História Wolf - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, Huang Zitao "Z.Tao", Kris Wu
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Kris Wu, Suho, Tao
Tags Baekyeol, Chanbaek, Fantao, Kristao, Krisyeol, Taoris, Taoris Overdose, Taorisoverdose, Wolf
Visualizações 105
Palavras 1.138
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo-Ai, Slash, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Quatro.


P.O.V ZiTao


 

Assim que a porta se fechou, dei uma desculpa esfarrapada para minha mãe e me tranquei no quarto. Me permiti chorar como nunca havia chorado antes, joguei todas as mágoas para fora.


 

Já marcavam 02:36 no relógio e eu ainda não tinha dormido porque o sono simplesmente não vinha. Teria aula no dia seguinte e por isso fiquei elaborando e pensando em n desculpas para dar ao YiFan.


 

Desisti de tentar dormir e peguei meu notebook, que permanecia na mesa. O liguei e logo entrei no Facebook. Digitei “Park ChanYeol” na barra de pesquisa mas para minha surpresa não haviam resultados.


 

Aproveitei e procurei por “Wu YiFan”. Achei somente um resultado cujo icon era uma pata de lobo branca num fundo preto. Franzi as sobrancelhas e entrei no perfil. Não haviam muitas informações, apenas o seu nome e tipo sanguíneo, que por curiosidade era O positivo.

 

Continuei navegando pelo perfil até que achei algumas fotos. Curioso, abri os arquivos. “ O quê? ”. Pensei assim que abri a primeira foto. YiFan e ChanYeol estavam lado a lado numa selfie mal feita. Não soube como reagir aquela foto então apenas printei a tela e imprimi. Eu iria mostrar isso à YiFan. Provavelmente ele saberia como reagir.

 

Guardei a impressão na mochila e me permiti pegar no sono. Afinal, eu sabia que o dia seguinte me renderia belas confusões.


 


 

P.O.V YiFan


 

ZiTao havia me expulsado de sua casa sem mais nem menos. Ele conhecia Chanyeol? Se sim, de onde? Aquilo me deixou bem confuso. Será que ele sabe sobre mim, sabe o que eu sou? Merda, eram muitas perguntas em minha mente. Eu estava ficando louco.


 

Deixei tudo de lado, subi, tomei um banho e deitei em minha cama. Fiquei esperando o sono vir mas como esperado, ele não veio. Pensei em ligar para Chanyeol e perguntar sobre ZiTao. E foi exatamente o que eu fiz.


 

- Alô? - Disse assim que ouvi alguém atendendo a ligação.


 

- YiFan? Você tá me ligando a essa hora por quê? Tem que ser algo importante pra caralho já são três horas da manhã!


 

- Preciso te perguntar uma coisa.


 

- Pergunte. - Suspirei.


 

- De onde você conhece o ZiTao?


 

- Por que quer saber?


 

- Então você o conhece?


 

E então a linha ficou muda. Chanyeol não havia desligado mas não me respondeu. Sua respiração parecia agitada do outro lado.


 

- Chanyeol? Me responda por favor.


 

- Por que preciso responder? Esse garotinho não vale nada.


 

Aquela última frase me deixou irado. ChanYeol não tinha direito de falar assim do ZiTao.


 

- CHANYEOL! - Gritei. - ME RESPONDE!


 

A linha ficou muda novamente.


 

- YiFan, por que correr atrás dele? Ele não se importa com você, o único tolo aqui é você.


 

Chanyeol me conhecia muito bem. Quando cheguei por lá, ele foi o único que me abrigou e me ajudou.


 

- ChanYeol, eu juro que v-vou... - Comecei a gaguejar graças às lágrimas que ameaçam cair. Eu sentia um misto de raiva, tristeza e ódio.

Silêncio.


 

- Vai o que? - ChanYeol riu. - Você me diverte! Tchau.


 

Então ele desligou e eu fiquei parado em frente a janela. Eu queria me assumir para ZiTao. Contar que eu já o conhecia à dois anos. Contar que eu fui o culpado daquele acontecimento em sua vida... Ele nunca me perdoaria se soubesse. Mas o verdadeiro culpado fora Chanyeol e ele me pagaria por isso.


 

Deitei novamente em minha cama e meu celular apitou, era uma mensagem de Chanyeol.


 

De:Chanyeol


 

03:27


 

YiFan, tome cuidado! Não veja o garoto porque se não, se você não contar haha, deixa que eu conto.


 

Por que Chanyeol teria que estragar tudo? Eu sabia que se ele contasse, ele iria inventar uma versão muito pior da real versão.


 

É, eu teria que contar a verdade à ZiTao, por mais dolorida que ela fosse.


 


 

P.O.V Narradora.


 


 

ZiTao já estava acordado e bem ansioso. Ele pediria explicações à YiFan sobre o conteúdo que ele havia achado em seu perfil. Ele não sabia como o maior iria reagir, se ficaria com raiva ou não, por isso o menor estava tão nervoso.


 

YiFan por outro lado nem ao menos havia dormido naquela noite. Ele sabia que teria que desenterrar o passado tão dolorido e estava com medo de que ZiTao nunca mais olhasse em sua cara. Ele conhecia ZiTao a muito mais tempo do que o menor achava.


 


 

P.O.V ZiTao


 

Terminei de me arrumar e quando percebi, já estava quase na hora da minha primeira aula começar. Peguei meu material, me despedi de minha mãe e fui em direção à faculdade. Assim que saí de casa, vi YiFan passar. Corri em sua direção.


 

- YiFan! Espera! - YiFan se virou para mim e percebi sua expressão triste. Franzi as sobrancelhas e ele continuou andando. -YiFan! - Ele nem ao menos se virou. Dei os ombros e comecei a segui-lo.


 

Cerca de 15 minutos depois, ele parou num beco que parecia ser sem saída. Entrei cautelosamente no beco e me escondi atrás de uma das latas grandes de lixo.


 

YiFan ficou parado no meio do beco, que tinha as paredes pretas e sujas com algumas pichações em branco com a palavra “Wolf”. Por coincidência acabei lembrando do que ataque que aquele homem havia sofrido à poucos dias atrás.


 

Depois de alguns minutos um outro cara chegou ali e eles começaram à conversar. Mas não demorou muito para eu conseguir ver quem era o segundo cara. Era ChanYeol. Senti o sangue correr pelas minhas veias. O sentimento de raiva por ele era alto demais. ChanYeol fez eu me sentir o maior perdedor do mundo.


 

Acabei “viajando por meus pensamentos” e por causa disso, nem havia percebido que encarava ChanYeol à alguns minutos. Quando percebi já era tarde demais.


 

- O que faz aqui baixinho?


 

Tentei acertar seu rosto com um soco mas ele segurou meu braço, impedindo a ação.


 

- A princesa se estressou? - Maldita hora em que eu confiei em Chanyeol.


 

- Me solta! - Ele permanecia segurando meu braço.


 

Tentei me soltar mas como não conseguia, Chanyeol riu da minha cara.


 

- Solte-o agora. - A voz rouca de YiFan ecoou pelo local.


 

- Só se você o contar a verdade, ou eu conto.- Chanyeol disse com certo deboche em sua voz. “Contar o que?” Pensei.

Vi YiFan se aproximando e fechei meus olhos esperando o pior acontecer. Senti a respiração pesada de YiFan então abri os olhos. ChanYeol estava no chão com o nariz sangrando. Fiquei assustado, com medo.


 

- Vá para casa. - YiFan disse.


 

- M-mas YiFan eu- . - Tentei argumentar mas fui interrompido.


 


 

- AGORA! - Gritou.


 

Ouvir YiFan gritando comigo foi assustador e triste ao mesmo tempo. Senti minha visão ficar turva. Algumas lágrimas já estavam por cair e não as impedi.


 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...