rapazes. Foi uma parede bem grossa, que agora tinha um rombo gigantesco nela. Neste rombo, uma silhueta humana se formava. Não se era possível ver seu rosto, já que o sol atrás de si tornava seu corpo uma grande sombra, mas percebe-se que era uma garota. A voz da pessoa, culpada pela explosão, se fez presente. Os EXO tremeram. Eles conheciam aquela garota, e tinham medo dela, afinal, após ela proferir tais palavras, eles tentaram fugir. A garota disse:

 

- Eu sou Axelina P. Nikolaevich, a verdadeira líder das cobaias da SM e talvez o seu pior pesadelo. Comecem a rezar, vadias.

 


Notas Finais


SURPRISE MODAFOCA!!!
Bem, hoje eu tenho várias coisas para comentar :v

1º: Aparição da nova líder *0* Adoooro. Aqui a aparência e a roupa dela:
Aparência: http://iv1.lisimg.com/image/6490433/740full-alexandra-catherine-axelina.jpg
Roupa: http://ak1.polyvoreimg.com/cgi/img-set/cid/64745364/id/Yp6yI9X5Rw21DMbWlHpHEw/size/y.jpg

2º: A personalidade dos EXO. Bem, eu estou usando a personalidade dos garotos de acordo com a personalidade disponível no EXO PLANET BR (http://exoplanetbr.com/exo/perfis/). Caso você não esteja satisfeita com esta personalidade, por favor, comente qual é o seu boy e a personalidade que você gostaria para ele.

3º: GEENTEEE O QUE ACONTECEU COM A ASYA *---* Calma, calma :v tudo vai ser explicado no próximo capítulo, onde vamos conhecer um pouco mais sobre a personalidade dela e sobre a sua história.

4º: Me desculpem pelo capítulo pequeno x-x


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...