História Wolf King - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bottom!jungkook, Bts, Jikook, Namjin, Taeyoongseok, Top!jimin
Visualizações 47
Palavras 1.239
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Luta, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência, Yaoi
Avisos: Canibalismo, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - 2


Fanfic / Fanfiction Wolf King - Capítulo 2 - 2

16 ANOS DEPOIS

 

-Nós combinamos que lhe contaríamos a verdade quando ele tivesse 17 anos! Não podemos mais esconder!- o alfa já não aguentava mais a mesma conversa todos os dias.

Tinham decidido que, quando Jungkook estivesse prestes a fazer 17 anos, contar-lhe-iam a verdade sobre o seu passado e o levariam até Mayon, onde sabiam que estava o seu pretendente. Porém, Jinmyeon não tinha coragem de falar com o mais novo. Sabia que ele ficaria triste e, até mesmo, chateado. Não suportaria ver o rostinho do seu bebé destruçado pela verdade.

-Não podemos, Kyeran! Não consigo contar-lhe que toda a sua vida foi uma mentira! Ele é tão feliz aqui connosco, com o Jimin! Tu vês como eles são próximos. Não sou capaz de destruir tudo o que construímos nos últimos 16 anos!- dos seus olhos já saiam lágrimas. Na sua cabeça passavam cenas de Jimin e Jungkook quando pequenos e todos os seus momentos juntos. Sempre foram muito próximos, Jimin era muito protector e Jungkook adorava esse lado do alfa. Só não estavam juntos quando Jungkook entrava no cio. A família Park tinha uma cabaninha onde o pequeno ficava quando estava no cio. Jimin ia sempre passar o seu cio na aldeia mais próxima de casa, onde, eventualmente, o passava com uma omega qualquer.

- Nós temos de lhe contar!

 

...

 

P.O.V JUNGKOOK

 

Perfeito.

Ele é simplesmente perfeito.

Só é pena que o perfeito é... inalcansavel.

Eu sei que é errado, mas eu não escolhi apaixonar-me pelo meu irmão! Apaixonar-me pelos cabelos ruivos, recém pintados, os olhos escuros e a pele clara. Ele sempre foi tão preocupado comigo, atencioso, carinhoso, ele dormia comigo quando eu tinha pesadelos e, o mais importante, sempre me apoiou em relação á minha roupa. Eu gosto, muito, de usar vestidos e todos os meus favoritos foram-me oferecidos por ele. Não que os meus pais não me apoiassem e não me oferecessem roupas femininas, mas ele sempre foi diferente.

Sempre odiei as épocas dos seus cios, afinal, significava que ele estaria com outro omega. Sempre chorava de noite só de o imaginar com outra pessoa. Eu sei que não tenho direito de dizer ou fazer algo em relação a isso, a final, não passo do irmão mais novo de Jimin, mas nada me impede de me sentir triste e quebrado.

 

...

 

Estávamos eu e Jimin na floresta, com os nossos cavalos. Hoje eu faço 17 anos e os meus pais vão me levar a jantar fora. Somos pobres e não podemos sair assim a qualquer altura, mas os nossos pais sempre nos levam a sair nos nossos aniversários. Jimin está a levar-me até a minha “surpresa”. Ele disse que tinha uma surpresa para mim e que queria que eu a usasse no jantar, então estamos os dois, neste momento, montados em nossos cavalos a caminho de algum lugar.

-Jiminnie! Falta muito?-perguntei pela décima vez seguida. Estava cansado, ele tinha me acordado cedo, muito cedo! Quem acorda um aniversariante em plenas 7 da manhã para ir até sabe-se lá onde montado num cavalo!? Exacto! O Jimin!

-Tem calma, Kookie. Já estamos perto.-disse... outra vez!

Continuamos o caminho por mais alguns minutos. Já tinha cogitado a ideia de dar meia volta e voltar para a cama.

De repente, comecei a ver algumas casas. Estávamos perto de uma vila. Estranhei, nunca aqui tinha vindo, nem tão pouco sabia da sua existência! Era uma vila bastante movimentada. Por todo o lado se viam camponeses a andar de um lado para o outro. Alguns com mercadorias, outros com as famílias e até vária carroças se viam nas ruas, coisa que nunca tinha visto nas outras vilas que já conhecia.

Comecei a pensar, de onde Jimin conhece este sítio? Será que durante uma das suas caçadas ele chegou até aqui? Mas o pai sempre lhe diz até onde ele pode ir. Isto está muito estranho!

-Como descobriste este lugar?-decidi perguntar. Só esperava não me desiludir com a resposta.

-Num dos meus passeios.-eu sabia que passeios eram aqueles, já deveria saber.

Não respondi. Apenas baixei a cabeça,tentando fazer com que ele não visse a minha cara de tristeza e decepção. Afinal, ninguém gosta de ouvir a pessoa amada falar de suas relações com outras pessoas. Contudo, não o posso culpar, ele não pode adivinhar os meus sentimentos.

Às vezes gostava de não ser apaixonado por ele.

 

...

 

P.O.V JIMIN

 

Perfeito.

Ele é simplesmente perfeito.

Só é pena que o perfeito é... inalcansavel.

Eu sei que é errado, mas eu não escolhi apaixonar-me pelo meu irmão! Apaixonar-me pela sua fofura, ingenuidade e beleza incríveis. Ele é tão sorridente e infantil. As suas roupas femininas conseguem torna-lo fofo e extremamente sexy. Sou o irmão mais velho e devo protege-lo. Já mais o deixaria andar por aí sozinho com todos estes alfas por perto. Só a ideia de o ver com outro alfa faz o meu sangue ferver. Não posso cobrar nada dele, a final, quando estou no cio, deito-me com qualquer vadia que ande na rua. Sinto-me péssimo cada vez que volto para casa e olho nos seus olhinhos brilhantes.

Como eu queria poder ficar com ele. Eu sei que não tenho direito de dizer ou fazer algo em relação a isso, a final, não passo do irmão mais velho de Jungkook, mas nada me impede de me sentir triste e quebrado.

 

...

 

Percebi que ele tinha ficado desconfortável quando lhe disse como encontrei esta vila. Não entendi bem o porquê, mas como não o queria ver triste tratei de o levar o mais rápido possível até a surpresa.

-Chegamos!-disse empolgado quando vi a loja da estilista. Desci do cavalo e ajudei Jungkook a descer, ele não andava tanto a cavalo e se havia algo que eu não queria que acontecesse, era uma queda de cima do animal.

Deixamos os cavalos presos à porta da costureira e segurei na sua pequena mão, levando-o para dentro do estabelecimento. Abri a porta e já consegui ver a senhora idosa a qual tinha encomendado o presente da Jungkook. Fomos até ela e não pude deixar de reparar que o pequeno a meu lado olhava tudo com um brilho nos olhos, ele devia estar a olhar todos os vestidos expostos.

-Bom dia, senhora Choi! Vim buscar a encomenda que lhe fiz.-a senhora olhou para mim e pareceu lebrar-se do que eu falava. Sorriu e fez um sinal para que a seguíssemos.

Entramos numa sala pequena, na qual havia um manequim feminino coberto por uma manta vermelha. Devia ser o meu pedido.

-Onde estamos, Jimin?-ouvi Jungkook sussurrar no meu ouvido.-Que lugar é este?

-Calma, já vais ver!-disse apertando levemente a sua mão e tendo a linda visão da sua grandes bochechas, rosadas.

Paramos em frente do manequim e a senhora segurou na manta. Ela sorriu e disse:

-Está aqui a sua encomenda!-ela puxou a manta, dando a visão de um lindo vestido (foto do capítulo).

Sorri ao imaginar Jungkook usando-o esta noite no jantar. Olhei para o pequeno a meu lado, ele estava com a boca entreaberta e os olhos arregalados. Começou a andar lentamente até o vestido e vi uma pequena lágrima escorrer pelo seu rosto.

-Gostaste?-perguntei, mesmo sabendo a resposta.

-Eu... amei!-ele virou-se para mim e correu, abraçando-me com força.-Obrigada, Jiminnie! Muito obrigada!-o seu rosto já estava coberto por lágrimas e nos seus lábios, um lindo sorriso, podia ser contemplado.

Apertei-o nos meus braços e beijei o topo de sua cabeça.

-De nada, meu anjo!

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...